Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Questões objetivas - ENEM
Tudo no mundo começou com um sim. Uma molécula disse sim a outra molécula e
nasceu a vida. Mas antes da pré-história havia...
A elaboração de uma voz narrativa peculiar acompanha a trajetória literária de Clarice
Lispector, culminada com a obra A h...
• Resposta da questão 1:
[C]
Em A hora da estrela, Clarice Lispector cria um personagem, autor-
narrador, que fala de sua ...
Questão 2
. Na modernidade, o corpo foi descoberto, despido e modelado pelos
exercícios físicos da moda. Novos espaços e p...
Diante do exposto, é possível perceber que houve um aumento da procura por
a) exercícios físicos aquáticos (natação/hidrog...
Resposta da questão 2:
[E]
É aceitável apenas o que se afirma em [E], pois as demais opções
apresentam conceitos que extra...
Questão 3
As diferentes esferas sociais de uso da língua obrigam o falante a
adaptá-la as variadas situações de comunicação.
Uma das...
Resposta da questão 3:
[C]
Na opção a), o pretérito imperfeito reproduz um passado ainda
presente no momento da enunciação...
Questão 4
Diante dos recursos argumentativos utilizados, depreende-se que o texto
apresentado
a) se dirige aos líderes comunitários ...
Resposta da questão 4:
[C]
O público-alvo referente ao anúncio são as autoridades políticas
municipais, principalmente os ...
Questão 5
O texto exemplifica um gênero textual híbrido entre carta e publicidade oficial.
Em seu conteúdo, é possível perceber aspe...
Resposta da questão 5:
[D]
O texto em questão trata-se de uma publicidade oficial divulgada pelo
governo federal que tem c...
Questão 6
São Paulo vai se recensear. O governo quer saber quantas pessoas governa. A indagação atingirá a
fauna e a flora...
O fragmento anterior, em que há referência a um fato sócio-histórico - o
recenseamento -, apresenta característica marcant...
Resposta da questão 6:
[E]
A crônica apresenta como característica principal o aproveitamento do
cotidiano para discorrer ...
Questão 7
Brasil
O Zé Pereira chegou de
caravela
E preguntou pro guarani da
mata virgem
- Sois cristão?
- Não. Sou bravo, ...
7. A polifonia, ou seja, a variedade de vozes, presente no poema
resulta da manifestação do
a) poeta e do colonizador apen...
Resposta da questão 7:
[E]
O poema traduz, através do narrador, a visão irreverente de Oswald de
Andrade sobre a formação ...
Questão 8
Brasil
O Zé Pereira chegou de
caravela
E preguntou pro guarani da
mata virgem
- Sois cristão?
- Não. Sou bravo, ...
Este texto apresenta uma versão humorística da formação do Brasil, mostrando-a
como uma junção de elementos diferentes. Co...
Resposta da questão 8:
[A]
O poema narrativo de Oswald de Andrade retrata de forma bem-
humorada o processo de formação do...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Questões objetivas enem (2)

2,105 views

Published on

Correção nonos

Published in: Food
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Questões objetivas enem (2)

  1. 1. Questões objetivas - ENEM
  2. 2. Tudo no mundo começou com um sim. Uma molécula disse sim a outra molécula e nasceu a vida. Mas antes da pré-história havia a pré-história da pré-história e havia o nunca e havia o sim. Sempre houve. Não sei o quê, mas sei que o universo jamais começou. […] Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas continuarei a escrever. Como começar pelo início, se as coisas acontecem antes de acontecer? Se antes da pré-pré- história já havia os monstros apocalípticos? Se esta história não existe, passará a existir. Pensar é um ato. Sentir é um fato. Os dois juntos — sou eu que escrevo o que estou escrevendo. […] Felicidade? Nunca vi palavra mais doida, inventada pelas nordestinas que andam por aí aos montes. Como eu irei dizer agora, esta história será o resultado de uma visão gradual — há dois anos e meio venho aos poucos descobrindo os porquês. É visão da iminência de. De quê? Quem sabe se mais tarde saberei. Como que estou escrevendo na hora mesma em que sou lido. Só não inicio pelo fim que justificaria o começo — como a morte parece dizer sobre a vida — porque preciso registrar os fatos antecedentes. LISPECTOR, C. A hora da estrela. Rio de Janeiro: Rocco, 1988 (fragmento).
  3. 3. A elaboração de uma voz narrativa peculiar acompanha a trajetória literária de Clarice Lispector, culminada com a obra A hora da estrela, de 1977, ano da morte da escritora. Nesse fragmento, nota-se essa peculiaridade porque o narrador a) observa os acontecimentos que narra sob uma ótica distante, sendo indiferente aos fatos e às personagens. b) relata a história sem ter tido a preocupação de investigar os motivos que levaram aos eventos que a compõem. c) revela-se um sujeito que reflete sobre questões existenciais e sobre a construção do discurso. d) admite a dificuldade de escrever uma história em razão da complexidade para escolher as palavras exatas. e) propõe-se a discutir questões de natureza filosófica e metafísica, incomuns na narrativa de ficção.
  4. 4. • Resposta da questão 1: [C] Em A hora da estrela, Clarice Lispector cria um personagem, autor- narrador, que fala de sua própria obra e busca nela e, com ela, conhecer-se. O uso da função metalinguística e a linguagem intimista reveladora de conflitos existenciais ( “Os dois juntos — sou eu que escrevo o que estou escrevendo”) revelam a busca de uma resposta que parece inatingível. Assim, é correta a opção [C].
  5. 5. Questão 2 . Na modernidade, o corpo foi descoberto, despido e modelado pelos exercícios físicos da moda. Novos espaços e práticas esportivas e de ginástica passaram a convocar as pessoas a modelarem seus corpos. Multiplicaram-se as academias de ginástica, as salas de musculação e o número de pessoas correndo pelas ruas. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO. Caderno do professor: educação física. São Paulo, 2008.
  6. 6. Diante do exposto, é possível perceber que houve um aumento da procura por a) exercícios físicos aquáticos (natação/hidroginástica), que são exercícios de baixo impacto, evitando o atrito (não prejudicando as articulações), e que previnem o envelhecimento precoce e melhoram a qualidade de vida. b) mecanismos que permitem combinar alimentação e exercício físico, que permitem a aquisição e manutenção de níveis adequados de saúde, sem a preocupação com padrões de beleza instituídos socialmente. c) programas saudáveis de emagrecimento, que evitam os prejuízos causados na regulação metabólica, função imunológica, integridade óssea e manutenção da capacidade funcional ao longo do envelhecimento. d) exercícios de relaxamento, reeducação postural e alongamentos, que permitem um melhor funcionamento do organismo como um todo, bem como uma dieta alimentar e hábitos saudáveis com base em produtos naturais. e) dietas que preconizam a ingestão excessiva ou restrita de um ou mais macronutrientes (carboidratos, gorduras ou proteínas), bem como exercícios que permitem um aumento de massa muscular e/ou modelar o corpo.
  7. 7. Resposta da questão 2: [E] É aceitável apenas o que se afirma em [E], pois as demais opções apresentam conceitos que extrapolam o texto. Embora não seja explícito, pode depreender-se que houve aumento de procura por dietas que restringem ou estimulam a ingestão de macronutrientes, assim como a prática de exercícios.
  8. 8. Questão 3
  9. 9. As diferentes esferas sociais de uso da língua obrigam o falante a adaptá-la as variadas situações de comunicação. Uma das marcas linguísticas que configuram a linguagem oral informal usada entre avô e neto neste texto é a) a opção pelo emprego da forma verbal “era” em lugar de “foi”. b) a ausência de artigo antes da palavra “árvore”. c) o emprego da redução “tá” em lugar da forma verbal “está”. d) o uso da contração “desse” em lugar da expressão “de esse”. e) a utilização do pronome “que” em início de frase exclamativa.
  10. 10. Resposta da questão 3: [C] Na opção a), o pretérito imperfeito reproduz um passado ainda presente no momento da enunciação, em b), o substantivo está sendo usado de uma forma genérica, o que torna pertinente a ausência do artigo. Em d), acontece a aglutinação da preposição com o pronome demonstrativo e em e), o pronome enfatiza a emoção do enunciador. Assim, a única opção que apresenta linguagem oral informal é c), pois é comum a redução das palavras no cotidiano do falar brasileiro, usando “tá” em vez de “está”.
  11. 11. Questão 4
  12. 12. Diante dos recursos argumentativos utilizados, depreende-se que o texto apresentado a) se dirige aos líderes comunitários para tomarem a iniciativa de combater a dengue. b) conclama toda a população a participar das estratégias de combate ao mosquito da dengue. c) se dirige aos prefeitos, conclamando-os a organizarem iniciativas de combate à dengue. d) tem como objetivo ensinar os procedimentos técnicos necessários para o combate ao mosquito da dengue. e) apela ao governo federal, para que dê apoio aos governos estaduais e municipais no combate ao mosquito da dengue.
  13. 13. Resposta da questão 4: [C] O público-alvo referente ao anúncio são as autoridades políticas municipais, principalmente os prefeitos. O que pode ser justificado pelo vocativo inicial “Sr. Prefeito (...)”.
  14. 14. Questão 5
  15. 15. O texto exemplifica um gênero textual híbrido entre carta e publicidade oficial. Em seu conteúdo, é possível perceber aspectos relacionados a gêneros digitais. Considerando-se a função social das informações geradas nos sistemas de comunicação e informação presentes no texto, infere-se que a) a utilização do termo download indica restrição de leitura de informações a respeito de formas de combate à dengue. b) a diversidade dos sistemas de comunicação empregados e mencionados reduz a possibilidade de acesso às informações a respeito do combate à dengue. c) a utilização do material disponibilizado para download no site www.combatadengue.com.br restringe-se ao receptor da publicidade. d) a necessidade de atingir públicos distintos se revela por meio da estratégia de disponibilização de informações empregada pelo emissor. e) a utilização desse gênero textual compreende, no próprio texto, o detalhamento de informações a respeito de formas de combate à dengue.
  16. 16. Resposta da questão 5: [D] O texto em questão trata-se de uma publicidade oficial divulgada pelo governo federal que tem como objetivo conclamar autoridades políticas, como prefeitos e governadores, a aderirem a campanha no combate à dengue. Há como estratégia a disponibilização das informações em meio eletrônico, a fim de atingir diferentes públicos.
  17. 17. Questão 6 São Paulo vai se recensear. O governo quer saber quantas pessoas governa. A indagação atingirá a fauna e a flora domesticadas. Bois, mulheres e algodoeiros serão reduzidos a números e invertidos em estatísticas. O homem do censo entrará pelos bangalôs, pelas pensões, pelas casas de barro e de cimento armado, pelo sobradinho e pelo apartamento, pelo cortiço e pelo hotel, perguntando: - Quantos são aqui? Pergunta triste, de resto. Um homem dirá: - Aqui havia mulheres e criancinhas. Agora, felizmente, só há pulgas e ratos. E outro: - Amigo, tenho aqui esta mulher, este papagaio, esta sogra e algumas baratas. Tome nota de seus nomes, se quiser. Querendo levar todos, é favor... (...) E outro: - Dois, cidadão, somos dois. Naturalmente o sr. não a vê. Mas ela está aqui, está, está! A sua saudade jamais sairá de meu quarto e de meu peito! Rubem Braga. Para gostar de ler, v. 3. São Paulo: Ática, 1998, p. 32-3 (fragmento).
  18. 18. O fragmento anterior, em que há referência a um fato sócio-histórico - o recenseamento -, apresenta característica marcante do gênero crônica ao a) expressar o tema de forma abstrata, evocando imagens e buscando apresentar a ideia de uma coisa por meio de outra. b) manter-se fiel aos acontecimentos, retratando os personagens em um só tempo e um só espaço. c) contar história centrada na solução de um enigma, construindo os personagens psicologicamente e revelando-os pouco a pouco. d) evocar, de maneira satírica, a vida na cidade, visando transmitir ensinamentos práticos do cotidiano para manter as pessoas informadas. e) valer-se de tema do cotidiano como ponto de partida para a construção de texto, que recebe tratamento estético.
  19. 19. Resposta da questão 6: [E] A crônica apresenta como característica principal o aproveitamento do cotidiano para discorrer sobre o tema, neste caso, o recenseamento eleitoral. O uso da função poética, utilização de recursos estilísticos, com finalidade estética, está presente nos relatos fictícios dos entrevistados. Assim, é correta a opção E.
  20. 20. Questão 7 Brasil O Zé Pereira chegou de caravela E preguntou pro guarani da mata virgem - Sois cristão? - Não. Sou bravo, sou forte, sou filho da Morte Teterê tetê Quizá Quizá Quecê! Lá longe a onça resmungava Uu! ua! uu! O negro zonzo saído da fornalha Tomou a palavra e respondeu - Sim pela graça de Deus - Canhem Babá Canhem Babá Cum Cum! E fizeram o Carnaval (Oswald de Andrade)
  21. 21. 7. A polifonia, ou seja, a variedade de vozes, presente no poema resulta da manifestação do a) poeta e do colonizador apenas. b) colonizador e do negro apenas. c) negro e do índio apenas. d) colonizador, do poeta e do negro apenas. e) poeta, do colonizador, do índio e do negro.
  22. 22. Resposta da questão 7: [E] O poema traduz, através do narrador, a visão irreverente de Oswald de Andrade sobre a formação do povo brasileiro. À sua voz, somam-se as dos participantes da história e estes falam em discurso direto: o colonizador (“Sois cristão?”), o índio (“Não. Sou bravo, sou forte, sou filho da Morte/ Teterê tetê Quizá Quizá Quecê índio!”) e o negro (“Sim pela graça de Deus negro”).
  23. 23. Questão 8 Brasil O Zé Pereira chegou de caravela E preguntou pro guarani da mata virgem - Sois cristão? - Não. Sou bravo, sou forte, sou filho da Morte Teterê tetê Quizá Quizá Quecê! Lá longe a onça resmungava Uu! ua! uu! O negro zonzo saído da fornalha Tomou a palavra e respondeu - Sim pela graça de Deus - Canhem Babá Canhem Babá Cum Cum! E fizeram o Carnaval (Oswald de Andrade)
  24. 24. Este texto apresenta uma versão humorística da formação do Brasil, mostrando-a como uma junção de elementos diferentes. Considerando-se esse aspecto, é correto afirmar que a visão apresentada pelo texto é a) ambígua, pois tanto aponta o caráter desconjuntado da formação nacional, quanto parece sugerir que esse processo, apesar de tudo, acaba bem. b) inovadora, pois mostra que as três raças formadoras - portugueses, negros e índios - pouco contribuíram para a formação da identidade brasileira. c) moralizante, na medida em que aponta a precariedade da formação cristã do Brasil como causa da predominância de elementos primitivos e pagãos. d) preconceituosa, pois critica tanto índios quanto negros, representando de modo positivo apenas o elemento europeu, vindo com as caravelas. e) negativa, pois retrata a formação do Brasil como incoerente e defeituosa, resultando em anarquia e falta de seriedade.
  25. 25. Resposta da questão 8: [A] O poema narrativo de Oswald de Andrade retrata de forma bem- humorada o processo de formação do Brasil. A sucessão de falas (colonizador, índio e negro) sugere o hibridismo cultural brasileiro, aparentemente anárquico, mas positivo, já que tudo acaba numa festa: “E fizeram o Carnaval”.

×