Q Day Dianova Inovação e Gestao da Mudança 2009

1,698 views

Published on

O que é inovar? Como pode uma ONG inovar? Como agentes de mudança - individual e organizacionalmente - a Inovação para a Dianova significa, como refere Julian Birkinshaw (co-fundador do Management Innovation Lab, London Business School), mais do que desenvolver novos produtos, inovar nas práticas de trabalho, a fonte de vantagem "competitiva"... A sustentabilidade e sucesso das Organizações no Terceiro Sector depende da sua capacidade empreendedora em desenvolver-se organizacionalmente, relacionar-se de forma construtiva e proactiva – assente numa cultura de cooperação – e de ter uma visão de longo prazo. "Boas práticas de Gestão da Mudança e Inovação numa ONG" é o tema comunicação que a Dianova realizou na Conferência Q-Day Inovação contra a crise, 9 Setembro, Taguspark. Inpirando a Mudança!

Published in: Business, Economy & Finance
  • Trabalho muito bem realizado! Era bom que todas as ONG e não só, adoptassem estes exemplos de boas práticas!

    Helga Luz
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Q Day Dianova Inovação e Gestao da Mudança 2009

  1. 1. Boas Práticas de Gestão da Mudança e Inovação na ONG
  2. 2. Agenda <ul><li>Novos Paradigmas de Gestão aplicados às ONG </li></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento Sustentável </li></ul></ul><ul><ul><li>Empreendedorismo e Inovação </li></ul></ul><ul><ul><li>Inovação Terceiro Sector </li></ul></ul><ul><ul><li>Gestão da Mudança </li></ul></ul><ul><li>Dianova </li></ul><ul><ul><li>Quem somos </li></ul></ul><ul><ul><li>A nossa Equipa </li></ul></ul><ul><ul><li>Gerindo relações multi-stakeholders </li></ul></ul><ul><ul><li>Planeamento estratégico </li></ul></ul><ul><ul><li>Inovação e Gestão da Mudança </li></ul></ul><ul><ul><li>Posicionamento longo prazo </li></ul></ul><ul><li>Banco de Depósito de Confiança (Boas Práticas) </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova
  3. 3. <ul><li>Como reage a Dianova à Crise? </li></ul><ul><li>Transformando-a em oportunidades de Inovação e Empreendedorismo..rumo à Sustentabilidade! </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova
  4. 4. Novos paradigmas de Gestão aplicados às ONG O B J E C T I V O ... que ofereça uma Proposta de Valor para Clientes, Colaboradores e Sociedade ... ... Garantindo a Sustentabilidade da Organização! Empreendedorismo Social Gestão da Mudança Governança Corporativa Sistemas de Gestão da Qualidade Gestão da Reputação e Comunicação Redes e Media Sociais © Rui Martins Ι Dianova Criar uma marca corporativa fidedigna através da criação de um tipo inspirador de organização não lucrativa...
  5. 5. Desenvolvimento Sustentável Aumenta: Competitividade Resistência Flexibilidade Conquista e Fidelização de Clientes Atrai e Retém Melhores Talentos Reduz o Risco e Atrai Investidores / Patrocinadores Forma de progresso que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades BENEFÍCIOS BENEFÍCIOS © Rui Martins Ι Dianova “ Criar um futuro sustentável significa operar mudanças na sociedade que tenham impacto nas estratégias e nas operações das empresas.” Björn Stigson, Presidente doWorld Business Council for Sustainable Development in Revista SGS Abril, 2009
  6. 6. Empreendedorismo e Inovação “ Empreendedorismo é a capacidade manifesta e vontade dos indivíduos, sozinhos, em equipas dentro ou fora de organizações existentes, para Perceberem e Criarem novas Oportunidades económicas (novos produtos, novos métodos de produção, novos esquemas organizacionais e novas combinações de produto-mercado) e para Introduzirem a suas Ideias no mercado , face à incerteza e outros obstáculos, tomando as decisões no local e usando os recursos e instituições”. Wennekers e Thurik (1999) Fomentar ambiente macro-económico e regime comercial favorável Diminuir as dificuldades de financiamento Potenciar o desenvolvimento de capacidades e conhecimentos Incrementar a qualificação Usar inovações tecnológicas, organizacionais e de gestão GOVERNO PR I VADO Empreendedores / Organizações com consciência social usam o seu poder económico (rentabilidade) para criar um mundo mais justo e equitativo (fazendo o bem) Organizações socialmente responsáveis operam como entidades rentáveis, como bons locais para trabalhar e contribuem para a sustentabilidade das suas comunidades e do planeta © Rui Martins Ι Dianova “ A invenção e o empreendedorismo estão no centro da vantagem [competitiva] nacional ” M. E. Porter in The competitive advantage of nations , 1990
  7. 7. P R O C E S S O Pessoas – Liderança – Cultura Organizacional Ferramentas Offline e Online Técnicas de gestão dos processos de mudança <ul><li>Que procedimentos e competências necessitamos? </li></ul><ul><li>O que é preciso mudar? </li></ul><ul><li>Como gerir a mudança em harmonia com os nossos valores? </li></ul>Gestão da Mudança Estratégia Comunicação da Mudança Fluxo proactivo/construtivo Awareness Ι Compreensão | Compromisso | Mudan ç a Informação Ι Di á logo | Envolvimento | Reconhecimento © Rui Martins Ι Dianova + + Mudança Positiva vs Sustentabilidade e Desenvolvimento Organizacional
  8. 8. Inovação nas ONG Terceiro Sector Fonte “Nonprofit Organizational Effectiveness: contrasts between especially effective and less effective organizations”, Herman & Renz, 1998, Nonprofit Management and Leadership <ul><li>Alinhar Percepções dos Stakeholders </li></ul><ul><li>com Objectivos da Organização </li></ul><ul><li>(Modelo de Múltiplos Constituintes) </li></ul><ul><li>Direcções mais eficazes, tomando </li></ul><ul><li>decisões certas e fazendo bem as coisas </li></ul><ul><ul><li>Maior uso de procedimentos </li></ul></ul><ul><ul><li>correctos de gestão </li></ul></ul><ul><ul><li>(avaliação de necessidades, planeamento estratégico, mensuração de satisfação) </li></ul></ul><ul><ul><li>Maior uso de estratégias de </li></ul></ul><ul><ul><li>gestão de mudança </li></ul></ul><ul><ul><li>(procura novas fontes de recitas, incremento de legitimação, controlo de custos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter Direcção com prestígio social </li></ul></ul><ul><ul><li>relacionado apenas moderadamente </li></ul></ul>QUE diferencia uma Organização da Sociedade Civil Especialmente Eficaz? Gestão da Inovação Inovação nas Práticas de Trabalho © Rui Martins Ι Dianova Fonte de Vantagem Competitiva
  9. 9. Rede Dianova ONG COM ESTATUTO CONSULTIVO ESPECIAL JUNTO DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS SECRETÁRIA-ADJUNTA DO C.A. DO COMITÉ DE VIENA DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL PARA A POLÍTICA DE DROGAS © Rui Martins Ι Dianova
  10. 10. Quem Somos Instituição Particular de Solidariedade Social e Associação de Utilidade Pública que intervém na Educação, Juventude e Toxicodependência PROTOCOLOS AFILIAÇÕES © Rui Martins Ι Dianova Prevenção Comportamentos de Risco e Educação para a Saúde Tratamento e Reinserção de Toxicodependentes Desenvolvimento Sócio- Comunitário (Projecto SOLIS) Agente da Responsabilidade Social das Organizações Agente da Rede Social e Saúde Agente da Economia Social e Solidária Membro da Rede Dianova
  11. 11. A Nossa Equipa 9 novas contratações 2009 © Rui Martins Ι Dianova Total de Colaboradores 52 Intervenção 87% Administração 13% Sexo Masculino 45% Feminino 55% Idade (média) 41 anos Rácio Rotatividade 6,25% (Retenção Talentos 93,75%)
  12. 12. Gerindo Relações com Multi-Stakeholders <ul><li>Governo </li></ul><ul><li>Legisladores </li></ul><ul><li>Reguladores </li></ul><ul><li>Políticos </li></ul><ul><li>Administração Central e Local </li></ul><ul><li>Analistas de Projectos </li></ul><ul><li>Agências </li></ul><ul><li>Internacionais </li></ul><ul><li>Organização </li></ul><ul><li>Direcção </li></ul><ul><li>Empregados </li></ul><ul><li>Voluntários </li></ul><ul><li>Sócios </li></ul><ul><li>Fornecedores </li></ul><ul><li>Parceiros </li></ul><ul><li>Clientes </li></ul><ul><li>Comunidade </li></ul><ul><li>Líderes </li></ul><ul><li>Analistas e Financeiros </li></ul><ul><li>Investidores e Patrocinadores </li></ul><ul><li>Público em geral </li></ul><ul><li>Academia e </li></ul><ul><li>Científico </li></ul><ul><li>Mercado </li></ul><ul><li>Prescritores </li></ul><ul><li>Profissionais de </li></ul><ul><li>Saúde , Social, Educação </li></ul><ul><li>Potenciais Clientes </li></ul><ul><li>Famílias </li></ul><ul><li>Líderes de Opinião </li></ul><ul><li>Concorrência </li></ul>Cultura de Cooperação e Cooptição na resolução de problemas numa perspectiva educativa e inclusiva <ul><li>Bom cidadão corporativo? </li></ul><ul><li>Desenvolvimento e Inclusão Social? </li></ul><ul><li>Um bom local de trabalho? </li></ul><ul><li>Equipa Coesa? </li></ul><ul><li>Inovadora? </li></ul><ul><li>Governança corporativa? </li></ul><ul><li>Impacto Social? </li></ul><ul><li>Qualidade de serviço? </li></ul><ul><li>Eficácia? </li></ul><ul><li>Relacionamentos sinérgicos? </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova Confiável? Compromisso?
  13. 13. Planeamento Estratégico <ul><li>Porque estamos aqui? </li></ul><ul><ul><li>Definir a situação e/ou problema </li></ul></ul><ul><li>O que queremos alcançar? </li></ul><ul><ul><li>Definir alternativas </li></ul></ul><ul><li>Onde queremos chegar? </li></ul><ul><ul><li>Definir metas, prazos, indicadores e iniciativas </li></ul></ul><ul><li>Como Alinhar? </li></ul><ul><ul><li>Convergir plano de acção Global (Corporativo) com os das Unidades (Centros) </li></ul></ul><ul><li>A acção </li></ul><ul><ul><li>Iniciativas e projectos desenvolvidos que consolidem a Reputação </li></ul></ul><ul><li>O que alcançámos? </li></ul><ul><ul><li>Resultados e Impacto Social Positivo </li></ul></ul><ul><li>Próximos passos </li></ul><ul><ul><li>Reinvestimento em novas Oportunidades </li></ul></ul><ul><ul><li>... e Melhoria contínua!... </li></ul></ul><ul><li>Tornar a organização sustentável </li></ul><ul><li>Aumentar o impacto social directo e indirecto </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova SITUAÇÃO ACTUAL SITUAÇÃO DESEJADA ESTRATÉGIA
  14. 14. Inovação e Gestão da Mudança + + = ALINHAMENTO Fonte de Valor Económico e Social UMA VOZ UMA LINGUAGEM UMA ORGANIZAÇÃO ÚNICA Fonte “ Alinhamento”, Robert Kaplan e David Norton, 2006, Campus Editora <ul><li>Mobilizar a mudança através da Liderança Executiva </li></ul><ul><li>Traduzir a estratégia em termos operacionais (Metas, Indicadores, Iniciativas) </li></ul><ul><li>Alinhar a Organização com a estratégia (Corporativo e Unidades) </li></ul><ul><li>Motivar para transformar a estratégia numa tarefa de todos os Colaboradores (Capacitação, Comunicação, Definição Objectivos, Formação) </li></ul><ul><li>Gerir para converter a estratégia num processo contínuo, avaliando e corrigindo desvios com novas acções </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova PESSOAS Colaboradores e Parceiros LIDERANÇA Direcção Corporativa MISSÃO,VISÃO e VALORES Cultura Organizacional
  15. 15. Posicionamento Longo Prazo Trabalhar o gap estratégico para contar uma história única <ul><li>Diferente de outras </li></ul><ul><li>Organizações pela nossa </li></ul><ul><li>abordagem: </li></ul><ul><li>Construímos o nosso sucesso </li></ul><ul><li>através do impacto social </li></ul><ul><li>Tomamos as decisões certas a </li></ul><ul><li>cada dia para o nosso futuro </li></ul><ul><li>Desafiamos noções clássicas </li></ul><ul><li>acerca de como as ONLs </li></ul><ul><li>operam no mercado </li></ul><ul><ul><li>Demonstrar habilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>para fazer tão bem ou melhor </li></ul></ul><ul><ul><li>do que ninguém como </li></ul></ul><ul><ul><li>factor crítico de sucesso </li></ul></ul><ul><li>Procuramos solucionar </li></ul><ul><li>continuamente problemas sociais </li></ul><ul><li>e de saúde complexos </li></ul><ul><li>pensando outside the box … </li></ul><ul><li>… aprendemos uns com os outros, </li></ul><ul><li>gerindo conhecimento e partilhando </li></ul><ul><li>boas práticas a nível nacional </li></ul><ul><li>e internacional as quais… </li></ul><ul><li>… nos levam à Inovação e </li></ul><ul><li>a Soluções integradas! </li></ul>CONHECIMENTO • DIFERENCIAÇÃO • RELEVÂNCIA • ESTIMA © Rui Martins Ι Dianova
  16. 16. Prática de Corporate Governance Planeamento Anual Avaliação <ul><li>Accountability </li></ul><ul><li>Conselhos Assembleia </li></ul><ul><li>Relatório de Gestão </li></ul>BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova Conselho de Administração (Supervisão e Responsabilização da Gestão Executiva) Direcção Executiva (Direcção e Execução da Estratégia sob Estatutos e Código de Conduta)
  17. 17. Prática de Gestão da Mudança Gestão por Valores alinhando numa linguagem comum Pessoas e Liderança Compromisso • Solidariedade • Tolerância • Internacionalidade Implementação de Boa Prática de Inovação e Sustentabilidade: Balanced Scorecard <ul><li>Definição de Metas, Objectivos, Iniciativas, Responsáveis, Indicadores </li></ul><ul><ul><li>eg Desenvolvimento de novos serviços e projectos </li></ul></ul><ul><ul><li>eg Captação de novas fontes de receita privadas </li></ul></ul><ul><ul><li>eg Angariação e fidelização de Clientes de elevado valor </li></ul></ul><ul><li>Plano Estratégico, Monitorização, Avaliação e Correcção de Desvios </li></ul>BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova Balanced Scorecard 2008-12 Instrumento Estratégico de Gestão da Mudança
  18. 18. Mapa da Estratégia 2008-2012 Financ. Clientes Aprend. Processos xx F01 xx F02 Objectivo Estratégico 1 Objectivo Estratégico 2 Objectivo Estratégico 3 Objectivo Estratégico 4 xx F04 XX xx xx xx A19 A20 A21 A22 xx P14 Missão Visão Objectivo Estrat. Rede 1 Objectivo Estrat. Rede 4 Objectivo Estrat. Rede 3 Objectivo Estrat. Rede 2 © Rui Martins Ι Dianova xx C05 xx F03 xx C06 xx P12 xx. P13 xx P10 xx P15 xx P18 xx P17 Sxx C08 xx C09 xx C07 xx P16 XX P11
  19. 19. Prática Cultura Organizacional <ul><li>Mínimo 35 horas/ano </li></ul><ul><li>Formações Técnicas eg “Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho”, “Dinâmicas de Intervenção Familiar”, “Comunicação Interpessoal” </li></ul><ul><li>Formações Organizacionais eg Workshops BSC, Seminários Desenvolvimento Organizacional temáticos </li></ul><ul><li>Adequação dos Sistemas de informação às funções </li></ul><ul><li>Protocolos com Parceiros (Club L Health Club, Hotéis Real Portugal, Float-in) com benefícios e descontos </li></ul>BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova Investimento na Aprendizagem e Formação Contínuas Mobilização para a Gestão do Conhecimento Plano de Incentivos
  20. 20. Prática Gestão da Qualidade Primeira Comunidade Terapêutica com Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2000 em Portugal (2005) Prémio “Hospital do Futuro 2005/06” – Categoria Serviço Privado: Pioneirismo e Inovação pela Certificação em Gestão da Qualidade BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova ORGANIZAÇÃO STAFF BENEFICIÁRIOS COMUNIDADE SOCIEDADE Renovação do SGQ 2008-2011 -> Metodologia dinâmica Aumento dos Pedidos de admissão 30,2% Aumento legitimidade social Aumento transferência de saber fazer Aumento da Motivação -> eficiência e eficácia Reforço da integração nas redes sociais (CRI, CLAS) <ul><li>Reconhecimento público Prémio Categoria Privada Hospital do Futuro’05/06 </li></ul><ul><li>Convite para Conferências Nacionais e Internacionais </li></ul>Aumento da satisfação 12,3%
  21. 21. Prática Comunicação Integrada Integrando meios de Comunicação tradicionais OFFLINE com os Novos Media e Redes Sociais ONLINE BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA DIANOVA “ Inspirando a Mudança” Conceito criativo Gestão da Marca Comunicação Corporativa Relações Governamentais Relações Media Comunicação Saúde Marketing Social e de Saúde Comunicação Online e Social Media © Rui Martins Ι Dianova
  22. 22. Prática Comunicação Integrada: Media & Redes Sociais http://www.youtube.com/user/dianovaportugal http://www.flickr.com/photos/dianovaportugal http://www.facebook.com/people/Rui-Martins/580747778   http://www.linkedin.com/in/ruipmartins http://www.thestartracker.com http://ruimartins.myplaxo.com http://www.slideshare.com/Dianova http://pt.wikipedia.org/wiki/Dianova_Portugal http://twitter.com/dianovapt http://rs100fronteiras.ning.com/profile/RuiMartins BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA www.dianova.pt © Rui Martins Ι Dianova
  23. 23. Prática MKT Social & Fundraising BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova Voluntariado Movimento Geração G(enerosity)™ Clube Empreendedores Sociais Dianova na Rede Kazoo Novas Ferramentas para Gestão de Patrocínios vs Projectos
  24. 24. Prática Cultura Cooperação Estatutivo Consultivo Especial junto da ONU/ECOSOC Juventude, Educação, e Toxicodepend. 51ª Conferência ICAA sobre Drogas e Álcool, Chipre, 2008 Evento Internacional Rede, Cooperação e Inovação no 3º Sector. Evento Encontro Distrital Projectos Progride Desenvolvimento Social e Comunitário Assembleia Geral Anual Rede Dianova, Lisboa 2008 Empowering Educação e Formação para Professores Dianova – ASPL BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova
  25. 25. Prática Transparência e Informação Trimestral, 3.300 Gratuitos Versão PDF em www.dianova.pt <ul><li>Publicações costumizadas = Instrumentos de Fidelização de Stakeholders </li></ul><ul><li>Criam relação emocional com o leitor / potencial cliente </li></ul><ul><li>Aumentam envolvimento dos stakeholders com a marca </li></ul><ul><li>Oferecem informação e aumentam nível de aprendizagem </li></ul><ul><li>Chegam ao leitor de forma personalizada </li></ul><ul><li>Incrementam a notoriedade da marca </li></ul>eNews mensal Versão electrónica em www.dianova.pt Anual, Pedido Sob Consulta BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova
  26. 26. Prática Inclusão Social Sustentável BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA Negócios socialmente responsáveis têm uma relação com a comunidade de longo prazo – relação sustentável – que vai para além de uma mera transacção comercial <ul><li>A operar desde 2000 </li></ul><ul><li>+ 50 beneficiários desde início de actividade </li></ul><ul><li>13 Colaboradores </li></ul><ul><ul><li>8 efectivos </li></ul></ul><ul><ul><li>5 a contrato </li></ul></ul><ul><li>Proveitos = €300 mil </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova Empresa de Inserção Viveiros de Floricultura
  27. 27. ImPACTO Social Directo 2008 2.041 Pessoas 83,7% Aumento BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA © Rui Martins Ι Dianova Inclusão Social 98 Prevenção & Educação 412 Des. Sócio-comunitário 1.133 Programa Tratamento 85 Formação & Inter. Familiar 313
  28. 28. OUTPUT IMPACT OUTCOMES Com que eficácia disseminamos a nossa mensagem <ul><li>Mensagens Media Positivas </li></ul><ul><li>Cobertura Media regional, nacional e local: </li></ul><ul><li>48 notícias, </li></ul><ul><li>1,2 milhões de leitores </li></ul><ul><li>€ 75.607 ROI </li></ul><ul><li>Média de 6.660 visitas mensais ao site Dianova </li></ul>Que efeito tem a nossa comunicação nos stakeholders <ul><li>Reconhecimento positivo da capacidade de mudança, inovação e profissionalismo </li></ul><ul><li>Aumento de 19,2% pedidos informação online </li></ul><ul><li>Inflexão na curva da procura de tratamento: aumento 30,2% nas admissões </li></ul>Que mudanças através métricas de mensuração BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA Impacto Comunicação 2008 © Rui Martins Ι Dianova
  29. 29. <ul><li>Inspirando a Mudança! </li></ul><ul><li>Rui Martins, Director Comunicação </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul>© Rui Martins Ι Dianova

×