Successfully reported this slideshow.

Transformação de Soro

1

Share

Upcoming SlideShare
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
Loading in …3
×
1 of 32
1 of 32

Transformação de Soro

1

Share

Download to read offline

Slide com guia passo-a-passo sobre como realizar transformações de soro e até outras soluções, como glicose, basta aplicar a lógica da coisa, enfim, bons estudos.

Slide com guia passo-a-passo sobre como realizar transformações de soro e até outras soluções, como glicose, basta aplicar a lógica da coisa, enfim, bons estudos.

More Related Content

Related Books

Free with a 14 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 14 day trial from Scribd

See all

Transformação de Soro

  1. 1. TRANSFORMAÇÃO DE SORO Passo a Passo
  2. 2. O QUE É? É a transformação da concentração de um soluto de uma solução para um novo valor de concentração. Nessa primeira parte vamos usar um exemplo onde queremos aumentar a concentração de um determinada solução. 
  3. 3. TRANSFORMAÇÃO DE SORO Regra de Três
  4. 4. ANTES DE TUDO ∙∙∙ 😎 1. Descobrir quanto de soluto temos na SOLUÇÃO PRESCRITA; 2. Descobrir quanto de soluto temos na SOLUÇÃO DISPONÍVEL na unidade; 3. Descobrir a quantia que falta para acrescentar a solução disponível para virar a prescrita; 4. Descobrir quanto de soluto temos na AMPOLA disponível na unidade que usaremos para a transformação; 5. Descobrir quantas ampolas usar; 6. Mais algumas coisinhas que veremos adiante!
  5. 5. EXEMPLO ∙∙∙ 🙂 Foi prescrito, 500 ml de SF a 10%, mas na unidade de saúde, só existem disponíveis soluções de SF com 500 ml a 0,9%, então, como proceder para transformar essa solução tendo ampolas de SF de 10 ml a 20%?
  6. 6. PASSO 1 DE 7 ∙∙∙ 😃 Descobrir quanto de soluto temos na solução prescrita; 100 ml ---- 10g 500 ml ---- X 100x = 500 . 10 100x = 5000 x = 5000 / 100 x = 50 g Descobrimos que em 500 ml de SF a 10%, temos 50g de soluto!
  7. 7. PASSO 2 DE 7 ∙∙∙ 😃 Descobrir quanto de soluto temos na solução disponível: 100 ml ---- 0,9g 500 ml ---- X 100x = 500 x 0,9 100x = 450 X = 450 / 100 X = 4,5 g Descobrimos que em 500 ml de SF a 0,9%, temos 4,5g de soluto!
  8. 8. PASSO 3 DE 7 ∙∙∙ 😃 Descobrir a quantidade necessária de soluto que devemos acrescentar na solução disponível para se tornar a solução prescrita: SF 10%  50g SF 0,9%  4,5g 50g – 4,5g = 45,5 g! Precisamos de 45,5 gramas de soluto para adicionar a solução disponível (4,5 g) para formarmos a solução prescrita (50 g). 50g – 4,5g = 45,5 g!
  9. 9. PASSO 4 DE 7 ∙∙∙ 😃 Descobrir quanto de soluto (sódio) temos na ampola disponível; 100 ml ---- 20g 10 ml ----- X 100x = 20 . 10 100x = 200 x = 200 / 100 x = 2 g Em uma ampola de SF com 10 ml a 20% temos 2 gramas de soluto.
  10. 10. RECAPITULANDO ∙∙∙ 😉  No SF de 500 ml a 10% teríamos 50g de sódio;  No SF de 500 ml a 0,9% temos 4,5g de sódio;  Na ampola de SF de 10 ml a 20% temos 2g de sódio;  A prescrição pede um SF a 10%, ou seja, com 50g de sódio;  Já temos disponível, SF a 0,9%, que já tem em sua composição 4,5 g, e se eu já tenho 4,5 g, quanto falta? 50 – 4,5 = 45,5, falta 45,5 g de sódio para atingirmos o valor da concentração prescrita;  Para isso, utilizaremos as ampolas de SF de 10 ml a 20% disponíveis na unidade!
  11. 11. PASSO 5 DE 7 ∙∙∙ 😃 Se em uma ampola de 10 ml, temos 2g, quantas ampolas de SF a 20% vou precisar? 10 ml ---- 2g x ml ----- 45,5g  Lembrando que 45,5g é o que precisamos. 2x = 455 x = 455 / 2 x = 227,5 ml (22,75 ampolas) Serão necessárias 22,75 ampolas de 10 ml (227,5 ml) de SF a 20%.
  12. 12. CALMA LÁ ∙∙∙ 😉 Já sabemos que temos que adicionar a solução disponível, SG a 5%, 100 ml de SG a 25%! Se fosse um volume pequeno, pararíamos aqui mesmo, no quinto passo... Mas como o volume é grande, 100 ml, não podemos simplesmente acrescentar, pois a garrafa ou bolsa da solução não suporta... Para acrescentar 100 ml, significa ter que desprezar 100 ml do SG a 5% disponível, E depois, teremos que repor a quantidade de soluto que foi desprezada junto com os 100 ml... Então, descartamos agora 100 ml; Próximo passo...
  13. 13. PASSO 6 DE 7 ∙∙∙ 😱 Encontrar a quantidade de soluto que jogamos fora ao desprezar a solução disponível na unidade: 500 ml ------ 4,5g  SF 0,9% 227,5 ml ---- x 500x = 1023,75 x = 1023,75/ 500 x = 2,04g Em 227,5 ml desprezados, foram embora também, 2,04g de soluto.
  14. 14. ENTENDENDO ∙∙∙ 😕 Joguei fora 227,5 ml de soro que tenho disponível na unidade; Foram perdidos aí, 2,04 gramas de sódio que precisa ser reposto; Sobraram na bolsa de soro, 272,5 ml (500 ml – 227,5 ml) que agora contém 2,46 g de sódio; Podemos usar as ampolas de SF a 20% para repor a quantidade de sódio perdida! 4,5g – 2,04g = 2,46g!
  15. 15. PASSO 7 DE 7 ∙∙∙ 😌 Descobrir quantas ampolas precisarei aspirar para repor a quantidade de soluto que perdi ao desprezar a solução: 10 ml --- 2g <- ampola X --- 2,46g <- sódio que sobrou na bolsa de SF 2x = 24,6 x = 24,6 / 2 x= 12,3 ml (1,23 ampola) Precisaríamos de aproximadamente 1 ampola.
  16. 16. PASSOU! ∙∙∙ 😂 Então, para se atingir a concentração desejada da prescrição teremos que acrescentar 227,5 ml (22,75 ampolas de 10 ml) de SF; Porém, como antes jogamos fora 227,5 ml dessa solução, pois a quantidade em ml de SF das ampolas não caberia na bolsa de soro, teremos que repor também o soluto perdido, que corresponde a mais 1,23 ampola (12,3 ml); Concluímos que no total precisaríamos de 23,98 ampolas de 10 ml, ou seja, aspiraríamos um total de 239,8 ml; Formando na bolsa da solução um volume de 512,3 ml a 10%.
  17. 17. RESUMINDO Passo a Passo de forma simples e prática
  18. 18. RESUMO ∙∙∙ 🙂 1. Descobrir quantas gramas temos na solução prescrita (soro de 500 ml a 10%): 100 ml ---- 10g 500 ml ---- X 100x = 5000 x = 5000 / 100 x = 5000 / 100 x = 50 / 1 x = 50 gramas
  19. 19. RESUMO ∙∙∙ 🙂 2. Descobrir quantas gramas temos na solução disponível (soro de 500 ml a 0,9%): 100 ml ---- 0,9g 500 ml ---- X 100x = 450 x = 450 / 100 x = 450 / 100 x = 45 / 10 x = 4,5 gramas
  20. 20. RESUMO ∙∙∙ 🙂 3. Ora, se precisamos de 50 gramas e temos num soro apenas 4,5 gramas, podemos descobrir quanto iremos precisar para completar o que falta, veja: 50 gramas 4,5 gramas 45,5 gramas Serão necessários adicionar 45,5g para transformar o novo soro.
  21. 21. RESUMO ∙∙∙ 🙂 4. Descobrir quantas gramas temos em uma ampola de soro (10 ml a 20%): 100 ml ---- 20g 10 ml ------ X 100x = 200 x = 200 / 100 x = 200 / 100 x = 2 / 1 x = 2 gramas
  22. 22. RESUMO ∙∙∙ 🙂 5. Quantas ampolas (de 10 ml a 20%) iremos precisar? 10 ml --- 2g X ml ----- 45,5g 2x = 455 x = 455 / 2 x = 227,5 ml Que correspondem a 22,75 ampolas de 10 ml, pois, 227,5 ml divido por 10 ml (da ampola) é 22,75.
  23. 23. RESUMO ∙∙∙ 🙂 6. Descobrir quantos gramas de soluto jogamos fora, pois não cabem 227,5 ml a mais em uma bolsa de soro. 500 ml ---- 4,5g 227,5 ml ----- X 500x = 1023,75 x = 1023,75 / 500 x = 2,04 gramas
  24. 24. RESUMO ∙∙∙ 🙂 7. Temos 4,5 gramas em uma bolsa de soro a 0,9%, foram jogados fora 2,04 em gramas de sódio dessa bolsa, precisamos saber quanto ainda restou: 4,5 gramas 2,04 gramas 2,46 gramas Sobraram 2,46g de sódio na bolsa de soro a 0,9% que agora contêm 272,5 ml.
  25. 25. RESUMO ∙∙∙ 🙂 8. E agora? Quantas ampolas de soro a 20% precisamos para repor o sódio perdido? 10 ml ---- 2g X ml ----- 2,46g 2x = 24,6 x = 24,6 / 2 x = 12,3 ml
  26. 26. TCHAU! ∙∙∙ ☺ CONCLUSÃO! É difícil no começo associar o raciocínio ao meio de tantos números e tantas variantes, mas com a prática é possível juntar todas as pecinhas necessárias para chegar a um ponto que é a transformação da concentração de uma solução de soro ou outra solução. Basicamente precisamos descobrir quanto em gramas cada solução tem e a partir daí trabalhar com esses dados. Agradecimentos!
  27. 27. BÔNUS: TRANSFORMAÇÃO DE SORO Transformação para uma concentração menor!
  28. 28. RESUMO PRÁTICO! Se ficou bem entendido os passos anteriores, então será fácil entender como funciona uma transformação onde teremos que diminuir a concentração da solução disponível, por exemplo: Quero transformar 250 ml de SF a 0,9% em 250 ml de SF a 0,3%!
  29. 29. PRÁTICA  Primeiro:  Saber quanto de soluto temos em uma bolsa de soro de 250 ml a 0,9%, assim:  0,9g ---- 100 ml  x ---- 250 ml  100x = 225  x = 225 / 100  x = 2,25 g
  30. 30. PRÁTICA  Segundo:  Bom, agora precisamos saber quanto de soluto teremos na solução de 250 ml de SF a 0,3%:  0,3 g ---- 100 ml  x ---- 250 ml  100x = 75  x = 75 / 100  x = 0,75 g
  31. 31. PRÁTICA  Terceiro:  Muito bem! Vamos desprezar o volume necessário que temamos a quantidade de soluto que precisamos:  Se teremos que ter 0,75 g em 250 ml de SF a 0,3%, e no SF de 250 ml a 0,9% temos 2,25 g de soluto, então: 2,25 – 0,75 = 1,5 g, agora é só descobrir quanto em ml 1,5g é:  2,25 g ---- 250 ml  1,5 g ---- X ml  2,25x = 375  X = 166,6 ml  166,6 ml que serão jogados fora!! Vão sobrar apenas 0,75 g de sódio que correspondem aos 83,4 ml (250 – 166,6 = 83,4 ml) que sobraram na bolsa.
  32. 32. PRÁTICA  Quarto:  Pois pronto! Agora é só completar o soro com Água Destilada com o volume corresponde aos que foram jogados fora;  Se foi desprezado 166,6 ml da solução fisiológica, tudo que precisamos agora é adicionar 166,6 ml água destilada, e teremos uma solução fisiológica a 0,3% que antes era de 0,9%.  Muitíssimo obrigado!!  Fim de papo.

×