4educacaomundocontemporaneo

390 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
390
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
91
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

4educacaomundocontemporaneo

  1. 1. Educação no mundoEducação no mundocontemporâneo e oscontemporâneo e osdesafios ao currículodesafios ao currículoMaria Elizabeth Bianconcini de AlmeidaPontifícia Universidade Católica de São PauloPrograma de Pós-Graduação em Educação:Currículobethalmeida@pucsp.br
  2. 2. Somos contemporâneos de uma mudança de época, e não sóde uma época de mudanças.Frei Betto
  3. 3. Mudança de época?Mudança de época? Diferentes modos de lidar com as telas:• vivemos “plugados” no mundo, em frente a uma tela 3 gerações:• Anos 50 / 60: TV - passividade diante da tela• Anos 80 / 90: transição para a sociedade midiáticaVelho e o novo Analógico e o digital• Anos 2000: crianças nascem no mundo digitalObservar, contemplar ou participar?Observar, contemplar ou participar?Retomada do mito da Caverna de Platão?Retomada do mito da Caverna de Platão?Observar, contemplar ou participar?Observar, contemplar ou participar?Retomada do mito da Caverna de Platão?Retomada do mito da Caverna de Platão?
  4. 4. Como os jovens e as crianças lidam com asComo os jovens e as crianças lidam com astelas, que hoje estão em suas mãos etelas, que hoje estão em suas mãos eocupam suas mentes?ocupam suas mentes? Telas marcantes da atual geração:• TV e o controle remoto - zapear e selecionar imagens• Telefone celular - teclar, comunicar e enviar SMS:• uso dos dois polegares• Computador, netbook, tablet, Ipad, Ipod, Itudo, Itodos…• Navegar na internet: ícones, sons e movimentos• Participar de redes de relacionamentoTelas, mídias, tecnologias:Telas, mídias, tecnologias:mais do que ferramentas, são instrumentos culturais.mais do que ferramentas, são instrumentos culturais.Telas, mídias, tecnologias:Telas, mídias, tecnologias:mais do que ferramentas, são instrumentos culturais.mais do que ferramentas, são instrumentos culturais.
  5. 5. Como lidar na escola com os instrumentos culturaisque fazem parte do cotidiano de nossos alunos?Como lidar na escola com os instrumentos culturaisque fazem parte do cotidiano de nossos alunos?
  6. 6. Instrumentos culturaisestruturam o pensamento,o modo de ser, estar e se relacionarno mundo e com o mundo.Mídias e tecnologias:estruturantes do currículo.Instrumentos culturaisestruturam o pensamento,o modo de ser, estar e se relacionarno mundo e com o mundo.Mídias e tecnologias:estruturantes do currículo.
  7. 7.  Construir o futuro no presente• Princípio: a cultura é produzida pelo homem• Repensar a educação• Ressignificar o currículo Educação• ensinar a “ver”, “viver” e “transformar” com os instrumentosculturais do mundo• desenvolver a cultura digital na escola• integrar as mídias e TDIC com o currículoMudança de época Reinventar o futuro no presenteDesafios da educação frente às mídias etecnologias digitais de informação ecomunicação - TDIC
  8. 8. O que significa integrar as TDIC aodesenvolvimento do currículo?Como concebemos o currículo?
  9. 9.  Intencionalidade pedagógica Comprometido com a transmissão/produção de conhecimento Grade de conteúdo prescritohierárquico• Material pedagógico, livrodidático Planejamento é “aplicado” Avaliação:• Pontual, somativa• Automatizada com o usode recursos das TDIC Professor e aluno• Instrumentos de regulação Construção social, política ehistórica: se constitui na ação Integrado com a vida e asexperiências de alunos eprofessores Multicultural Dialógico Democrático Avaliação processual eformadoraCurrículo: conceitoCurrículo: conceitopolissêmicopolissêmico
  10. 10. Engloba:teoria, prática social pedagógica e reflexãoEngloba:teoria, prática social pedagógica e reflexãoReelaborado em função de tempos, espaços e contextosFaz sentido para alunos e professoresIntegra experiências e conhecimentos do cotidianoCaráter de ordenação da prática e de sistematizaçãoformalReelaborado em função de tempos, espaços e contextosFaz sentido para alunos e professoresIntegra experiências e conhecimentos do cotidianoCaráter de ordenação da prática e de sistematizaçãoformalinstruirinstruircompreender e agir no contexto e no mundocompreender e agir no contexto e no mundoDesenvolvimento: cognitivo, social, físico, emocionalDesenvolvimento: cognitivo, social, físico, emocionalMudança de épocaMudança de época reverrevera concepção de currículoa concepção de currículo
  11. 11. Currículo: reconstruído naCurrículo: reconstruído naprática social pedagógicaprática social pedagógica Desenvolvimento do Currículo:• articulação entre conhecimentos sistematizados comos conhecimentos mobilizados na relação pedagógica• envolve professor, alunos, sistema de ensino emateriais em uso: livros didáticos, planos de ação,sistemas de ensino, hipermídias, portais educativos...• experiências e saberes de todos participantes do atoeducativo• O currículo planejado se concretiza na interação social
  12. 12. O que significaO que significaintegrar currículo eintegrar currículo eTDIC ?TDIC ?
  13. 13. Integração de currículo eIntegração de currículo eTDICTDIC Incorporar as características e funcionalidades dos ambientes,ferramentas e interfaces das TDIC ao desenvolvimento do currículo:• busca e compartilhamento de informações• interação multidirecional: todos-todos• participação de qualquer lugar, a qualquer tempo• colaboração e produção compartilhada de significados• expansão das atividades cognitivas: tecnologias da inteligência• produção de narrativas curriculares com o uso de múltiplaslinguagens, velhas e novas tecnologias
  14. 14.  Potencializada: exploração das TDIC abertas, móveis, imersivas,interativas, conectadas à internet Uso de distintos artefatos tecnológicos Currículo em rede:• registrado nos documentos digitais e nas atividades que sedesenvolvem por meio das TDIC• disponível para análise, compartilhamento, recriação e novos registros• fazer e refazer contínuo: reflexão sobre o erroIntegração deIntegração decurrículo e TDICcurrículo e TDIC
  15. 15. Currículo em redeCurrículo em redeRede que se liga com outras redes,envolve professores, aprendizes, especialistas que se conectam.Currículo aberto, flexível, com inúmeros percursos e contextos,diversos pontos de partida e chegada...Currículos múltiplos!
  16. 16. Das concepções à prática: umDas concepções à prática: umcaminho a percorrer...caminho a percorrer...Dimensões política, social,organizacional e cultural Instituições formadorasde professores Redes de ensino Escolas Sala de aula Prática pedagógica Relação com oconhecimento Identificação dascaracterísticas das TDIC quepropiciem criar a inovação naprática pedagógica Domínio das principaisfunções das TDIC Conhecimento pedagógico edo conteúdo específico daárea de estudos Olhar crítico sobre o currículo Abertura para trabalhar apartir das experiências dosalunosProfessoresMudanças
  17. 17.  Estabelecer o diálogo com os alunos a fim de entender seu universo deconhecimentos, valores, crenças e modos de pensar.• Criar situações que propiciem aos aprendizes:• selecionar e organizar informações significativas disponíveis em distintasfontes• trabalhar a partir do conhecimento do senso comum, das dúvidas ecuriosidades para atingir a compreensão do conhecimento científico, quepropiciem a compreensão do mundo• integrar múltiplas linguagens e sistemas de signos veiculados pelas TDICna representação do pensamento• Dialogar, compartilhar ideias, experiências e produzir conhecimentos emcolaboraçãoPapel do professor frente à integraçãoPapel do professor frente à integraçãoentre o currículo e as TDICentre o currículo e as TDIC
  18. 18. O que há de novo no contexto de integraçãoO que há de novo no contexto de integraçãoentre as TDIC e o currículo?entre as TDIC e o currículo?
  19. 19. Qual o significado que as TMSF têm emnossa vida pessoal ?De que forma as TMSF podem contribuirpara a aprendizagem?Como podemos explorar as TDIC para odesenvolvimento do currículo e aaprendizagem de nossos alunos?Disseminação de tecnologias móveisDisseminação de tecnologias móveiscom conexão sem fio à internet-TMSFcom conexão sem fio à internet-TMSF
  20. 20. Currículo e TMSF em distintasCurrículo e TMSF em distintasáreas de conhecimentoáreas de conhecimento Narrativas digitais• Criação de histórias pelos aprendizes• Forma de dar sentido à própria vida (Bruner)• Uso de múltiplas linguagens para reconstruir a experiência social• Articulação entre as experiências e a compreensão sobre osconceitos envolvidos na experiência• TMSF: midiatização entre as experiências e o conhecimento científico A análise das narrativas permite orientar os aprendizes para que elesaprendam a se expressar para serem compreendidos.
  21. 21. Narrar a experiência,remete ao registro damemória sobre o cotidianoda vida social, aoespecífico do sujeito, aocoletivo de um grupo, aossignificados que ossujeitos atribuem aosacontecimentos.(Almeida; Valente, 2012)
  22. 22.  Uso social da língua e da escrita das próprias histórias com aaprendizagem de uma língua estrangeira Reencenação de trechos narrativos de filmes de interesse para osaprendizes:• identificar os conhecimentos envolvidos e formalizá-los Desconstrução de narrativas digitais produzidas (filmes, hipermídias...):• Analisar linguagens midiáticas utilizadas, formas de interação social,uso do vocabulário em contexto Exploração da relação entre distintas áreas de conhecimento• Usar as TMSF para registrar acontecimentos significativos observados pelosaprendizes em distintos locais• Criar ou selecionar, editar e organizar imagens e músicas• Produzir filmes, narrativas e roteirosCurrículo e TMSF em distintas áreas deCurrículo e TMSF em distintas áreas deconhecimentos : exemplosconhecimentos : exemplos
  23. 23. Educação no mundoEducação no mundocontemporâneo e oscontemporâneo e osdesafios ao currículodesafios ao currículoMaria Elizabeth Bianconcini de AlmeidaPontifícia Universidade Católica de São PauloPrograma de Pós-Graduação em Educação:Currículobethalmeida@pucsp.br

×