Daniel dialeto apr

297 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
297
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Daniel dialeto apr

  1. 1. apresentação – Agência Dialeto 2010 Profissional das redes sociais Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 3/10
  2. 2. a rede social Afinal, o que é a assim chamada “rede social”? As pessoas usam todos os dias alguma forma para comunicar com quem precisam ou desejam. Esta pode ser das mais convencionais, das mais inovadoras ou das que estão se tornando convencionais. E se está maneira lhe prover um filtro, uma estrutura horizontal que lhe proporcione a comunicação com seus amigos, familiares, relacionamento profissional, e o compratilhamento de comunidades de interesses em comum? Foi por essa e outras razões que as redes sociais tiveram um boom na primeira metade dos anos 2000 e ainda assim não para de crescer. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 2/10
  3. 3. possibilidades Esse fenomeno garante inúmeras possibilidades. Algo muito comentado foi a revolução concebida no meio musical por redes como por exemplo o Myspace e o Last.fm. Os artistas mesmos podem promover suas bandas, personalizar seu layouts, ter os seus videos postados, além de uma estrutura interna de blog, lista de datas de turne, podendo se conectar com outros artistas ou até mesmo selos e gravadoras. Esses casos são grandes exemplos do potencial de negocios que temos dentro destas redes. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 3/10
  4. 4. publicidade, propaganda e negócios Partindo da idéia que existem muitas pessoas que compartilham do mesmo interesse, aí está a grande sacada de como usar as redes sociais para promover um produto ou um serviço. Sabe aquele tênis cult da nike feito há um década atrás que não fabrica mais, todo mundo quer e tem mais de 15 tópicos de discussão sobre? Essa é a oportunidade de mostrar a reedição e fazer as vendas bombarem. É uma ação que está indo direto no público alvo e é um ótimo lugar para fazer com que a notícia se espalhe. A Adidas (e muitas outras marcas de outros seguimentos) fez isso no facebook há algum tempo atrás com a campanha dos novos tenis do Starwars. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 4/10
  5. 5. o profissional das redes sociais É aqui que entra o agente de como transformar tudo isso em negócios. Como? Bem, identificando uma necessidade no consumidor ou melhor no indivíduo. O cara que cultua aquele Nike tão bacana. Ou porque não também criar uma necessidade? Sabe aquele produto super inovador? Ponha nas mãos das pessoas certas, ou divulgue nos lugares certos. As pessoas estão abertas a conhecer coisas inovadoras, e, melhor ainda, querem ter antes de todo mundo. Com todo esse potencial dentro de um só lugar com tanta gente, como não ter alguém para cuidar destas oportunidades? Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 5/10
  6. 6. o indivíduo O mais importante de tudo, pois é ele quem criar a necessidade de ter um profissional que crie necessidades é o indivíduo. O usuário da rede social, disponibiliza todas as informações de comportamento, idade, interesses, o que é fundamental para uma ação ser criada ou até mesmo para identificarmos quem está usando ou quem quer usar determinado produto, serviço ou idéia. É o feedback quase que imediato, como também o termometro de todas as experiências, por isso não podemos substimar a importância desta peça. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 6/10
  7. 7. conclusão Com a revolução da internet e das mídias terciárias, há um forma de inteiração jamais vista antes. Esta pode ser a grande oportunidade para inúmeras ações de marketing, pela facilidade que se tem em identificar quem são os consumidores, seu comportamento e suas necessidades. O feedback é muito rápido. Por isso é necessário alguém com os olhos em cima deste “organismo” com capacidade de planejar e saber como quando e onde agir. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 7/10
  8. 8. porque eu? Tive a experiência de mexer com redes sociais fazendo marketing musical, fazendo ações promocionais e fazendo uma ponte entre o fã, o musico endorsado e o produto. Sou um usuário também e estou sempre de olhos abertos a acões que foram feitas e como elas são absorvidas por mim em relação à uma novidade. Acho que o meu grande diferencial é ter os olhos e a noção entre os dois lados. Isso faz com que eu tenha um instrumento a mais para planejar e imaginar como uma ação seria recebida ou aceita. Acredito que algo crucial para esta função é o feeling.. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 8/10
  9. 9. Daniel Fernando Garcia de Andrade danielkip@gmail.com 11 73347702 Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 9/10
  10. 10. Daniel Fernando Garcia de Andrade Dialeto 10/10

×