Teoria pratica cientifica

1,653 views

Published on

Trabalho da disciplina Introdução a Pesquisa Científica.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,653
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
96
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Teoria pratica cientifica

  1. 1. TEORIA PRÁTICA CIENTÍFICA<br />Aluno: Daniel Andre<br />Professora: Luciana Gracioso<br />Disciplina: Introdução a Pesquisa Científica<br />
  2. 2. O método como caminho do conhecimento científico<br />Coleta de dados;<br />Registro de fatos;<br />Levantamento, identificação e catalogação de documentos;<br />Cálculos estatísticos;<br />Entrevistas;<br />Depoimentos;<br />Questionários.<br />
  3. 3. Método Científico<br />
  4. 4. Método Científico<br />Observar os fatos = olhar;<br />Formular uma hipótese;<br />Verificação experimental;<br />Lei -> Teoria -> Sistema<br />
  5. 5. Indução e Dedução<br />Raciocínio indutivo: Do particular ao universal<br />Raciocínio dedutivo: Do universal ao particular<br />
  6. 6. Fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />Ciências Naturais<br />Ciências Humanas<br />
  7. 7. Fundamentos teórico-metodológicos da ciência<br />Para a ciência, o real se esgota na ordem natural do universo físico, à qual tudo se reduz, incluindo o homem e a própra razão, que é razão natural.<br />
  8. 8. Paradigmas epistemológicos<br />Ciências Naturais: praticamente um único paradigma teóricometodológico;<br />Ciências Humanas: paradigmas epistemológicos alternativos.<br />
  9. 9. Positivismo: expressão da filosofia moderna, que entende que o sujeito “põe” o conhecimento a respeito do mundo, mas o faz a partir da experiência na manifestação dos fenômenos;<br />Ciência: nasceu na modernidade, com a “crítica” ao modo metafísico de pensar e de, supostamente conhecer.<br />
  10. 10. A partir do Renascentismo, os modernos chegam a conclusão que só podemos conhecer aquilo que é dado à experiência sensível que nos revela um conjunto de relações entre os objetos, relações que podemos mensurar com os recursos da matemática, mas nunca chegar a suas eventuais essências<br />A ciência é simultaneamente um saber teórico (explica o real) e um poder prático (maneja o real pela técnica)<br />
  11. 11. A formação das ciências humanas<br />Naturalismo: O homem seria um ser natural como os demais<br />Determinismo: O homem é submisso às mesmas leis de regularidade<br />
  12. 12. Pluralismo epistemológico<br />Várias possibilidades de se entender a relação sujeito/objeto quando da experiência do conhecimento.<br />
  13. 13. Funcionalismo<br />Sociedade humana e a cultura são como um organismo, cujas partes funcionam pra entender às necessidades do conjunto.<br />
  14. 14. Estruturalismo<br />A estrutura é um microssistema anterior à intervenção histórica dos sujeitos.<br />Sistema constitui um jogo de oposições, de presenças e ausências.<br />
  15. 15. Femenologia<br />Todo conhecimento fatual, funda-se num conhecimento originário de natureza intuitiva, viabilizado pela condição intencional de nossa consciência subjetiva<br />
  16. 16. Hermenêutica<br />Todo conhecimento é necessariamente uma interpretação que o sujeito faz a partir das expressões simbólicas das produções humanas dos signos culturais.<br />
  17. 17. Dialética<br />Reciprocidade entre sujeito/objeto<br />Interação social que vai se formando ao longo do tempo histórico<br />
  18. 18. Modalidades e metodologias de pesquisa científica<br />Há elementos gerais que são comuns;<br />Além da divisão entre Ciências Naturais e Humanas, ocorrem também no modo de praticar a investigação científica<br />
  19. 19. Pesquisa quantitativa e qualitativa<br />Conjunto de metodologias que envolvem diversas referências epistemológicas<br />
  20. 20. Pesquisa etnográfica<br />Visa compreender, na sua cotidianidade, os processos do dia-a-dia em suas diversas modalidades.<br />

×