Modelo orientado a objetos

7,458 views

Published on

  • Be the first to comment

Modelo orientado a objetos

  1. 1. Modelo Orientado a objetosDefiniçãoNo que é utilizadoEx de diagramasVantagens e desvantagens No Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados Orientado a Objetos(SGBDOO), a noção de objeto é usada no nível lógico e possui características nãoencontradas nas linguagens de programação tradicionais, como operadoresde manipulação de estruturas, gerenciamento de armazenamento, tratamento deintegridade e persistência dos dados. Os modelos de dados orientados a objetos tem um papel importante nosSGBDs porque são mais adequados para o tratamento de objetos complexos(textos, gráficos, imagens) e dinâmicos (programas, simulações), por possuíremmaior naturalidade conceitual e, finalmente, por estarem em harmonia comfortes tendências em linguagens de programação e engenharia de software. Ajunção entre as linguagens de programação e banco de dados é um dos problemasque estão sendo tratados de forma mais adequada no contexto de orientação aobjetos. No modelo de dados orientado a objetos (MDOO), toda e qualquer entidadedo mundo real é representada por um modelo conceitual o objeto. Um objetosempre estará associado a um estado e um comportamento. O estado de um objetoé definido por um valor e suas propriedades, os atributos. Propriedades podem tervalores primitivos,como strings ou inteiros, como também valores não primitivos. Umobjeto não primitivo consiste em um conjunto de propriedades. Conseqüentemente,objetos podem ser recursivamente definidos sob a forma de outros objetos. Ocomportamento de um objeto é especificado por métodos que operam sobre oestado do objeto.Cada objeto é unicamente identificado por um sistema identificadordeterminante (SID). Objetos com as mesmas propriedades e comportamento sãoagrupados em classes. Um objeto pode ser uma instância de somente uma única classe ou de váriasclasses.Classes são organizadas hierarquicamente. Um subclasse herdapropriedades e métodos de uma superclasse, além do que, uma subclasse podepossuir propriedades e métodos específicos. Em alguns sistemas de BDOO, classespodem ter mais de uma super classe, configurando o que chamamos de herançamúltipla, enquanto que, outras classes são restritas a somente um superclasse,herança simples.
  2. 2. Exemplo UniCOSMOS (University of Campinas Object Storage Management System)foi um protótipo desenvolvido na UNICAMP no período 1985–1989 para aplicaçõesem engenharia. Efetivamente, UniCOSMOS não era um sistema gerenciador debase de objetos, mas sim um núcleo para tais sistemas onde alguns dosmecanismos básicos de manipulação de objetos persistentes poderiam seravaliados. Encontram-se no mercado: - CACHÉ: trabalha com as seguintes linguagens: Java, .Net, C++, XML eoutras. É um banco de dados comercial. - VERSANT: trabalha com as seguintes linguagens: Java e C++. É bastanteutilizado nos sistemas telecomunicações, redes de transporte, áreas médicas efinanceiras. É um banco de dados comercial. - DB4Objects: Trabalha com as seguintes linguagens: Java e .Net. Sualinguagem de Consulta é a Object Query Language (OQL) e é um banco de dadosdistribuído em duas licenças, a GPL (licença pública Geral) e uma licença comercial. - O2: Trabalha com as seguintes linguagens: C, C++ e o ambiente O2.Sua linguagem de Consulta: O2Query, OQL. Seu gerenciador do Banco de Dadosé o O2Engine, e é um banco de dados comercial. - GEMSTONE: trabalha com as seguintes linguagens: Java, C++, C#, XML eoutras. Sua linguagem de Consulta é o DML. É um banco de dados comercial. - JASMINE: Possui alta conectividade com Web, suporte à linguagem Java.Pode-se ainda desenvolver aplicações em Visual Basic usando Active/X, emHTML (HyperText Markup Language) usando as ferramentas de conectividadepara Web disponíveis no Jasmine, em C e C++ usando APIs e em Java usandointerfaces de middleware embutidas no Jasmine. É um banco de dados comercial.
  3. 3. - MATISSE: Trabalha com as seguintes linguagens: Java, C#, C++, VB,Delphi, Perl, PHP, Eiffel, SmallTalk. É um banco de dados comercial. - Objectivity/DB: trabalha com as seguintes linguagens: C#; C++; Java;Python, Smalltalk; SQL++ (SQL com objeto - extensões orientadas) e XML(para a importação e a exportação somente). É um banco de dados comercial. - Ozone: trabalha com as seguintes linguagens: Java e XML. É um banco dedados opensource. Vantagens Entre as Vantagens dos SGBD’s OO, podemos destacar: • Capacidade de Armazenamento de Objetos • Podes de Processamento de Requisições • Não possuem Chaves Primarias nem Estrangeiras, aumentando o desempenho das consultas e processos • Os Objetos se comunicam entre si através de mensagens. Desvantagens Entre as Desvantagens dos SGBD’s OO, podemos destacar: • Falta de Padronização das linguagens de manipulação dos dados; • Alto custo de aquisição das novas tecnologias; • Curva de aprendizagem e adaptação ao novo ambiente demorada.

×