Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Cyrela - Apresentação Institucional - Novembro de 2006

737 views

Published on

Apresentação Institucional - Novembro de 2006

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Cyrela - Apresentação Institucional - Novembro de 2006

  1. 1. Apresentação da Companhia Novembro 2006
  2. 2. Disclaimer O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Cyrela Brazil Realty nesta data (data da apresentação). Trata-se de informação resumida sem intenção de ser completa, que não deve ser considerada por investidores potenciais como recomendação. Esse material é estritamente confidencial e não deve ser apresentado a terceiros. Não fazemos nenhuma declaração nem damos nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à correção, adequação ou abrangência das informações aqui apresentadas. Essa apresentação contém informações prospectivas que se enquadram nas disposições da Seção 27A do Securities Act de 1933 e da Seção 21E do Securities Exchange Act de 1934. Tais informações prospectivas representam meras projeções e não constituem garantia de desempenho futuro. Investidores são prevenidos de que tais informações estão e continuarão, conforme o caso, sujeitas a diversos riscos, incertezas e fatores relacionados ao cenário de operações e negócios da Cyrela Brazil Realty e de suas subsidiárias, que podem fazer com que os resultados reais dessas companhias sejam significativamente diferentes de quaisquer resultados futuros expressos ou implícitos em tais informações prospectivas. Embora a Cyrela Brazil Realty acredita que as expectativas e premissas contidas nas declarações e informações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em dados atualmente disponíveis à sua administração, a Cyrela Brazil Realty não pode garantir resultados ou acontecimentos futuros. A Cyrela Brazil Realty isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. Títulos e valores mobiliários não podem ser ofertados ou vendidos nos Estados Unidos a não ser que sejam registrados em conformidade com o Securities Act de 1933. Qualquer oferta de títulos e valores mobiliários a ser realizada nos Estados Unidos deverá ser efetuada por intermédio de uma circular de oferta que pode ser obtida com os agentes de distribuição. Essa apresentação não se constitui em uma oferta, convite ou pedido de oferta para a subscrição ou compra de qualquer título ou valor mobiliário. Nem essa apresentação nem nenhuma informação aqui contida devem formar a base de qualquer contrato ou compromisso. 2
  3. 3. Agenda 1. Destaques da Companhia 2. Eventos Recentes 4. Informações Financeiras Apêndice 3
  4. 4. Estrutura Acionária Antes da Oferta Antes da Oferta Após a Oferta(1) Após a Oferta(1) Acionistas Controladores Acionistas 51% Controladores 42% Free Float Free Float 46% 55% Administração Administração 3% 3% 152.532.439 ações 152.532.439 ações 177.232.439 ações 177.232.439 ações (1) Inclui o exercício de 15% "greenshoe“ Após a oferta, o percentual de free float aumentou para 55% Após a oferta, o percentual de free float aumentou para 55% 4
  5. 5. Cyrela: Preço e Volume Negociado Preço por ação - CYRE3 50 140.000.000 IPO Oferta Subsequente (Preço de Fechamento - R$) 45 Set/05 Jul/06 120.000.000 40 (Volume Negociado - R$) 35 100.000.000 30 80.000.000 25 60.000.000 20 15 40.000.000 10 20.000.000 5 - - 6 05 06 5 6 5 05 06 5 6 6 05 06 06 /0 /0 /0 t/0 /0 /0 /0 v/ v/ o/ o/ n/ n/ n/ v ar ar t n ai ou se fe no no ag ag ja ju ja ju m m m Volume (R$) Preço (R$) 9M06 - Volume Médio Diário de Negociação: R$ 16 milhões 5
  6. 6. Principais Atividades da Cyrela Brazil Realty Receitas brutas - 2005 R$725 milhões Desenvolvimento Residencial Desenvolvimento Residencial Foco no desenvolvimento de prédios residenciais para os segmentos de renda alta e média-alta em São Paulo e no Rio de Janeiro 19 lançamentos em 2005, totalizando R$ 1,052 bilhão em vendas potenciais, dos quais 58,0% foram vendidos no período (R$ 1,930 bi em 9M06) Vendas contratadas de R$ 983 milhões em 2005 (R$ 1,346 bi em 9M06) 93%(*) Banco de terrenos de 5,9 milhões de m2 a ser lançado Portfólio de Aluguéis Portfólio de Aluguéis A CBR atualmente aluga empreendimentos corporativos de primeira linha e detém participações na receita de 3 shopping centers em São Paulo Serviços Serviços 5% A CBR oferece serviços de gerenciamento de edifícios comerciais e shopping centers, possui uma corretora imobiliária e gerencia construções que realiza com seus parceiros 2% (*) Excluindo vendas de empreendimentos corporativos = 90% 6
  7. 7. Administração Financeira Eficiente e Inteligente Terrenos Contratos de permuta (80%) quando da aquisição de terrenos para reduzir desembolsos de caixa Construção financiada pelos clientes recebimento de 15% antes do início da construção Construção recebimento de 56% antes da entrega da unidade Mais de 70% das unidades vendidas antes do início da construção Uso de fundos do SFH (1) (TR + 12% a.a.) Financiamento de clientes por recebíveis pelo INCC (2) Pós- Financiamento de clientes por recebíveis entrega remanescentes pelo IGP-M + 12% a.a.(3) Perdas não significativas por inadimplência (1) Sistema Financeiro de Habitação, Taxa de Referência (TR) de 2,9% a.a. em 2005 (2) Índice Nacional de Custos de Construção (3) Índice Geral de Preços de Mercado 7
  8. 8. Liderança Consolidada nos Maiores Mercados Brasileiros São Paulo Rio de Janeiro 10 maiores players = 33% 10 maiores players = 33% 10 maiores players = 74% 10 maiores players = 74% 10% 20% 13% 12% 12% 4% 3% 3% (1) 2005 2005 1o 1o 2o 2o 3o 3o 4o 4o 1st 1o 1st 1o 2nd 2o 2nd 2o 3o 3rd 3o 3rd 4o 4o 2004 2004 1o 1o 10o 10o -- -- 1o 1st 1o 1st 4th 4o 4th 4o 6th 6o 6th 6o -- 2003 2003 1st 1o 1st 1o 2o 2o -- -- 2nd 2o 2nd 2o 3o 3rd 3o 3rd 1o 1o -- Fonte: Embraesp, % empreendimentos lançados Fonte: Ademi, % do VGV total lançado (1) Cyrela RJZ Empreendimentos Imobiliários Ltda. A Cyrela tem a marca líder nos principais mercados imobiliários brasileiros A Cyrela tem a marca líder nos principais mercados imobiliários brasileiros 8
  9. 9. Lançamentos Vendas Potenciais (em milhões de R$) Vendas Potenciais (em milhões de R$) 1.052 826 ,4 % Área Útil (m² 000) Área Útil (m² 000) R .: 2 7 CAG 721 386 660 286 ,9 % 34 G R.: 331 CA 166 294 234 2004 2005 92 52 2004 2005 SP RJ 9
  10. 10. Lançamentos – 9M06 Vendas Potenciais (R$000) Área Útil # de Unds (*) % Cyrela % Vendido São Paulo 975.964 326.564 2.238 70,7 67,1 Rio de Janeiro 701.478 124.025 747 48,4 73,6 Minas Gerais 134.528 36.358 110 50,0 30,9 Rio Grande do Sul 31.226 12.424 170 42,5 57,1 Outras Cidades 86.751 39.600 241 17,2 43,6 2006 Total 1.929.947 538.971 3.506 58,3 65,3 1.929 % (Em milhões de R$) ,1 976 92 SP + RJ 701 MG 1.004 RS 721 135 Outras Cidades 31 283 87 (*) excluindo permutas 9M05 9M06 10
  11. 11. Lançamentos – 9M06 – Por Segmento de Renda Vendas Potenciais (R$000) Luxo Médio-Alto Médio % Total São Paulo - 723.558 252.406 51% Rio de Janeiro 583.297 118.182 - 36% Minas Gerais - 134.528 - 7% Rio Grande do Sul - - 31.226 2% Outras Cidades - - 86.751 4% Total 583.297 976.268 370.383 100% Por Segmento de Renda 19% 30% Luxo Médio-Alto Médio 51% 11
  12. 12. Excelente Histórico de Crescimento Vendas contratadas -- em milhões de R$ Vendas contratadas em milhões de R$ (1998 – 2005) (1998 – 2005) 983 CAGR CAGR 2002-2005 (R$ milhões) 2002-2005 (R$ milhões) 807 51% 365 290 285 0% R =3 211 AG 5% 5C 153 195 - 200 8 199 Mercado CBR SP + RJ 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 Fonte: Embraesp e Ademi Histórico consistente de crescimento em Vendas Contratadas Histórico consistente de crescimento em Vendas Contratadas 12
  13. 13. Vendas Contratadas As Vendas Contratadas aumentaram 99,7% em relação ao último ano 1.345 9M05 9M05 9M06 9M06 % ,7 99 + 912 30% 44% 56% 674 70% 339 492 41 17 Estoque 182 36 Lançamentos 9M05 9M06 (Em milhões de R$) SP RJ MG RS Outras Cidades 13
  14. 14. Pré-Vendas a Reconhecer Em milhões de R$ 2004 2005 3Q06 Vendas a reconhecer no início do período 366,5 678,7 1.379,4 Vendas realizadas no período 825,8 1.012,5 264,7 Receitas reconhecidas no período (513,6) (671,2) (216,9) Vendas a reconhecer no final do período 678,7 1.020,0 1.427,2 Custo das unidades vendidas a ser reconhecido (363,0) (521,1) (794,4) Despesas comerciais (19,8) (21,0) (32,7) Lucro a apropriar (resultados diferidos) 295,9 477,8 600,1 Percentual de margem bruta 46,5% 48,9% 44,3% 14
  15. 15. Eventos Recentes 15
  16. 16. Maiores Conquistas desde a Oferta Crescimento Significativo do Banco de Terrenos Crescimento via Joint Ventures / Aquisições Crescimento via Diversificação Geográfica Inserção no Segmento de Renda Média-Baixa Expansão da Equipe de Gerenciamento 16
  17. 17. Crescimento Significativo do Banco de Terrenos Banco de Terrenos Banco de Terrenos Banco de terrenos em áreas de alto (em milhões de m2 de área útil) nível em São Paulo, no Rio de Janeiro ,5 % : 272 cim ento 5,9 e em outras 8 cidades: Cres 5,9 millhões de m2 em área útil comercializável 4,3 milhões de m2 adicionados desde a Oferta 1,6 Vendas Potenciais de R$ 16 bilhões Set. 05 Set. 06 Forma de Aquisição Forma de Aquisição Distribuição do Banco de Terrenos Distribuição do Banco de Terrenos % Total Dinheiro 16% São Paulo 38,2% Rio de Janeiro 56,1% Permuta 84% Belo Horizonte 1,2% Vitória 0,5% Salvador 0,4% Porto Alegre 0,9% Outras Cidades 2,8% Total 100% Banco de terrenos suficiente para assegurar, em média, os próximos 5 anos de lançamentos Banco de terrenos suficiente para assegurar, em média, os próximos 5 anos de lançamentos 17
  18. 18. Banco de Terrenos – 9M06 – por Segmento de Renda Área Útil (m²) Alta Média-Alta Média Baixa Permuta % CBR 60.566 1.523.324 2.928.676 218.559 88% Joint Ventures 50.825 67.542 578.815 521.528 53% Total 111.391 1.590.866 3.507.491 740.087 % Total 1,9 26,7 59,0 12,4 Total de Vendas Potenciais: R$ 16 bilhões 18
  19. 19. Crescimento via Joint Ventures / Aquisições 4 joint ventures estabelecidas com outros players do setor: Melhores talentos do setor R$ 240 milhões provisionados para financiamento do negócio Aquisição da RJZ em maio de 2006 Compromisso Compromisso Lançamentos Lançamentos % Cyrela % Cyrela Cidade Cidade Perfil de Renda Perfil de Renda de Investimento de Investimento Planejados ‘06 Planejados ‘06 São Paulo/ São Paulo/ 49% 49% Mid-High/High Média-Alta/Alta Mid-High/High Média-Alta/Alta R$ 120 R$ 120 R$ 567 R$ 567 Salvador Salvador 50% 50% São Paulo São Paulo Média-Alta/Alta Média-Alta/Alta R$ 50 R$ 50 R$ 134 R$ 134 79% 79% São Paulo São Paulo Média-Baixa/Baixa Média-Baixa/Baixa R$ 50 R$ 50 R$ 97 R$ 97 50% 50% Porto Alegre Porto Alegre Média-Alta/Alta Mid-High/High Média-Alta/Alta Mid-High/High R$ 20 R$ 20 R$ 106 R$ 106 100% 100% Rio de Janeiro Rio de Janeiro Média-Alta/Alta Mid-High/High Média-Alta/Alta Mid-High/High N.D. N.D. N.D. N.D. (Aquisição) (Aquisição) Total R$ 240 R$ 240 R$ 904 R$ 904 19
  20. 20. Crescimento via Diversificação Geográfica Entrada em 8 novas cidades por meio de Joint Ventures e parcerias Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre (e Região Sul), Santos, Vitória, Niterói, Jundiaí e Guarulhos 4 outras cidades em negociação Salvador Lider Lider Belo Horizonte Vitória Campinas São Paulo Rio de Janeiro Santos Porto Alegre Novas cidades Cidades anteriores 20
  21. 21. Entrada no Segmento de Renda Média-Baixa Criação de um departamento para renda média-baixa na CBR Joint Venture com a Plano & Plano Equipe qualificada de gerenciamento Parcerias com outros players do segmento Lançamentos planejados totalizando R$ 100 milhões em vendas potenciais para 2006 Déficit Habitacional Déficit Habitacional Faixas de Renda no Brasil Faixas de Renda no Brasil (habitações em milhões) 9 Consumo 7,2 6,7 A/B 19% > 10 sal.mínimos - US$ 1.240 52% 6 5,4 C 30% 4 – 10 sal. mínimos 28% US$ 500 - US$ 1.240 < 4 sal. mínimos - US$ 500 3 D/E 51% 20% 0 1991 2000 2005 Fonte: Fundação João Pinheiro 47 milhões de famílias Fonte: Losango Segmento com o maior potencial de crescimento a longo-prazo Segmento com o maior potencial de crescimento a longo-prazo 21
  22. 22. Financiamento: Impacto de Juros e Prazo Parcelamento Mensal (R$) Parcelamento Mensal (R$) Modelo: Prazo de financiamento (em anos) Valor da Unidade: R$ 120.000 10 15 20 25 30 Taxa de Juros Real (%) 12% 1.291 1.080 991 948 926 Financiamento sobre total: 75% 11% 1.240 1.023 929 882 857 Valor Financiado: R$ 90.000 10% 1.189 967 869 818 790 9% 1.140 913 810 755 724 Comprometimento da renda: 30% 8% 1.092 860 753 695 660 7% 1.045 809 698 636 599 6% 999 759 645 580 540 5% 955 712 594 526 483 Exemplo Aluguel: R$ 800 ao mês Qtde. de Salários Mínimos Necessária (mês) Qtde. de Salários Mínimos Necessária (mês) Yield Anual: 8% Prazo de financiamento (em anos) 10 15 20 25 30 Equivalente a Prestações com Taxa Taxa de Juros Real (%) 12% 12 10 9 9 9 de Juros Real de 8% e prazo de 11% 12 10 9 8 8 pagamento de 20 anos. 10% 11 9 8 8 8 9% 11 9 8 7 7 8% 10 8 7 7 6 7% 10 8 7 6 6 6% 10 7 6 6 5 5% 9 7 6 5 5 22
  23. 23. Expansão da Equipe de Gerenciamento Conselho de Administração Administração Presidente Marketing Recursos Humanos Controladoria Adm. Financeira TI Rel. com Investidores Vice-Presidente Rio de Janeiro Locação / Desenvolv. Desenvolv. Novos Construção Incorporação Shopping Incorporação Construção Vendas Imobiliário Imobiliário Negócios Center Plano de opção de compra de ações implementado em maio de 2006 para todos os diretores executivos e para 50% da equipe gerencial A Cyrela tem a mais qualificada equipe do setor imobiliário A Cyrela tem a mais qualificada equipe do setor imobiliário 23
  24. 24. Informações Financeiras 24
  25. 25. Receita Líquida Em milhões de R$ 2003 2004 2005 9M05 9M06 Incorporação 300.192 513.634 671.173 556.766 698.102 Locação 30.831 36.343 36.193 28.097 40.123 Serviços 5.797 7.025 17.833 11.405 16.378 (-) Deduções (13.514) (32.565) (36.351) (30.473) (28.707) Receita Líquida 323.306 524.437 688.848 565.795 725.896 Receita Líquida Receita Líquida (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) 726 689 524 566 ,0 % 46 R.: ,3 % 323 C AG 28 2003 2004 2005 9M05 9M06 25
  26. 26. Despesas Operacionais Em milhões de R$ 2003 2004 2005 9M05 9M06 Comerciais (30.927) (45.335) (94.315) (67.032) (81.492) Administrativas (22.464) (33.124) (44.844) (32.122) (49.616) Part. dos Empregados - - - - (3.000) Outras (1.866) 2.750 963 823 3.943 Despesas Operacionais (55.257) (75.709) (138.196) (98.331) (130.165) Despesas Não-recorrentes (25.726) (25.726) (20.827) Total (55.257) (75.709) (163.922) (124.057) (150.992) Despesas Operacionais Despesas Operacionais (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) 151 138 124 % 76 1, 7 ,1 % +2 55 .: 58 GR CA 2003 2004 2005 9M05 9M06 26
  27. 27. Destaques Financeiros - I Receita Líquida Receita Líquida Lucro Bruto Lucro Bruto (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) 726 8% 319 318 : 46, 0 % 689 43, AGR R: C C AG 274 566 524 213 8 ,3 % t h2 % row 15,8 323 G 154 w th Gro 48,5% 47,7% 46,3% 40,6% 43,8% 2003 2004 2005 9M05 9M06 2003 2004 2005 9M05 9M06 Receita Líquida Lucro Bruto Margem 27
  28. 28. Destaques Financeiros - II EBITDA EBITDA Lucro Líquido Lucro Líquido (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) % 2 4, 8 171 CAGR: 158 % 162 153 R: 20, 7 140 CAG 128 101 105 88 3,2% 1 ,3 % 81 ow th 5 w th 1 Gr Gro 27,1% 31,3% 29.2% 22,3% 26,8% 27,1% 18,6% 18,6% 22,9% 23,5% 15,5% 2003 2004 2005 9M05 9M06 2003 2004 2005 9M05 9M06 EBITDA – Ajustado EBITDA – Ajustado (*) (*) Lucro Líquido – Ajustado Lucro Líquido – Ajustado (*) (*) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) 182 6% 191 R : 3 4, 183 179 % CAG R: 32, 3 154 CAG 140 131 9,1% 101 7, 0 % 88 w th 3 w th 81 Gro Gro 27,1% 31,6% 29.2% 23,2% 25,1% 31,3% 26,8% 22,3% 26,6% 26,3% 15,5% 2003 2004 2005 9M05 9M06 2003 2004 2005 9M05 9M06 EBITDA Margem EBITDA Lucro Líquido Margem 28 (*) Excluindo despesas das Ofertas Públicas de Ações
  29. 29. Sólida Posição Financeira Dívida líquida e taxa de cobertura Dívida líquida e taxa de cobertura Visão financeira conservadora com (Em milhões de R$) (Em milhões de R$) relação à alavancagem 9M06: R$ 667 milhões - 667 Caixa Líquido 3,8x Previsibilidade de geração de fluxo de 2,0x caixa obtida a partir de uma alta - 316 0,7x percentagem de vendas contratadas antes 0,0x - 94 do início da construção 1 2003 2004 2005 9M06* Alta qualidade de recebíveis dada ao Dívida Líquida Dívida Líquida / EBITDA Lg. Prazo * Considera o EBITDA dos últimos 12 meses baixo nível de inadimplência Recebíveis vs. custos de construção Recebíveis vs. custos de construção O total de recebíveis excede o orçamento (Em milhões de R$ em 30 de setembro de 2006) (Em milhões de R$ em 30 de setembro de 2006) de construção em 152% 2.038 82,0% dos recebíveis não reconhecidos (relacionados às incorporações em construção) Recebíveis de longo-prazo Recebíveis de curto prazo 1.522 Orçamento de construção 810 516 A solidez financeira é fundamental para manter credibilidade no mercado imobiliário brasileiro 29
  30. 30. Sólido Portfólio de Recebíveis de Crédito Imobiliário Cronograma de Vencimento dos Recebíveis Cronograma de Vencimento dos Recebíveis R$ 2.038 milhões em recebíveis de financiamento (Em milhões de R$ em setembro de 2006) a consumidores a taxas de mercado atrativas (Em milhões de R$ em setembro de 2006) Taxas de financiamento pelo INCC / IGP-M + Vencimento médio 12% a.a. 3,8 anos 461 418 428 377 200 154 Out -Dez 2007 2008 2009 2010 2011 e após 2006 Evolução de Recebíveis e Evolução de Recebíveis e Política de aprovação de crédito Taxas de Recebíveis em Atraso Taxas de Recebíveis em Atraso bastante conservadora e baixas taxas (Em milhões de R$, % dos recebíveis) (Em milhões de R$, % dos recebíveis) de inadimplência Garantia do próprio imóvel vendido Taxa média de recebíveis em atraso de 2,4 % - 2002-9M06 2.038 100% dos créditos atrasados foram recuperados 1.378 863 496 Classes alta e média-alta apresentam taxas de inadimplência inferiores às 3,6% 2,1% 2,4% 2,4% das outras classes 2003 2004 2005 9M06 Portfólio Recebíveis atrasados de Crédito há 30 dias (ou mais) 30
  31. 31. Receita Recorrente do Portfólio de Lajes e Shopping Centers Locação de Escritórios e Taxas de Ocupação Locação de Escritórios e Taxas de Ocupação Escritórios comerciais de alto nível (R$ por m22, % da área total) (R$ por m , % da área total) (Triple A) avaliados em R$ 210,5 milhões 94% 86% 91% pela CBRE 84% R$ 44.24 R$ 40.64 Receita de aluguéis de R$ 20,3 milhões R$ 36.09 R$ 30.68 em 2005 Taxa de ocupação constantemente superior a 84% 2002 2003 2004 1H05 Loc. de escritórios Taxas de ocupação Grandes locatários Itaú, Credicard, Samsung, Net, Grupo Telefonica Participação minoritária em shopping centers Receita de R$ 15,9 milhões em 2005 Receita recorrente de escritórios e shopping centers cobre as despesas administrativas da CBR 31
  32. 32. Apêndice 32
  33. 33. Histórico 60s 70s 90s 2000 2002 2005 Primeiros A Cyrela foi Brazil Realty - Parceria de Aquisição da Incorporação négócios no criada em 1976, Joint Venture sucesso com a participação da da Cyrela pela setor com foco na com a IRSA para RJZ para IRSA na Brazil Brazil Realty imobiliário, incorporação de incorporação e entrar no Realty Oferta Pública principalmente imóveis locação de mercado do de Ações terrenos residenciais escritórios Rio de Janeiro comerciais (1994) IPO da Brazil Realty (1996) 33
  34. 34. Modelo de Negócios de Sucesso Equipe Know-How e Flexibilidade Expertise em Gerencial para Buscar Design de Experiente Oportunidades de Projeto em com uma Negócios Diversos Trajetória de Segmentos Sucesso Foco no Crescimento Rentável Gerencimento Modelo de Eficiência em Financeiro Negócios Construção e Vendas Inteligente e baseado em Eficiente Parcerias 34
  35. 35. Um Típico Projeto da Cyrela Fim dos Lançamento Go-ahead Entrega pagamentos 6M - 9M Construção Licenciamento 0M 6M 12M 18M 24M 30M 36M Até 100M Pré-vendas 0 50 70 80 90 95 100 100 % Custo - - 0% 20% 40% 65% 100% 100% Orçado Receitas - - 0 16 36 62 100 100 Pagamentos – … 15 … … … 56 100 Premissas para este exemplo: Valor do potencial de vendas: R$125 milhões Valor dos contratos de permuta (terrenos): R$ 25 milhões Não considera receita financeira de financiamento ao consumidor 35
  36. 36. Demonstrativo de Resultados Em milhões de R$ 2003 2004 2005 CAGR 9M05 9M06 Crescimento Receita Líquida(1) 323,3 524,4 688,8 46,0% 565,8 725,9 28,3% Crescimento % 10,6% 62,2% 31,4% Lucro Bruto 154,1 212,6 318,6 43,8% 274,5 317,9 15,8% Margem % 47,7% 40,5% 46,2% EBITDA 101,2 140,4 157,7 24,8% 153,5 170,5 11,3% Margem % 31,3% 26,8% 22,9% % % Imposto de Renda (18,9) (46,6) (17,8) (24,4) (38,7) Participação Minoritários (14,7) (16,1) (16,1) (17,8) (23,7) Lucro Líquido 87,7 81,0 127,8 20,7% 105,5 161,7 53,2% Lucro Líquido Ajustado 87,7 123,0 153,6 32,3% 131,5 182,5 39,1% (1) Inclui receita de incorporação residencial, aluguéis e serviços Crescimento Consistente em Vendas com Rentabilidade Sustentada Crescimento Consistente em Vendas com Rentabilidade Sustentada 36
  37. 37. Balanço Patrimonial Consolidado Em milhões de R$ 9M06 2003 2004 2005 Disponibilidades 99,8 81,0 95,5 43,2 Recebíveis 219,3 192,5 190,3 441,5 Imóveis em estoque 330,0 429,0 421,0 694,5 Outros Ativos Circulantes 48,7 142,0 129,0 857,6 Recebíveis de longo-prazo 283,2 240,5 271,0 244,4 Outros ativos de longo-prazo 130,7 138,4 556,6 308,5 Ativo Permanente 106,7 88,8 111,9 183,6 ATIVO TOTAL [] 1.218,4 [] 1.312,3 [] 1.775,3 [] 2.773,2 Empréstimos e financiamentos CP 124,3 [] 158,1 [] 95,1 [] 70,6 [] Custo para finalização de projetos 123,9 [] 55,6 [] 25,2 [] 17,8 [] Contas a pagar 47,5 [] 111,6 [] 77,1 [] 152,5 [] Outros passivos circulantes 124,0 143,8 205,9 223,0 Empréstimos e financiamentos LP 65,3 106,9 108,7 91,3 Outros passivos 282,3 221,5 166,0 169,9 Participação Minoritários 46,6 72,5 78,5 117,9 Patrimônio Líquido 404,4 442,4 1.018,8 1.930,1 PASSIVO TOTAL 1.218,4 1.312,3 1,775.3 2,773.2 37
  38. 38. Dívida Financeira Líquida Em milhões de R$ 2003 2004 2005 3T06 Dívida de longo prazo 65,4 106,9 108,7 91,3 Dívida de curto prazo 124,3 158,1 95,1 70,6 Dívida Total 189,7 265,0 203,8 161,9 Disponibilidades (188,8) (170,9) (520,0) (828,9) Dívida Líquida 0,9 94,1 (316,2) (667,0) 38
  39. 39. Contate RI Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, nº 3.400, 10º andar São Paulo - SP - Brazil CEP: 04538-132 Luis Largman CFO e Diretor de Relações com Investidores Telefone: (11) 4502-3153 Fax: (11) 4502-3149 e-mail: ri@cyrela.com.br www.cyrela.com.br/ri 39

×