Cyrela - Apresentação Institucional - Abril de 2006

702 views

Published on

Apresentação Institucional - Abril de 2006

Published in: Investor Relations
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
702
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cyrela - Apresentação Institucional - Abril de 2006

  1. 1. Apresentação da Companhia Abril 2006
  2. 2. Aviso - Informações e Projeções O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações na data da apresentação. Trata-se de informação resumida sem intenções de serem completas, que não devem ser consideradas por investidores potenciais como recomendação. Não fazemos nenhuma declaração nem damos nenhuma garantia quanto à correção, adequação ou abrangência das informações aqui apresentadas, que não devem ser usadas como base para decisões de investimento. Embora a CYRELA acredite que as expectativas e premissas contidas nas declarações e informações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em dados atualmente disponíveis à sua administração, a CYRELA não pode garantir resultados ou acontecimentos futuros. A CYRELA isenta-se expressamente do dever de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas. Essa apresentação não se constitui de uma oferta, convite ou pedido de oferta para a subscrição ou compra de qualquer valor mobiliário. Nem essa apresentação nem nada aqui contido devem formar a base de qualquer contrato ou compromisso. 2
  3. 3. Agenda 1. Destaques da Companhia 2. Informações de 2005 3. Informações Financeiras Apêndice 3
  4. 4. Histórico 60s 70s 90s 2000 2002 2005 Primeiros A Cyrela foi Brazil Realty - Parceria de Aquisição da Incorporação negócios no criada em 1976, parceria com a sucesso com participação da da Cyrela na setor com foco no IRSA para a RJZ para IRSA na Brazil Brazil Realty imobiliário, desenvolviment desenvolver e entrar no Realty Oferta Pública principalmente o de imóveis alugar mercado do de Ações terrenos residenciais escritórios Rio de Janeiro comerciais (1994) IPO da Brazil Realty (1996) 4
  5. 5. Estrutura Acionária Pós- Oferta Pós- Oferta Free Float 46,75 % Controlador 52,2 % Management 1,05 % 148.712.037 ações 148.712.037 ações 5 Com a conclusão da oferta, o free float atingiu 47,8% contra 8,2% anteriormente
  6. 6. Cyrela: Preço e Volume Negociado Evolução de Preço (R$) - Cyrela 45 140.000.000 Mai 25 Set 21 40 Incorporação Oferta Pública da Cyrela da Cyrela 120.000.000 na Brazil Realty (Preço Fechamento - R$) 35 (Volume Negociado - R$) 100.000.000 30 80.000.000 25 20 60.000.000 15 40.000.000 10 20.000.000 5 - - jan/05 mar/05 jun/05 ago/05 out/05 nov/05 jan/06 fev/06 Volume (R$) Preço por Ação (R$) 6
  7. 7. Principais Atividades da Cyrela Brazil Realty Receitas brutas - 2005 R$725 milhões Desenvolvimento Residencial Desenvolvimento Residencial Foco no segmento de alta e média-alta renda e áreas nobres do Rio de Janeiro e de São Paulo 19 lançamentos em 2005, totalizando 385.947 m2 em vendas potenciais, dos quais 58,0% foram vendidos no período Vendas contratadas de R$983 milhões em 2005 93%(*) Banco de terrenos de 3,0 milhões de m2 em área vendável Portfólio de Aluguéis Portfólio de Aluguéis CBR atualmente aluga lajes corporativas e possui participação na receita de locação 3 shopping centers em São Paulo Serviços Serviços 5% A CBR provê serviços de gerenciamento de edifícios comerciais e shopping centers, possui uma corretora imobiliária e cobra 2% taxas sobre construção de seus parceiros (*) Excluindo lajes corporativas = 90% 7
  8. 8. Liderança nos Maiores Mercados Imobiliários Brasileiros São Paulo Rio de Janeiro 10 maiores players = 28% 10 maiores players = 28% 10 maiores players = 69% 10 maiores players = 69% 10% 3% 3% 2% 24% 11% 6% 5% (1) 2004 2004 1º 1º 2º 2º 3º 3º 4º 4º 1º 1º 2º 2º 3º 3º 4º 4º 2003 2003 1º 1º 4º 4º - - - - 2º 2º - - - - 3º 3º 2002 2002 1º 1º 9º 9º 6º 6º - - 11,0 milhões de habitantes 6,2 milhões de habitantes 6,1% da população brasileira 3,4% da população brasileira 10,4% do PIB brasileiro 4,7% do PIB brasileiro US$ 2.885 milhões em desenvolvimentos US$ 566 milhões em desenvolvimentos de imóveis residenciais em 2004 de imóveis residenciais em 2004 Fonte: Embraesp, % lançamentos Fonte: Ademi, % de vendas totais (1) Cyrela RJZ Empreendimentos Imobiliários Ltda. 8 A Cyrela tem a marca líder nos principais mercados imobiliários brasileiros
  9. 9. Excelente Histórico de Crescimento 983 Vendas Contratadas - em R$ MM Vendas Contratadas - em R$ MM (1998 – 2005) (1998 – 2005) 807 Crescimento Crescimento 2002 - 2004 (em R$ MM) 2002 - 2004 (em R$ MM) 183,1% Vendas 365 Contratadas 290 285 30% (R$ milhões) R= AG 211 05 C 195 8 - 20 153 199 17,3% 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 Mercado CBR SP + RJ Fonte: Embraesp e Ademi 9 Histórico de consistente crescimento de vendas contratadas
  10. 10. Um Típico Projeto da Cyrela Fim dos Lançamento Go-ahead Entrega pagamentos 6M - 9M Construção Licenciamento 0M 6M 12M 18M 24M 30M 36M 48M Vendas 0 60 80 85 90 95 100 100 Acumuladas % Custo - - 0% 20% 40% 65% 100% 100% Orçado Receitas - - 0 17 36 62 100 100 Acumuladas Recebimentos – … 15 … … … 56 100 Premissas para este exemplo: Valor do potencial de vendas: R$125 milhões Valor das unidades de permuta (land): R$25 milhões Não considera receita financeira de juros e correção monetária dos contratos 10
  11. 11. Vendas Contratadas a Reconhecer R$ mm 2004 2005 Receitas de Vendas a apropriar no início do período 366,5 678,7 Vendas Reconhecidas no período 857,8 1.064,0 Cancelamento de Contratos no período (32,0) (51,5) Receitas Apropriadas no período (513,6) (671,2) Receitas de Vendas a Apropriar no final do período 678,7 1.020,0 Custos das Unidades Vendidas a apropriar (363,0) (521,1) Despesas Comerciais (19,7) (21,0) Lucro a Apropriar (Resultados Diferidos) 295,2 477,8 Percentual de Margem Bruta 46,5% 48,9% 11
  12. 12. Sólida Posição Financeira Dívida Líquida Histórica Dívida Líquida Histórica Alavancagem financeira conservadora (R$ milhões) (R$ milhões) Alta previsibilidade da geração do fluxo 94 de caixa com alta percentagem de 0,3x vendas nos primeiros meses após o 0,7x lançamento 44 0,2x Alta qualidade de recebíveis devido a 21 0,0x baixas taxas de inadimplência -1 O total de recebíveis excede o 2002 2003 2004 1S05* orçamento de construção em 159% Dívida Líquida Dívida Líquida / UDM EBITDA * Considerando o EBITDA dos últimos doze meses Recebíveis vs. custo de construção Recebíveis vs. custo de construção (R$ milhões, em 31 de Dezembro de 2005) (R$ milhões, em 31 de Dezembro de 2005) 1.378 Recebíveis de Longo Prazo 1.003 Recebíveis de Curto Prazo 532 Orçamento de Construção 375 A solidez financeira é peça fundamental para sustentar a 12 credibilidade no mercado imobiliário brasileiro
  13. 13. Resultados de 2005 13
  14. 14. Vendas Contratadas Trimestres Trimestres Anual Anual 983 807 8% 21, R.: C AG 283 302 % 572 739 6,7 R .: C AG 270 227 234 244 (R$ milhões) 56 31 3T05 4T05 SP RJ 2004 2005 2004 2004 2005 2005 39% 61% 41% 59% Estoques Lançamentos 14
  15. 15. Banco de Terrenos Área Útil (m²) Sao Paulo Rio de Janeiro Outras Cidades Total Setembro 05 866.412 1.370.054 20.088 2.256.554 (+) Aquisições 100.913 737.597 0 838.510 (-) Lançamentos (75.188) (19.287) 0 (94.475) Dezembro 05 892.137 2.088.364 20.088 3.000.589 15
  16. 16. Lançamentos – 4T05 São Paulo Área Útil Nº Unds (*) % Cyrela % Vendido VGV (R$000) Vereda Ipiranga 102.615 50.156 392 91,5 49,49 Walk Vila Nova 24.692 7.534 43 100,0 66,30 SP Total 127.307 57.690 435 93,2 52,75 Rio de Janeiro Área Útil Nº Unds (*) % Cyrela % Vendido VGV (R$000) Front Lake 47.592 19.225 204 100,0 13,00 RJ Total 47.592 12.522 204 100,0 13,00 4T05 Total 174.899 70.212 639 95,0 41,93 Total 2005 1.052.393 385.947 2.733 83,38 51,53 (*) Excluindo permutas 16
  17. 17. Lançamentos VGV (R$ milhões) VGV (R$ milhões) 1.052 Área Útil (m² 000) Área Útil (m² 000) 826 ,4% R .: 27 CAG 721 386 660 286 % 4,9 R .: 3 C AG 331 166 294 234 2004 2005 92 52 2004 2005 SP RJ 17
  18. 18. Informações Financeiras 18
  19. 19. Receita Líquida R$ milhões 2003 2004 2005 Venda de Imóveis 300.192 513.634 671.173 Locação de Imóveis 30.831 36.343 36.193 Serviços 5.797 7.025 17.833 (-) Deduções (13.514) (32.565) (36.351) Receita Líquida 323.306 524.437 688.848 Receita Líquida Receita Líquida (R$ milhões) (R$ milhões) 689 524 323 % 1,4 R.:3 G CA 2003 2004 2005 19
  20. 20. Lucro Bruto Lucro Bruto Lucro Bruto (R$ milhões) (R$ milhões) 319 213 9,9% 154 R.: 4 CAG 46,3% 47,7% 40,5% 2003 2004 2005 Lucro Bruto Margem Bruta 20
  21. 21. Despesas Operacionais R$ milhões 2003 2004 2005 De Vendas (30.927) (45.335) (94.315) Gerais e Administrativas (22.464) (33.124) (44.844) Resultado Financeiro 22.486 6.843 6.988 Outros (1.866) (2.750) 963 Despesas Operacionais (32.771) (68.866) (131.208) Desp. c/ Emissão de Ações (25.726) Total das Despesas (32.771) (68.866) (156.934) Despesas Operacionais Despesas Operacionais (R$ milhões) (R$ milhões) 131 69 % 0,5 33 R.:9 G CA 2003 2004 2005 21
  22. 22. Destaques Financeiros - II EBITDA EBITDA Lucro Líquido Lucro Líquido (R$ milhões) (R$ milhões) (R$ milhões) (R$ milhões) 158 % 140 57.7 GR: 128 2.3% CA 101 G R: 1 88 CA 81 31.3% 27.1% 26.8% 18.6% 22.9% 15.5% 2003 2004 2005 2003 2004 2005 EBITDA EBITDA Margin Net Income Margin EBITDA – Ajustado EBITDA – Ajustado Lucro Líquido -- Ajustado Lucro Líquido Ajustado (R$ milhões) (R$ milhões) (R$ milhões) (R$ milhões) 183 5% : 89, GR 154 140 CA % 101 30,6 CA GR: 88 81 31,3% 27,1% 22,3% 26,8% 26,6% 15,5% 2003 2004 2005 2003 2004 2005 EBITDA Margem EBITDA Lucro Líquido Margem 22
  23. 23. Sólido Portfólio de Recebíveis de Crédito Imobiliário Cronograma dos Recebíveis Cronograma dos Recebíveis R$ 1.378 milhões em recebíveis de (R$ milhões, em 31 de Dezembro de 2005) (R$ milhões, em 31 de Dezembro de 2005) financiamento a consumidores a taxas Duração Média 405 bastante atrativas 3,6 anos 335 Taxa de IGP-M / INCC + 12% a.a. 277 186 175 1S06 2S06 2007 2008 2009 e após Política de aprovação de crédito Evolução de Recebíveis e Evolução de Recebíveis e bastante conservadora e baixas taxas de Taxas de Recebíveis em Atraso Taxas de Recebíveis em Atraso alavancagem (R$ milhões, % dos recebíveis) (R$ milhões, % dos recebíveis) Garantia do próprio imóvel vendido Taxa média de recebíveis em atraso de 2,8% para 2002- 9M05 100% dos créditos atrasados foram 3,6% recuperados 2,66% 2,8% 2,1% As classes alta e média-alta apresentam taxas de inadimplência menores que 401 496 863 1.293 outras classes sociais 2002 2003 2004 9M05 Portfólio de Crédito Recebíveis atrasados a mais de 30 dias 23
  24. 24. Dívida Líquida R$ mm 2003 2004 2005 Dívida de Longo Prazo 65,4 106,9 108,7 Dívida de Curto Prazo 124,3 158,1 95,1 Dívida Total 189,7 265,0 203,8 Aplicações de Longo Prazo 83,1 86,8 421,5 Caixa e Disponibilidades 105,7 84,1 98,5 Dívida Líquida 0,9 94,1 (316,2) 24
  25. 25. Contate o RI Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, nº 3.400, 10º andar São Paulo - SP - Brasil CEP: 04538-132 Luis Largman CFO e Relações com Investidores Fone: 55 (11) 4502-3153 Fax: 55 (11) 4502-3149 e-mail: ri@cyrela.com.br www.cyrela.com.br/ir 25

×