Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Mineração

1,213 views

Published on

CICLO DA MINERAÇÃO - SOCIEDADE, INCONFIDÊNCIA MINEIRA,

Published in: Education
  • Be the first to comment

Mineração

  1. 1.  Bandeirante herói ou bandido? Nem uma coisa nem outra: um desbravador!
  2. 2.  Responsável pelo aumento do nosso território (descumprindo o Tratado de Tordesilhas)
  3. 3. Datam de 1693 asprimeiras descobertas de ouro nas Gerais,mais precisamente emCaetés, por intermédio do bandeirante Antonio Rodrigues Arzão. Tem início a partir daí opovoamento da região
  4. 4.  Faixas de terras onde o ouro era encontrado.  Mais escravos mais datas. O quinto consistia num imposto cobrado pela Coroa Portuguesa sobre o ouro encontrado em suas colônias(20% do metal extraído)
  5. 5. Todo ouro encontrado(pepitas) deveria ser levado às Casas de Fundição, onde era derretido etransformado em barras de ouro com o selo da Coroa Portuguesa.
  6. 6. TAUBATÉ SEDIOU UMA DESSAS CASAS.
  7. 7.  O ouro encontrado no “Sertão das Minas Gerais”, serviu em grande parte para quitar a dívida que Portugal tinha com a Inglaterra. Portanto, é lá que deve estar nosso ouro.
  8. 8. 1 de JunhoEstou desapontado e entristecido com osresultados. Ordenei-os para que trouxessem oouro com urgência e, simplesmente meavisam que irão atender-me com um mês deatraso? Sinto poder informar-lhe que nãodispõe de um mês para isto. A Inglaterra nãome dará esse tempo. Estamos correndo riscoda Inglaterra nos invadir com suas tropasnovamente, e ordeno que apressem seustrabalhos ou suas cabeças não terão maisserventia para Portugal...A respeito do passageiro suspeito, quero quedescubram a sua identidade e tragam-no paramim. Eu e meus conselheiros resolveremoseste problema. Agradeço-lhe pela informação.Enviei uma correspondência para a Inglaterracom o intuito de aumentar o prazo dopagamento da dívida de Portugal.Aguardo seu retorno até o final deste mês,desejoso que todas as minhas solicitaçõessejam atendidas.Dom João
  9. 9.  Quando o ouro “rareou”ninguém quis acreditar. Muito menos Portugal.  Surge então a derrama: imposto cobrado de forma violenta sobre os mineradores. Correspondia a 20% do ouro, levados à Casa de Fundição.  100 arrobas anuais =1.500 Kg.
  10. 10.  Na época em que as minas brasileiras estavam a todo o vapor, o quinto já era difícil de pagar, Mas quando o ouro começou a rarear, ficou quase impossível.E adivinhe o que Portugal fez prá solucionar a questão? Criou um novo imposto! Agora no lugar do quinto, a cidade de Vila Rica devia dar para a Coroa de Portugal 100 arrobas de ouro por ano. Achou pouco? Pois fique sabendo que essas 100 arrobas equivalem a cerca de 1 500 quilos! Ouro prá chuchu! É claro que os mineradores não puderam pagar, afinal eles mal conseguiam achar ouro prá cobrir suas próprias despesas! Então, eles foram empurrando com a barriga, achando que dava prá enganar o governo português. Deu certo por alguns anos, até que Portugal resolveu cobrar todos os impostos atrasados: era a derrama! E adivinhem quanto a cidade de Vila Rica deveria pagar? 596 arrobas de ouro! Isso já parecia motivo suficiente para uma revolta, não?
  11. 11.  O ouro impulsionou o desenvolvimento da cultura, principalmente em Minas Gerais.  Na literatura destacamos o Arcadismo. Claudio Manoel da Costa Tomaz Antonio Gonzaga Basílio da Gama.
  12. 12. Lira IEu, Marília, não sou algum vaqueiro,Que viva de guardar alheio gado;De tosco trato, d’ expressões grosseiro,Dos frios gelos, e dos sóis queimado.Tenho próprio casal, e nele assisto;Dá-me vinho, legume, fruta, azeite;Das brancas ovelhinhas tiro o leite,E mais as finas lãs, de que me visto. Graças, Marília bela, Graças à minha Estrela!
  13. 13.  Barroco foi um estilo de reação contra o classicismo do Renascimento, cujas bases conceituais giravam em torno da simetria, da proporcionalidade e da contenção, racionalidade e equilíbrio formal. Assim, sua estética primou pela assimetria, pelo excesso, pelo expressivo e pela irregularidade, tanto que o próprio termo "barroco", que nomeou o estilo, designava uma pérola de formato bizarro e irregular.
  14. 14.  A maçonaria (forma reduzida e usual de francomaçonaria) é uma sociedade secreta de carácter universal, cujos membros cultivam o aclassismo, humanidade, os princípios da liberdade, democracia e igualdade, fraternidadede e aperfeiçoamento intelectual, sendo assim uma associação iniciática e filosófica. Os maçons estruturam-se e reúnem-se em células autónomas, designadas por oficinas, ateliers ou (como são mais conhecidas e correctamente designadas) Lojas, "todas iguais em direitos e honras, e independentes entre si." Sendo uma associação iniciática, utiliza diversos símbolos, dos quais apenas alguns são geralmente conhecidos.
  15. 15. Dizem alguns que a maçonaria contribuiusignificativamente não só com o movimento deMinas, mas em todos os capítulos que culminaramcom a nossa independência. Na época domovimento, a maçonaria era uma sociedadesecreta e clandestina, não admitida em territóriobrasileiro, assim como na Metrópole. As LojasMaçônicas eram proibidas de funcionar e seusmembros perseguidos e presos pelo crime depertencer a tal ordem. Já naquela época existia ojeito brasileiro de resolver as coisas, ou seja jeito dedar legalidade à coisas proibidas.
  16. 16. A Inconfidência Mineira, ou Conjuração Mineira, foi uma tentativa de revolta de natureza separatista abortada pela Coroa Portuguesa em 1789, na então capitania de Minas Gerais, no Estado do Brasil, contra, entre outros motivos, a execução da derrama e o domínio português.
  17. 17.  Dinamizou a economia da colônia; Crescimento da população no centro-sul; Surgimento de várias cidades (urbanização); Cidades como centro-econômico; Surgimento da classe média( açougueiros, sapateiros, alfaiates, médicos, advogados, escultores, pintores, etc.); Transferência da capital do Brasil de Salvador para o Rio de Janeiro; Integração de três regiões do Brasil (nordeste, sudeste e sul); Inconfidência Mineira
  18. 18.  http://www.maconaria.net/portal/index.php?opti http://pt.wikipedia.org/wiki/Inconfid%C3%AAnc http://blog.educacional.com.br/historianet/files/2 http://www.google.com.br/images? um=1&hl=pt-BR&gbv=2&tbs=isch %3A1&sa=1&q=VILA+RICA&btnG=Pesquisar &aq=f&aqi=g4&aql=&oq=&gs_rfai=

×