América latina

2,667 views

Published on

Aspectos físicos da América Latina

Published in: Education

América latina

  1. 1. AMÉRICALATINA
  2. 2.  São 33 os países latino-americanos: o México, naAmérica do Norte, 20 países da América Centrale12 da América do Sul. Com enormes potenciaisem recursos humanos e naturais, esses Estadospossuem fortes laços culturais e históricos. Otermo América Latina corresponde também acritérios econômicos e geopolíticos. Foi conquistada e colonizada por potênciaseuropéias de idiomas latinos (português,espanhol e francês). Algumas possessões inglesasou holandesas também são consideradas latino-americanas.
  3. 3.  A expressão América Latina teria sido cunhadapelo imperador francês Napoleão III, que citou aregião e a Indochina como áreas de expansão daFrança na metade do século XIX. Deve-setambém observar que na mesma época foi criadoo conceito de Europa Latina, que englobaria asregiões de predomínio de línguas românicas.Pesquisas sobre a expressão conduzem a MichelChevalier, que mencionou o termo AméricaLatina em 1836, durante missão diplomáticafeita aos Estados Unidos e ao México.
  4. 4. GEOGRAFIA A América Latina localiza-se totalmente no hemisférioocidental, sendo atravessada pelo Trópico de Câncer, quecorta a parte central do México; pelo Equador, que passapelo Brasil, Colômbia, Equador e toca o norte do Peru; epelo Trópico de Capricórnio, que atravessa o Brasil, oParaguai, a Argentina e o Chile. A América Latina distribui-se de maneira irregular peloshemisférios norte e sul, pois a maior parte de suas terrasestende-se ao sul do Equador. As terras da América Latina, em sua quase totalidade,localizam-se na zona climática intertropical; uma pequenaparte situa-se na zona temperada do norte e uma área bemmaior está localizada na zona temperada do sul. Os limites da América Latina são: ao norte, os EstadosUnidos; ao sul, a confluência das águas dos oceanosAtlãntico e Pacífico; a leste, o oceano Atlântico; e a oeste, ooceano Pacífico.
  5. 5. RELEVO Planícies costeiras junto ao oceano Pacífico, que seapresentam bastante estreitas. Altas cordilheiras formadas durante o período terciário, noqual ocorreu intenso tectonismo, com o posteriordobramento das camadas de rochas, o que provocou oaparecimento de cordilheiras.Apresentando altitudes superiores a 5 mil metros e picosgeralmente cobertos por neve, as altas cordilheiras daAmérica Latina resultaram ainda de outras manifestaçõestectônicas, como terremotos, e da ação de vários vulcões,alguns dos quais prontos para entrar em atividade. No México a cordilheira recebe o nome de Sierra Madre. NaAmérica Central, a continuação dessa cordilheira éconstituida por serras, como as de Isabela e Talamanca. NaAmérica do Sul, surgem os Andes, cujo ponto mais alto é opico Aconcágua, com 6.959 metros, na Argentina.
  6. 6.  Extensas planícies fluviais, na América do Sul (Amazônica,do rio Orinoco, do rio Magdalena, Platina, do Pantanal ouChaco, etc.), situadas entre as cordilheiras do oeste e osplanaltos do leste. Planaltos desgastados na parte leste da América do Sul,cujas altitudes são baixas, raramente ultrapassando 2 milmetros. Isso ocorre porque o relevo dessa área é constituídopor rochas muito antigas, bastante desgastadas pela erosãoe que não apresentam manifestações tectônicas. Fazemparte desse relevo os planaltos das Guianas e Brasileiro,cujos pontos mais elevados são os picos da Neblina, 31 deMarço, da Bandeira, das Agulhas Negras. Planícies costeiras junto ao oceano Atlântico, que ora seestreitam e desaparecem, entrar em atividade. permitindoo surgimento de falésias ou costas No México, a cordilheirarecebe o nome de altas, ora se apresentam bastante largas,dando origem a extensas praias.
  7. 7. CLIMA O clima de qualquer região depende de muitosfatores: latitude, altitude e disposição do relevo,massas de ar, continentalidade, maritimidade,correntes marítimas, etc. Além disso, em função dorelevo, essa área pode apresentar, conforme aaltitude, diferentes faixas de temperatura. Com base nisso, não é difícil deduzir que em quasetoda a América Latina predominam altastemperaturas e que estas vão se reduzindo em direçãoao Pólo Sul. Por isso, a parte meridional da AméricaLatina, chamada de Cone Sul, é uma região de verõesamenos e invernos frios. Devido à sua alongada disposição norte-sul, que faz oterritório americano situar-se em diferentes latitudes,ele apresenta grande diversificação climática.
  8. 8. HIDROGRAFIA Sendo, de maneira geral, uma região bastante úmida,a América Latina possui, na maior parte de suaextensão, uma vasta rede hidrográfica. Destacam-se na América do Norte, o rio Grande,separando os Estados Unidos do México; na AméricaCentral, em Honduras, o rio Patuca. Na América doSul, em sua porção norte, merecem destaque os riosMadalena, na Colômbia, e Orinoco (na Venezuela) quedeságuam no mar das Antilhas e banham importanteárea agropastoril da fachada norte do continente,além de outros rios importantes que ganham projeçãonas suas partes central e meridional, como o colossalAmazonas e os rios Paraná, Paraguai e Uruguai, queformam a bacia Platina, todos desaguando no oceanoAtlântico.
  9. 9. VEGETAÇÃO A maior parte da cobertura vegetal que revestia aAmérica Latina até o século XVI já não existemais. A vegetação somente foi preservada noslocais de pequeno interesse econômico ou emáreas de relevo abrupto. Mas, mesmo assim, émuito fácil reconstituir a formação vegetalprimitiva, uma vez que ela era resultado do climae do tipo de solo em que se desenvolveu.
  10. 10.  Vegetação de clima temperado: florestas temperadasou subtropicais e pampas na Argentina, no Uruguai,Chile e sul do Brasil. As primeiras são matas depinheiros, geralmente associados a outras espécies; ospampas constituem uma área de vegetação rasteira,excelente pastagem natural. Vegetação de clima frio: coníferas no sul daArgentina e do Chile. Trata-se de uma formaçãoflorestal arbórea, com plantas que apresentam folhasmuito duras e pontiagudas (aciculifoliadas). Vegetação de altas montanhas: Nos Andes, avegetação apresenta variações devido às elevadasaltitudes, que ocasionam temperaturas mais baixas epluviosidade reduzida. Vegetação de clima desértico: Constituídaprincipalmente por espécies arbustivas e xerófilas,caracteriza-se por ser uma formação vegetal muitoesparsa. As punas do deserto de Atacama, no Chile eno Peru, sobressaem dentre as demais formaçõesdesérticas da América Latina, pois a altitude dorelevo faz de sua área de ocorrência um deserto frio.
  11. 11.  Vegetação de clima equatorial: florestas da Amazônia e departe da América Central. São florestas emaranhadas,formadas por árvores de diversas alturas, de folhas largas,recobertas e circundadas por uma infinidade de trepadeirase formações vegetais variadas, de tal maneira densas queaté mesmo a luz do Sol tem dificuldade em atravessá-las. Vegetação de clima tropical: florestas ou savanas, na maiorparte da América Central e nas partes norte e central daAmérica do Sul. As áreas mais úmidas são recobertas pordensas e emaranhadas florestas nas regiões menos úmidas,ganha destaque a savana, constituída por árvores baixas earbustos associados a uma vegetação rasteira, como ocerrado no Brasil, os Llanos na Venezuela e o Chaco naArgentina e no Paraguai. Nas áreas de clima tropicalsemiárido aparece uma vegetação ainda mais rarefeita,como é o caso da caatinga brasileira
  12. 12. PAISAGENS
  13. 13. Aconcágua – Argentina
  14. 14. Sierra Madre –México
  15. 15. Bahamas –América Central
  16. 16. Nordeste brasileiro
  17. 17. Patagônia – Chile eArgentina
  18. 18. Amazônia
  19. 19. MachuPichu – Peru
  20. 20. Equador
  21. 21. Rio de Janeiro –Brasil
  22. 22. Arquitetura Asteca -México
  23. 23. Diamantina – MinasGerais - BR
  24. 24. FIMProfessora Cristina Penha - BH - 2013

×