Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Retrato consa

543 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Retrato consa

  1. 1. Araçatuba, domingo, 27 de fevereiro de 2011 >>Vida C3 O cronista de língua afiada outor Godói teve que usar fórceps para trazer ao mundoD o rebento Hélio Consolaro, que nasceu numa tulha em 23 de setembro de 1948. Contava o avô de Consolaroque seu pai só chorava de medo de perder a mulher e o filho.Mas Deus ajudou e o médico conseguiu salvar os dois. "Sou per-sistente desde o nascimento", conta rindo o espirituoso Consa,como é chamado por muitos. É neto dos imigrantes italianos Luiz Consolaro e AugustaFortin Consolaro, e casado com a nissei Helena, em 22 de dezem-bro de 1973, com quem tem dois filhos e dois netos. PERSONALIDADE Parafraseando um poema de Gregório de Matos, HélioConsolaro diz ser um pecador confesso, mas não vira as cos-tas para Deus, não se distancia dele, porque Ele é misericor-dioso. Peca porque é humano. O poeta dizia que pecava paranão deixar Deus desempregado, mas com sua ironia fina, elediz que não chega a tanto. Sempre está ao rés do chão. Podegritar com alguém, fazer um teatro, mas procura não diminuiras pessoas, nem jogar na cara a imagem que ele tem dela nahora do nervoso. "Tenho melhorado neste aspecto com a idade", confessa. Como ele nasceu com fórceps, "tirado como um carnegão",segundo descrição do próprio, esteve preso na época da ditadura ESPIRITUOSO Consolaromilitar, passou por muitos apuros na vida e afirma ser "uma pipo- posa ao lado da escultura Espe-ca estourada", na linguagem de Rubem Alves. "Também gosto de lho dos Amantes, do artista plásti-meus defeitos, porque eles me diferenciam dos demais". co Franco da Sermide, no pátio Em 1993, quando desistiu da política, resolveu buscar-se. da Secretaria da Cultura; nascidoQuem abriu o caminho para que ele se tornasse mais emoti- a fórceps, Consa, como é chama-vo, descobrisse o Dionísio que mora nele, foi Frei Betto e Leo- do por muitos, diz que é persis-nardo Boff. tente desde o nascimento LITERATURA Formado em Letras, línguas vernáculas, há 37 anos ele atuano magistério. Desde 1978 escreve para jornais de Araçatuba, in-clusive, para a Folha da Região . Hoje, a literatura significa pouco para os jornais. O gêneroliterário que ocupa cantos de páginas é a crônica. Poesia nempensar. E imaginar que Dom Casmurro foi primeiro publicado emjornal, capítulo por capítulo, como se fosse novela de televisão. Hélio Consolaro membro da AAL (Academia Araçatuben-se de Letras), da qual foi presidente. Ele considera que a enti-dade literária contribui muito para estimular a literatura, maso trabalho poderia ser mais intenso, caso o poder público cola-borasse mais. da Região - 22/02/2011 POLÊMICO Paulo Gonçalves/Folha Dotado de estilo direto, não faz rodeios na escrita, emborasaiba fazê-los. Seu espírito crítico veio dos anos em que viveu napobreza. "Fui bem pobre mesmo, na infância e adolescência. En-xergava Araçatuba do ângulo da periferia", comparando o bairro VALORES mais progressista da igreja católica, enterrada por João PauloSantana de ontem, onde morava, com o São José de hoje. 2.º. Hoje, continuo católico, mas sou mais holístico, aquela vi- Consolaro conta que é descendente de europeus que não O que admira numa pessoa? são mais cósmica.deram certo, não fizeram a América, ou seja, não ganharam di- A autenticidade.nheiro. O então menino muito cedo começou a trabalhar: ven- Araçatuba?deu bananas, foi catador de algodão, lavador de cachorro E o que abomina? Nasci aqui. Vivi sete anos fora daqui, foi uma experiênciapequinês, office boy, mas o que ele queria mesmo era estudar. A hipocrisia, a unilateralidade, só a pessoa está certa. legal para valorizar minha cidade. Ainda sobre a pobreza que passou, ele conta que seu pai se Sou provinciano, embora ganho o universo pela leitura,mudou para a cidade sem profissão, com a cara e a coragem, O que é a vida? pela arte, pelas viagens, mas minhas raízes estão enterradascomendo arroz de terceira, morando em casa alugada de três cô- A vida é uma estrada, o negócio é curtir as margens, sem se aqui. Adoro essa aldeia.modos. Naquela época não tinha SUS, nem financiamento de ca- preocupar em chegar.sa. Justiça social: zero. Na condição de filho mais velho e com a obstinação do pai, E a morte? MENSAGEM DE HÉLIO CONSOLAROConsolaro ajudou os irmãos a estudar. "Estão todos bem coloca- A morte é a explicação do início da caminhada.dos na vida, o mais pobre sou eu. Por aí se vê que fama não Só teremos governantes que valorizam a cultu-significa dinheiro", risos. Família? ra quando a população exigir isso deles. Cultura é Na faculdade, conheceu Karl Marx, quando por meio do Como descendente de italiano, sou pela família, nem que a nossa vida, não se trata apenas de lantejoulas,pensador, lhe apresentaram uma interpretação das razões de esteja em frangalhos. elite. Tiram nossas crianças das garras dos trafican-sua pobreza. “Fiquei muito revoltado, por isso, hoje, assim tes aplicando recursos em cultura, como se fazque posso, dou oportunidades para todos, detesto panelinha e É religioso? com o Balé Municipal e o Projeto Guri.protecionismo”. Já fui de carregar andor em procissão. Frequentei o lado

×