CIÊNCIA, TECNOLOGIA E                           INOVAÇÃO PARA O BRASIL                             Vanderleia Radaelli    ...
Agenda  Quem somos  O que fazemos  Ciencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na AL  O que a Divisão de C&T faz  Principais ...
Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
O Grupo BID        Governos                                         Micro e pequenas Federal, Estadual, Munic   PMEs e peq...
O BID e o BRASIL    O BID foi criado em 1959, para o desenvolvimento     econômico, social e institucional, bem como para...
48 países membros                                                                                                         ...
Poder de voto / Subscrição de capital                               Canadá      Estados Unidos                            ...
Avanços obtidos com o realinhamento do    Banco (estrutura matricial)    2015: se espera poder transferir a metade da    ...
Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
Papel do BID O BID, maior fonte de financiamento de longo prazo na America Latina de Caribe combina recursos com conhecime...
Instrumentos Instrumentos    Financeiros:   Empréstimos,  Doações,       Garantias,     Investimentos,  Cooperações Tecni...
Áreas prioritárias Redução Pobreza Atendimento as necessidadesespeciais dos Países mais pobres Promoção da Integração R...
Prestação de ContasPara garantir a prestação de contas, transparênciae eficácia de suas atividades, o BID conta com: Escr...
Ciclo de Projeto            Documentos para aDocumentos para a                                     etapa deetapa de Términ...
Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
Ciência, Tecnologia e Inovação na América Latina O que encontramos? Heterogeneidade: Países da América Latina têm experim...
Agenda BID: Inovação como produto de umsistema         Empresas                                                           ...
Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
Divisão de Ciência e Tecnologia (SCT):   Investimentos em Ciência & Tecnologia     –   Apoio financeiro para programas de...
Outras áreas do Banco que trabalham comInovação Tecnológica:     Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin): ICT4Busines...
Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
Temas em C&T&I no Brasil que o BID pode apoiaratravés de seus instrumentosDesafios imediatos: Copa do Mundo, Olímpiadas, m...
Areas Estratégicas1. FEDERAL   •   Apoio ao MCTI, FINEP, MC para elevar investimento privado em P&D, venture       capital...
Onde SCT está no Brasil
ContatosRepresentação em BrasíliaVanderléia Radaelli(55-61) 3317-4200Email: vanderleiar@iadb.org
Fórum Nacional Consecti e Confap João Pessoa - 25/08/2011
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Fórum Nacional Consecti e Confap João Pessoa - 25/08/2011

244 views

Published on

Palestra Wanderleia Radaelli, representante do BID

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
244
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fórum Nacional Consecti e Confap João Pessoa - 25/08/2011

  1. 1. CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PARA O BRASIL Vanderleia Radaelli Divisão de Ciência e Tecnologia FÓRUM NACIONALCONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS ESTADUAIS PARA ASSUNTOS DE CT&ICONSELHO NACIONAL DAS FUNDAÇÕES ESTADUAIS DE AMPARO À PESQUISA João Pessoa, 25 de agosto de 2011.
  2. 2. Agenda Quem somos O que fazemos Ciencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na AL O que a Divisão de C&T faz Principais áreas de atuação
  3. 3. Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
  4. 4. O Grupo BID Governos Micro e pequenas Federal, Estadual, Munic PMEs e pequenos bancos empresas/desenvolvimento ipal do setor privado Banco Corporação Fundo Multilateral Interamericano de Interamericana de de Investimentos Desenvolvimento Investimentos
  5. 5. O BID e o BRASIL  O BID foi criado em 1959, para o desenvolvimento econômico, social e institucional, bem como para a integração da região da América Latina e do Caribe. Sua Missão é “Contribuir para acelerar o processo de desenvolvimento econômico e social dos países membros em desenvolvimento da região, de forma individual e coletiva”.  O Brasil é um dos membros fundadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e teve um papel crucial na sua criação. O BID é hoje o maior e mais antigo dos Bancos Multilaterais Regionais de Desenvolvimento. O Brasil é um dos maiores acionistas do BID entre os países em desenvolvimento, com 10,75% do capital e poder de voto.  O Brasil também é membro da Corporação Interamericana de Investimentos (CII) e do Fundo Multilateral de Investimentos (FUMIN). A CII, parte do Grupo do BID, apóia as pequenas e médias empresas da América Latina e do Caribe. O FUMIN é um fundo autônomo administrado pelo BID que promove o crescimento do setor privado e o desenvolvimento das pequenas empresas na região. 5
  6. 6. 48 países membros Finlândia Noruega Suécia Canadá Reino Unido Dinamarca Holanda Alemanha Bélgica Áustria França Suíça Croácia Eslovênia Itália Portugal Espanha Estados Unidos Japão Coreia do Sul Israel China Bahamas México República Dominicana Jamaica Belize Haiti Trinidad e Tobago Guatemala Honduras El Salvador Nicarágua Barbados Costa Panamá Venezuela Guiana Rica Colômbia Suriname Equador Peru Brasil Bolívia Paraguai Argentina Chile Uruguai •26 Mutuários • 22 Não-mutuários
  7. 7. Poder de voto / Subscrição de capital Canadá Estados Unidos Europa e Israel 4% 30% 11% 5% América Latina &Japão, China & CaribeRep. da Coreia 50,02%
  8. 8. Avanços obtidos com o realinhamento do Banco (estrutura matricial) 2015: se espera poder transferir a metade da capacidade operacional as Representações de país O tempo de aprovação de empréstimos se reduziu de 12 a 7 meses Novas medidas para a efetividade do desenvolvimento e redução dos riscos Novos clientes: municipalidades e setor privado
  9. 9. Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
  10. 10. Papel do BID O BID, maior fonte de financiamento de longo prazo na America Latina de Caribe combina recursos com conhecimento para ajudar no combate a pobreza, desigualdade e para trazer desenvolvimento sustentável.
  11. 11. Instrumentos Instrumentos Financeiros: Empréstimos, Doações, Garantias, Investimentos, Cooperações Tecnicas, Produtos Financeiros e Recursos Financeiros Geração de Conhecimento: Pesquisa, Banco de dados, Capacity Building, Publicações.
  12. 12. Áreas prioritárias Redução Pobreza Atendimento as necessidadesespeciais dos Países mais pobres Promoção da Integração Regional Energia Sustentável e Iniciativa deMudança Climática (SECCI) Foco no setor privado
  13. 13. Prestação de ContasPara garantir a prestação de contas, transparênciae eficácia de suas atividades, o BID conta com: Escritório de Avaliação e Supervisão (OVE) Escritório de Integridade Institucional (OII) Mecanismo de Investigação Independente (MII) Acesso a Política de Informação
  14. 14. Ciclo de Projeto Documentos para aDocumentos para a etapa deetapa de Término e Avaliação Preparação• Relatório de término • Estratégia de paísde projeto • Documento de projeto• Avaliações •Avaliação deindependentes risco, institucional,econôm co- Término e Preparação financeira, ambiental, soc l. Avaliação • Plano de Ação e Investimentos.Documentospara a etapa de Documentos paraExecução a etapa de Aprovação• Plano de aquisições(atualizado)• Aviso geral de Execução Aprovação •• Proposta de empréstimo Relatório de gestãoaquisições social e ambiental• Avisos específicos de • Plano de aquisiçõesaquisições • Contrato de empréstimo•Relatório de Progresso ou Convênio de CT
  15. 15. Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
  16. 16. Ciência, Tecnologia e Inovação na América Latina O que encontramos? Heterogeneidade: Países da América Latina têm experimentado uma evolução heterogenea das diferentes instituições que apoiam o desenvolvimento da C&T&I; Um grupo de países pioneiros na região apresentam sistemas de inovação bem desenvolvidos, com a presença de agências especializadas, contam também com recursos voltados à promoção da inovação empresarial, uma rede de especialistas em avaliação, com programas de promoção de capital humano qualificado e com interações entre as universidades e as empresas em ascensão; Entretanto, a maioria dos países da região têm hoje um sistema de inovação numa fase embrionária de desenvolvimento, freqüentemente centrado no apoio à pesquisa básica (científica e tecnológica), com escassas capacidades humanas e institucionais e insuficiente coordenação com centros de investigação e / ou do setor privado.
  17. 17. Agenda BID: Inovação como produto de umsistema Empresas Infraestrutura (Setor Privado) Tecnológica Sistemas de Inovação Instituições Capital para a Inovação Humano• Trabalhos em cooperação com: Empresas (Nokia, Microsoft, Telefónica); Instituições(MIT, UE, OCDE, Banco Mundial, CEPAL) e dentro do BID (Setores:Educação, Saúde, Energia, Integração, Infraestrutura)
  18. 18. Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
  19. 19. Divisão de Ciência e Tecnologia (SCT): Investimentos em Ciência & Tecnologia – Apoio financeiro para programas de investimentos em capital humano e infra-estrutura tecnológica em areas críticas para o desenvolvimento. Desenvolvimento e promoção das políticas de inovação – Políticas de inovação são centrais para as estratégias de desenvolvimento e são criadas para atender os desafios econômicos e sociais. Fortalecimentos de Sistemas de Inovação (SNI& SRI) – Apoio aos países e regiões em seu esforço de capacity-building, formação de capital humano, – Modernização da infra-estrutura científica e tecnológica, promoção de clusters e redes de empresas, instituições de pesquisas, universidades e governo. Programas focados em Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) – Ajuda aos países a conceber e implementar estratégias digitais, promover a competitividade da indústria de TICs nacional, acelerar a disseminação de redes de banda larga e incorporar a dimensão TIC em outras políticas setoriais com foco em resposta às necessidades da maioria.
  20. 20. Outras áreas do Banco que trabalham comInovação Tecnológica:  Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin): ICT4Business e tecnologias para o desenvolvimento de negócios;  Energia: Iniciativa de Energia Sustentável e Mudança Climática (SECCI) - Um dos pilares principais é o programa de energia renovável e eficiência energética;  Agricultura: Programas que apóiam a inovação tecnológica na agricultura (Fontagro);  Educação: TICs em escolas e projetos que apóiam o acesso à educação técnica e tecnológica;  Saúde: Aplicação de serviços móveis para os programas de gestão de saúde e pesquisas sobre doenças contagiosas.
  21. 21. Quem somosO que fazemosCiencia, Tecnología e Innovación (C&T&I) na ALO que a Divisão de C&T fazPrincipais áreas de atuação
  22. 22. Temas em C&T&I no Brasil que o BID pode apoiaratravés de seus instrumentosDesafios imediatos: Copa do Mundo, Olímpiadas, metas/ações da PDP, doPACTI, Brasil Maior.. Sistemas Regionais de Inovação: oportunidade para “englobar” programas estaduais integrados:  políticas para estimular o P&D no setor privado  interação universidade-empresa,  leis estaduais de inovação  modernização das instituições estaduais de pesquisa públicas e privadas  parques tecnológicos  desenvolvimento local e regional  foco em indústrias gerados de emprego e renda  capacitação técnica e profissional  inovações sociais (solucões para portadores de necessidades especiais)  programas de inclusão digital, etc. Cidades Digitais e Implementação de Banda Larga Projetos estruturantes com saúde, educação, segurança, fortalecimento institucional, etc. Interno ao BID
  23. 23. Areas Estratégicas1. FEDERAL • Apoio ao MCTI, FINEP, MC para elevar investimento privado em P&D, venture capital, infraestrutura tecnologica • Empreendedorismo e inovacao • Rede Nacional de Pesquisa • Mudança Climática • Banda Larga • Apoio a Universidades e Centros de Pesquisas • Popularizacao da Ciência • Integração Regional2. ESTADUAL • Projetos de fortalecimento secretarias estaduais de inovação (marco regulatório) • TICs”cidades digitiais, inclusão digital, banda larga • Empreendedorismo e inovacao • Parques tecnológicos • Mudança climática3. MUNICIPAL • Cidades Sustentáveis/ Cidades Digitais • Programas de desenvolvimento econômico integrado
  24. 24. Onde SCT está no Brasil
  25. 25. ContatosRepresentação em BrasíliaVanderléia Radaelli(55-61) 3317-4200Email: vanderleiar@iadb.org

×