Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vista dos indexadores

45 views

Published on

Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vista dos indexadores -
Bárbara Melo

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vista dos indexadores

  1. 1. Revistas científicas brasileiras de acesso aberto: qualidade do ponto de vista dos indexadores Bárbara Melo barbara.melo@outlook.com
  2. 2. • Comunicação científica
  3. 3. • Brasil e o Acesso Aberto
  4. 4. • Produção científica brasileira em Acesso Aberto é a maior do mundo
  5. 5. • Indexadores • Sistemas de informação responsáveis pela seleção de periódicos científicos (Fiorin, 2007) • Indexadores internacionais x regionais
  6. 6. • Latindex • Diretório • Catálogo • Avaliação da qualidade
  7. 7. • Metodologia • Identificar as revistas científicas brasileiras de acesso aberto no Directory of Open Access Scholarly Resources (ROAD); • Verificar aquelas existentes nas bases de dados Catálogo e Diretório do Latindex; • Levantar as características não cumpridas pelas revistas científicas brasileiras de acesso aberto não aprovadas para o Catálogo do Latindex.
  8. 8. • Resultados • 1.128 revistas científicas brasileiras de acesso aberto, das quais: 7.98% 22.70% 78.01% 0.00% 10.00% 20.00% 30.00% 40.00% 50.00% 60.00% 70.00% 80.00% 90.00% Web of Science Scielo Latindex
  9. 9. • Resultados • Das revistas científicas brasileiras de acesso aberto presentes no Latindex: 70.57% 7.27% 0.18% catálogo diretório indisponíveis 23 59 sem avaliação não aprovadas
  10. 10. • Resultados • Das 59 revistas científicas brasileiras de acesso aberto não aprovadas pelo Latindex, mais da metade não tem as características: Geração contínua de conteúdo (n = 48) Cumprimento da periodicidade (n = 30) Recepção e aceitação de originais (n = 39)
  11. 11. • Considerações Finais • Aumento da produção científica brasileira em Acesso Aberto • Baixa representatividade brasileira em indexadores internacionais • Papel de indexadores regionais na promoção da ciência Latino- Americana • Confirmação da atuação de órgãos nacionais na melhoria do padrão de qualidade editorial • Necessidade de contínuos estudos sobre a inserção da ciência de países subdesenvolvidos no coração da ciência internacional como garantia de sobrevivência

×