Renascimento

1,892 views

Published on

Literatura Renascimento

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,892
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
207
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Renascimento

  1. 1. O Renascimento (ou Renascença) foi ummovimento cultural e simultaneamente um período dahistória Européia, considerado como marcando o final daIdade Média e o início da Idade Moderna. O Renascimentoé normalmente considerado como tendo começado noséculo XIV em Itália e no século XVI no norte da Europa.Também é conhecido como Rinascimento (em italiano). O Renascimento está associado ao humanismo, ointeresse crescente entre os acadêmicos europeus pelostextos clássicos, em latim e em grego, dos períodosanteriores ao triunfo do Cristianismo na cultura européia.No século XVI encontramos paralelamente ao interessepela civilização clássica, um menosprezo pela Idade Média, associada a expressões como "barbarismo", "ignorância","escuridão", "gótico", "noite de mil anos" ou "sombrio"(Bernard Cottret).
  2. 2. Fases do Renascimento Costuma-se dividir o Renascimento em três grandes fases, correspondentes aos séculos entre o XIV e o XVI. Trecento O Trecento (em referência ao século XIV) manifesta-se predominantemente na Itália, mais especificamente na cidade de Florença, pólo político, econômico e cultural da região. Giotto, Boccaccio e Petrarca estão entre seusMadona com banbino San Lucchese representantes. Quattrocento Durante o Quattrocento (século XV) o Renascimento espalha-se pela península itálica, atingindo seu auge. Neste período atuam Botticelli, Leonardo da Vinci, Rafael e, no seu final, Michelangelo (que já prenuncia certos ideais anti- clássicos utilizando-se da linguagem clássica, o que caracteriza o Maneirismo, a etapa final do Renascimento, considerados os três últimos o "trio sagrado" da Renascença. Cinquecento O Renascimento torna-se no século XVI um movimento universal europeu, tendo, no entanto, iniciado sua decadência. Ocorrem as primeiras manifestações maneiristas e a Contra reforma instaura o Barroco como estilo oficial da Igreja Católica. Na literatura atuaram Ludovico Ariosto, Torquato Tasso e Nicolau Maquiavel, já na Cristo no templo, El Greco pintura eram Rafael e Michelangelo.
  3. 3. PRINCIPAIS REPRESENTANTES: • Michelangelo ("Miguel Ângelo") di Ludovico Buonarroti Simoni (Caprese, 6 de Março de 1475 — Roma, 18 de Fevereiro de 1564) foi um pintor, escultor, poeta e arquiteto renascentista italiano. • É famoso principalmente pela criação dos afrescos do teto da Capela Sistina, um dos trabalhos mais extraordinários de toda a arte ocidental, e também do Julgamento Final sobre o altar e do " Martírio de São Pedro" e da " Conversão de São Paulo" na Capela Paulina do Vaticano. Entre as suas muitas esculturas, contam-se a Pietà e o David, também elas sublimes obras-primas, bem como a Virgem, o Baco, o Moisés, a Raquel, a Léa e membros da família Médici. Foi também ele a conceber a cúpula da Basílica de São Pedro em Roma.
  4. 4. A Capela Sistina éuma capela situada noPalácio Apostólico,residência oficial do Papa naCidade do Vaticano, erigidaentre os anos 1475 e 1483,durante o pontificado doPapa Sisto IV. ACelebração Eucarística deinauguração ocorreu em15 de Agosto de 1483. Era um projetorelativamente simples edespretensioso, no início,destinado ao culto particulardos papas e da altahierarquia eclesiástica,contudo, fruto de uma épocade expansão política eterritorial da Santa Sé[1],viria a tornar-se num dossímbolos desta, tamanhamagnificência adquiriu. A celebridade dacapela deve-se, também, aofato de que nela se realizamos conclaves para a eleição
  5. 5. La Pieta
  6. 6. Davi
  7. 7. Leonardo da Vinci (Anchiano, 15 de Abril de 1452 —Cloux,Amboise, 2 de Maio de 1519) foi um pintor, arquiteto,engenheiro, cientista e escultor do Renascimento italiano. Éconsiderado um dos maiores gênios da história da Humanidade.Considerado por vários o maior gênio da história, devido à suamultiplicidade de talentos para ciências e artes, sua engenhosidade ecriatividade. Num estudo realizado por Catherine Cox, em 1926, seuQI foi estimado em cerca de 180. Outras fontes mencionam 220. Leonardo viveu em plena Renascença, nos séculos XV eXVI, e expressa melhor do que qualquer outro o espírito daqueletempo.Ao contrário do homem medieval, que via em Deus a razão detodas as coisas, os renascentistas acreditavam no poder humano dejulgar, de criar e construir. Por isso a Renascença também éconhecida como a época do humanismo e se caracteriza porenormes progressos nas artes, nas leis e nas ciências. Suas obras mais conhecidas são, o afresco " A ÚltimaCeia", pintados diretamente no refeitório da Igreja Santa Maria de delGrazie, em Milão, e o Retrato de Lisa de Giocondo, a La Gioconda( dita a Mona Lisa ), que ele demorou três anos para conseguir pintá-la.Prestando bem a atenção, você irá perceber em várias imagens, umefeito característico da pintura de Leonardo: a delicada passagem deluz para a sombra, quando um tom mais claro mergulha em outromais escuro, como dois belos acordes musicais. Esse procedimentorecebe o nome de SFUMATO ( esfumado, em português ).
  8. 8. Madona Benois (1478)Mona Lisa (1503-1507) Madona e o menino
  9. 9. Afresco: A ultima ceiaReparem na figura Percebam que ambos usam as“feminina” no Além disso Da Vinci mesmas vestes, com as coresapóstolo ao lado de teria ocultado a invertidas, o que seria costumeJesus existência de um V, entre os casais hebreus símbolo do feminino no afresco E mais, onde está o Percebam, ainda a mão Cálice de Cristo? ameaçadora de Pedro, sob o Apóstolo, como se discutisse com ele.
  10. 10. Rafael, em italiano Raffaello, (Urbino, 6 de abril de1483 — Roma, 6 de abril de 1520) foi um mestre dapintura e da arquitetura da escola de Florença durante oRenascimento italiano, celebrado pela perfeição esuavidade de suas obras. Também é conhecido porRaffaello Sanzio, Raffaello Santi, Raffaello de Urbino ouRafael Sanzio de Urbino. O primeiro trabalho registrado de Rafael foi umaltar para a Igreja de San Nicola da Tolentino na cidade deCastello, entre Perúsia e Urbino. A peça foi encomendadaem 1500 e terminada um ano depois. Foi muito danificadapor um terremoto em 1789, restando atualmente somentealguns fragmentos na Pinacoteca Tosio Martenigo naBrescia. Outra peça importante de sues primeiros anos foio altar de Oddi para a capela de mesmo nome na igreja deSão Francisco de Perúsia. Rafael, provavelmente comomembro da oficina de Pietro Perugino, trabalhou tambémnos afrescos do Collegio del Cambio
  11. 11. La madonna de As Três Graças Jilguero
  12. 12. Escola de Atenas
  13. 13. Donato di Niccoló di Betto Bardi, chamado Donatello (Florença, c.1386 - 13 de dezembro de 1466) foi um escultor italiano. Trabalhou em Florença, Prato, Siena e Pádua, recorrendo a várias técnicas (tuttotondo,baixo-relevo, stiacciato), e materiais ( mármore, bronze, madeira). Separou -se definitivamente do gótico retomando e superando a arte grega e romana,seja formalmente, seja estilisticamente. Muito particular foi sua capacidade de sugerir humanidade e introspecção em suas obras. Estátua de Donatello presente na Galleria degli Uffizi, em Estátua equestre do Gattamelata, em Pádua Florença Cópia do Davi de DonatelloMaria Madalena, Duomo, Florença
  14. 14. São Pedro Davi
  15. 15. Anunciação
  16. 16. Michelangelo Merisi, mais conhecido por Caravaggio (Caravaggio, 1571 — Porto Ercole, 1610) foi um pintor italiano identificado com o período final do Renascimento e com o barroco. Embora tenha vivido a transição entre o Renascimento e o Barroco (já que nasceu poucos anos depois da morte de Leonardo Da Vinci), a sua obra enquadra-se bem neste último, sempre obscura e pesada retratando cenas ou personalidades bíblicas.Caravaggio pintou versões próprias destes quadros que servem bem para exemplificar como ele foi capaz de igualar, senão superar seus mestres. Caravaggio, pintura de Ottavio Leoni. Crucificação de São PedroCeia na casa de Emmaus Sete obras de misericórdia São Mateus e o anjo
  17. 17. São Mateus A descida da Cruz
  18. 18. São Tomáz
  19. 19. BOTTICELLI Alessandro di Mariano Filipepi, mais conhecido como Sandro Botticelli (Florença, 1º de março de 1445 – 17 de maio de 1510), foi um pintor italiano da Escola Florentina.Dedicou boa parte de sua carreira às grandes famílias florentinas, especialmente os Médici, para os quais pintou retratos. Entre tais obras, destacam-se: " Retrato de Giuliano de Medici" (1475 – 1476, Galeria Nacional de Arte, Washington, D.C.); "A adoração dos Magos" (I; II; III 1476 – 1477, Galeria Uffizi, Florença). O último rendeu-lhe a admiração e atenção da família Médici, que o colocou sob sua proteção e patronato. Em 1481 esteve em Roma, para participar dos trabalhos na Capela Sistina, onde pintou osBotticelli: auto-retrato afrescos "As Provações de Moisés"; " O Castigo dos Rebeldes" e; "A Tentação de Cristo".
  20. 20. A tentação de CristoA coragem
  21. 21. O nascimento de Vênus
  22. 22. BERNINI , Gian Lorenzo Bernini (Giovanni Lorenzo Bernini) (Nápoles,7 de Dezembro de 1598 – Roma, 28 de Novembro de 1680), foi um eminente artista barroco. Trabalhou principalmente em Roma. Distinguiu-se como escultor e arquiteto, ainda que tivesse sido também pintor, desenhista, cenógrafo, criador de espectáculos de pirotecnia, entre outras atividades. Também esculpiu grande parte das obras de arte que embelezam Roma e o Vaticano. Eneas, Anquise Habacuc e anjoO Rapto de Proserpina e Ascânio
  23. 23. São João Batista Apolo
  24. 24. O Extase de Santa Tereza O “Êxtase de Santa Tereza” de Bernini, surgia como uma espécie de natureza-morta pornográfica: A santa deitada de costas , o tronco arqueado de prazer, a boca entreaberta em um gemido e , acima dela, o Anjo Apontando uma lança de fogo” Fonte: BROWN, Dan, Anjos e Demônios, Ed. Ilustrada p. 302
  25. 25. Ludovica Fonte: enciclopedia Digital wikipedia( www.wikipedia.org) Informações capturadas em 26/08/2006Disciplina: Estética, Teoria e Crítica da Arte II Profa.: Carmen Barros Acadêmica: Catlen de Freitas Cunha

×