Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Termodinâmica (parte 2)

1,443 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Termodinâmica (parte 2)

  1. 1. TERMODINÂMICA(PARTE 2) Mecânica dos Fluidos e Termodinâmica Aulas: 19,20,21 e 22 Prof. Msc. Charles Guidotti 07/2014
  2. 2. Toda matéria – Sólida, líquida ou gasosa – é composta por átomos ou moléculas em constante agitação. O que determina a sensação de quente ou frio? Qual é a diferença?
  3. 3. O que determina a sensação de quente ou frio? Em virtude desse movimento aleatório, os átomos ou moléculas da matéria possuem energia cinética. A energia média dessas partículas individuais produzem um efeito que podemos sentir (sensação de quente ou frio).
  4. 4. A quantidade que informa quão quente ou frio é um objeto em relação a algum padrão é chamado de temperatura. Temperatura mede o grau de agitação das partículas de um corpo.
  5. 5. Lei Zero da Termodinâmica Se dois corpos A e B estão individualmente em equilíbrio térmico com um outro corpo T, então A e B estão em equilíbrio térmico entre si.
  6. 6. Dilatação Linear A dilatação linear leva em consideração apenas uma dimensão do sólido. Δ‫ܮ=ܮ‬0ߙΔܶ
  7. 7. Sistema isolado Calor (energia) Calor é a energia transferida de um corpo para outro em virtude, unicamente, de uma diferença de temperatura entre esses corpos.
  8. 8. Absorção de Calor Capacidade Térmica (C) É a grandeza física que determina a relação entre a quantidade de calor fornecida a um corpo e a variação de temperatura observada neste. 𝑄 = 𝐶 ∆𝑇 = 𝐶 (𝑇𝑓 − 𝑇𝑖) 𝑇𝑖 > 𝑇𝑓 , Q < 0 O sistema perde energia 𝑇𝑖 < 𝑇𝑓 , Q > 0 O sistema recebe energia 𝑇𝑖 = 𝑇𝑓 , Q = 0 Não há troca de energia
  9. 9. Absorção de Calor Calor específico (c) C= c m 𝑄 = 𝑐𝑚 ∆𝑇 = 𝑐𝑚 (𝑇𝑓 − 𝑇𝑖) 𝑇𝑖 > 𝑇𝑓 , Q < 0 O sistema perde energia 𝑇𝑖 < 𝑇𝑓 , Q > 0 O sistema recebe energia 𝑇𝑖 = 𝑇𝑓 , Q = 0 Não há troca de energia É definido como a quantidade de calor requerida para alterar a temperatura de uma unidade de massa da substância em 1 grau.
  10. 10. Mudança de Fase Uma substância para passar de uma fase para outra através do recebimento ou fornecimento de energia. Energia é absorvida Q > 0 Energia é liberada Q< 0
  11. 11. Um corpo ao receber ou ceder energia, pode sofrer sois efeitos diferentes: variação de temperatura ou mudança de fase. Mudança de Fase
  12. 12. Calor Latente (calor de transformação): É a quantidade de energia por unidade de massa necessária para mudar o estado de um material.
  13. 13. Exercício 1. Que quantidade de calor deve absorver uma amostras de gelo com massa m=0,720 Kg a -10ºC para ser levada ao estado líquido a 15ºC? Dados: (𝑐 𝑔𝑒𝑙𝑜= 2220 𝐽 𝐾𝑔 . 𝐾 ), 𝐿 = 333 𝐾 𝐽 𝑘𝑔 , (𝑐𝑙𝑖𝑞= 4190 𝐽 𝐾𝑔 . 𝐾 )
  14. 14. Calor e Trabalho
  15. 15. Calor e Trabalho (pg. 198)
  16. 16. Calor e Trabalho Um sistema pode ser levado de um estado inicial para um estado final de um número infinito de formas e, em geral, o trabalho W e o calor Q tem valores diferentes em diferentes processos. Dizemos que o calor e o trabalho são grandezas dependentes da trajetória.
  17. 17. 1ª Lei da Termodinâmica A energia interna 𝐸𝑖𝑛𝑡 tende a aumentar se acrescentarmos energia na forma de calor Q e a diminuir se removermos energia na forma de trabalho W realizado pelo sistema. A energia não pode ser criada nem destruída; pode ser transformada de uma forma para outra, e sua quantidade total permanece constante.
  18. 18. 1ª Lei da Termodinâmica
  19. 19. Exercícios 1) Suponha que 1 kg de água a 100ºC seja convertido em vapor a pressão atmosférica de 1 atm. O volume de água varia de um valor inicial de 1 x 10−3 m³ como líquido para 1,671 m³ como vapor. Calor latente de vaporização: 2256 kJ/kg a)Qual é o trabalho realizado pelo sistema durante o processo? b)Qual é a energia é transferida na forma de calor durante o processo? c)Qual é a variação da energia interna do sistema durante o processo?
  20. 20. 2ª Lei da Termodinâmica Enunciado de Clausius: O calor não passa espontaneamente de um corpo mais frio para um corpo mais quente. Enunciado de Kelvin e Planck É impossível construir uma máquina, operando em ciclos, cujo único efeito seja retirar calor de uma fonte e convertê-lo integralmente em trabalho.
  21. 21. Conversão de calor em trabalho: Máquina Térmica (Carnot)
  22. 22. Exercício 1. Uma maquina de Carnot opera entre as temperaturas T1= 850 K e T2= 300 K. A maquina realiza 1200 J de trabalho em cada ciclo, que leva 0,25 s. a) Qual é a eficiência da máquina? b) Qual é a potencia média da máquina? c) Qual é a energia Q1 extraída em forma de calor da fonte quente a cada ciclo? d) Qual é a energia Q2 liberada na forma de calor para a fonte fria a cada ciclo?

×