Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Osteoporose

17,512 views

Published on

Published in: Health & Medicine

Osteoporose

  1. 1. OSTEOPOROSE<br />Orientador:Dr.Carlos Andrade<br />Residente :Dr.Daniel Pereira R1<br />Ortopedia e Traumatologia<br />2010<br />
  2. 2. Introdução<br />A Osteoporose é um distúrbio osteometabólico caracterizado<br />pela diminuição da densidade mineral óssea<br />(DMO), com deterioração da microarquitetura óssea,<br />levando a um aumento da fragilidade esquelética e do<br />risco de fraturas.<br />A osteoporose caracteriza-se<br />como a perda de massa<br />óssea de 2,5 desvios-<br />padrão abaixo da<br />densidade óssea<br />considerada média normal,<br />para uma determinada<br />população saudável (OMS).<br />
  3. 3. Conceitos importantes<br />Massa Óssea ou Conteúdo Mineral Ósseo<br />A quantidade total de mineral (gramas), de um<br /> segmento ósseo ou de todo o esqueleto.<br />Densidade Mineral Óssea (DMO)<br /> Quociente entre a massa óssea e a área projetada da estrutura ou segmento ósseo (g/cm²).<br />
  4. 4. <ul><li>Osteoporose secundária</li></ul>– hipercortisolismo (endógeno ou exógeno);<br />– hiperparatireoidismo primário ou secundário;<br />– hipertireoidismo;<br />– acromegalia;<br />– neoplasias do sistema hematopoético;<br />– cirrose biliar primária;<br />– doenças inflamatórias intestinais;<br />– doença celíaca;<br />– pós-gastrectomia;<br />– homocistinúria;<br />– hemocromatose;<br />– doenças reumáticas inflamatórias.<br /><ul><li>Osteoporose primária
  5. 5. Tipo I
  6. 6. Tipo II</li></li></ul><li>Epidemiologia<br />Sexo <br />Raça<br />Idade<br />Localização das fraturas<br />
  7. 7.
  8. 8. Fatores de risco <br />Maiores<br /> - Sexo feminino- Fratura prévia- Raça asiática ou caucásica- Idade maior que 65 anos em ambos os sexos- História materna de fratura ou osteoporose- Menopausa precoce (antes dos 40 anos)- Tratamento crônico com corticóide e anticonvulsivante<br /><ul><li>Menores
  9. 9. - Doença reumática, especialmente a artrite reumatóide.- Climatério/menopausa- Hipertireoidismo ou hormônio tireoideano em excesso- Tabagismo- Alcoolismo- Sedentarismo- Imobilização prolongada (pessoa acamada ou em cadeira de rodas)- Dieta pobre em cálcio- Baixo Peso (Índice de Massa Corpórea menor que 19)</li></li></ul><li>
  10. 10. Teoria Hormonal Pós menopausa <br /> Deficiência de Estrógenos<br /> Reabsorção de osso com liberação<br /> cálcio e fósforo<br /> Decréscimo de Hormônio da Paratireóide<br /> Decréscimo de 1-hidroxilação do calcidiol<br /> Decréscimo do calcitriol<br /> decréscimo da absorção de cálcio<br />
  11. 11.
  12. 12. Diagnóstico<br />História clínica<br />Exame físico<br />Avaliação laboratorial<br />Quadro radiográfico<br /><ul><li>RX
  13. 13. Ultrassonometria óssea
  14. 14. Densitometria óssea (padrão-ouro)</li></li></ul><li>Índice de Singh<br />
  15. 15. Quadros Radiológicos<br />
  16. 16.
  17. 17. Indicações de densitometria<br />Mulheres com deficiência de estrogênio e fatores de risco<br />Tratamento prolongado com glicocorticóides<br />Anormalidades da coluna vertebral<br />Hiperparatireoidismo primário<br />Controle terapêutico da osteoporose<br />
  18. 18. Interpretação clínica<br />Valores absolutos<br />T-score <br />– até -1,0 DP -> normal<br />– de -1,1 a -2,5 DP -> osteopenia<br />– abaixo de -2,5 DP -> osteoporose<br />– abaixo de -2,5 DP na presença de fratura -> osteoporose<br />estabelecida<br />Z-score<br />
  19. 19. Prevenção<br />Nutrição adequada<br />Atividade física<br />Ingestão de cálcio e vitamina D<br />Mulheres : Manter concentração de estrógenos<br />Prevenção de quedas<br />Exposição solar<br />
  20. 20.
  21. 21. Tratamento farmacológico<br /><ul><li>Agentes anti-reabsorção óssea:
  22. 22. Estrógenos, calcitonina e bifosfonados
  23. 23. Agentes estimuladores da formação óssea:
  24. 24. Fluoreto de sódio e PTH
  25. 25. Raloxifeno (SERM)</li></li></ul><li>Fratura recente<br />Sim<br />Não<br />Suspeita de osteoporose fatores de risco presentes<br />Fratura vertebral do quadril ,do punho ou outras fraturas<br />Diagnóstico diferencial medir DMO<br />
  26. 26. DMO<br />TTO: Alendronato ou TRH<br />ABAIXO DE -2,5 DP<br />Prevenção : TRH<br />ENTRE -1 E -2,5 DP<br />Eliminar fatores de risco <br />Ingerir cálcio e vit D<br />ACIMA DE -1 DP<br />
  27. 27. FIM<br />

×