Alberto Ribeiro Do Carmo O Papel Do Gestor

4,482 views

Published on

Seminários Melhoria da Educação no Município. Tema: O papel do gestor na conquista da qualidade na Educação. Apresentação do professor Alberto Ribeiro do Carmo.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,482
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
28
Actions
Shares
0
Downloads
126
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Dfdfdf A LDB preve flexibilidade quanto à organização ecolar permitindo que se atenda às peculiaridades regionais e locias, às diferentes clientelas e processos de aprendizagem (art. 23), formas de prgressão parcial
  • Alberto Ribeiro Do Carmo O Papel Do Gestor

    1. 1. <ul><li>O PAPEL DO GESTOR </li></ul><ul><li>NA CONQUISTA DA QUALIDADE NA </li></ul><ul><li>EDUCAÇÃO </li></ul>
    2. 2. <ul><li>EDUCAÇÃO </li></ul><ul><li>E </li></ul><ul><li>HUMANIZAÇÃO </li></ul>
    3. 3. <ul><li>HISTÓRIA </li></ul><ul><li>E </li></ul><ul><li>HUMANIZAÇÃO DOS HOMENS </li></ul>
    4. 4. <ul><li>VIDA HUMANA: COLETIVA/GRUPO </li></ul><ul><li>ANIMAIS: BANDOS E MANADAS </li></ul>
    5. 5. <ul><li>HÁ 10 MIL ANOS( + ) O HOMEM DEIXOU A CAVERNA </li></ul><ul><li>CIDADE = SÓCIO </li></ul><ul><li>ETHOS </li></ul><ul><li>A CASA DOS HOMENS </li></ul><ul><li>(IGUALDADE) </li></ul>
    6. 6. <ul><li>TEMPOS MODERNOS </li></ul><ul><li>UTOPIA: sócios/éticos - Igualdade </li></ul><ul><li>- Liberdade </li></ul><ul><li>- Solidariedade </li></ul>
    7. 7. <ul><li>MODERNIDADE E DEMOCRACIA </li></ul><ul><li>LIBERALISMO </li></ul><ul><li>MODELOS </li></ul><ul><li>SOCIALISMO </li></ul>
    8. 8. <ul><li>Ciência </li></ul><ul><li>E </li></ul><ul><li>Tecnologia </li></ul>
    9. 9. <ul><li>SOCIEDADE URBANA </li></ul><ul><li>Técno-industrial </li></ul><ul><li>Produção/Consumo </li></ul>
    10. 12. <ul><li>Atual revolução tecnológica e a sociedade do Conhecimento ou técnico-informacional </li></ul><ul><li>Novo paradigma de produção e desenvolvimento </li></ul><ul><li>Produzir: p/ ter poder de competir e de gerar lucro num mercado globalizado </li></ul><ul><li>A educação constitui-se elemento central nesse paradigma de desenvolvimento (um bem econômico) </li></ul><ul><li>Educação: </li></ul><ul><ul><ul><li>Facilidade de assimilar novas tecnologias e procedimentos de trabalho (flexibilidade funcional) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Facilidade de assimilar novas formas de organização da produção </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Trabalhar em equipe </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tomar iniciativa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Facilidade de verbalizar o que sabe fazer… </li></ul></ul></ul>
    11. 13. <ul><li>EDUCAR É </li></ul><ul><li>Capacitar e requalificar os trabalhadores conforme as exigências do sistema produtivo e formar o consumidor exigente/sofisticado para um mercado sofisticado. </li></ul><ul><li>Educação: formar o cidadão eficiente e competente. </li></ul><ul><li>Competente : que é bom para competir com seus talentos e habilidades no mercado de trabalho. </li></ul>
    12. 14. <ul><li>CRISE DO MODELO DA SOCIEDADE ATUAL: </li></ul><ul><li>ENERGÉTICA E CLIMÁTICA </li></ul><ul><li>Livre mercado </li></ul><ul><li>Não intervenção do Estado </li></ul><ul><li>Tendência para governos populistas c/ assistência social (ganham apoio popular e em contrapartida favorece estruturalmente o agro e o hidronegócio) </li></ul><ul><li>Está fora a justiça social e a preservação ambiental </li></ul><ul><li>A ciência sabe hoje da própria limitação </li></ul><ul><li>Fracasso das utopias </li></ul><ul><li>Não sabemos para onde ir </li></ul><ul><li>Exigência: uma revolução estrutural e comportamental </li></ul>
    13. 15. <ul><li>EDUCAÇÃO ESCOLAR HOJE: </li></ul><ul><li>- MODERNIDADE E DEMOCRACIA- </li></ul><ul><li>Desenvolvimento pleno da Pessoa </li></ul><ul><li>- Exercício da cidadania (polis) </li></ul><ul><li>- Qualificação para o mundo do trabalho </li></ul><ul><li>- Formação de sujeitos éticos e críticos, </li></ul><ul><li>participativos e criativos </li></ul>
    14. 16. <ul><li>ESCOLA </li></ul><ul><li>Formadora de sujeitos históricos </li></ul><ul><li>Inserção das pessoas nas relações sociais </li></ul>
    15. 17. <ul><li>FUNDAMENTOS: princípios, conteúdos e valores </li></ul><ul><li>CONHECIMENTO……………… Saber </li></ul><ul><li>HABILIDADES………………….. Fazer </li></ul><ul><li>ATITUDES………………………….. Ser </li></ul>EDUCAÇÃO (Aprendizagem)
    16. 18. <ul><li>CF/88 e LDB/96 </li></ul><ul><li>alteração legal na lógica organizativa da escola e nos papéis dos diversos atores sociais que constroem o cotidiano escolar... </li></ul><ul><li>Uma nova ordem educadora concebida pelo princípio da gestão democrática (...de processos de participação coletiva) </li></ul>
    17. 19. <ul><li>Mudanças legais – uma nova agenda para a escola </li></ul><ul><li>A CF (1988, art. 205) e a LDB (1996, art. 2o.) estabelecem a educação como um direito de todos e dever do Estado e da família. </li></ul><ul><li>A finalidade: pleno desenvolvimento da pessoa , seu preparo para a cidadania e sua qualificação para o trabalho (CF, 1988, art.). </li></ul>
    18. 20. LDB 9.394/96 <ul><li>Art. 14º. Os sistemas de ensino definirão as normas da gestão democrática do ensino público na educação básica, de acordo com as suas peculiaridades e conforme os seguintes princípios: </li></ul><ul><li>I - participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola; </li></ul><ul><li>II - participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes. </li></ul><ul><li>Art. 15º. Os sistemas de ensino assegurarão às unidades escolares públicas de educação básica que os integram progressivos graus de autonomia pedagógica e administrativa e de gestão financeira , observadas as normas gerais de direito financeiro público. </li></ul>
    19. 21. <ul><li>Os estabelecimentos de ensino passam a ter seguintes atribuições (LDB art. 12); </li></ul><ul><li>I. elaborar e executar sua proposta pedagógica; </li></ul><ul><li>II. administrar seu pessoal e seus recursos materiais e financeiros; </li></ul>
    20. 22. <ul><li>Mudanças legais – uma nova agenda para a escola </li></ul><ul><li>III. assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aula estabelecidas; </li></ul><ul><li>IV. velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente; </li></ul><ul><li>V. prover meios para a recuperação de alunos de menor rendimento; </li></ul><ul><li>VI. articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; </li></ul><ul><li>VII. informar os pais e responsáveis sobre a frequência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica. </li></ul>
    21. 23. <ul><li>Mudanças legais – uma nova agenda para a escola </li></ul><ul><li>A LDB prevê flexibilidade quanto à organização escolar: </li></ul><ul><li>Para atender peculiaridades regionais e locais, às diferentes clientelas e necessidades do processo de aprendizagem (art. 23); </li></ul><ul><li>São previstas formas de progressão parcial (art. 24); </li></ul><ul><li>Aceleração de estudos para alunos com atraso escolar, aproveitamento de estudos e recuperação (art. 24,V, b,d, e) </li></ul>
    22. 24. <ul><li>A gestão democrática pretende promover a superação do sistema educacional seletivo e excludente e </li></ul><ul><li>Possibilitar a inter-relação desse sistema com a organização da sociedade. </li></ul><ul><li>Para tanto precisa assumir os princípios (fundamentos, alicerces) de: </li></ul><ul><ul><li>Qualidade Social </li></ul></ul><ul><ul><li>Gestão participativa (educação cidadã/polis, não de alguns) </li></ul></ul><ul><ul><li>Diversidade cultural, étnico-racial, gênero </li></ul></ul><ul><ul><li>Autonomia (descentralização x deconcentração ) </li></ul></ul>
    23. 25. <ul><li>Democratização: </li></ul><ul><ul><li>Acesso </li></ul></ul><ul><ul><li>Processos pedagógicos </li></ul></ul><ul><ul><li>Processos de gestão </li></ul></ul>
    24. 26. PROFESSORES ALUNOS GESTOR (EQUIPE GESTORA ) SME SEE MEC GOVERNO CC CONSELHO DE CLASSE CE ou CG CONSELHO ESCOLAR OU CONSELHO GESTOR CME CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CEE CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CNE CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESTADO SALA DE AULA ESCOLA MUNICIPAL ESTADUAL FEDERAL (UNIÃO) ESFERAS DE PODER E D U C A Ç Ã O
    25. 27. <ul><li>PARTICIPAÇÃO </li></ul><ul><li>Exercício do diálogo entre as partes, em geral entre pessoas com diferentes formações e habilidades... para construir um plano coletivo e consensual. </li></ul><ul><li>Gestão da escola Ato Político </li></ul><ul><li>Tomada de posição de diversos atores (pais, professores, funcionários, estudantes...). Para isso, é necesssária a implementação de vários mecanismos de participação: </li></ul>
    26. 28. <ul><li> - escolha do diretor </li></ul><ul><li> - criação de órgãos colegiados </li></ul><ul><li> - participação estudantil </li></ul><ul><li> - projeto pedagógico coletivo </li></ul><ul><li>- autonomia da escola </li></ul><ul><li>A efetivação de uma lógica democrática é sempre processual e, portanto, de permanente vivência e aprendizado. </li></ul>Novas maneiras de se partilhar o poder de decisão na escola
    27. 29. <ul><li>O GESTOR/LIDER </li></ul><ul><li>(equipe gestora) </li></ul><ul><li>Papel de coordenador das atividades gerais da escola </li></ul><ul><li>Assume um conjunto de responsabilidades a serem partilhadas com os diferentes segmetnos da comunidade escolar e local </li></ul>
    28. 30. <ul><li>A ORGANIZAÇÃO E A GESTÃO DA ESCOLA </li></ul><ul><li>Projeto educacional (ppp) </li></ul><ul><li>Planejamento escolar </li></ul><ul><li>Calendário </li></ul><ul><li>Eleição </li></ul><ul><li>Festas </li></ul><ul><li>E outras... </li></ul><ul><li>Passam a ser assuntos dos diferentes segmentos da comunidade escolar e local. </li></ul>
    29. 31. <ul><li>CONSELHO ESCOLAR </li></ul><ul><li>- O grande aliado pelo fortalecimento da unidade escolar e democratização das relações escolares. </li></ul><ul><li>O responsável último pela escola, em co-responsabilidade com o diretor, que dele também faz parte. </li></ul><ul><li>Uma nova cultura escolar: fortelecimento da gestão democrática para qualificação de uma educação cidadã (estudantes éticos e críticos, participativos e criativos) </li></ul>
    30. 32. Alberto Ribeiro do Carmo Professor na UCG e Assessor no CME/Goiânia-GO [email_address] / F. 84022950

    ×