Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Avaliação da aprendizagem motora

Avaliação da aprendizagem motora

  1. 1. AVALIAÇÃO DAAPRENDIZAGEM MOTORA Cássio M. Meira Jr.
  2. 2. ITENS DE INTERESSE• Fenômeno de aprendizagem motora• Desempenho motor x aprendizagem motora• Características de desempenho motor que refletem aprendizagem motora• Avaliação da aprendizagem motora
  3. 3. APRENDIZAGEM MOTORAFENÔMENO• ESTADO INTERNO• RESULTADO DE PROCESSOS DE ORGANIZAÇÃO E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS• MUDANÇA RELATIVAMENTE PERMANENTE• ALCANÇADA COM PRÁTICA E EXPERIÊNCIA• DENOTA EFICIÊNCIA NA EXECUÇÃO DE MOVIMENTOS PARA ALCANÇAR UMA META DESEJADA• DEDUZIDO POR MEIO DO DESEMPENHO OBSERVÁVEL
  4. 4. DESEMPENHO APRENDIZAGEM MOTOR MOTORA• nível corrente em que um indivíduo executa • é oculta uma habilidade • não diretamente• comportamento observável observável (mudança interna)• indicador de aprendizagem • provoca efeitos relativamente permanentes• sofre flutuações (condição física, maturação, • é inferida motivação, emoções, (deduzida) com fadiga, lesões e base no substâncias) desempenho
  5. 5. CARACTERÍSTICAS DODESEMPENHO QUE REFLETEM APRENDIZAGEM• Aperfeiçoamento/Evolução/Melhora• Consistência/Variabilidade• Persistência• Adaptabilidade
  6. 6. MEIOS DE AVALIAR A APRENDIZAGEM MOTORA• Fase de aquisição ou Fase de Prática – Pré-teste x pós-teste (Aperfeiçoamento/Melhora) – Toda a prática (Consistência/Variabilidade)• Testes de aprendizagem – Retenção (Persistência) – Transferência (Adaptabilidade) – Retenção + Transferência (Persistência + Adaptabilidade
  7. 7. CURVAS DE DESEMPENHOMédiasdosescores Blocos de tentativas
  8. 8. CURVAS DE DESEMPENHO 1Média do Erro de Timing Absoluto 0,9 0,8 0,7 Intr-Bloc 0,6 Extr-Bloc 0,5 Intr-Rand 0,4 Extr-Rand 0,3 0,2 0,1 0 A1 A2 A3 A4 A5 A6 A7 A8 A9 T1 T2 Blocos de tentativas
  9. 9. TESTE DE RETENÇÃO• Permanência ou persistência do nível de desempenho alcançado durante a fase de prática• Condições idênticas às da fase de prática ou de aquisição• Período sem prática: intervalo suficientemente longo para permitir a dissipação de fatores alheios• Comparação com primeira sessão de prática
  10. 10. TESTE DE TRANSFERÊNCIA• Adaptabilidade a uma nova situação• Contexto: feedback, ambiente físico, pressão• Tarefa: variação da habilidade
  11. 11. CURVAS DE DESEMPENHO• Ilustrações gráficas do processo de desempenho na tarefa motora• Traçados: linear, exponencial, S• Mudanças rápidas no início e mais graduais depois• Traçadas a partir da performance individual ou da média das tentativas de prática• Não são curvas de aprendizagem• Limitações: encobrem diferenças individuais e mascaram a variabilidade entre os sujeitos• Platôs de desempenho

×