Análise de jogo mec ii

1,439 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,439
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
768
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Análise de jogo mec ii

  1. 1. EACHModalidades Esportivas ColetivasAnálise de Desempenho Esportivo Prof. Dr. Dante De Rose Junior 2012 1
  2. 2. OBJETIVOS•Avaliação do desempenho dos jogadores e da equipe•Caracterização dos perfis dos jogadores e equipes•Avaliação das características técnico-táticas das equipes e jogadores•Obtenção dos indicadores que possam ajudar para o planejamento detreinamentos e competições•Avaliação de diferentes momentos do jogo•Obter informações sobre a organização tática do adversário•Relação entre rendimento físico e desempenho das ações técnicas etáticas no jogo•Quantificação e qualificação de ações técnicas e táticas das equipes 2
  3. 3. DIMENSÕES Morfológica Energética Técnica - Biomecânica PsicológicaTécnica – Funcional (aplicada ao jogo) Tática 3
  4. 4. Dimensão morfológica•Caracterização corporal do jogadorJaneira, A.J. Funcionalidade e estrutura de exigências nobasquetebol. In Janeira, M.A. et al – Tendências actuais dainvestigação em basquetebol. Portugal: Univ. do Porto, p.45-59, 2000.63 atletas adultos participantes do Campeonato PortuguêsArmadores – 1,78m/ 76,3kg/ 18,9% gordura corporalLaterais - 1,89m/ 83,8kg/ 19,1%Pivôs - 1,97m/ 99,0kg/ 20,8% 4
  5. 5. Dimensão energética•Estudos laboratoriais (medidas diretas)•Estudo dos indicadores internos de carga, realizados emsituação de jogo (observação indireta)•Estabelecimento de relações entre os diferentes tipos decapacidades e habilidades gerais e específicas e as funçõesdo jogador 5
  6. 6. Janeira, A.J. Funcionalidade e estrutura de exigências nobasquetebol. In Janeira, M.A. et al – Tendências actuais dainvestigação em basquetebol. Portugal: Univ. do Porto, p.45-59, 2000. Consumo de O2 por posição Armadores = 45,9 (4,8) Laterais = 48,9 (4,6) Pivôs = 44,8 (5,4) Salto vertical (comparado a outros esportes) Basquetebol = 40,9 cm Futebol = 41,8 cm Voleibol = 49,4 cm 6
  7. 7. Dimensão Técnica - Biomecânica•Estudos laboratoriais (medidas diretas)•Análise dos movimentos•Análise dos gestos técnicos (fundamentos do jogo) 7
  8. 8. Dimensão psicológica•Descrever a caracterizar o perfil psicológico do jogador/grupo•De Rose Jr., D. et al. Sintomas de estrés pre competitivo em jóvenesdeportistas brasileños. Revista de Psicologia Deportiva, 9, 1, 143-158, 2000.•723 jovens (363 m – 360 f) de 10 a 17 anos. Detecção dos principais sintomasde stress 24 horas antes da competição.•51,7% - Sinto-me mais preocupado com o resultado da competição•50,1% - Sinto-me mais responsável•49,4%- Não vejo a hora de competir•49,0%- Tenho medo de cometer erros na competição 8
  9. 9. Dimensão psicológica•Descrever a caracterizar o perfil psicológico do jogador/grupo•De Rose Jr., D. et al. Situações de jogo como fonte de stress em modalidadesesportivas coletivas•417 atletas (220 m – 197 f) de 14 a 19 anos. Detecção das principais situaçõescausadoras de stress em jogo (basquetebol, handebol e voleibol)•58,8% - Errar em momentos decisivos•57,3% - Perder jogo praticamente ganho•52,0% - Repetir os mesmos erros•45,5% - Arbitragem prejudicial a minha equipe 9
  10. 10. •Dimensão técnica/funcional•Descrição e caracterização do perfil funcional do jogador e/oude suas funções no jogo•Observação numérica dos indicadores de jogo•Coleta e interpretação dos números obtidos, transformando-os em significado para o jogo. Contabiliza cada ação do jogo,sem se preocupar da maneira como elas ocorrem•Visão numérica do desempenho de um jogador ou de umaequipe•Comparação entre posições 10
  11. 11. INDICADORES DE JOGO•Conjunto referencial das principais ações técnico-táticasdo jogo. Ocorrências observáveis e mensuráveis no jogo 11
  12. 12. Exemplo: Campeonato Paulista - análise técnica vs. mando de jogo Geral Man Vis Pp 178,1 179,6 176,5 Pf 86,3 88,2 84,4 Ap 48,5 49,3 48,0 3c 7,3 7,7 7,0 3t 21,2 21,6 20,9 %3 35,5 35,5 33,6 2c 23,9 24,4 23,4 2t 45,5 45,9 45,2 %2 52,6 53,1 52,1 Llc 16,6 16,6 16,7 Llt 23,4 23,1 23,6 %Ll 71,1 71,7 70,0 12
  13. 13. Os indicadores de jogo que apresentaram diferenças estatisticamente significativas (p < 0.05) a favor dos mandantes foram: pontos feitos (p < 0.001) % de aproveitamento (p < 0.03) 3 pts certos (p < 0.02) rebotes de defesa (p < 0.03) total de rebotes (p < 0.02) tocos (p < 0.0001) bolas recuperadas (p< 0.004) assistências (p < 0.0001) 13
  14. 14. Exemplo: Correlação entre a classificação final e a classificação de acordo com IEF1 – Campeonato Mundial – Turquia 2010 Clas. Pais IEF1 Classificação IEF1 1 Estados Unidos 93,8 1 2 Turquia 74,9 10 3 Lituânia 68,2 13 4 Sérvia 79,9 6 5 Argentina 71,4 12 6 Espanha 78,1 9 7 Rússia 61,3 15 8 Eslovênia 57,2 17 9 Brasil 92,4 2 10 Austrália 83,1 5 Rs = 0,69 11 Grécia 90,7 3 12 Nova Zelândia 83,4 4 13 França 79,6 7 14 Croácia 78,9 8 15 Angola 65,9 14 16 China 74,6 11 17 Alemanha 54,4 18 18 Porto Rico 60,6 16 19 Irã 36 23 20 Líbano 41 22 21 Costa Marfim 42,4 20 22 Canadá 41,8 21 23 Jordânia 48,6 19 24 Tunísia 34,2 24
  15. 15. Índice de Eficiência por posições: Mundial da Turquia – 2010 287 atletas T G F C Avg 6.9 6.1 7.2 7.7 Sd 4,9 4,8 5,0 4,6No significant diferences among positions (Anova: f=2.57 – p<0.08)
  16. 16. Top 50 16 Guards 21 Forwards 13 Centers T G F C Avg 14.4 14.2 15.1 14.5 Sd 3.0 2.5 3.7 2.7No significant diferences among positions (Anova: f= 0,40 – p<0.67)
  17. 17. Dimensão tática•Descrição, comparação, classificação e explicação dossistemas táticos coletivos•Análise técnico-tático dos indicadores de jogo a partir dosdados estatísticos das competições•Avaliação quantitativa/qualitativa da eficiência individual e/oucoletiva das ações de jogo e o estudo de sua influência noresultado final 17
  18. 18. EXEMPLO: Análise da Seleção Brasileira Masculina – Mundial de 2002•Prevalência das situações individuais no ataque – 46%•Média de 85 posses de bola (71 efetivas – finalizadas)•Aproveitamento de 48% (50%/vitórias e 45%/derrotas)•Bolas perdidas: 11 – V 17 – D•Prevalência das situações individuais no ataque – 46% Desmarque com bola•Média de 85 posses de bola (66 efetivas – finalizadas)•Aproveitamento de 48% (50%/vitórias e 45%/derrotas)•Ataque posicionado – 54/Contra-ataque – 12•31% finalizações de 3 pts – 58% de dois pts – 11% contra-ataque 18
  19. 19. “SCOUTING”•Conjunto de observações (qualitativas/subjetivas –quantitativas/objetivas)•Detecção das características e do estilo de jogo da equipeadversária, no sentido de explorar seus pontos fracos econtrariar as dimensões fortes•Observação qualificada que estuda um futuro adversário,servindo para aprender as estratégias e comportamentosdos jogadores e suas fraquezas, tanto individual quantocoletivamente•Detecção de características específicas de um jogador oude uma equipe 19
  20. 20. ESTATÍSTICA DE JOGO•Observação numérica dos indicadores de jogo•Coleta e interpretação dos números obtidos,transformando-os em significado para o jogo. Contabilizacada ação do jogo, sem se preocupar da maneira comoelas ocorrem•Visão numérica do desempenho de um jogador ou de umaequipe 20
  21. 21. Métodos para Análise de Desempenho Ao vivoDireto Observação Vídeo Scouting Informações geradas aIndireto partir de terceiros ou compiladas e depois Estatística processadas 21

×