Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Algas marinhas

419 views

Published on

Algas marinhas

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Algas marinhas

  1. 1. O que sei sobre Algas Marinhas Na semana passada fizemosuma visita à praiaNorte,e uma paragem para observaro mar,a praia que é considerada como zona muito sensível,face à singularidade do local, por ser a única praia da costa portuguesa abrigada por algas marinhas castanhas.  “As algas marinhas são o verdadeiro pulmão do mundo, uma vez que produzem mais oxigênio pela fotossíntese do que precisam na respiração, e o excesso é liberado para o ambiente.”  Só por este motivo, já temos que agradecer as algas marinhas, também são muito saudáveis na alimentação. Algumas delas como a alga nori e kombu tem uma grande importância econômica na alimentação, enquanto outras são utilizadas como matérias-primas para espessantes, cosméticos, na indústria farmacêuticas, uso na agricultura, sobre tudo na Norte, utilizam como fertilizante da terra e para muitas outras finalidades São fonte de iodo, proteína e ômega 3, magnésio, cálcio e ferro elas contribuem para o bom funcionamento da tiroide, além de combater processos infamatórios. A mais conhecida é a nori, aquela usada no sushi. Podem ser polvilhadas na sopa, na salada, batida no suco ou, consumida sozinha, como Missoshiru e Kombu que é utilizada em saladas, sopas e cozidos. 
  2. 2.  Tipos de algas marinhas  As algas marinhas quanto à sua coloração podem ser verdes, vermelhas ou castanhas, e podem ser consumidas na alimentação  Informação nutricional  As algas marinhas de uma forma geral, possuem baixo valor energético, ou seja, poucas calorias energéticas. Recomenda se ter uma dieta rica em algas marinhas, pois diversos são os benefícios nutricionais deste alimento. Com este trabalho consegui aprofundar os meus conhecimentos, das algas marinhas existentes na nossa praia. Gonçalo Araújo Azevedo 24-09-2017 4.º B

×