Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Os tipos de discurso

28,098 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Os tipos de discurso

  1. 1. OS TIPOS DE DISCURSO Prof.: Carol Loçasso Pereira
  2. 2. DISCURSO DIRETO <ul><li>A fala da personagem é reproduzida integralmente. </li></ul>- Que crepúsculo fez hoje! – disse-lhes eu.
  3. 3. <ul><li>Nessa estrutura, em geral, as falas são acompanhadas por um verbo de elocução – dizer, falar, responder, perguntar, etc. – seguido de dois pontos. </li></ul>E Carlos, indignado, gritou: - Onde estão todos???
  4. 4. <ul><li>O conteúdo da fala sempre funciona como objeto direto do verbo de elocução. </li></ul>O homem gritou : -> (o quê?) verbo transitivo direto - Onde estão todos ??? -> ( objeto direto)
  5. 5. <ul><li>O recurso gráfico utilizado para atribuir a autoria da fala a outrem, que não o produtor do texto, são as aspas ou o travessão . </li></ul>
  6. 6. O discurso direto pode ser transcrito: <ul><li>a) Após dois-pontos, sem verbo de elocução(utilizado para introduzir discursos): </li></ul>E, para o promotor, o processo não vem correndo como deveria: “Às vezes sinto morosidade por parte do juiz”.
  7. 7. <ul><li>b) Após dois-pontos, com verbo de elocução: </li></ul>E o promotor disse : “ Às vezes sinto morosidade por parte do juiz ”.
  8. 8. <ul><li>c) Após dois-pontos, com travessão: </li></ul>E Carlos, indignado, gritou: - Onde estão todos???
  9. 9. <ul><li>d) Após ponto, com verbo de elocução após a citação: </li></ul>E, para o promotor, o processo não vem correndo como deveria. “Às vezes sinto morosidade por parte do juiz”, declarou .
  10. 10. DISCURSO INDIRETO <ul><li>Por meio do discurso indireto, a fala do personagem é filtrada pela do narrador (você, no caso). Não mais há a transcrição literal do que o personagem falou, mas a transcrição subordinada à fala de quem escreve o texto. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>No discurso indireto, utiliza-se, após o verbo de elocução, a oração subordinada (uma oração que depende da sua oração) introduzida, geralmente, pelas conjunções que e se , que podem estar elípticas (escondidas). </li></ul>
  12. 12. Fala do personagem : “ Eu não quero mais trabalhar”. Discurso indireto : Pedro disse que não queria mais trabalhar.
  13. 13. Fala do personagem : “ Eu não roubei nada deste lugar”. Discurso indireto : O acusado declarou à imprensa que não tinha roubado nada daquele lugar.
  14. 14. <ul><li>Você notou que, na transcrição indireta do discurso, há modificações em algumas estruturas gramaticais, como no tempo verbal (quero, queria; roubei, tinha roubado), nos pronomes (deste, daquele), etc. </li></ul>
  15. 15. Tabela de transposição do discurso direto para o indireto
  16. 16. <ul><li>Verbo no presente do indicativo (discurso direto). </li></ul><ul><li>- Não bebo dessa água – afirmou a menina </li></ul><ul><li>Verbo no pretérito imperfeito do indicativo (discurso indireto). </li></ul><ul><li>A menina afirmou que não bebia daquela água. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Verbo no pretérito perfeito (discurso direto). </li></ul><ul><li>Perdi meu guarda-chuva – disse ele. </li></ul><ul><li>Verbo no pretérito mais-que-perfeito (discurso indireto). </li></ul><ul><li>Ele disse que perdera seu guarda-chuva. </li></ul><ul><li>Ele disse que tinha perdido seu guarda-chuva. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Verbo no futuro do indicativo (discurso direto). </li></ul><ul><li>Ele confessou: </li></ul><ul><li>- Irei ao jogo. </li></ul><ul><li>Verbo no futuro do pretérito (discurso indireto) </li></ul><ul><li>Ele confessou que iria ao jogo. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Verbo no imperativo (discurso direto) </li></ul><ul><li>- Aplaudam ! – ordenou o diretor </li></ul><ul><li>Verbo no pretérito imperfeito do subjuntivo (discurso indireto) </li></ul><ul><li>O diretor ordenou que aplaudíssemos . </li></ul>
  20. 20. DISCURSO INDIRETO LIVRE
  21. 21. <ul><li>Esse tipo de citação exige muita atenção do leitor, porque a fala do personagem não é destacada pelas aspas, nem introduzida por verbo de elocução ou travessão . A fala surge de repente, no meio da narração, como se fossem palavras do narrador. Mas, na verdade, são as palavras do personagem, que surgem “atrevidas”, sem avisar a ninguém. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>Ela já não sabia o que fazer. Estava desesperada, com a fome encarrapitada. Que fome! Que faço? Mas parecia que uma luz existia… </li></ul>
  23. 23. <ul><li>“ Como nas noites precedentes, uma fila de agricultores se formou na porta de uma padaria e o padeiro saiu a informar que não havia pão. Por quê? Onde estava o pão? O padeiro respondeu que não havia farinha. Onde então estava ela? Os agricultores invadiram a padaria e levaram o estoque de roscas e biscoitos, a manteiga e o chocolate.” </li></ul>

×