Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Transporte rodoviário (Editando)

1,044 views

Published on

Transporte Rodoviario

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Transporte rodoviário (Editando)

  1. 1. Transporte Rodoviário Tipos de Modais
  2. 2. Estrutura de Apresentação
  3. 3. Introdução O transporte rodoviário é o transporte feito por estradas, rodovias, ruas e outras vias pavimentadas ou não, com a intenção de movimentar materiais, pessoas ou animais de um determinado ponto a outro. Representando a maior parte do transporte terrestre. Mais utilizado no país, 96% do movimento de passageiros e 60% do transporte rodoviário.
  4. 4. Características do transporte rodoviário de carga no Brasil: • Possui a maior representatividade entre os modais existentes; • Adequado para curtas e médias distâncias; • Baixo custo inicial de implantação; • Alto custo de manutenção; • Muito poluente com forte impacto ambiental; • Segurança no transporte comprometida devido à existência de roubos de cargas; • Serviço de entrega porta a porta; • Maior flexibilidade com grande extensão da malha; • Transporte com velocidade moderada; • Os custos se tornam altos para grandes distâncias; • Tempo de entrega confiável; • Baixa capacidade de carga com limitação de volume e peso; e • Integra todos os estados brasileiros.
  5. 5. Tipos de Rodovias INTERNACIONAL FEDERAL ESTADUAL MUNICIPAL
  6. 6. Classificação das Rodovias
  7. 7. Classificação das Rodovias
  8. 8. Nomenclatura e classificação das Rodovias No Brasil, as autoestradas (ou vias expressas) são chamadas de rodovia e a rede rodoviária do país é dividida em dois tipos: estradas regionais (geralmente de menor importância e inteiramente dentro do território de um único estado) e estradas nacionais (de grande importância nacional). No Brasil, o termo rodovia é geralmente empregado às estradas que ligam dois ou mais municípios, com uma distância considerável separando os extremos da estrada. Vias expressas são incomuns no país e quando existem recebem nomes diferentes em cada região (Ex: Marginal Tietê, Linha Amarela).
  9. 9. As estradas regionais do país recebem a classificação YY-XXX, onde YY é a sigla do estado onde a rodovia está localizada e XXX é um número (por exemplo, SP-280, onde SP significa que a rodovia está localizada inteiramente no estado de São Paulo). As estradas nacionais são classificadas como BR-XXX (Ex: BR-101) e conectam múltiplos estados, além de serem de grande importância para a economia nacional e na ligação terrestre com países vizinhos. O significado dos números são: Nomenclatura e classificação das Rodovias
  10. 10. Rodovia Radial Rodovia Longitudinal São as que partem de Brasília rumo ao interior desenhando um círculo ao redor da capital federal. São apenas oito estradas radiais: BR-010, 020, 030, 040, 050, 060, 070 e a Ba. A BR- 020, por exemplo, liga Brasília a Fortaleza Cortam o pais no sentido norte-sul. Há 14 rodovias desse tipo, cujo número vai de 100 a 199, sendo que 100 a 150 são as estradas a leste de Brasília e de 151a 199, a oeste da capital. A BR-153, por exemplo, liga Marabá (PA) a Aceguá (RS) Nomenclatura e classificação das Rodovias
  11. 11. VAN VUC São veículos para transportar produtos de pequenos e médios volumes. A capacidade de uma van é de até 1,5 tonelada enquanto que a do VUC (Veículo Urbano de Carga) é de até 3 toneladas. Tipos de Veículos
  12. 12. CAMINHÕES São veículos fixos, monoblocos, constituindo-se de uma única parte que incorpora a cabine, com motor, e a unidade de carga (carroceria). Podem apresentar os mais variados tamanhos ter 2 ou 3 eixos, podendo atingir a capacidade de carga (payload)de até cerca de 23 toneladas. Alguns exemplos de caminhões: Tipos de Veículos Alguns exemplos de caminhões: Baú Refrigerado Caminhão - Carroceria Caminhão - Truck Caminhão - Toco Caminho tipo - Gaiola Caminhão Tanque
  13. 13. Tipos de Veículos CARRETAS São veículos articulados e, portanto, possuindo unidades de tração e de carga em módulos separados. Estas duas unidades são denominadas cavalos mecânicos e semirreboques.
  14. 14. CHASSIS BITRENS TREMINHÕES São as carretas plataforma citadas, apropriadas para o transporte de containers. Podem comportar containers de 20′ e 40′ (vinte e quarenta pés). Tipos de Veículos
  15. 15. Vantagens Desvantagens Agilidade no transporte; Fácil contratação e gerenciamento. Tem se adaptado a outros modais; Elimina manuseio entre origem e destino; Não necessita de entrepostos especializados; Amplamente disponível; Usado em qualquer tipo de carga; Capacidade de tráfego por qualquer rodovia. (flexibilidade); Limite do tamanho da carga/veículo; Alto custo de operação; Alto risco de roubo/acidentes; Vias com gargalos gerando gastos extras e maior tempo para entrega; O modal mais poluidor que há; Alto valor de transporte. Vantagens X Desvantagens
  16. 16. Este é o principal sistema de transporte no Brasil. Por ele passam 52% das cargas movimentadas no País, contra 30% por ferrovia, 13% por aquaviário, 5% por dutos e 0,4% por modo aéreo. No Brasil

×