Successfully reported this slideshow.

Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as organizações

5,608 views

Published on

  • Be the first to comment

Conceitos e formas de investimento: a importância do investimento para as organizações

  1. 1. 13/03/2014 Análise de Investimentos Conceito e formas de investimento. A importância do investimento para as organizações. Análise de Investimentos O termo investimento é muito utilizado no nosso cotidiano, muitas vezes de forma correta e muitas vezes de forma incorreta. Causa muita confusão uma vez que é muito utilizado de forma errônea e sem a devida explicação. v Comprar uma casa; v Comprar um carro; v Fazer uma aplicação financeira; v Guardar dinheiro na poupança; v Comprar dólares e guardar em casa; v Abrir uma empresa; v Construir uma fabrica; v Cursar uma faculdade; v Estudar inglês. 2 Análise de Investimentos Afinal o que é afinal Investimento? “O Investimento é um conceito originário do campo da Economia, em seu sentido econômico, significa utilizar recursos disponíveis, no tempo presente, para criar mais recursos no futuro. 3
  2. 2. 13/03/2014 Análise de Investimentos O que abrir um empresa e cursar uma faculdade, que não tem nenhuma relação, pode ser entendido como Investimento? Na realidade estamos abrindo mão de recursos no presente em prol de mais recursos no futuro. 4 Análise de Investimentos No caso da empresa o proprietário ao constitui-la poderia utilizar os recursos gastos em outras opções: v Na compra de equipamentos; v Em instalações; v Com treinamento. Como o empresário renuncia momentaneamente estes gasto, para o uso destes recursos, na expectativa de obter mais recursos no futuro com o lucro da empresa. 5 Análise de Investimentos O mesmo raciocínio se aplica para se cursar uma faculdade. Ao longo de quatro ou cinco anos o aluno, o aluno gasta recursos (monetários) no presente, tempo e dedicação, com a expectativa de que esse investimento trará maior nível salarial e melhores oportunidades de carreira. Ou seja, renúncia a recursos no presente em prol de mais recursos no futuro. 6
  3. 3. 13/03/2014 Análise de Investimentos O casamento foi uma das formas mais antigas de investimento inventada pela humanidade. Pois os casamentos eram feitos por interesses econômicos, (herança, dote, status etc.) hoje em alguns países ainda é desta forma. 7 O CASAMENTO PODE SER UM INVESTIMENTO? Análise de Investimentos O casamento, no modelo contemporâneo, ao qual estamos acostumados, em que se escolhe o parceiro por amor e afinidade, teve inicio há não mais do que 200 anos. 8 Análise de Investimentos Podem ser de vários tipos: a) Investimentos Públicos b) Investimentos Privados c) Investimentos Mistos 9 OS TIPOS DE INVESTIMENTO
  4. 4. 13/03/2014 Análise de Investimentos Investimentos Públicos: São recursos disponibilizados pelos governos ou entidades públicas a fim de gerar bem estar social. 10 Análise de Investimentos Os investimentos públicos, em geral, não têm por objetivo gerar retornos monetários, mas sim um retornos sociais. 11 Análise de Investimentos Alguns exemplos de investimentos públicos são: v construção de hospitais públicos, v escolas, públicas, v rede de saneamento básico, v pavimentação de estradas. 12
  5. 5. 13/03/2014 Análise de Investimentos Investimentos Privados: São recursos disponibilizados por pessoas jurídicas ou físicas de direito privado, afim de gerar retorno monetário aos investidores. 13 Análise de Investimentos Alguns exemplos de investimento privado são: v fábricas particulares, v empresas de prestação de serviços particulares, v lojas de varejos, v shopping centers, etc. 14 Análise de Investimentos Investimentos Mistos: São recursos disponibilizados em parte pelos governos ou entidades públicas e, em parte por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado. 15
  6. 6. 13/03/2014 Análise de Investimentos Esses tipo de investimento normalmente estrutura-se na forma de uma empresa de capital misto e tem o objetivo de gerar tanto bem estar para a sociedade quanto retorno monetário. Alguns exemplos de investimento misto são: v Petrobrás, v Banco do Brasil, etc. 16 Análise de Investimentos Para a economia e para as organizações, o investimento é de suma importância. A economia do país somente cresce se houver um constante e continuo fluxo de investimentos. 17 A IMPORTÂNCIA DOS INVESTIMENTO Análise de Investimentos Os investimentos são também fundamentais para as organizações, pois a sobrevivência das organizações a médio e longo prazo, esta condicionada ao volume de investimento realizados por elas, e influencia a sobrevivência em pelo menos dois aspectos; 1. Expansão das organizações 2. Reposição de capital. 18
  7. 7. 13/03/2014 Análise de Investimentos Dessa forma, as organizações, pelo menos as com “saúde financeira”, mantêm um fluxo de investimentos a fim de garantir a reposição do seu capital e seus planos de expansão. A figura abaixo representa esse processo de investimento. 19 Análise de Investimentos “Capital” é um termo muito utilizado, mas muito pouco explicado. Esse conceito é, muitas vezes, confundido com dinheiro, contudo, eles não necessariamente são sinônimos. Dinheiro compra capital, mas não é capital em si. 20 AFINAL, O QUE É O CAPITAL DA EMPRESA Análise de Investimentos O conceito de capital foi desenvolvido pelos economistas clássicos Adam Smith e Karl Marx, com o significado de meios de produção. Assim, quando esses economistas falam do capital, estão se referindo aos meios de produção da empresa, tais como máquinas, equipamentos, ferramentas, instalações. Essa é a visão clássica sobre o capital. 21
  8. 8. 13/03/2014 Análise de Investimentos Nas últimas décadas, contudo, a definição do capital tem se expandido, já que se tem percebido que não somente máquinas e equipamentos são meios de produzir. Existe o também chamado capital intelectual ou humano, ou seja: v a educação, v o conhecimento humano, v a tecnologia, v e a habilidade gerencial seriam, igualmente, meios de produção e, portanto, de capital. 22 Análise de Investimentos Assim, atualmente, considera-se que existe o capital físico (máquinas e equipamentos) e o capital humano da empresa, os quais formam o chamado: “Capital da Empresa” 23 Análise de Investimentos 24

×