Rachel Corrie

519 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
519
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Rachel Corrie

  1. 1. Pela PAZ, Em memória deRACHEL CORRIE
  2. 2. Há alguns dias, uma jovempacifista perdeu a vida, RachelCorrie, de 23 anos. Era umaestudante da Universidade deOlympia (Washington), epertencia ao movimento pelajustiça e pela paz.Com a sua associação pacifistaorganizou iniciativas pelaocasião do aniversário do 11 deSetembro, em memória dasvítimas do desastre e da guerrano Afeganistão.
  3. 3. Este ano Rachel decidiu passar da teoría à acção, foi para Israel,onde se uniu ao grupo palestiniano Movimento Internacional deSolidaridade.Com esta Associação participava em acções, para bloquear asescavadoras Israelitas, que tentavam deitar abaixo as casas doskamikazes e dos seus familiares, nos territórios palestinianos. palestinianos
  4. 4. Aos amigos, em diferentes e-mails, escreveu: “Destroem as casasmesmo com gente dentro, não têm respeito por nada nem porninguém.”
  5. 5. A 15 de Março, numa acção em Rafah, na fronteira de Gaza,Rachel encontrava-se com seus amigos para tentar opor-se àsdemolições.“Estava sentada na trajectória da Bulldozer, o condutor viu-a,continuou e passou-lhe por cima”, declarou Joseph Smith, militantepacifista da EEUU.
  6. 6. “A escavadora deitou-lhe terra em cima e depois pisou-a”,testemunhou Nicholas Dure, outro companheiro.
  7. 7. Os companheiros tentaram de todas as maneiras parar aescavadora, e depois prestaram ajuda, mas não havia nada a fazer.
  8. 8. Rachel Corrie de somente 23 anos perdeu a vida, quandodefendia, com o próprio corpo as suas ideias, o direito doscidadãos palestinianos de ter um tecto e uma terra.
  9. 9. As autoridades Israelitas deramdiferentes versões do sucedido,todas elas desmentindo adocumentação fotográfica e ostestemunhos. A jovem foi morta asangue frío de forma bárbara,enquanto se manifestava de formapacífica.Rachel e os seus companheiros,denunciaram que todos os diasdezenas e dezenas de casas sãodestruídas na fronteira de Gaza, queos bombardeamentos danificaramos poços de água doce nos camposde refugiados de Rafah e que osmesmos não podem ser reparadospelos trabalhadores palestinianossem se exporem às balas israelitas.
  10. 10. Muitas foram as iniciativas em Olympia (Washington) e nosEstados Unidos para recordar a Rachel.
  11. 11. Esta apresentação quer ser um testemunhopara não esquecer a Rachel, uma jovempacifista que com a sua coragem queriaparar as injustiças que todos os dias sãocometidas na Palestina.Actualmente existem acções contra a guerra. Este movimento pacifista, o maior que ahistória jamais conheceu, tem em RachelCorrie o seu símbolo, uma jovem que foimorta na lógica absurda e brutal da guerra,que todos nós pacifistas tentamos parar.
  12. 12. Peço-vos para passar esta apresentação edar a conhecer o caso desta jovem, parteda sua história, e do seu empenho. Para relembrar que existe um conflictoentre israelitas e palestinianos, com muitasvítimas civis inocentes em ambos os países eque se deve continuar a pressionar para quese encontre uma solução pacífica eduradoura.Stefano Costa (Verdi Milano) - xawcos@tin.itTraduzido por A. Abreu (Lisboa)
  13. 13. O MUNDO INTEIRO ESTÁ EM GUERRA!!! ESTA MENSAGEM DEVE CORRER O MUNDO E CONVENCER TODOSAQUELES QUE NÃO QUEREM ENTENDER. EXIGIMOS QUE NESTE MUNDO A PAZ SEJA MAIS IMPORTANTE QUE
  14. 14. NÃO INTERROMPAS ESTA CADEIA PEDIMOS QUE ESTA MENSAGEM SEJATRADUZIDA EM TODAS AS LÍNGUAS PARA QUE TODOS, SEM DISTINÇÃODE RAÇA, CÔR, RELIGIÃO E NACIONALIDADE, POSSAM PARTICIPAR

×