Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Direitos de Aprendizagem - PNAIC

136,623 views

Published on

http://despactando.blogspot.com.br/

Published in: Education
  • Maria Betania : professora Lagoa da Canoa Al
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Essas informações possibilitam compreender o que é Pnaic e seus objetivo para poder acompanhar o trabalho pedagògico dos professores.prefeitura de Lagoa Da Canoa Al
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Essas informações possibilitaram compreender o que é pnaic e seus objetivos para poder acompanhar o trabalho pedagógico dos professores. Prefeitura de Cametá
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Direitos de Aprendizagem - PNAIC

  1. 1. DIREITOS DEAPRENDIZAGEMNO CICLO DEALFABETIZAÇÃO
  2. 2. Institucionalização da escola no Brasil: Anos 70 - 80 – sistema escolar excludente: atendiauma pequena parte da população; Final dos anos 80 até 90 – democratização escolar:acesso e permanência na escola; Anos 90 à atualidade – escola inclusiva: todos têmgarantido o direito à aprendizagem.CONTEXTO HISTÓRICO
  3. 3.  Artigo 22 da LDBN 9394/96: assegurar formaçãoindispensável para o exercício da cidadania (progressono trabalho e estudos); Artigo 32 da LDBN 9394/96: E.F. obrigatório de 9(nove) anos, gratuito na escola pública, iniciando-seaos 6 (seis) anos de idade, tendo o objetivo a formaçãobásica do cidadão.DIREITO À EDUCAÇÃO BÁSICA
  4. 4. METAS E DESAFIOS...2022:Desenvolvimento daEducação Básicaequivalente à médiados países integrantesda Organização para aCooperação e oDesenvolvimentoEconômico (OCDE).PISA: Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes(f.e. 15 anos)
  5. 5.  PISA - Avaliação do desempenho nas áreas deLeitura, Matemática e Ciências em situações queexigem reflexão, argumentação, comunicação eresolução de problemas propostos em desafios docontexto social. Resultado 2009: entre 65 países, o Brasil ocupa aposição de número 53 na análise do PISA: 28% dosbrasileiros são considerados analfabetos funcionais e35% dos alunos que chegam ao quinto ano deescolarização não conseguem ler.METAS E DESAFIOS...
  6. 6. Vídeo “Destino Educação: Episódio 6, Canal Futura/SesiNacional (primeiros 8’46”), disponível em:
  7. 7. Sugestões de problematização a partir do vídeo:a)História da institucionalização da escola no Brasil recente(1808, c/vinda da família real) X história nos paísesdesenvolvidos;b)Séc. XX: foco na transição demográfica X universalização daeducação (período da escola excludente);c)Sociedade iletrada X déficit na exigência da qualidade deaprendizagem das crianças;d)Existência de padrões de qualidade de ensino diferenciadosem escolas públicas de acordo com a comunidade local(responsabilidade social dos educadores p/ essa ruptura).
  8. 8.  Artigo 214 da Constituição Federal (1988)– PNE (2011/2020): finalidade de elevar o nível daqualidade do ensino no País; Estudos apontam que 98% das crianças brasileirascom idades entre 7 e doze anos estão matriculadasnas escolas. No entanto, isso não reflete,necessariamente, uma melhora na qualidade doensino no país. Como reverter esse quadro?PROBLEMATIZANDO...
  9. 9. Esquema Prof. Beatriz Nadal – UEPGEDUCAÇÃO DE QUALIDADE:RESPONSABILIDADE SOCIALSOCIEDADEPODERPÚBLICO
  10. 10. “O respeito à autonomia e à dignidadede cada um é um imperativo ético enão um favor que podemos ou nãoconceder uns aos outros.”(FREIRE, 1998, p. 66).EDUCAÇÃO DE QUALIDADE:RESPONSABILIDADE SOCIAL
  11. 11. POLÍTICAS PÚBLICAS E ODIREITO DE APRENDIZAGEM Ampliação do E. F. para 9 anos para garantir que osalunos da rede pública de ensino iniciem o processoformal de alfabetização aos seis anos de idade(Decreto 11.274/2006); A definição dos três primeiros anos do E. F. como operíodo destinado à alfabetização (PNE 2011/2020 –Brasil, 2011); Investimento na formação continuada de professores,por meio da criação da Rede Nacional de Formaçãode Professores e do desenvolvimento de programasde formação continuada (Pró-Letramento, PNAIC).
  12. 12. DIREITO À EDUCAÇÃO BÁSICALDBN 9394/96 - Artigo 32: incisos I ao IV
  13. 13. DIREITO À ALFABETIZAÇÃO
  14. 14. A ESCOLA E O DIREITO DEAPRENDIZAGEM Após o vídeo, discutam em grupo sobre os DIREITOS DE APRENDIZAGEM e aresponsabilidade da ESCOLA:
  15. 15. A ESCOLA E O DIREITO DEAPRENDIZAGEMVídeo Profº HollandDIREITOS DE APRENDIZAGEMDIREITOS DOS ALUNOS DEVERES DO PROFESSOR/ESCOLA
  16. 16. A ESCOLA E O DIREITO DEAPRENDIZAGEMAnalisar as questões do caderno daProvinha Brasil e identificar quais direitos Deaprendizagem são contemplados em cada umadelas.
  17. 17.  Vínculos entre currículo, metodologias e avaliação; Prioridade no planejamento do ensino; Planejamento e orientação das progressões doensino e das aprendizagens dos estudantes; Delimitação dos saberes que devem ser construídospelas crianças ao final de cada ano escolar do ciclo dealfabetização.A ESCOLA E O DIREITO DEAPRENDIZAGEM
  18. 18. DIREITO GERAIS DE APRENDIZAGEM: Compreender e produzir textos orais e escritos dediferentes gêneros;Apreciar e compreender textos do universoliterário e diferenciar seus diversos gêneros;Participar de situações de leitura/escuta eprodução oral e escrita de textos (temas sociaisrelevantes); Produzir e compreender textos orais e escritoscom finalidades voltadas para a reflexão sobrevalores e comportamentos sociais.
  19. 19. APRENDIZAGEM LPANÁLISELINGUÍST.CONSOLIDARINTRODUZIRAPROFUNDAR
  20. 20. DELIMITAÇÃO DE SABERES:LÍNGUA PORTUGUESA1º ano do Ciclo de Alfabetização: Perspectiva do alfabetizar letrando; Apropriação da escrita alfabética; Ampliação das experiências de letramento.
  21. 21. 2º ano do Ciclo de Alfabetização: Leitura e escrita de palavras de diferentes padrõessilábicos; Segmentação de palavras no texto; Utilização de diferentes tipos de letras na leitura dediferentes gêneros textuais; Utilização de diferentes tipos de letras na escrita dediferentes gêneros textuais.DELIMITAÇÃO DE SABERES:LÍNGUA PORTUGUESA
  22. 22. 3º ano do Ciclo de Alfabetização: Leitura e escrita de diferentes gêneros de formaautônoma (sem precisar de ledor ou escriba); Consolidar as correspondências grafofônicas (relaçõesentre letras e fonemas), seja na leitura ou na escrita; Aprendizagem da leitura e de produção de textos,individuais e coletivas, de modo articulado ao eixo deanálise linguística; Aprendizagem da oralidade, sobretudo em situaçõesmais formais, de modo articulado ao eixo de análiselinguística.DELIMITAÇÃO DE SABERES:LÍNGUA PORTUGUESA
  23. 23. “Aos oito anos de idade, os alunos precisam, portanto, tera compreensão do funcionamento do sistema alfabéticode escrita; o domínio das correspondências grafofônicas,mesmo que dominem poucas convenções ortográficasirregulares e poucas regularidades que exijamconhecimentos morfológicos mais complexos; a fluênciade leitura e o domínio de estratégias de compreensão ede produção de textos escritos.”(Caderno de Apresentação do Programa)
  24. 24. Tarefa de Casa:- Comparar os quadros de direitos de aprendizagem - Língua Portuguesae o documento curricular da Rede de Ensino (Diretrizes)- Conhecer o instrumento de avaliação sugerido no Portal.- Conhecer o quadro de acompanhamento de aprendizagem e o quadrode perfil da turma. (comparar com o parecer da escola)
  25. 25. BIBLIOGRAFIA Caderno de Apresentação do Programa Freire, P. Pedagogia da Autonomia: saberesnecessários à prática educativa. São Paulo: Paz eTerra. 7ª ed., 1998.
  26. 26. REFERÊNCIASCUNHA, C. CINTRA, L. Nova gramática do portuguêscontemporâneo. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008.DIONISIO, ANGELA PAIVA & ORGANIZADORAS.Gêneros textuais & ensino. Rio de janeiro: Lucerna,2007.FARACO, C. A. Escrita e alfabetização. São Paulo:Contexto, 1994.FERREIRO, EMILIA. Alfabetização em processo. SãoPaulo: Cortez, 2009.FERREIRO, EMILIA. Reflexões sobre alfabetização.São Paulo: Cortez, 2011.
  27. 27. GUIMARÃES, S. R. K.; MALUF, M. R. Aprendizagemda linguagem escrita. São Paulo: Vetor, 2010.LEMLE, M. Guia teórico do alfabetizador. São Paulo:Ática, 2005.MORAIS, ARTHUR GOMES DE. Ortografia: Ensinar eaprender. São Paulo: Ática, 2009.SCLIAR-CABRAL, L. Guia prático de alfabetização.São Paulo: Contexto, 2003.SMOLKA, ANA LUIZA BUSTAMANTE. A alfabetizaçãocomo processo discursivo. São Paulo: Cortez, 2008.

×