Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)

Apresentação feita no nosso workshop do Interdesigners 2011 sobre malhas construtivas.

  • Login to see the comments

Apresentação OMG! (Interdesigners 2011)

  1. 1. OMG!Over the Meshes and Grids
  2. 2. Conceito de marca1. Ato ou efeito de marcar; 2. Sinal que se faz num objetopara reconhecê-lo; 3. Desenho ou etiqueta de produtos in-dustriais- Marcas genéricas: consideradas não-distintivas,não identificam o que é, tampouco a qualidadedo produto ou serviço.Exemplo: A Lusitana.- Marcas descritivas: explicitam a ação doproduto ou serviço.Exemplo: Compre bem.
  3. 3. - Marcas sugestivas: são aquelesnomes que sugerem certas qualidades.Exemplo: Speedy.- Marcas arbitrárias: não há correlaçãoentre o nome e o produto.Exemplo: Apple.- Marcas inventadas: nomes criadosexclusivamente para a marca, semnenhum correspondente ao produto ouserviço ao qual pertencem.Exemplo: Google.
  4. 4. PERAÍ!!!é MARCA ou LOGO?
  5. 5. Os elementos e complementosde uma marcaSímbolo LogotipoCor e Alfabeto institucional
  6. 6. Sinalização externaAssinaturas de publicidade
  7. 7. GridTrabalhar geometricamente um elemento gráfico afim delimitar proporcionalmente o mesmo.Grade base para desenhos e diagramação, com divisõesiguais e proporcionais.A diferença básica entre Grid e Malha, é que o grid podeser aplicado de várias maneiras (páginas, diagramação,outdoors, etc.) enquanto a malha é funcional para a criaçãoda marca em si.
  8. 8. Metrô / Alexandre Wollner
  9. 9. Malha Construtiva/MeshA Malha construtiva é o produto das formas geométricasaplicadas ao grid, em harmonia ao logo pré-Projetado, ouseja, com formas geométricas e proporções ligadas ao Grid,faz-se a forma da marca, construindo-a a partir dos símbolosjá planejados (Desenho, Sketch), aplicando formas similaresbásicas (Linhas inclinadas ou retas, círculos, triângulos)
  10. 10. Porque usar malhaconstrutiva?Motivo 1: Tecnologia não unificadaMotivo 2: ControleMotivo 3: Problemas com a própria tecnologiaMotivo 4: Aperfeiçoamento
  11. 11. O que pensar aocriar uma marca?Ao seguir o briefing não ter receio de propor idéiasdiferentes, por mais primárias que sejam.Pensar na identidade da instituição como um todo. Formas funcionais Cores ProporcionalidadeAplicações Quais mídias? Diferentes versões da marca Positivo/Negativo Redução
  12. 12. A criação sempre foi e sempre será livre, independente delimitações e medidas exatas.A malha construtiva é uma técnica que ajuda a manter aproporção a uma composição de elementos, tornando amarca mais harmônica.
  13. 13. Eduardo Design
  14. 14. Elita / Ajam Choi
  15. 15. Apple / Rob Janoff
  16. 16. Atitude Legal / Beto Nunes
  17. 17. Mecson Eletromecânica / Agência Trio
  18. 18. Itaú / Alexandre Wollner
  19. 19. Gian Piero Designer Gráfico /Gian Piero Ferrara Cebrace / Sebastiany
  20. 20. Ecolabor / Sebastiany
  21. 21. Cone Sul / SebastianyBiogroup / Sebastiany
  22. 22. PropostaBriefingBrainstormEscolhaDesenvolvimentoAplicação da malhaArte final
  23. 23. Conclusão
  24. 24. BibliografiaPEÓN, LUÍSA MARIA. Sistemas de Identidade Visual. Rio deJaneiro: Base Design, 2000.FISHEL, CATHARINE. Como recriar a imagem corporativa, es-tratégias de design gráfico bem sucedidas. Barcelona: GG,2003.WOLLNER, ALEXANDRE. Visual Design 50 years. São Paulo:Cosac Naify, 2003.STRUNCK, GILBERTO L. T. L. Como criar identidades visuaispara marcas de sucesso. Rio de Janeiro: Rio Books, 2007.CONSOLO, CECILIA. Anatomia do Design. São Paulo: EditoraBlucher, 2009.
  25. 25. SEBASTIANY, GUILHERME. Porque fazer malhas construtivas?Disponível em: < http://www.sebastiany.blog.br/index.php/porque-fazer-malhas-construtivas/> Acessado em outubro de2011.http://www.flickr.com/photos/sebastiany/http://www.ferdi.com.br/wp-content/uploads/doutorado/fer-nanda_henriques.pdf

×