Rochas

21,551 views

Published on

Formação rochosas

Published in: Business
  • Be the first to comment

Rochas

  1. 1. ROCHAS SEDIMENTARES
  2. 2. FORMAÇÃO <ul><li>Formadas à superficies, ou muito próximo dela por deposição de materiais em bacias de sedimentação </li></ul><ul><li>Início do processo é denominado meteorização, refere-se a destruição das rochas na superfície </li></ul>
  3. 4. <ul><li>O intemperismo dará a continuidade ao processo </li></ul><ul><li>Ação lenta e contínua </li></ul><ul><li>Os sedimentos são transportados para regiões mais baixas: leitos de rios e oceanos. </li></ul><ul><li>Maioria das rochas apresentam camadas denominadas estratos </li></ul>
  4. 5. AMBIENTE SEDIMENTAR <ul><li>Constituem uma fina película que recobre cerca de ¾ da superfície dos continentes. </li></ul><ul><li>Formam-se a partir de rochas pré-existentes ou de materiais originados pela actividade dos seres vivos, por um processo que decorre em duas fases: sedimentogénese e diagénese. </li></ul><ul><li>Envolvem na sua formação o ciclo da água cujo “motor” é o Sol. </li></ul>
  5. 6. Sedimentogénese <ul><li>Compreende os processos que intervêm desde a elaboração dos materiais que vão constituir as rochas sedimentares até à deposição desses materiais. </li></ul><ul><li>Meteorização, Erosão, Transporte, Sedimentação </li></ul><ul><li>São denominadas rochas clásticas ou detríticas </li></ul>
  6. 7. Estratos
  7. 8. Diagénese <ul><li>Processos físico-químicos que transformam sedimentos em rochas sedimentares. </li></ul><ul><li>A transformação dos sedimentos inconsolidados (p. ex. areia) em rochas sedimentares (p. ex. arenito) </li></ul><ul><li>Compactação e Cimentação </li></ul>
  8. 10. ARENITO <ul><li>É um tipo de rocha sedimentar formada principalmente por grãos de areia que se juntam. </li></ul><ul><li>São pouco resistentes, desgastando-se com facilidade pela ação dos ventos e das chuvas. </li></ul><ul><li>Na região de Vila Velha, no Estado do Paraná, ocorre uma formação de blocos areníticos esculpidos pelos ventos, que é muito visitada por turistas. </li></ul><ul><li>Alguns arenitos podem ser utilizados como material de revestimento nas construções. </li></ul>
  9. 12. Argila <ul><li>São fabricadas as telhas, vasos e moringas. </li></ul><ul><li>Todo objeto feito com argila deve ser levado ao forno para que endureça. </li></ul><ul><li>A argila branca ou caulim é utilizada para fabricar porcelanas. </li></ul>
  10. 13. Carvão mineral ou Hulha <ul><li>Conhecido como carvão-de-pedra. </li></ul><ul><li>É combustível fóssil, muito utilizado na siderurgia (produção de ferro) e como fonte de energia em vários setores da indústria. </li></ul><ul><li>O carvão de pedra formou-se pela decomposição de florestas soterradas há milhões de anos. </li></ul><ul><li>Em algumas partes da crosta terrestre, o carvão mineral é submetido a pressões muito elevadas e pode transformar-se em grafite, mineral que usamos nos lápis </li></ul>
  11. 14. Calcários <ul><li>Formada principalmente por carbonato de cálcio. </li></ul><ul><li>Formação de estruturas muito interessantes que se formam em grutas: – as estalactites ou as estalagmites. </li></ul><ul><li>UTILIDADES </li></ul><ul><li>Correção da acidez dos solos agrícolas </li></ul><ul><li>Produção de cimento: produzido a partir de uma mistura de calcário, argila e areia aquecida a 1500 °C e depois moída, transformando-se em pó </li></ul><ul><li>Cal: produzida em fornos, onde o calcário é aquecido a temperaturas de 800 a 1100 °C. </li></ul>
  12. 15. Sílex <ul><li>Altamente resistente, constituída por um único material – o quartzo; </li></ul><ul><li>Muito utilizado pelos homens da pré-história, na construção de suas armas de guerra. </li></ul>
  13. 16. ROCHAS METAMÓRFICAS <ul><li>São formadas a partir de rochas pré-existentes que experimentam transformações mineralógicas e estruturais. </li></ul><ul><li>Essas transformações são devidas a condições de pressão e de temperatura elevadas ou à ação de fluidos de circulação. </li></ul><ul><li>Exemplos de rochas que devido ao calor se transformam em rochas metamórficas: </li></ul><ul><li>Calcário – mármore </li></ul><ul><li>Argila – ardósia </li></ul><ul><li>Arenito – quartzito </li></ul><ul><li>Granito – gnaisse </li></ul>
  14. 17. Granito Arenito Calcário Gnaisse Quartzito Mármore
  15. 18. METAMORFISMO <ul><li>O metamorfismo pode resultar da ação combinada da pressão e temperatura ou pode resultar de um processo em que haja predomínio de um destes fatores sobre o outro. </li></ul><ul><li>Metamorfismo de contacto - metamorfismo experimentado pelas rochas adjacentes a uma intrusão magmática devido ao aquecimento provocado pelo calor proveniente do magma. </li></ul>
  16. 19. MÁRMORE <ul><li>Rocha que origina à partir da meteorização calcário. </li></ul><ul><li>Pode ser formada por grãos de calcita (carbonato de cálcio cristalizado) ou ainda se originar da dolomita (mineral) e do calcário (rocha sedimentar). </li></ul><ul><li>Apresenta dureza alta. </li></ul><ul><li>No Brasil, encontramos o mármore em </li></ul><ul><li>São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraná e Rio </li></ul><ul><li>Grande do Sul. </li></ul>
  17. 21. Ardósia <ul><li>É uma rocha extremamente abundante na natureza. Provém de sedimentos argilosos metamorfoseados. </li></ul><ul><li>Placas finas de ardósia eram utilizadas antigamente como quadro </li></ul><ul><li>negro (lousa). </li></ul><ul><li>Placas de ardósia são utilizadas na Europa para cobrir as casas, por ser leve e impermeável. </li></ul><ul><li>A cor mais comum da ardósia é a cinza esverdeada ou preta. </li></ul><ul><li>Algumas ardósias podem apresentar-se manchadas e, estas recebem o nome de mosqueadas. São muito usadas como pisos de residências, pátios, calçadas etc. </li></ul>
  18. 23. CICLO DAS ROCHAS <ul><li>O ciclo das rochas representa as diversas possibilidades de transformação de um tipo de rocha em outro. </li></ul><ul><li>Os continentes se originaram ao longo do tempo geológico pela transferência de materiais menos densos do manto para a superfície terrestre. Este processo ocorreu principalmente através de atividade magmática. </li></ul><ul><li>As rochas, uma vez expostas à atmosfera e à biosfera passam a sofrer a ação do intemperismo. </li></ul><ul><li>O intemperismo faz com que as rochas percam sua coesão, sendo erodidas, transportadas e depositadas em depressões onde, após a diagênese, passam a constituir as rochas sedimentares. </li></ul>
  19. 24. CICLO DAS ROCHAS <ul><li>A cadeia de processos de formação de rochas sedimentares pode atuar sobre qualquer rocha (ígnea, metamórfica, sedimentar) exposta à superfície da Terra. </li></ul><ul><li>Qualquer tipo de rocha (ígnea, sedimentar, metamórfica) que sofra a ação de, por exemplo, altas pressões e temperaturas, sofre as transformações mineralógicas e texturais, tornando-se uma rocha metamórfica. </li></ul><ul><li>Se as condições de metamorfismo forem muito intensas, as rochas podem se fundir, gerando magmas que, ao se solidificar, darão origem a novas rochas ígneas. </li></ul><ul><li>O ciclo das rochas existe desde os primórdios da história geológica da Terra e, através dele, a crosta de nosso planeta está em constante transformação e evolução. </li></ul>
  20. 25. Acabamos como começamos…

×