ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE BRUCELOSE E PREVALÊNCIA DA  TUBERCULOSE BOVINA E BUBALINA
OBJETIVOS -  PECEBT <ul><li>Reduzir a prevalência e a incidência de novos focos de brucelose e de tuberculose. </li></ul><...
BREVE  HISTÓRICO <ul><li>1º levantamento sorológico nacional, 1975 -> SP a prevalência da brucelose nos animais era de 6,8...
Vacinação Contra Brucelose – Dezembro de 2002 a maio 2010 Etapas Propriedades Existentes Propriedades vacinadas  % Fêmeas ...
MEDIDAS VOLUNTÁRIAS <ul><li>Livre de Brucelose e Tuberculose: </li></ul><ul><ul><li>Certificadas: 12 </li></ul></ul><ul><u...
JUSTIFICATIVAS DO ESTUDO <ul><li>Brucelose:  </li></ul><ul><ul><li>Avaliar a eficiência da vacinação obrigatória </li></ul...
OBJETIVOS - Estudo <ul><li>Estabelecer estratégias e ações de controle e erradicação da brucelose e da tuberculose: </li><...
DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Nº propriedades envolvidas no estudo: </li></ul><ul><ul><li>1.735 propriedades – aplicação de ...
DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Amostragem – Animais: </li></ul><ul><ul><li>Brucelose: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>rebanho ...
DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Estimativa do Nº animais envolvidos no estudo: </li></ul><ul><ul><li>BRUCELOSE: 14.110 animais...
DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Participantes:  </li></ul><ul><ul><li>SAA : CDA, APTA -> IBSP; </li></ul></ul><ul><ul><li>MAPA...
OBRIGADO João Carlos Renófio Hoppe Grupo de Defesa Sanitária Animal  Diretor [email_address]
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Estudo da Incidência de Brucelose e Prevalência da Tuberculose Bovina e Bubalina

2,798 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,798
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Estudo da Incidência de Brucelose e Prevalência da Tuberculose Bovina e Bubalina

  1. 1. ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE BRUCELOSE E PREVALÊNCIA DA TUBERCULOSE BOVINA E BUBALINA
  2. 2. OBJETIVOS - PECEBT <ul><li>Reduzir a prevalência e a incidência de novos focos de brucelose e de tuberculose. </li></ul><ul><li>Criar nº significativo de propriedades certificadas como livres ou monitoradas de brucelose e tuberculose, </li></ul><ul><li>Oferecer o consumidor produtos de baixo risco sanitário. </li></ul>
  3. 3. BREVE HISTÓRICO <ul><li>1º levantamento sorológico nacional, 1975 -> SP a prevalência da brucelose nos animais era de 6,8%. </li></ul><ul><li>Inquérito soro epidemiológico de 2001 para Brucelose : </li></ul><ul><ul><li>Estado de SP foi dividido em sete circuitos produtores. (fig 1); </li></ul></ul><ul><ul><li>Registraram-se 3,8% de animais soropositivos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Registraram-se 9,7% de propriedades positivas. </li></ul></ul>
  4. 4. Vacinação Contra Brucelose – Dezembro de 2002 a maio 2010 Etapas Propriedades Existentes Propriedades vacinadas % Fêmeas Existentes Fêmeas Vacinadas % 1ª JUL/DEZ - 2002 110.087 17.098 15,53% 1.058.554 257.935 24,37% 2ª JAN/JUN - 2003 110.435 30.647 27,75% 1.119.586 488.856 43,66% 3ª JUL/DEZ - 2003 102.037 26.552 26,02% 1.158.622 389.755 33,64% 4ª JAN/JUN - 2004 88.724 35.775 40,32% 1.029.535 582.728 56,60% 5ª JUL/DEZ - 2004 102.404 30.377 29,66% 1.005.643 382.202 38,01% 6ª JAN/JUN - 2005 108.694 41.439 38,12% 735.400 570.028 77,51% 7ª JUL/DEZ - 2005 92.802 30.067 32,40% 763.295 347.022 45,46% 8ª JAN/JUN - 2006 88.046 33.719 38,30% 861.387 480.383 55,77% 9ª JUL/DEZ - 2006 86.760 27.904 32,16% 623.292 338.511 54,31% 10ª JAN/JUN - 2007 82.076 34.110 41,56% 645.363 441.475 68,41% 11ª JUL/DEZ - 2007 82.296 28.758 34,94% 509.746 283.292 55,58% 12ª JAN/JUN - 2008 63.611 28.598 44,96% 473.028 341.314 72,16% 13ª JUL/DEZ - 2008 62.554 29.634 47,37% 467.243 294.473 63,02% 14ª JAN/JUN - 2009 62.406 31.300 50,16% 524.763 419.719 79,98% 15ª JUL/DEZ - 2009 62.685 31.380 50,06% 526.794 420.472 79,82% 16ª JAN/JUN - 2010 70.269 41.805 59,49% 576.374 469.315 81,43%
  5. 5. MEDIDAS VOLUNTÁRIAS <ul><li>Livre de Brucelose e Tuberculose: </li></ul><ul><ul><li>Certificadas: 12 </li></ul></ul><ul><ul><li>Em Certificação: 45 </li></ul></ul><ul><li>Monitoradas para Brucelose e Tuberculose: </li></ul><ul><ul><li>Certificadas: 1 (APTA) </li></ul></ul><ul><ul><li>Em Certificação: 3 </li></ul></ul>
  6. 6. JUSTIFICATIVAS DO ESTUDO <ul><li>Brucelose: </li></ul><ul><ul><li>Avaliar a eficiência da vacinação obrigatória </li></ul></ul><ul><li>Tuberculose: </li></ul><ul><ul><li>Ausência de dados </li></ul></ul>
  7. 7. OBJETIVOS - Estudo <ul><li>Estabelecer estratégias e ações de controle e erradicação da brucelose e da tuberculose: </li></ul><ul><ul><li>Atualização da legislação vigente; </li></ul></ul><ul><li>Atualizar e Estabelecer a prevalência e distribuição geográfica de propriedades com rebanhos bovídeos infectados, e a prevalência de animais sororeagentes à brucelose e positivos ao teste tuberculínico; </li></ul><ul><li>Identificar tipos de criação, práticas de manejo e fatores de risco que possam estar associados à presença das doenças no Estado de SP. </li></ul>
  8. 8. DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Nº propriedades envolvidas no estudo: </li></ul><ul><ul><li>1.735 propriedades – aplicação de questionários. </li></ul></ul><ul><li>Estratificação – Propriedades/Animais </li></ul><ul><ul><li>Unidades Primárias de Amostragem: Propriedades </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Escolha das UPAs – base de dados SIDASP </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Unidades Secundárias de Amostragem : Animais </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Escolha dos animais deverá ser feita aleatoriamente </li></ul></ul></ul>
  9. 9. DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Amostragem – Animais: </li></ul><ul><ul><li>Brucelose: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>rebanho até 99 fêmeas ; até 10 fêmeas (≥ 24m) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>rebanho com mais de 99 fêmeas; até 15 fêmeas(≥ 24m) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Exclusão de fêmeas período pré e pós-parto </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Tuberculose: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>rebanho até 99 animais; até 20 animais (fêmeas ≥ 24m e machos em idade de reprodução) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>rebanho com mais de 99 animais; até 40 animais (fêmeas ≥ 24m e machos em idade de reprodução) </li></ul></ul></ul>
  10. 10. DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Estimativa do Nº animais envolvidos no estudo: </li></ul><ul><ul><li>BRUCELOSE: 14.110 animais; </li></ul></ul><ul><ul><li>TUBERCULOSE: 23.575 animais; </li></ul></ul><ul><li>Nº amostras coletadas / inoculações semanais: </li></ul><ul><ul><li>500 amostras coletadas, processadas e inoculações. </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo estimado : 6 Meses </li></ul></ul><ul><ul><li>Os animais positivos ou reagentes deverão ser eliminados ( Abate Sanitário ou Sacrifício) observando a legislação vigente. </li></ul></ul>
  11. 11. DESCRIÇÃO DO ESTUDO <ul><li>Participantes: </li></ul><ul><ul><li>SAA : CDA, APTA -> IBSP; </li></ul></ul><ul><ul><li>MAPA; </li></ul></ul><ul><ul><li>FMVZ-USP; </li></ul></ul>
  12. 12. OBRIGADO João Carlos Renófio Hoppe Grupo de Defesa Sanitária Animal Diretor [email_address]

×