Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Monitoramento do Horizonte Tecnológico em Saúde no Mundo

244 views

Published on

Rosimary Almeida

Published in: Health & Medicine

Monitoramento do Horizonte Tecnológico em Saúde no Mundo

  1. 1. Rosimary T. Almeida Profa. Assoc. do PEB - COPPE/UFRJ Coordenadora do NATS do Complexo Hospitalar da UFRJ CONITEC 5 anos – 5 Dez. 2016 Monitoramento do Horizonte Tecnológico em Saúde no Mundo e no Brasil
  2. 2. CONITEC 5 anos 2 Sumário  O que é monitoramento do horizonte?  Necessidade de monitorar  Monitoramento do horizonte tecnológico (MHT) em saúde  MHT em saúde no mundo  MHT em saúde no Brasil
  3. 3. CONITEC 5 anos 3 O que é monitoramento do horizonte tecnológico?  O MHT, termo adaptado do inglês – horizon scanning, não consiste em fazer previsões, mas sim na investigação metódica de evidências que assegurem uma preparação adequada e resiliente das oportunidades e das ameaças futuras. (UK Government, 2016)  Surgiu no início do século XX, sendo utilizado pelo Comitê Imperial de Defesa da Inglaterra, passando a ser utilizado em negócios desde a década de 1960, nas decisões de políticas e de prestação de serviço. (Cabinet Office and Government Office for Science, 2016; PARKER et al., 2014; Health and Safety Executive, 2016)
  4. 4. CONITEC 5 anos 4 O que é monitoramento do horizonte tecnológico? Princípios básicos do MHT na definição do UK Government Office for Science: “A análise sistemática das potencialidades, ameaças, oportunidades e prováveis desenvolvimentos incluindo, mas não restrito, aos que estão à margem do pensamento e planejamento atual. O MHT pode explorar questões novas e inesperadas, bem como problemas ou tendências persistentes”. (citado em URQUHART e SAUNDERS, 2016)
  5. 5. CONITEC 5 anos 5 Necessidade de monitorar o horizonte tecnológico  As decisões políticas podem ser desastrosas caso ocorram falhas na identificação e na resposta a problemas não identificados no processo de decisão.  A European Environment Agency (2001) fez um levantamento de temas que sofreram atraso na identificação e na ação de reparo, provocando prejuízos desnecessários à saúde ou ao meio ambiente. Conclusão é de existe “a necessidade de pesquisar e monitorar “alertas precoces" e lidar com pontos cegos e lacunas no conhecimento científico".
  6. 6. CONITEC 5 anos 6 Necessidade de monitorar o horizonte tecnológico  HOLMES e CLARK (2008) apontam que “a ciência não atua suficientemente nas fases iniciais do processo de decisão política, o que dificulta a identificação das lacunas do conhecimento”.  A Inglaterra vem tentando mudar está realidade com um forte investimento na criação e manutenção de agências de monitoramento, bem como, na formação de grupos especiais nos órgão de governo para atuarem em conjunto com essas agências, visando melhorar o processo de tomada de decisão em diferentes áreas estratégicas, tais como: energia, alimento, meio ambiente, saúde entre outros.
  7. 7. CONITEC 5 anos 7 MHT no setor saúde  O potencial do monitoramento do horizonte na proteção e melhoria da saúde é evidenciado pelo surgimento de vários sistemas desenvolvidos internacionalmente (European Commission, 2016; BROOKS et al., 2013; KELLER, et al.,2009).  De fato, é cada vez mais aceito como o estágio inicial na formulação de políticas nos governos do Reino Unido, União Europeia, Austrália e Nova Zelândia e Indonésia. (SUTHERLAND et al., 2016; SUTHERLAND E WOODROOF, 2009; EUROPEAN COMMISSION, 2016)
  8. 8. CONITEC 5 anos 8 MHT no setor saúde Diagrama das inter-relações entre as fases principais do ciclo de vida de uma tecnologia em saúde em um Sistema de MHT.
  9. 9. CONITEC 5 anos 9 MHT no setor saúde no mundo  A primeira rede internacional de MHT em saúde, foi criada em 1999 por um grupo de agências da Europa e Canadá.  EuroScan – The International Information Network on New and Emerging Health Technologies contempla a participação de agências de outras regiões do mundo, em um total de 18, incluindo Brasil.  Tem por objetivo trocar informação e desenvolver metodologia para identificação e avaliação precoce das tecnologias em saúde. (SIMPSON et al., 2008)
  10. 10. CONITEC 5 anos 10 MHT no setor saúde no mundo https://www.euroscan.org/methods/methods-toolkit/
  11. 11. CONITEC 5 anos 11 MHT no setor saúde no Brasil  No Brasil, esta iniciativa foi desenvolvida a partir de 2008, no âmbito da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologia em Saúde – REBRATS.  Proposta preliminar de MHT/2011:  Definição do cliente – órgão incorporador (CONITEC);  Tipo de tecnologia – problemas prioritários para o SUS;  Horizonte de tempo – a ser definido pelo cliente.
  12. 12. CONITEC 5 anos 12 MHT no setor saúde no Brasil  Marco legal para a implantação de um sistema de MHT no Brasil é dado pelo Decreto no. 7797 de 30 de agosto de 2012, que cria o DGITS.  A partir desse decreto oficializa-se a atribuição do DGITS de coordenar as ações de monitoramento de tecnologias novas e emergentes, visando à antecipação de demandas de tecnologias a serem incorporadas, bem como, a indução da inovação tecnológica.
  13. 13. CONITEC 5 anos 13 MHT desafios  Definir uma estratégia de ação para um sistema de MHT.  Elaboração de metodologia de forma participativa, envolvendo atores estratégicos nas diferentes etapas do processo (Nascimento, 2016).  Acesso a fontes locais de dados sobre as tecnologias emergentes.  Capacitação de pessoal para desenvolver as atividades de MHT.
  14. 14. CONITEC 5 anos 14 Finalmente….  Parabéns a toda a equipe da CONITEC pelos 5 anos de trabalho árduo e de aprimoramento da PNGTS.  Agradeço pela confiança e colaboração que temos tido durante estes +5 anos.  Desejo muita motivação a toda a equipe, pois “Atenção Tudo é perigoso Tudo é divino maravilhoso Atenção para o refrão É preciso estar atento e forte Não temos tempo de temer a morte” Divino e Maravilhoso (Caetano Veloso)
  15. 15. CONITEC 5 anos 15 Obrigada! rosal@ufrj.br http://www.peb.ufrj.br

×