Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Sondagem Industrial | Agosto 2014 | Divulgação 18/09/2014

553 views

Published on

Sondagem Industrial de agosto 2014 |

Published in: Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Sondagem Industrial | Agosto 2014 | Divulgação 18/09/2014

  1. 1. Indicadores CNI ISSN 1676-0212 • Ano 17 • Número 8 • Agosto de 2014 SONDAGEM INDUSTRIAL 1 EVOLUÇÃO MENSAL DA INDÚSTRIA Indicador JUL/14 AGO/14 O que representa PRODUÇÃO 48,8 48,2 Manutenção do ritmo de queda NÚMERO DE EMPREGADOS 45,0 46,0 Recuo menos intenso UTILIZAÇÃO DA CAPACIDADE INSTALADA (UCI) 70% 72% Aumento do uso da capacidade UCI EFETIVA-USUAL 39,7 41,3 UCI efetiva menos distante do usual EVOLUÇÃO DOS ESTOQUES 50,6 50,4 Estabilidade ESTOQUE EFETIVO-PLANEJADO 51,5 52,2 Aumento dos estoques indesejados EXPECTATIVAS Indicador AGO/14 SET/14 O que representa DEMANDA 54,9 53,3 Expectativa menos positiva QUANTIDADE EXPORTADA 48,8 48,7 Manutenção da perspectiva de queda NÚMERO DE EMPREGADOS 48,5 47,8 Expectativa mais negativa COMPRAS DE MATÉRIAS-PRIMAS 52,1 51,0 Expectativa de manutenção das compras Cenário industrial segue negativo O cenário industrial de agosto foi como o de meses anteriores: queda na produção, estoques indesejados e elevada ociosidade. O principal reflexo da fraca atividade é a retração no quadro de trabalhadores da indús-tria. O índice de evolução do número de em-pregados em agosto foi de 46 pontos, abaixo da linha divisória de 50 pontos. A expectativa dos empresários é de que a redução no emprego continue nos próximos meses. O índice de expectativas de número de empregados permanece abaixo da linha divi-sória, em 47,8 pontos – o valor mais baixo des-de abril de 2009. O horizonte para os próximos seis meses também é de dificuldades para as exportações da indústria, que devem seguir em queda, de acordo com as expectativas dos empresários. Opinião do Empresário “Reduzimos de três para um turno para não demitir mais.” Empresário de pequena empresa / Santa Catarina Indicadores variam no intervalo de 0 a 100. Valores acima de 50 indicam evolução positiva, estoque acima do planejado, utilização da capacidade instalada acima do usual ou expectativa positiva.
  2. 2. AGO 2011 NOV FEV 2012 MAI AGO NOV FEV 2013 MAI AGO NOV FEV Evolução do número de empregados Linha divisória 54 52 50 48 54 52 50 Indicador varia de 0 a 100. Valores abaixo do 50 pontos indicam queda no número de empregados. Quanto mais distante dos 50 pontos, mais intensa e disseminada é a queda no número de empregados. 51,6 48,3 53,3 53,5 49,6 Expectativa de evolução do número de empregados Linha divisória 2 Sondagem Industrial ISSN 1676-0212 • Ano 17 • Número 8 • Agosto de 2014 Evolução do número de empregados 48 54 52 50 Expectativa de evolução do número de empregados Nos últimos meses, especialmente a partir de abril, o índice se afastou da linha dos 50 pontos, refletindo queda cada vez mais disseminada e intensa do número de empregados na indústria. O índice de agosto permanece distante da linha divisória e ainda aponta queda do número de empregados no mês. Embora a queda do número de empregados em agosto tenha sido menor que a registrada nos dois últimos meses, a expectativa de queda do número de empregados para os próximos seis meses é a mais intensa e disseminada pela indústria em mais de cinco anos. O índice de expectativa da evolução do número de empregados em setembro é o menor desde abril de 2009, quando a série era calculada trimestralmente (a série mensal teve início em janeiro de 2011). 2014 46,0 MAI AGO 51,8 48,7 48 54 52 50 48 Indicador varia de 0 a 100. Valores abaixo do 50 pontos indicam expectativa de queda no número de empregados. Quanto mais distante dos 50 pontos, mais intensa e disseminada é a expectativa de queda no número de empregados. 46,0 47,8 46 SET 2011 JAN 2012 MAI SET JAN 2013 MAI SET JAN 2014 MAI SET 51,8 52,0 50,8 50,2 50,5 49,9 46 46,4 48,9 46,8 47,2 47,4 48,1 49,5 44 45,0 AGO 2011 NOV FEV 2012 MAI AGO NOV FEV 2013 MAI AGO NOV FEV 2014 MAI AGO 51,6 48,3 53,3 53,5 49,6 51,8 48,7 47,8 46 SET 2011 JAN 2012 MAI SET JAN 2013 MAI SET JAN 2014 MAI SET 51,8 52,0 50,8 50,2 50,5 49,9 46 46,4 48,9 46,8 47,2 47,4 48,1 49,5 44 45,0
  3. 3. Nível de estoques efetivo em relação ao planejado Utilização da capacidade instalada efetiva em relação ao usual Indicador varia de 0 a 100. Valores abaixo do 50 pontos indicam utilização abaixo do usual para o mês. Quanto mais distante dos 50 pontos, maior é o desaquecimento. 3 Sondagem Industrial ISSN 1676-0212 • Ano 17 • Número 8 • Agosto de 2014 37,1 40 AGO 2010 DEZ ABR 2011 AGO DEZ ABR 2012 AGO DEZ ABR 2013 AGO DEZ ABR 2014 AGO 41,7 53,1 52,2 54 52 50 48 46 AGO 2011 NOV FEV 2012 MAI AGO NOV FEV 2013 MAI AGO NOV FEV 2014 MAI AGO Indicador varia de 0 a 100. Valores acima do 50 pontos indicam nível de estoques acima do planejado. Quanto mais distante dos 50 pontos, maior é o excesso de estoques indesejados. A indústria apresenta estoques não planejados, desde maio. O excesso de estoques em agosto é o maior desde junho de 2012. Estoques efetivo-planejado Linha divisória 50,6 47,2 46,2 42,2 46,7 41,3 37,1 55 50 45 40 AGO 2010 DEZ ABR 2011 AGO DEZ ABR 2012 AGO DEZ ABR 2013 AGO DEZ ABR 2014 AGO 44,7 41,7 42,9 44,7 53,1 52,2 54 52 50 48 Mesmo com o segundo aumento consecutivo, o índice de UCI efetiva-usual permanece distante da linha divisória dos 50 pontos, o que mostra que a atividade industrial segue inferior ao usual para o mês. Utilização da Capacidade Instalada efetiva-usual Linha divisória
  4. 4. Sondagem Industrial ISSN 1676-0212 • Ano 17 • Número 8 • Agosto de 2014 Resultados por segmento industrial e porte EVOLUÇÃO MENSAL DA INDÚSTRIA EMPREGADOS UCI (%) UCI EFETIVA-USUAL ago 2013 jul 2014 ago 2014 geral 52,7 48,8 48,2 49,2 45,0 46,0 74 70 72 45,9 39,7 41,3 50,8 50,6 50,4 51,3 51,5 52,2 POR SEGMENTO INDUSTRIAL Indústria extrativa 55,7 52,8 50,5 50,2 48,6 50,5 74 73 72 46,9 43,5 44,4 48,5 49,7 47,4 46,7 48,0 46,5 Indústria de transformação 51,6 47,1 47,1 48,8 44,3 45,6 71 67 69 45,5 39,0 40,5 50,4 50,1 50,1 50,5 50,6 51,7 POR PORTE Pequena1 50,3 45,6 46,3 48,2 44,1 45,6 67 63 66 44,9 38,8 40,4 49,1 47,3 48,0 48,1 47,2 48,7 Média2 51,5 46,6 46,3 49,0 44,1 45,7 72 68 69 45,6 38,8 39,9 50,1 51,2 50,4 49,8 51,2 51,6 Grande3 54,5 51,5 50,2 49,8 45,9 46,4 78 74 76 46,5 40,7 42,4 52,1 52,0 51,6 53,6 53,7 54,3 Indicadores variam no intervalo de 0 a 100. Valores acima de 50 indicam evolução positiva, estoque acima do planejado ou utilização da capacidade instalada acima do usual. 1 - Empresa com 10 a 49 empregados. 2 - Empresa com 50 a 249 empregados. 3 - Empresa com 250 ou mais empregados. EXPECTATIVAS PRODUÇÃO NO DE EVOLUÇÃO DOS ESTOQUES ago 2014 ago 2013 jul 2014 ago 2014 ago 2013 jul 2014 ago 2014 ago 2013 DEMANDA QUANTIDADE EXPORTADA Nº DE EMPREGADOS jul 2014 set 2013 ago 2014 set 2014 set 2013 ago 2014 ESTOQUE EFETIVO/ PLANEJADO ago 2013 jul 2014 ago 2014 ago 2013 jul 2014 ago 2014 Indústria Indústria geral 59,4 54,9 53,3 53,5 48,8 48,7 52,0 48,5 47,8 56,0 52,1 51,0 POR SEGMENTO INDUSTRIAL Indústria extrativa 59,5 57,7 55,8 54,6 50,0 49,0 51,7 50,0 50,5 52,0 53,7 53,0 Indústria de transformação 59,1 54,3 53,0 53,5 48,5 48,8 51,9 48,3 47,5 55,9 51,8 50,8 POR PORTE Pequena1 59,0 54,1 53,3 52,1 47,9 47,5 52,5 48,5 48,4 55,7 52,2 51,5 Média2 58,7 54,0 52,7 52,7 46,6 47,7 51,0 47,9 46,4 55,0 51,0 50,1 Grande3 60,0 55,8 53,6 54,6 50,4 49,9 52,3 48,9 48,3 56,7 52,6 51,2 Indicadores variam no intervalo de 0 a 100. Valores acima de 50 indicam expectativa positiva. 1 - Empresa com 10 a 49 empregados. 2 - Empresa com 50 a 249 empregados. 3 - Empresa com 250 ou mais empregados. i Veja mais Mais informações como série histórica e metodologia da pesquisa em: www.cni.org.br/sondagemindustrialcni ago 2014 set 2014 set 2013 Dados da pesquisa COMPRAS DE MATÉRIAS-PRIMAS ago 2014 set 2014 Perfil da amostra: 2.240 empresas, sendo 857 pequenas, 817 médias e 556 grandes. Período de coleta: 1º a 10 de setembro de 2014. set 2014 set 2013 SONDAGEM INDUSTRIAL | Publicação mensal da Confederação Nacional da Indústria - CNI | www.cni.org.br | Diretoria de Políticas e Estratégia - DIRPE Gerência Executiva de Política Econômica - PEC | Gerente-executivo: Flávio Castelo Branco | Gerência Executiva de Pesquisa e Competitividade - GPC Gerente-executivo: Renato da Fonseca | Análise: Marcelo Souza Azevedo | Estatística: Roxana Rossy Campos e Aretha Silícia Lopez Soares | Informações técnicas: (61) 3317-9472 - Fax: (61) 3317-9456 - email: sond.industrial@cni.org.br Design gráfico: Alisson Costa | Assinaturas: Serviço de Atendimento ao Cliente - Fone: (61) 3317-9989 - email: sac@cni.org.br. Autorizada a reprodução desde que citada a fonte.

×