Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Indicadorde Custos Industriais | 2º trimestre de 2014 | Divulgação 05/09/2014

481 views

Published on

O Indicador de Custos Industriais teve queda de 0,7% no segundo trimestre em relação aos primeiros três meses do ano. Essa foi a primeira redução no índice desde o primeiro trimestre de 2013, informa o indicador divulgado nesta sexta-feira, 5 de setembro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A queda foi puxada, principalmente, pela redução de 3,2% nos custos com capital de giro e de 1,8% com tributos no período.

Published in: News & Politics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Indicadorde Custos Industriais | 2º trimestre de 2014 | Divulgação 05/09/2014

  1. 1. Indicadores CNI ISSN 2317-7039 • Ano 3 • Número 2 • Abril/Junho de 2014 Custos industriais se reduzem em 0,7% Clique aqui para a versão para impressão. Impressão Veja mais Acesse a metodologia e a série histórica dessa pesquisa em: www.cni.org.br/ indicadordecustosindustriaisi INDICADOR DE CUSTOS INDUSTRIAIS -0,7% Indicador de custos industriais - Série histórica Dessazonalizado - Base: Média de 2006 = 100 Mesmo com a queda no 2º trimestre de 2014, o ICI acumula crescimento de 7,2% em relação ao mesmo trimestre de 2013. INDICADOR DE CUSTOS INDUSTRIAIS | Publicação trimestral da Confederação Nacional da Indústria - CNI | www.cni.org.br | Diretoria de Políticas e Estratégia - DIRPE | Gerência Executiva de Pesquisa e Competitividade - GPC | Gerente-executivo: Renato da Fonseca | Equipe: Maria Carolina Correia Marques e Edson Velloso | Informações técnicas: (61) 3317-9472 - Fax: (61) 3317-9456 | Design gráfico: Carla Gadêlha | Assinaturas: Serviço de Atendimento ao Cliente - Fone: (61) 3317-9992 - email: sac@cni.org.br. Autorizada a reprodução desde que citada a fonte. Documento elaborado em 4 de setembro de 2014 2º trim 2014/ 1º trim 2014* 2º trim 2014/ 2º trim 2013** Indicador de custos industriais -0,7 7,2 Custo de produção -0,3 8,2 Pessoal 0,8 6,8 Bens intermediários -0,8 8,4 Nacionais -0,2 8,8 Importados -4,5 5,9 Custo com energia 3,8 11,8 Custo de capital de giro -3,2 26,3 Custo tributário -1,8 2,2 A acentuada queda nos custos com bens intermediários importados sofre influência da valorização do real no trimestre, que foi de 5,8%. Fonte: CNI Nota: * resultados livres de efeitos sazonais. ** resultados originais. EFEITO SOBRE A LUCRATIVIDADE E A COMPETITIVIDADE Custos industriais e preços domésticos dos manufaturados Custos industriais e preços dos manufaturados importados, em reais -0,7 0,8 Custos industriais e preços dos manufaturados nos EUA, em reais -0,7 -4,1 -0,7 -4,7 Os custos industriais apresentaram queda de 0,7% enquanto o preço dos produtos manufaturados cresceu 0,8%, possibilitando a recuperação da margem de lucro. A queda do preço das importações de manufaturados, de 4,1 %, superou a queda nos custos industriais brasileiros, indicando perda de competitividade da indústria local frente aos importados. A queda de 4,7% no preço dos manufaturados nos EUA em reais , determinanda pela valorização do real também indica perda de competitividade das exportações. Custos industriais Preços domésticos dos manuf. Preços dos manuf. importados Preços dos manuf. nos EUA 2º trim 2014/1º trim 2014* 2º trim 2014/2º trim 2013** Indicador de custos industriais -0,7 7,2 Preço dos manufaturados domésticos 0,8 7,5 Preço dos manufaturados importados -4,1 6,5 Preço dos manufaturados nos EUA -4,7 9,5 Nota: Variações do 2º tri/2014 em relação ao 1º tri/2014. Resultados livres de efeitos sazonais. 3,8% Apesar do crescimento no custo com energia (3,8%) e no custo com pessoal (0,8%), a queda no custo com bens intermediários (-0,8%) tornou negativa a variação dos custos de produção. Isso ocorre porque os bens intermediários têm peso de 77% na formação do indicador de custos. Indicador de Custos Industriais -0,7% Custo com produção -0,3% Pessoal 0,8% Energia Bens intermediários -0,8% Custo tributário -1,8% Custo com capital de giro -3,2% $ $ $ Os custos industriais caíram 0,7% entre o segundo e o primeiro trimestres de 2014, descontados os efeitos sazonais. Esse resultado é fruto da redução dos custos de capital de giro (-3,2%), tributário (-1,8%) e com produção (-0,3%). Destaca-se que essa é a primeira redução do indicador desde o primeiro trimestre de 2013. Fonte: CNI e FGV. Nota: * resultados livres de efeitos sazonais. ** resultados originais.

×