Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
A CAPACIDADE DE UM DADO GENÓTIPO PARA PRODUZIR DIFERENTES
FENÓTIPOS EM RESPOSTA A DIFERENTES AMBIENTES É DENOMINADA
"PLAST...
Portanto, para entender corretamente a teoria da evolução através da
seleção natural, é preciso entender a distinção genót...
locus em dois cromossomas homólogos podem ser idênticos ou
diferentes. As expressões de locos (lugares) de genes, particul...
concepção até a primeira infância, e mesmo para além da transição de
juvenil à adolescência, e pode ser transmitida transg...
http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com
AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS...
http://youtu.be/woonaiFJQwY
VAN DER HAAGEN BRAZI
Instagram
https://instagram.com/clinicascaio/
Wordpress
http://cresciment...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Plasticidade do desenvolvimento no crescimento infantil e maturação relacionada à altura juvenil

Os genes contribuem para uma característica, e o fenótipo observável é a expressão dos genes (e, portanto, o genótipo que afeta a característica). Digamos que um rato branco tinha os genes recessivos que causaram os genes que causam a cor do rato para ser inativo (modo "cc"). Seu genótipo seria responsável por seu fenótipo (a cor branca). Cada cromossoma de um par (homólogo) correspondente é estruturalmente semelhante ao outro, e tem um DNA de sequência muito semelhante (loci, local singular)

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Plasticidade do desenvolvimento no crescimento infantil e maturação relacionada à altura juvenil

  1. 1. A CAPACIDADE DE UM DADO GENÓTIPO PARA PRODUZIR DIFERENTES FENÓTIPOS EM RESPOSTA A DIFERENTES AMBIENTES É DENOMINADA "PLASTICIDADE", E É PARTE DE "ADAPTABILIDADE" DO ORGANISMO A ESTÍMULOS AMBIENTAIS. A distinção genótipo-fenótipo é desenhada em genética. ”Genótipo“ é complexo de informações em um organismo hereditário. ”Fenótipo“ são propriedades observadas de formas reais em que um organismo, tais como morfologia, desenvolvimento ou comportamento. Esta distinção é fundamental para o estudo da herança de traços e sua evolução. São propriedades físicas do organismo que determinam diretamente suas chances de sobrevivência e de saída reprodutiva, enquanto a herança de propriedades físicas ocorre apenas como uma consequência secundária da herança de genes.
  2. 2. Portanto, para entender corretamente a teoria da evolução através da seleção natural, é preciso entender a distinção genótipo-fenótipo. Os genes contribuem para uma característica, e o fenótipo observável é a expressão dos genes (e, portanto, o genótipo que afeta a característica). Digamos que um rato branco tinha os genes recessivos que causaram os genes que causam a cor do rato para ser inativo (modo "cc"). Seu genótipo seria responsável por seu fenótipo (a cor branca). Cada cromossoma de um par (homólogo) correspondente é estruturalmente semelhante ao outro, e tem um DNA de sequência muito semelhante (loci, local singular). O DNA em cada cromossomo funciona como uma série de discretos genes que influenciam várias características. Assim, cada gene também tem um homólogo correspondente, que pode existir em diferentes versões denominadas alelos. Os alelos no mesmo
  3. 3. locus em dois cromossomas homólogos podem ser idênticos ou diferentes. As expressões de locos (lugares) de genes, particularmente durante o desenvolvimento ou história de vida considerando as transições, provavelmente, estão na base da plasticidade fundamental de um organismo. A plasticidade na programação de desenvolvimento tem evoluído de forma a proporcionar as melhores chances de sobrevivência e sucesso reprodutivo para os organismos em ambientes em mudança (adaptações, adequações). Condições ambientais que são experientes no início da vida podem influenciar profundamente a biologia humana, crescimento infantil e maturação, saúde em longo prazo e longevidade, esse fato traduz a maravilha que representa a vida na terra (neste momento que ainda não foi descoberto outro planeta semelhante). Origens desenvolvimentistas das transições de saúde e doença e história de vida têm o propósito de usar placenta, nutricionais e sugestões endócrinas para a definição de estratégias biológicas, mentais e comportamentais de longo prazo para o crescimento infantil e maturação em resposta às condições ecológicas e / ou sociais locais. A janela de plasticidade do desenvolvimento estende-se desde a
  4. 4. concepção até a primeira infância, e mesmo para além da transição de juvenil à adolescência, e pode ser transmitida transgeracionalmente. Trata-se de respostas epigenéticas às mudanças ambientais, que exercem os seus efeitos durante as transições de fase da história de vida. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neurocientista-Endócrino CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 COMO SABER MAIS: 1. O efeito nutricional negativo em fase de desenvolvimento para criança, infantil, juvenil tem um resultado perverso no crescimento longitudinal e linear, com diversas considerações em mecanismos físicos, afetando diversas áreas em humanos como a função de placa de crescimento também pode ser afetada por mecanismos físicos... http://tireoidecontrolada.blogspot.com 2. Mesmo relativamente baixas doses de radiação ionizante, tal como uma única dose de 10 Gy, pode prejudicar o crescimento longitudinal, esse tipo de irradiação pode ocorrer em diversos procedimentos, como terapêuticos, acidentais, etc.... http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com 3. Uma lesão cerebral estática no período neonatal que conduz a uma variedade de limitações de atividade motora oral e disfunção da deglutição, o estado nutricional pobre e fraco crescimento são relatados com frequência em crianças com paralisia cerebral e pode impactar negativamente no desenvolvimento físico e cognitivo, utilização dos cuidados de saúde, participação e qualidade de vida na infância mais tarde...
  5. 5. http://hipotireoidismosubclinico2.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr., Dr. João Santos. Endocrinologista – Neuroendocrinologista e Dra. Caio, Henriqueta V. Endocrinologista – Medicina Interna, Van Der Häägen Brasil – São Paulo – Brasil; Sowell ER, Thompson PM, Holmes CJ, et al. Evidências in vivo para a maturação cerebral pós-adolescente nas regiões frontal e estriatal. Nature Neurosci. 1999; 2 :. 859-61; Sowell ER, Thompson PM, Tessner KD, et al. Mapeamento continuou o crescimento do cérebro e redução da densidade de matéria cinzenta no córtex dorsal frontal: relações inversas durante a maturação cerebral pós-adolescente. J Neurosci. 2001; 21 :. 8819-29; Caso Schaffer A. Head: Roper v Simmons pergunta como adolescentes e adultos cérebros são diferentes.Slate. 2004 15 de Outubro; Aronson J. Cérebro de imagem, a culpabilidade ea pena de morte juvenil. Psychol Lei Pol Pública. 2007;13 : 115-42; Giedd JN. . O cérebro adolescente: Insights de neuroimagem J Adolesc Saúde. 2008; 42: 335-43; Lenroot RK, Giedd JN. O desenvolvimento do cérebro em crianças e adolescentes: Insights de ressonância magnética anatómica. Neurosci Biobehav Rev. 2006; 30 :. 718-29; James T. A maioridade. Am J Hist Legal. 1960; 4 : 22-33; Scott E. A construção jurídica da infância. . In: Rosenheim M, Dohrn B, Tanenhaus D, editores . Um século de justiça juvenil Chicago, IL: University of Chicago Press; 2002; Gardner W, Scherer D, Tester M. Afirmando autoridade científica: desenvolvimento cognitivo e os direitos legais Am Psychol. 1989; 44 :. 895-902; Sowell ER, Thompson PM, Holmes CJ, et al. Localizando mudanças relacionadas à idade na estrutura cerebral entre a infância e adolescência usando mapeamento estatístico paramétrico. NeuroImage. 1999; 9 :. 587-97; Parque A, Wallis C, Dell K. O que torna adolescentes carrapato. Time Magazine 2008. 2004 maio de 10; Lança LP. O cérebro adolescente e manifestações comportamentais relacionadas com a idade. Neurosci Biobehav Rev. 2000; 24 : 417-63; Casey BJ, RJ Trainor, Orendi JL, et al. Um estudo de ressonância magnética funcional de desenvolvimento de ativação pré-frontal durante a execução de um Go-No-Go tarefa. J Cogn Neurosci.1997; 9 :. 835-47; Rubia K, Overmeyer S, Taylor E, et al. Frontalisation funcional com a idade: Mapeamento de trajetórias de desenvolvimento neurológico com fMRI. Neurosci Biobehav Rev. 2000; 24 : 13-9. Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh Video
  6. 6. http://youtu.be/woonaiFJQwY VAN DER HAAGEN BRAZI Instagram https://instagram.com/clinicascaio/ Wordpress http://crescimentoinfantojuvenil.wordpress.com/ Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=- 23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×