Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
RETROSPECTIVA RELEVANTE: A MEIA-VIDA CALCULADA DE GH
ENDÓGENO FOI POSITIVAMENTE RELACIONADA À CONCENTRAÇÃO
SÉRICA DE ESTRA...
resulta em concentração aumentada de GH. Mulheres tomando
contraceptivos orais têm concentração integrada de GH
significat...
GH para mulheres não influenciou marcantemente as concentrações de
LH, FSH, testosterona ou globulina ligante dos hormônio...
frequência de pulso de GH e a amplitude quando administrado sozinho,
mas não quando administrado com a progesterona que é ...
RETROSPECTIVE MATERIAL: HALF-LIFE OF CALCULATED GH -
ENDOGENOUS GROWTH HORMONE IS POSITIVELY RELATED TO THE
CONCENTRATION ...
Frequency episodic release of GH is increased during periovulatory phase
of the menstrual cycle. The pulsatile GH producti...
GH) or inhibit the release of somatostatin (a hormone inhibitor of GH
and TSH). Estrogens can also stimulate GH secretion ...
reason is very interesting because all sensory organs are interconnected,
beyond those involving first eight substances se...
AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS
AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.
Referências Bibli...
https://instagram.com/clinicascaio/
Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Ha...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Gh além do crescer criança,a partir da década de 90,cada dia uma novidade menopausa,gh e estrógenos

316 views

Published on

A interpretação dos autores sobre os dados das concentrações integradas de GH indica que o estrógeno resulta em concentração aumentada de GH. Mulheres tomando contraceptivos orais têm concentração integrada de GH significativamente maior do que mulheres pré-menopausadas que não tomam contraceptivos orais, enquanto homens normais e mulheres pós-menopáusicas tiveram concentrações integradas de GH significativamente inferiores do que as mulheres normais sem uso de contraceptivos orais.

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Gh além do crescer criança,a partir da década de 90,cada dia uma novidade menopausa,gh e estrógenos

  1. 1. RETROSPECTIVA RELEVANTE: A MEIA-VIDA CALCULADA DE GH ENDÓGENO FOI POSITIVAMENTE RELACIONADA À CONCENTRAÇÃO SÉRICA DE ESTRADIOL. DURANTE O CICLO MENSTRUAL, NÍVEIS DE ESTRADIOL E GHBP (HORMÔNIO DE CRESCIMENTO DE LIGAÇÃO À PROTEÍNA) MOSTRAM RELAÇÃO INVERSA OU NENHUMA, AINDA QUE ESTRÓGENO EXÓGENO ELEVE OS NÍVEIS DE GHBP (HORMÔNIO DE CRESCIMENTO DE LIGAÇÃO À PROTEÍNA). RETROSPECTIVA RELEVANTE: GH de ligação à proteína é uma proteína transportadora para o GH. É codificada pelo mesmo gene como receptor do GH. Os baixos níveis de proteína de ligação do GH podem indicar um problema do receptor do GH, e, assim, uma insensibilidade ao GH, ao invés de uma deficiência do GH. Níveis séricos normais de GHBP – Growth Hormone Binding Protein-3 pode descartar insensibilidades de GH, como aqueles vistos em síndrome de Laron. Em estudos efetuados, a média de concentração integrada de GH para 22 mulheres na pré- menopausa sem nenhuma medicação foi 3,0 + 1,6 ng/ml, que é significativamente inferior à média de 6,6 + 2,9 ng/ml para dez mulheres recebendo contraceptivos orais e significativamente maiores que as médias de 1,5 + 0,75 ng/ml para cinco mulheres pós-menopausadas e 1,8 + 1,0 ng/ml para 16 homens adultos. A interpretação dos autores sobre os dados das concentrações integradas de GH indica que o estrógeno
  2. 2. resulta em concentração aumentada de GH. Mulheres tomando contraceptivos orais têm concentração integrada de GH significativamente maior do que mulheres pré-menopausadas que não tomam contraceptivos orais, enquanto homens normais e mulheres pós- menopáusicas tiveram concentrações integradas de GH significativamente inferiores do que as mulheres normais sem uso de contraceptivos orais. A frequência de liberação episódica de GH é aumentada durante a fase periovulatória do ciclo menstrual. A produção pulsátil de GH e a média da concentração sérica de GH são assim significativamente aumentadas de maneira prévias à ovulação e positivamente correlacionadas às mudanças nos níveis de estradiol sérico e hormônio luteinizante (LH). Concentração integrada de GH (ng/ml) Mulheres na pré-menopausa sem ACO* 3,0 + 1,5 Mulheres na pré-menopausa com ACO* 6,6 + 2,9 Mulheres na pós-menopausa 1,5 + 0,75 Homens 1,8 + 1,0 *ACO = anticoncepcional oral Embora os níveis de GH circulante sejam correlacionados ao LH, FSH e estrógenos durante o ciclo ovariano em humanos, a administração de
  3. 3. GH para mulheres não influenciou marcantemente as concentrações de LH, FSH, testosterona ou globulina ligante dos hormônios esteróides durante o ciclo menstrual. O estrógeno pode estimular a secreção de GH em mulheres adultas por estimular a liberação de GHRH (hormônio liberador ou secretor hipotalâmico de GH) ou inibir a liberação de somatostatina (hormônio inibidor de GH e TSH). Os estrógenos podem também estimular a secreção de GH em adultos por inibir a produção hepática de IGF-1 (fator de crescimento semelhante à insulina), também conhecido como somatomedina ou IGF (do inglês: Insulin-like growth factor) e assim reduzir a retroalimentação negativa. O estrógeno pode também estimular a secreção de GH por dessensibilizar a glândula hipofisária ao hormônio tireoestimulante (TRH), já que a secreção de GH é paradoxalmente aumentada pelo TRH em mulheres tomando contraceptivos orais com baixa dose de estrógeno. A disfunção ovariana em mulheres é muitas vezes associada à secreção alterada de GH. Por ex., muitas mulheres anovulatórias são hipossomatotróficas (DGH, e, por conseguinte, possuem baixa estatura e em geral envelhecem mais precocemente). A importância determinante da atividade somatotrófica pode ser o balanço das concentrações de estradiol e progesterona, mais do que a concentração de estradiol isoladamente, já que o estradiol aumenta a
  4. 4. frequência de pulso de GH e a amplitude quando administrado sozinho, mas não quando administrado com a progesterona que é androgênica. É compreensível que alguns leitores não captem a profundidade dos benefícios deste estudo, mas para concluir a importância dessas percepções que são profundamente maravilhosas, pois a somatória e a logística deste mecanismo perfeito estimula uma intensa melhora na qualidade de vida, uma regulação fina de substâncias primordiais, um prolongamento da vida com bom estado orgânico, melhora do perfil muscular, cognitivo, com imbricações neurais mais eficientes, evitando também osteopenia, osteoporose, e uma infinidade de patologias diretamente envolvidas. E o motivo é muito interessante, pois todos os órgãos sensoriais estão interligados, além do que essas ligações envolvem em primeiro lugar as oito substâncias secretadas pelo hipotálamo e cada uma dessas substâncias envolve uma grande quantidade de hormônios secretados por glândulas contíguas que praticamente envolvem todas as substâncias que dão suporte à vida humana, fazendo com que crianças, infantis, juvenis e púberes cresçam, amadureçam e como adultas reproduzam, ganhem músculos, fortaleçam os ossos, produzam células saudáveis, tenham um melhor perfil (shape), diminuam células lipídicas (obesas) e muito mais, simples ainda, colocam em dúvida substâncias não utilizadas quando efetuada, por ex., uma histerectomia, mesmo que antigamente se achava a princípio desnecessária embora os estudos estejam em evolução. GH BEYOND THE GROWING CHILD, FROM THE 90'S, EACH NEW DAY: MENOPAUSE, GH AND ESTROGENS.
  5. 5. RETROSPECTIVE MATERIAL: HALF-LIFE OF CALCULATED GH - ENDOGENOUS GROWTH HORMONE IS POSITIVELY RELATED TO THE CONCENTRATION OF SERUM ESTRADIOL. DURING THE MENSTRUAL CYCLE, AND ESTRADIOL LEVELS GHBP (GROWTH HORMONE-BINDING PROTEIN) SHOW RESPECT OR NO REVERSE, EVEN RAISE EXOGENOUS ESTROGEN LEVELS GHBP (GROWTH HORMONE-BINDING PROTEIN). PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY, NEUROENDOCRINOLOGY-GENETICS- ENDOCRINE-PEDIATRICS (SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. RETROSPECTIVE MATERIAL: GHBP is a carrier protein for GH - growth hormone. It is encoded by the same gene as the GH receptor - growth hormone. The low protein binding GH receptor may indicate a problem of GH, and thus insensitivity to GH, rather than a DGH. Normal serum Growth Hormone Binding Protein-3 can discard insensitivities GH - growth hormone, such as those seen in Laron syndrome. In studies conducted, the average integrated concentration of GH for 22 premenopausal women with no medication was 3.0 ± 1.6 ng/ml, which is significantly lower than the average of 6.6 + 2 9 ng/ml for ten women receiving oral contraceptives and significantly higher than the average of 1.5 + 0.75 ng/ml for five postmenopausal and 1.8 ± 1.0 ng/ml for 16 adult men and women. The authors' interpretation of the data of integrated concentrations of GH indicates that estrogen results in increased GH concentration. Women taking oral contraceptives have integrated concentration of GH significantly lower than women significantly higher than premenopausal women not taking oral contraceptives, while normal men and postmenopausal women had integrated GH concentrations normal without the use of oral contraceptives.
  6. 6. Frequency episodic release of GH is increased during periovulatory phase of the menstrual cycle. The pulsatile GH production and the mean serum GH concentration is thus significantly increased prior to ovulation and positively correlated with changes in serum estradiol and luteinizing hormone (LH) way. Integrated GH concentration (ng/ml) Premenopausal women without ACO * 3.0 + 1.5 Premenopausal women with ACO * 6.6 + 2.9 Postmenopausal women 1.5 + 0.75 Men 1.8 + 1.0 * OAC = oral contraceptive Although the levels of circulating GH to be correlated to LH, FSH and estrogen during ovarian cycle in humans, administration of GH to women not markedly influence the concentrations of LH, FSH, or testosterone binding globulin steroid hormone (TBGSH) during the menstrual cycle. Estrogen can stimulate GH secretion in adult women by stimulating the release of GHRH (hypothalamic releasing or secreting
  7. 7. GH) or inhibit the release of somatostatin (a hormone inhibitor of GH and TSH). Estrogens can also stimulate GH secretion in adult to inhibit hepatic production of IGF-1 (insulin-like growth factor, also known as somatomedin or IGF (English: Insulin-like growth factor), thus reducing the negative feedback. The estrogen may also stimulate GH secretion by desensitizing the pituitary gland thyroid stimulating hormone (TRH), since GH secretion is paradoxically enhanced by TRH in women taking oral contraceptives with low doses of estrogen. The ovarian dysfunction in women is often associated with altered secretion of GH, for ex., many women are anovulatory hipossomatotróficas. (GHD, and therefore has a low overall height and age earlier) the crucial importance of somatotroph activity may be the balance of concentrations estradiol and progesterone, more than the concentration of estradiol alone, since estradiol increases GH pulse frequency and amplitude when administered alone, but not when administered with androgenic progestin. It's understandable that some readers do not capture the depth of the benefits of this study, but to understand the importance of these perceptions are profoundly wonderful because the sum and the logistics of this perfect mechanism stimulates a marked improvement in quality of life, a fine regulation of primordial substances, prolongation of life with good organic status, improves the muscular, cognitive profile, with more efficient neural complexity, also preventing osteopenia, osteoporosis, and a multitude of pathologies directly involved. And the
  8. 8. reason is very interesting because all sensory organs are interconnected, beyond those involving first eight substances secreted by the hypothalamus and each of these substances involve a large amount of hormones secreted by glands contiguous leads that practically involves all substances that support human life, causing infantile, juvenile, pubescent and children grow, mature, reproducing adults, gain muscle, strengthen bones, producing healthy cells, have a better profile (shape), decrease fat cells (obese) and more, simple, cast doubt on substances not used as a hysterectomy performed, for ex., even though formerly they were unnecessary principle although studies are in progress. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. O crescimento longitudinal do osso nos mamíferos ocorre nas placas de crescimento... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com 2. Essas estruturas cartilaginosas estão localizadas em direção às extremidades dos ossos, incluindo os corpos vertebrais e ossos tubulares do esqueleto apendicular... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. A placa de crescimento mostra um elevado grau de organização espacial, incluindo polaridade espacial ao longo do eixo do osso... http://imcobesidade.blogspot.com
  9. 9. AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Blackman MR, Sorkin JD, Munzer T, et al. Growth hormone and sex steroid administration in healthy aged women and men: a randomized controlled trial. JAMA.2002;288:2282–92; Bowers CY, Granda R, Mohan S, et al. Sustained elevation of pulsatile growth hormone (GH) secretion and insulin-like growth factor I (IGF-I), IGF-binding protein-3 (IGFBP-3), and IGFBP-5 concentrations during 30-day continuous subcutaneous infusion of GH-releasing peptide-2 in older men and women. J Clin Endocrinol Metab. 2004;89:2290–300; Cummings DE, Merriam GR. Growth hormone therapy in adults. Annu Rev Med.2003;54:513; Ho KY, Evans WS, Blizzard RM, et al. Effects of sex and age on the 24 hour profile of growth hormone secretion in man: Importance of endogenous estradiol concentrations. J Clin Endocrinol Metab. 1987;64:51–8; Liddle RA. Ghrelin [online] 2006. Up to Date Accessed 8 Sep 2006; Melmed S. Physiology of growth hormone [online] 2006. Up to Date Accessed 8 Sep 2006; Merriam GR, Blackman M, Hoffman A, et al. Effects of chronic treatment with an oral growth hormone (GH) secretagogue on nocturnal GH and insulin-like growth factor-I (IGF-I) in older men and women. Frontiers in Neuroendocrinology.2006;27:36. published abstract; Merriam GR, Schwarz RS, Vitiello MV. Growth hormone-releasing hormone and growth hormone secretagogues in normal aging. Endocrine. 2003;22:1–7; Merriam GR, Barsness S, Buchner D, et al. Growth hormone-releasing hormone treatment in normal aging. J Anti Aging Med. 2002;4:1–13; Merriam GR, Cummings DE. Growth hormone and growth hormone secretagogues in adults. In: Meikle W, editor. Endocrine replacement therapy in clinical practice.Totowa, NJ: Humana Press; 2003. pp. 63–94; Merriam GR. Clinical Endocrinology Update. Chevy Chase, MD: The Endocrine Society; 2002. Growth hormone as anti-aging therapy, and other emerging (and submerging) indication; Merriam GR, Kletke M, Barsness S, et al. Growth hormone-releasing hormone in normal aging: An Update. Today’s Therapeutic Trends. 2000;18:335–54; Merriam GR, Buchner DM, Prinz PN, et al. Potential applications of GH secretagogs in the evaluation and treatment of the age-related decline in growth hormone. Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh Video http://youtu.be/woonaiFJQwY VAN DER HAAGEN BRAZI Instagram
  10. 10. https://instagram.com/clinicascaio/ Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=- 23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×