Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
SANTA MARIA MAE DE DEUS -
SOLENIDADE
"Maria tem um Coração tão cheio de
bondade que tudo o que se lhe peça de bom
coração ...
"O Rei dos reis, o Santo dos santos, o Filho único de Deus, o Filho único de Maria
baixou expressamente do céu para dizer-...
Tem grande poder para apaziguar a cólera de seu
Filho e para reconciliar a quem se inclina a servi-la.
Sua benignidade é t...
Diretor: Pe. Álvaro Duarte Torres CJM 
Desenho e compilação: Jorge Luis Baquero 
 espiritualidad.eudista@gmail.com 
Facebo...
SANTA MARIA MÃE DE DEUS - SOLENIDADE
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

SANTA MARIA MÃE DE DEUS - SOLENIDADE

38 views

Published on

SANTA MARIA MÃE DE DEUS - SOLENIDADE

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

SANTA MARIA MÃE DE DEUS - SOLENIDADE

  1. 1. SANTA MARIA MAE DE DEUS - SOLENIDADE "Maria tem um Coração tão cheio de bondade que tudo o que se lhe peça de bom coração o concede. Oh! bem-aventurada Maria, o que te ama honra a Deus; o que te serve agrada a Deus". São João Eudes Para São João Eudes, a vida cristã implica uma constante renovação, por tal razão, o santo propõe que o início de cada ano e mês, seja a oportunidade precisa para entregar nosso coração ao Senhor, com o objetivo de que se acrescente nosso amor a ele e a caridade a nosso próximo.  Desde esta perspectiva, é muito significativo iniciar este novo ano com uma solenidade mariana, porque em Maria, nossa Mãe, encontramos um referente idôneo para que nosso coração se acenda cada vez mais no fogo do amor de Deus e nosso serviço se converta em um reflexo da alegria, da liberdade e da autenticidade que o Pai misericordioso tem semeado em nós. Iniciemos o ano com Jesus, para renunciar a tudo o que é contrário ao seu amor. Que os sonhos, desejos e metas projetadas para este ano, sejam a melhor forma de glorificar a Deus, pensando e amando constantemente Jesus, realizando nossos atos em seu nome e permitindo que seu Espírito o forme em nós.
  2. 2. "O Rei dos reis, o Santo dos santos, o Filho único de Deus, o Filho único de Maria baixou expressamente do céu para dizer-nos: eu os amo".  São João Eudes O Coração de Maria, imagem da bondade de Deus Depois do Coração de Deus não houve nem haverá um coração tão bom, generoso, benfeitor, magnífico e tão pleno de benignidade como este Coração admirável. Coração tão cheio de bondade como o Coração de Maria, a Mãe de Jesus, não o há. Assim se expressa São Bernardo: "Por que temes, fragilidade humana, aproximar-te de Maria? Não existe nela severidade, nada que infunda temor. É toda amabilidade". Vejam cuidadosamente toda a história evangélica e se encontram nela o mínimo sinal de rigor e severidade, o menor indício de indignação, temam apresentar-se diante dela. Mas se, pelo contrário, encontram nesta Virgem (como de seguro ou vão encontrar) um Coração cheio de amor, de piedade, de doçura e bondade deem graças ao que por sua grande benignidade lhes têm dado tal Mediadora. Possui ela um Coração tão cheio de bondade que jamais rejeita quem recorre a ela com humildade e confiança. Encontrada Maria, se encontra todo bem (...) Quem encontra Maria encontrou um tesouro inesgotável de toda classe de bens, pois ela ama quem a ama, inclusive serve a quem lhe serve.
  3. 3. Tem grande poder para apaziguar a cólera de seu Filho e para reconciliar a quem se inclina a servi-la. Sua benignidade é tal que todos podem abordá-la sem temor pois jamais recusa alguém. Ninguém é rejeitado por ela. Não é isto o que lhe dizemos nessa linda oração que alguns atribuem a São Bernardo e outros a Santo Agostinho?:  "Acorda-te, piedosíssima Virgem Maria, que desde que o mundo é mundo, jamais se ouviu dizer que nenhum que tenha recorrido a tua proteção, implorado teu auxílio, ou pedido o favor de tua intercessão, tenha sido desatendido por ti”.  Tem um Coração tão bom e bondoso que usa de suas bondades não só com os bons, mas inclusive com os malvados; não só com os fiéis, mas também com os infiéis. Eras compassiva nesta vida com bons e maus, disse o venerável religioso Raimundo Jourdain, abade de Celles.  Tem um Coração tão cheio de bondade que ama inclusive a quem a rejeita e paga com bem a quem lhe faz mal; sacrificou seu próprio Filho por aqueles que o crucificaram.  Finalmente, seu Coração está tão cheio de bondade e benignidade que seus efeitos se sentem por toda parte, em todo tempo, em toda classe de pessoas e em toda classe de necessidades espirituais e corporais. São João Eudes
  4. 4. Diretor: Pe. Álvaro Duarte Torres CJM  Desenho e compilação: Jorge Luis Baquero   espiritualidad.eudista@gmail.com  Facebook: Espiritualidad Eudista Unidad CJM    Tradução: Geovani Ferreira da Costa.

×