Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
ss16
ss16
Loading in …3
×
1 of 16

Oito anos de REA no Brasil (2008-2016): avanços e desafios

0

Share

Download to read offline

Trabalho apresentado no "Seminário em Educação Aberta, Sociedade e Tecnologia" em Maio/2016

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Oito anos de REA no Brasil (2008-2016): avanços e desafios

  1. 1. Oito anos de REA no Brasil (2008-2016): avanços e desafios Priscila Gonsales 17/03/2016
  2. 2. OEC - Consortium Open Education Consultant Ashoka’s fellow Open Education in a Digital Culture https://www.ashoka.org/fellow/pri scila-gonsales http://www.oeconsortium.org/directory/p ssional/priscila-gonsales/
  3. 3. • 192,676 public schools, with enormous social, economic, and cultural differences; • 35.8 million students in elementary school, 32.4 million (90.5%) study in public schools and only 3.4 million (9.5%) in private schools. This extends to high school, where 82.4 % are in public schools. Education in Brazil The big challenge to the public schools in Brazil since the 90’s, when the education access was universalized, is to increase the quality standard (PISA 2014 – out of 76 countries, Brazil is around 60th ranking position) Based on a survey 2014, 1 out of 3 Brazilian children (9-10-year-olds) internet users accessed the Internet on the move (33%), a figure higher than countries such as Romania (15%), Ireland (13%), Portugal (13%) and Belgium (11%). At school one-third of Brazilian children use the Internet (36%) 96% of the teachers use digital materials, but they are not used to share their educational productions
  4. 4. O que é educação aberta? • Práticas pedagógicas diversas que vão além do formato um professor para muitos alunos e do currículo pré-formulado e pouco flexível; • Uso de recursos/materiais educacionais e ambientes online abertos que permitam adaptações e recombinações conforme o objetivo de uso e a identidade local (REA); • Acesso aberto (na maioria da vezes gratuito) a materiais educacionais produzido por instituições governamentais, acadêmicas e empresas; • Autodidatismo do estudante, ubiquidade no aprendizado; • Acessibilidade a portadores de deficiência
  5. 5. Educação aberta como tendência Horizon Report (EUA) – 2014 http://www.nmc.org/nmc-horizon/ Innovation Unit (Reino Unido) – 2015 http://www.innovationunit.org/ TIC Educação - Cetic.br (Brasil) – 2013 e 2014 http://cetic.br/pesquisa/educacao/
  6. 6. Contexto REA Internacional • Estados Unidos – Política de REA (Califórnia, Washington, North Dakota, Virginia, etc). – 2011 a 2014: Trade Adjustment Assistance Community College and Career Training (TAACCCT) - $2 bilhões. –2015: Departamento de Educação anuncia o primeiro advisor para ampliar o acesso aos REA nas escolas. • Polônia – Programa Digital School: Pioneiro no mundo a criar política de livros didáticos abertos • África do Sul – The African Virtual University - OER@AVU: aumentar a participação na criação, organização, disseminação e utilização de REAs; – Siyavula: desenvolvimento e distribuição de materiais de matemática e ciências licenciados abertamente e em diversos formatos.
  7. 7. Advocacy - incentivo a políticas públicas Engajamento de comunidade (+ 12 mil FB) Formação de educadores e gestores Universidades parceiras UFBA, UFPR, Unicamp, FGV, USP, UFG, Unisul Projeto REA.br Apoio financeiro
  8. 8. Ferramentas Conteúdos de Aprendizagem Direito Autoral www.rea.net.br
  9. 9. Política Pública
  10. 10. Mira www.mira.org.br
  11. 11. MEC: avanços e tendências • Workshops com equipes de todas as secretarias em 2013 - foram levantados os principais desafios para adoção de uma política de REA; • Desde 2015 o MEC está disposto a criar uma diretriz de REA no ministério (que pode envolver revisão de editais, contratos e projetos); • Formação diretores e gestores da CAPES responsáveis pela UAB.
  12. 12. Avanço de EA e REA no Brasil 4 ações fundamentais 1 - Formar gestores públicos e técnicos de departamentos jurídicos responsáveis por editais de compras públicas 2 - Buscar apoio do investimento social privado para projetos piloto de educação aberta e REA nos municípios brasileiros 3 - Dialogar com o mercado editorial sobre novos modelos de negócio 4 - Tornar pesquisas acadêmicas na área mais “aplicáveis” na sociedade
  13. 13. prigon@educadigital.org.br www.rea.net.br www.educadigital.org.br Obrigada!!!   

×