Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Recursos Estilísticos Todos Os Recursos

48,908 views

Published on

17 diapositivos -2 (capa, introdução)

Published in: Education
  • Be the first to comment

Recursos Estilísticos Todos Os Recursos

  1. 1. RECURSOS ESTILÍSTICOS2012
  2. 2. Introdução As figuras de estilo são estratégias literárias que os escritores usam nos textos para conseguir um determinado efeito na interpretação do leitor.
  3. 3. Personificação Consiste em atribuir qualidades humanas a tudo o que não seja humano (ideias, animais, plantas, coisas, objetos inanimados, o irracional, etc.)Exemplos:"Entretanto, Lisboa arrojava-se aos meus pés." (Eça de Queirós)"Plácida, a planície adormece, lavrada ainda de restos de calor.“ (Vergílio Ferreira)
  4. 4. Anáfora Consiste em iniciar vários versos ou frases, ou sucessivos membros de frases por uma mesma palavra ou grupo de palavras. A Anáfora pratica-se tanto em prosa quanto em verso.Exemplo:Amor é fogo que arde sem se ver,é ferida que dói e não se sente;é um contentamento descontente,é dor que desatina sem doer,é um não querer mais que bem querer. (Camões)
  5. 5. Adjetivação Expressiva Recurso em que são utilizados adjetivos para caracterizar personagens, objetos,... de maneira a informar melhor o leitor. Existem três tipos de adjetivação. A adjetivação dupla (com dois adjetivos por nome), a tripla (com três adjetivos cada) ou múltipla (com quatro ou mais adjetivos cada).Um exemplo:“(…) os seus dois olhos redondos e agoirentos” Eça de Queiroz
  6. 6. Aliteração Consiste na repetição do mesmo som. Função: dar ritmo e imitar sons.Exemplo:aliteração do R"Ratos Roem Ríspidas Roupas do Rei de Roma dentRo Rabanete" (Matheus Vieira)
  7. 7. Hipérbole Consiste em expressar uma ideia de forma exagerada.Exemplos:“Rios te correrão dos olhos, se chorares (…)” (Olavo Bilac)
  8. 8. Metáfora Consiste na comparação de dois termos sem o uso de um conectivo.Exemplos:"Amor é fogo que arde sem se ver" (Luís de Camões)"Meu pensamento é um rio subterrâneo“ (Fernando Pessoa)
  9. 9. Antítese É a exposição de ideias opostas.Exemplos:“Meus olhos andam cegos de te ver” (Florbela Espanca)
  10. 10. Enumeração Apresentação sucessiva de vários elementos.Exemplo:“Deu sinal a trombeta castelhana / Horrendo, fero, ingente e temeroso.” (Camões)
  11. 11. Comparação Associação entre dois termos diferentes, mas entre os quais algo que permite aproximá-los.Exemplo:“O Amor queima como o fogo.”
  12. 12. Interrogação Retórica Estratégia retórica que consiste na formulação de uma frase interrogativa, dirigida a um destinatário presente ou ausente, sem que se espere obter resposta.Exemplo:“Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal?” - João Manuel Mimoso
  13. 13. Sinédoque Figura que consiste em tomar a parte pelo todo, o plural pelo singular.Exemplo:"Que da Ocidental praia Lusitana“ (para designar Portugal) - Luís de Camões
  14. 14. Perífrase Emprego de muitas palavras em lugar de poucas.Exemplo:"Nos meses de águas vivas“ (no inverno) - Luís de Camões
  15. 15. Apóstrofe Interrupção do discurso para fazer uma invocação de alguém real ou fictício.Exemplo:"Ó mar salgado, quanto do teu salSão lágrimas de Portugal!“ - Fernando Pessoa
  16. 16. Pleonasmo Uso de palavras que parecem desnecessárias por repetirem ideias, mas que servem para dar mais força expressivaExemplo:"Subir para cima, descer para baixo“ -
  17. 17. Eufemismo Expressão que atenua uma realidade violenta.Exemplo:“Ele vivia de caridade pública“ (para não dizer ‘esmolas’)

×