Voluntariado Online:
   Não há nada virtual nisso!




                     Agosto 2006
                     por Jayne Cra...
Então...




  Por que você está aqui?
(Por que você está interessado nesta questão?)



                                 ...
Voluntariado: O que é?
O voluntário é aquele que se compromete com uma
determinada atividade, número de horas e/ou um
    ...
Voluntariado online: O que é?

Refere-se às tarefas realizadas, totalmente
ou em parte, por uma pessoa através da
Internet...
Voluntariado online: Exemplos de tarefas
   •   Traduzir documentos;
   •   Pesquisar diferentes temas;
   •   Criar págin...
Voluntariado online: Exemplos de projetos

             Pessoas com experiência em
            prevenção da HIV/AIDS atuam...
Voluntariado online:
A história de uma organização

 “Temos nove voluntários do projeto consultor AIDS/ HIV e
     desenvo...
Voluntariado online: Impacto real


   Dezenas de testemunhas, tanto voluntários
   online quanto organizações que tenham ...
Quem são os voluntários online?




                                  9 of 34
Quem são os voluntários online?
• Profissionais – advogados, médicos, contadores,
  professores, Web designers, enfermeiro...
Por que participar como voluntário
              online?




                                 11 of 34
Por que participar como voluntário
              online?
   •   As pessoas querem saber mais sobre organizações, empregos,...
Por que envolver voluntários online?




                                   13 of 34
Por que envolver voluntários online?

 •   Eles podem ter as competências e experiências que uma
     organização sem fins...
Advertência…

  Reclamação n º 1 das pessoas
  que querem ser voluntários on-
               line:
quot;Eu me inscrevi par...
Trabalhar online: aspectos positivos

Trabalhando com voluntários online tem
muitos aspectos positivos:

•Qualquer coisa p...
Trabalhar online: aspectos negativos

Trabalhar com voluntários online tem alguns
aspectos negativos:

 • Trabalhar com in...
Voce se sente preparado?
• Já existem voluntários na organização?

• Há tempo disponível?

• É possível assumir o compromi...
Questões que ajudam a identificar se
       estamos preparados
   • Devemos ter certeza que estamos preparados
     (de ac...
Questões chave para obtermos
             êxito no envolvimento de
                 voluntários online

•   O voluntariado...
Compare estas tarefas

Exemplo nº 1

   Revisar a proposta financeira de um projeto
Exemplo nº 1 revisado

  Revisar a pro...
Ao criar tarefas…
• Proporcione um contexto para a tarefa.
    Um voluntário não somente deve saber qual tarefa
    deve f...
Passos do trabalho com
                   voluntários online
2. A organização escreve e divulga uma oportunidade.

3. As p...
Conselhos para a gestão do
                voluntariado online:

•   No processo de divulgação para ser voluntário filtre
...
Conselhos de gestão e apoio
• Escreva regularmente aos voluntários online que têm um
  trabalho (pelo menos duas vezes ao ...
A motivação dos voluntários online
          que retornam

  •A participação dos voluntários online teve
  acompanhamento ...
O ÚLTIMO passo: Recrutamento


 • O recrutamento é o último passo do
   processo – não o primero;


 • Os voluntários onli...
Sugestões para o recrutamento
• Comece com os voluntários presenciais na organização.
  Ofereça-lhes as oportunidades onli...
O que acontece com a segurança
              online?
A Internet não é mais ou menos segura que a interação
face a face. To...
Exemplo de gestão do risco online:
       Confidencialidade
   A probabilidade não é maior de se fornecer uma
   informaçã...
Comparações sobre a gestão do risco
             online
  Um voluntário presencial que ajuda na limpeza de uma
  praia não...
Mais informações sobre voluntariado
              online
   •   www.serviceleader.org/old/vv/
        • O Projeto de Volun...
Esta apresentação foi criada por
           Jayne Cravens
      www.coyotecommunications.com
            Sinzig, Alema...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

ApresentaçãO Janes Cravens Port

3,069 views

Published on

O que é Voluntariado On line?

Published in: Health & Medicine
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,069
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,153
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

ApresentaçãO Janes Cravens Port

  1. 1. Voluntariado Online: Não há nada virtual nisso! Agosto 2006 por Jayne Cravens www.coyotecommunications.com Tradução livre Instituto Voluntários em Ação/SC – IVA/SC www.voluntariosemacao.org.br
  2. 2. Então... Por que você está aqui? (Por que você está interessado nesta questão?) 2 of 34
  3. 3. Voluntariado: O que é? O voluntário é aquele que se compromete com uma determinada atividade, número de horas e/ou um período determinado de trabalho, de forma espontânea e sem qualquer remuneração. Os voluntários podem ser membros da diretoria da organização ou ainda voluntários como advogados, empresários, pessoas que realizam serviços comunitários, entre outros. Também se refere a qualquer pessoa que contribua em comunidades online. 3 of 34
  4. 4. Voluntariado online: O que é? Refere-se às tarefas realizadas, totalmente ou em parte, por uma pessoa através da Internet, a partir de um computador doméstico, do trabalho, da universidade, em internet café ou em um telecentro. É também chamado de voluntariado virtual ou telementores, entre outros nomes. As vezes também é chamado de modo metafórico quot;voluntário em redequot;. O voluntariado online é o mesmo que o teletrabalho, mas, em vez de empregados, envolve voluntários. 4 of 34
  5. 5. Voluntariado online: Exemplos de tarefas • Traduzir documentos; • Pesquisar diferentes temas; • Criar páginas Web; • Editar e preparar projetos e press releases; • Contribuir na elaboração de currículos; • Desenvolver bancos de dados; • Design gráfico; • Oferecer assessoria na área jurídica; • Orientar estudantes; • Assessorar projetos para a juventude; • Moderar grupos de discussão online; • Gerenciar outros voluntários on-line; • Escrever canções; • Criar e editar filmes E muito mais ... 5 of 34
  6. 6. Voluntariado online: Exemplos de projetos Pessoas com experiência em prevenção da HIV/AIDS atuam através de campanhas educativas em vários lugares do mundo contribuindo com o desenvolvimento de projetos de confecção de materiais para a juventude na Tanzânia. 6 of 34
  7. 7. Voluntariado online: A história de uma organização “Temos nove voluntários do projeto consultor AIDS/ HIV e desenvolvimento da juventude. Fornecemos muitos materiais sobre a prevenção e os cuidados de AIDS / HIV. Relatamos quanto à forma de conduzir seminários e debates com os jovens, com os quais aprendemos muito. Através deste projeto também fizemos muitos contatos em instituições internacionais, que nos ajudam a ter um amplo conhecimento sobre AIDS/HIV. São 60 voluntários editando panfletos sobre o HIV/AIDS. Através deste programa, penso que a ONU tenha alcançado os objetivos de capacitar as pessoas, especialmente os que vivem sob a pobreza extrema no mundo”. Tanzânia Meios de Comunicação Social e Desenvolvimento Projeto Juventude www.onlinevolunteering.org 7 of 34
  8. 8. Voluntariado online: Impacto real Dezenas de testemunhas, tanto voluntários online quanto organizações que tenham tido êxito com esse trabalho podem ser consultados em: www.onlinevolunteering.org Exemplos reais do final dos anos 1990 podem ser encontrados no Projeto Voluntariado Virtual www.serviceleader.org/old/vv/ Infelizmente, não há nenhuma pesquisa para medir o impacto do voluntariado online, ou de sua prática. 8 of 34
  9. 9. Quem são os voluntários online? 9 of 34
  10. 10. Quem são os voluntários online? • Profissionais – advogados, médicos, contadores, professores, Web designers, enfermeiros, entre outros • Estudantes • Pais que ficam em casa • Pessoas com deficiência • Idosos • Adolescentes • Mulheres • Não Técnicos • Pessoas tímida • Homens • Pessoas de países desenvolvidos • Técnicos • Pessoas de países em desenvolvimento • Pessoas de grandes cidades • Pessoas em zonas rurais • Pessoas do outro lado da rua • Pessoas do outro lado do mundo 10 of 34
  11. 11. Por que participar como voluntário online? 11 of 34
  12. 12. Por que participar como voluntário online? • As pessoas querem saber mais sobre organizações, empregos, cidades, comunidades, países e culturas, e aprender sobre os temas abordados pelas organizações baseadas em uma missão (sem fins lucrativos, ONG, sociedade civil, etc) .. • As pessoas querem sentir que têm um efeito positivo sobre o mundo; • Também querem exercer as competências que estão aprendendo, ou que já tenham aprendido na escola/universidade ou no trabalho; • Eles querem assumir papéis e responsabilidades que a sua atividade profissional não pode fornecer; • Você pode querer re-ligar e prestar assistência na sua cidade, estado ou país; • Eles querem prestar serviços em qualquer hora do dia, sem ter de mudar de roupas, conduzir um automóvel ou pegar ônibus, encontrar um lugar de estacionamento ou de encontrar um lugar para se hospedar; • Muitos não têm outra maneira de participar como voluntários (por causa das obrigações em casa, deficiência, falta de transporte, etc.) 12 of 34
  13. 13. Por que envolver voluntários online? 13 of 34
  14. 14. Por que envolver voluntários online? • Eles podem ter as competências e experiências que uma organização sem fins lucrativos pode não ter, mas precisa; • Eles podem ter sofisticados softwares ou hardwares que as organizações não possuem; • Eles ajudam a aumentar ainda mais recursos no local, permitindo, assim, que as organizações e voluntários possam ajudar mais pessoas e realizar mais atividades; • Voluntariado Virtual facilita a participação de pessoas antes impedidas por causa de deficiência, compromissos familiares, deveres, dificuldades de transporte ou que tenham problemas com as horas de trabalho voluntário presencial. • Este, por sua vez, permite à organização explorar os benefícios de ter incrementado o talento e os recursos e um maior número e variedade de voluntários. • Eles não exigem espaço físico (mesa, cadeiras, equipamentos, estacionamento). 14 of 34
  15. 15. Advertência… Reclamação n º 1 das pessoas que querem ser voluntários on- line: quot;Eu me inscrevi para trabalhar com uma tarefa. A organização nunca contactou-me. quot; 15 of 34
  16. 16. Trabalhar online: aspectos positivos Trabalhando com voluntários online tem muitos aspectos positivos: •Qualquer coisa pode ser (e normalmente é) escrita, tudo pode ser documentado; •Você não pode julgar as pessoas pela sua aparência; •Estabelecer uma relação de confiança através da performance, não apenas por “por estar presente“; •É possível estabelecer uma relação com as pessoas tímidas e/ou que preferem trabalhar de forma independente. 16 of 34
  17. 17. Trabalhar online: aspectos negativos Trabalhar com voluntários online tem alguns aspectos negativos: • Trabalhar com instruções escritas pode sobrecarregar: muitas palavras, tão pouco tempo… • A maioria das pessoas gosta de interagir face a face, conversar… • Pode parecer que isola; • São raras as oportunidades e reuniões informais (como encontrar as pessoas por acaso na sala do café). 17 of 34
  18. 18. Voce se sente preparado? • Já existem voluntários na organização? • Há tempo disponível? • É possível assumir o compromisso? • É confortável para você trabalhar e comunicar-se online? • O acesso a e-mail e Internet é regular? • Os colaboradores e voluntários presenciais estão informados sobre o voluntariado online? • Há um esboço de uma tarefa simples para o voluntariado online? 18 of 34
  19. 19. Questões que ajudam a identificar se estamos preparados • Devemos ter certeza que estamos preparados (de acordo com o slide anterior); • Comunique-se com seus voluntários presenciais por e-mail (utilize a ferramenta para obter a comunicação on-line); • Identifique e crie tarefas para voluntários online, criando uma forma para orientar voluntários online antes deles começarem uma tarefa; • Faça um mapa de todos os processos que você irá usar para responder rapidamente a cada pedido. • Devemos ter um plano de tarefas que podem ser oferecidas aos candidatos. 19 of 34
  20. 20. Questões chave para obtermos êxito no envolvimento de voluntários online • O voluntariado online deve possuir atribuições claramente definidas, bem escritas e detalhadas. As necessidades e as expectativas são explícitas; • A tarefa deve tornar explícita a forma de ajudar à organização, o público ou a área assistida; • As respostas devem ser rápidas para todas as solicitações. Deve- se aceitar ou rejeitar os pedidos rapidamente; • Não demore na instrução das etapas detalhadas sobre a tarefa para os candidatos aceitos; • É importante que o o material para o trabalho on-line esteja preparado para os voluntários, a fim de que eles possam iniciar a tarefa imediatamente; 20 of 34
  21. 21. Compare estas tarefas Exemplo nº 1 Revisar a proposta financeira de um projeto Exemplo nº 1 revisado Revisar a proposta financeira de um projeto para apresentar a potenciais doadores a fim de obter financiamento e outras doações que ajudarão a prover coordenadores e capacitação aos jovens da cidade de Austin, Texas. 21 of 34
  22. 22. Ao criar tarefas… • Proporcione um contexto para a tarefa. Um voluntário não somente deve saber qual tarefa deve fazer, como também o porquê deve fazer. • Pense como um voluntário. Os voluntários online têm numerosos motivos pelos quais querem ajudar as organizações através do serviço de VO e um destes motivos é saber que seu trabalho online pode impactar na organização ou na comunidade com a qual a organização trabalha. • Há outras idéas sobre como escrever uma tarefa? 22 of 34
  23. 23. Passos do trabalho com voluntários online 2. A organização escreve e divulga uma oportunidade. 3. As pessoas se oferecem para ajudar. 4. A organização avalia os candidatos, podendo pedir informações adicionais a eles. 5. A organização aceita ou rejeita estes candidatos. 6. A organização repassa informações de forma imediata e detalhada sobre os passos seguintes do trabalho aos candidatos que foram selecionados. 7. Os voluntários online trabalham na atividade, fazem perguntas, etc. A organização presta a ajuda solicitada. 8. A organização agradece aos voluntários a sua participação e, talvez lhes ofereça uma nova missão. 23 of 34
  24. 24. Conselhos para a gestão do voluntariado online: • No processo de divulgação para ser voluntário filtre aqueles que não compreendem o verdadeiro compromisso que o voluntariado online exige. • Ofereça materiais de apoio aos voluntários online, tal como se faz habitualmente com os voluntários presenciais (um folheto sobre as políticas da organização, por exemplo). • Registre as atividades dos voluntários online e informe sobre tais atividades a toda organização (da mesma forma que se faz com os voluntários presenciais). • Utilize o espaço da organização na Web, o boletim mensal e todas as ferramentas de comunicação à disposição para compartilhar e promover as histórias de sucesso de voluntariado online (tal como fazem com os voluntários presenciais). 24 of 34
  25. 25. Conselhos de gestão e apoio • Escreva regularmente aos voluntários online que têm um trabalho (pelo menos duas vezes ao mês), para saber do andamento das atividades. Ou, peça-lhes que enviem um comunicado regular sobre os próprios avanços duas vezes ao mês, e responda SEMPRE de forma imediata; • Determine datas de término para o trabalho. Mesmo que a atividade esteja em aberto (como moderar uma discussão online), estabeleça uma data em que os voluntários possam renovar ou abandonar o seu papel; • Mantenha os voluntários informados sobre a equipe, o projeto e a organização. Ajude-os a ver o contexto de suas contribuições; • Reconheça e até premie os voluntários online, da mesma maneira que fazemos com os voluntários presenciais. 25 of 34
  26. 26. A motivação dos voluntários online que retornam •A participação dos voluntários online teve acompanhamento na sua organização? Sim, sim... • Compreender (e se sentir parte) da missão da sua organização. • Entendem de que forma estão contribuindo para a organização. • Se sentem tão reconhecidos quanto os voluntários presenciais. 26 of 34
  27. 27. O ÚLTIMO passo: Recrutamento • O recrutamento é o último passo do processo – não o primero; • Os voluntários online podem estar por todo o mundo ou em qualquer esquina; • O melhor lugar para começar a olhar: entre os voluntários presenciais atuais e anteriores da organização; 27 of 34
  28. 28. Sugestões para o recrutamento • Comece com os voluntários presenciais na organização. Ofereça-lhes as oportunidades online como algo adicional, e peça-lhes sugestões; • Cadastrar-se em uma comunidade(s) no mundo virtual, por exemplo: www.onlinevolunteering.org; • Para a América do Norte: www.volunteermatch.org • Uma opção global: www.idealist.org • Associações de profissionais: grupos de usuários locais de PC/Linux, a associação dos profissionais de recursos humanos, ciências contábeis, etc (depende das oportunidades). • Universidades e negócios locais, empresas locais importantes... (as pessoas tendem a se orientar mais por organizações locais). 28 of 34
  29. 29. O que acontece com a segurança online? A Internet não é mais ou menos segura que a interação face a face. Todos os programas de voluntários, online ou presenciais, apresentam riscos. Os riscos online são evitados do mesmo modo que os riscos presenciais. Através de: • Treinamento; • Políticas e procedimentos; • Compartilhar informação constantemente; • Supervisão; • Software (anti-virus, anti-spyware, firewalls, etc). 29 of 34
  30. 30. Exemplo de gestão do risco online: Confidencialidade A probabilidade não é maior de se fornecer uma informação confidencial a um voluntário inadequadamente do que aos funcionários da organização... Se o voluntário passa pela mesma formação e as mesmas experiências e se ele segue o mesmo estilo de gestão que os funcionários. A confidencialidade se treina/se exercita. Todos os colaboradores, remunerados ou não, precisam de uma ampla formação sobre a informação que pode ser partilhada com o público e o que não pode, seja presencialmente ou on-line. 30 of 34
  31. 31. Comparações sobre a gestão do risco online Um voluntário presencial que ajuda na limpeza de uma praia não é selecionado ou supervisado do mesmo modo que um voluntário presencial que irá ser tutor de crianças e jovens. Por quê? Não se seleciona ou supervisiona da mesma forma voluntários recrutados para encontrar informação on-line para seu site e um voluntário online que irá monitorar filhos mais novos. Por quê? Papéis diferentes online requerem diferentes métodos de seleção e de fiscalização, como são os papéis cara a cara. Em suma: Use as mesmas normas para voluntários on line que se aplicam ao seu voluntário presencial. Mais informações sobre segurança on-line em: www.serviceleader.org/old/vv/safety/ 31 of 34
  32. 32. Mais informações sobre voluntariado online • www.serviceleader.org/old/vv/ • O Projeto de Voluntariado Virtual • www.onlinevolunteering.org • Serviço gratuito das Nações Unidas/UNDP's/UNV's para as organizações que atuam no mundo em desenvolvimento • http://evoluntas.wordpress.com/2006/08/31/g uia-de-voluntariado-virtual/ • Guia em espanhol sobre voluntariado virtual, baseado no Projecto de Voluntariado Virtual • www.coyotecommunications.com/volunteer/ • A investigação sobre voluntariado online • Mitos sobre o voluntariado virtual • Últimas práticas e inovações 32 of 34
  33. 33. Esta apresentação foi criada por Jayne Cravens www.coyotecommunications.com Sinzig, Alemania  Versão em espanhol: tradução participativa de E- Voluntas, com a participação de Angela Jo Medina e Isidro Maya Jariego.  http://listas.us.es/mailman/listinfo/e-voluntas Versão em português: tradução do Instituto Voluntários em Ação/SC – IVA/SC www.voluntariosemacao.org.br Obrigada! 33 of 34

×