Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Manual do empreendedor Broota Brasil

Este Manual foi desenvolvido com o objetivo de familiarizar o empreendedor com o conceito de investimento colaborativo e ajudá-lo a apresentar a sua Startup de modo a despertar o interesse de potenciais investidores, mentores ou parceiros que possam fazer o negócio brotar e ser um sucesso.

Manual do empreendedor Broota Brasil

  1. 1. INTRODUÇÃO É comum à startup ter de captar recursos para crescer e, com a possibilidade de conseguir investimentos por meio da internet, o acesso a investidores e mentores se tornou muito mais fácil e descomplicado. Este Manual foi desenvolvido com o objetivo de familiarizar o empreendedor com o conceito de investimento colaborativo e ajudá-lo a apresentar a sua Startup de modo a despertar o interesse de potenciais investidores, mentores ou parceiros que possam fazer o negócio brotar e ser um sucesso. SEJA BEM VINDO! 2
  2. 2. ÍNDICE Equity Crowdfunding..................................................................................................................4 Como funciona o Equity Crowdfunding Título de Dívida Conversível: o que é? Investidor âncora Principais dúvidas Como montar o perfil da Startup..............................................................................................5 Processo da oferta pública.......................................................................................................13 3
  3. 3. EQUITY CROWDFUNDING
  4. 4. EQUITY CROWDFUNDING O equity crowdfunding é uma modalidade de investimento colaborativo voltado para a captação de recursos a fim de viabilizar empreendimentos. Porém, ao contrário do crowdfunding tradicional, em que o investidor recebe brindes ou mesmo o produto como recompensa pelo capital aportado, no equity crowdfunding o investidor recebe, como contrapartida, uma participação acionária ou um título de dívida conversível em ações das empresas que incentivou a criar. Geralmente, essa participação é vendida em cotas com valores a partir de R$1.000. Os investidores podem retornar seu investimento na forma de recebimento de dividendos, com a abertura do capital da empresa para negociação na Bolsa de Valores ou em uma futura aquisição do negócio por uma companhia maior, com consequente valorização de suas ações. COMO FUNCIONA O EQUITY CROWDFUNDING Por tratar-se de uma oferta pública de valores mobiliários, as captações via equity crowdfunding devem ser informadas à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) segundo regras estabelecidas pela instrução CVM 400. Para facilitar essas operações, a CVM simplificou as concessões para captações de até 2,4 milhões de reais, mas as empresas precisam se enquadrar na categoria de micro e pequenas empresas, de acordo com a legislação vigente no país. 5
  5. 5. EQUITY CROWDFUNDING No Broota, o investimento é realizado no formato de Título de Dívida Conversível, um instrumento muito parecido com uma debênture conversível, que coloca o investidor num primeiro momento como credor de uma dívida, mas lhe dá a opção (e o direito) de converter essa dívida em participação da empresa investida, em situações previamente acordadas entre as partes. Dívida conversível é provavelmente o veículo mais utilizado por investidores- anjos, aceleradoras e fundos de capital semente para investir em negócios embrionários. Como a maioria desses negócios tende a não dar certo, o investidor só vira realmente sócio daqueles negócios que realmente tiverem demonstrado excepcional performance, evitando assim toda a burocracia e o risco de uma sociedade prematura. TÍTULO DE DÍVIDA CONVERSÍVEL O investidor âncora, ou investidor-líder, não é, necessariamente, o primeiro a investir em uma Startup - antes dele amigos, familiares e até outros investidores podem já ter apoiado a iniciativa. O que o difere dos demais investidores é o comprometimento e o tempo que está disposto a dedicar ao negócio. Um investidor-líder raramente irá apostar em mercados, produtos ou times sem clara comprovação de potencial. Neste contexto, o investidor- líder desempenha o papel de filtrar os bons negócios disponíveis no mercado, motivo pelo qual o Broota recomenda aos investidores que invistam em empresas com captação liderada, ou seja, que tem um Investidor âncora com comprovada experiência no mercado da Emissora e que tenha no mínimo R$25mil comprometidos na rodada . Este tipo de captação tem mais chance de êxito, graças à experiência e o papel desempenhado pelo Investidor Âncora. Caso uma Startup não tenha um investidor âncora, ela pode encontrá- lo em nossa plataforma! INVESTIDOR ÂNCORA 6
  6. 6. EQUITY CROWDFUNDING Quais empresas podem captar recursos no Broota? Podem captar recursos as startups brasileiras registradas como sociedades empresárias limitadas (Ltda), enquadradas como micro empresas ou empresas de pequeno porte: àquelas com receita bruta igual ou inferior a R$3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais). Existe um limite máximo a ser captado? Sim, existe um limite anual de até R$2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais). Por que captar através do Broota? Em geral, captar pela internet proporciona ao empreendedor velocidade na captação de investimento; menores custos na captação (acesso a contratos de investimento simplificados, rede de advogados parceiros e uso de tecnologia para organizar e fechar a rodada de investimento) e uma Governança fácil e efetiva (ferramentas que facilitam a prestação de contas e o engajamento de investidores e mentores). A captação no Broota é fácil e rápida, o que possibilita que o empreendedor foque o seu tempo no que sabe fazer de melhor: tocar seu negócio. PRINCIPAIS DÚVIDAS Como é definida a valoração da minha empresa? Cada Startup define sua própria valoração, seja ela através de um fluxo de caixa livre descontado, utilizando-se de comparativos ou qualquer outra metodologia que o empreendedor achar mais apropriada. Essa valoração deve estar calibrada com as expectativas do mercado em que a startup atua e com o estágio em que ela se encontra. Esse valor dependa em grande parte da quantidade de capital disponível para a Startup (famosa lei da oferta e demanda), Startups geralmente possuem valorização na faixa de um a cinco milhões de reais em fases iniciais de validação do negócio. É recomendável que as startups captem recursos online através do Broota com um investidor experiente -um Investidor âncora- já comprometido no negócio. Tais investidores lideram as captações e têm maior chance de precificar corretamente o valor da empresa. Dê uma olhada no artigo do nosso blog Como definir o valor de uma empresa que ainda não tem receita 7
  7. 7. EQUITY CROWDFUNDING Quais são os principais direitos dos investidores? 1) Conversão: em primeiro lugar, converter o Título em ações preferenciais da empresa no seu vencimento; em algum dos eventos de liquidez estipulados no contrato; ou caso a empresa se transforme em uma S/A; 2) Resgate: resgatar o Título no seu vencimento, acrescido da remuneração estipulada no documento. 3) Tag Along: vender sua participação na empresa caso o controlador receba uma oferta de compra pelo controle da mesma; 4) Cessão: vender seu Título de Dívida para outros investidores, desde que estes últimos tenham a qualificação necessária exigida pela empresa, no momento da Oferta; 5) Governança: receber informações trimestrais compostas por demonstrativos de resultado e evolução dos indicadores-chave do plano de negócio; cópia das atas de reunião de sócios; e data e forma da participação no encontro anual da administração da empresa Emissora. PRINCIPAIS DÚVIDAS 8
  8. 8. MONTAR O PERFIL DA STARTUP
  9. 9. COMO MONTAR O PERFIL DA STARTUP Se você está em busca de um potencial investidor, mentor, ou novos parceiros, ter um perfil de negócio bem estruturado é fundamental para atrair o interesse e gerar maior engajamento. Não tenha medo de disponibilizar seus dados, as pessoas não roubam ideias que já estão sendo desenvolvidas. Foque em compartilhar as informações mais pertinentes e em criar um perfil ideal: claro, conciso e que descreva com precisão a sua Startup. Saiba como preencher o perfil de sua Startup criando uma apresentação de impacto em apenas 11 passos! 1. ELEVATOR PITCH No Broota, valorizamos bons perfis, pois é substancial para uma Startup atrair o interesse de potenciais investidores, mentores ou parceiros. Por isso, quanto mais completo o perfil da startup, maior o destaque que será dado a ela em nossa plataforma. Sintetize o seu negócio em uma frase de efeito, um slogan que atraia a atenção para seu perfil, acentuando a curiosidade dos potenciais investidores, mentores e parceiros pela sua Startup. 2. INFORME O ESTÁGIO EM QUE SUA STARTUP SE ENCONTRA O capital intelectual que os investidores podem oferecer varia de acordo com o estágio em que as startups se encontram. Podemos dividir as startups em três estágios: - Pré-operacional: No estágio pré-operacional, você já identificou o problema que sua startup irá atacar e a solução para ele, mas ainda está desenvolvendo o seu produto. · Validação: Na validação, você já tem o MPV (Mínimo Produto Viável, ou seja, o produto básico). Neste estágio, as métricas são fundamentais para se acompanhar desempenho e fazer os ajustes necessários para alavancar o negócio com os potenciais clientes. · Expansão: Quando a sua Startup já possui um modelo de negócio escalável e está pronta para se consolidar no mercado e aumentar seu lucro e base de clientes, ela se encontra na fase de expansão. DICA 10
  10. 10. COMO MONTAR O PERFIL DA STARTUP De forma direta e concisa, apresente o seu negócio: qual o propósito de sua empresa, como é o seu produto/serviço (suas principais características e funcionalidades), qual o seu modelo de negócio e suas principais fontes de receita. 3. DESCREVA SUA STARTUP O storytelling é uma forma de angariar a atenção de investidores, mentores, parceiros e até clientes, fazer com que o seu público se identifique com o negócio. Ao apresentar o seu propósito, fale sobre o problema que a sua Startup ataca e então introduza o seu produto ou serviço como uma solução para este problema. DICA 4. DISPONIBILIZE IMAGENS E/OU VÍDEOS É importante que o investidor possa visualizar o seu negócio. Neste sentido, disponibilizar imagens e vídeos é fundamental para ilustrá-lo, além de tornar o seu perfil mais atraente. 5. APRESENTE A SUA EQUIPE Os investidores não estão apenas interessados no negócio, mas também na capacidade e no potencial da equipe de fazer com que a Startup supere os obstáculos e seja um sucesso. É importantíssimo, então, apresentar a sua equipe, apontando o papel de cada um, suas competências e experiências e o que os torna o time ideal para este negócio. Apresente também seus mentores, investidores ou outros parceiros estratégicos que dão credibilidade ao negócio e podem ser considerados um diferencial para os investidores. Se você ou outro fundador já criou negócios e sucedeu em trazer lucro aos investidores, mencione isso, demonstrando assim a experiência e o potencial do time. 6. DIFERENCIAL COMPETITIVO Apresente o cenário competitivo em que sua Startup está inserida e então descreva o que diferencia a sua Startup das demais que concorrem no mercado, quais as suas vantagens competitivas. Compartilhe as tecnologias que utiliza ou planeja utilizar. 7. APRESENTE O SEU CLIENTE Forneça informações sobre o potencial de seu mercado, com análises quantitativas e qualitativas para então descrever os seus clientes (ou público- alvo): quem são, como se comportam, com que frequência compram os seus produtos, entre outras coisas. Caso sua Startup já possua clientes, compartilhe quantos clientes já possui, como é o seu relacionamento com eles. Caso tenha algum cliente especial, cite-o a fim de agregar valor ao seu negócio. 11
  11. 11. COMO MONTAR O PERFIL DA STARTUP É importante que o investidor entenda como os clientes podem comprar o seu produto/ serviço. Cite estratégias de marketing e de vendas e os canais que utiliza para atrair os clientes. Caso você ainda não distribua o seu produto, compartilhe a estratégia que utilizará, se possui parcerias com distribuidores ou plataformas eletrônicas. Mostrar que possui uma estratégia real para atingir o cliente, mesmo que ainda não a colocou em prática, dá mais credibilidade ao empreendedor. 8. COMO É A SUA DISTRIBUIÇÃO Se a sua Startup está em expansão e tem bons resultados financeiros, apresente sua performance financeira, a fim de demonstrar aos investidores e mentores o potencial de seu negócio DICA 9. DISPONIBILIZE MÉTRICAS Gráficos e trações são essenciais pois são atributos que revelam o tempo necessário para que uma startup comece efetivamente a crescer. Apresente gráficos que mostrem o número de clientes ou usuários conquistados em um determinado período de tempo, o crescimento do tráfego em um site ou até mesmo da receita de sua startup. Slide Deck é a apresentação do negócio direcionada para os investidores, que contém informações mais resumidas sobre o mercado, as projeções financeiras e sobre a necessidade de investimento e como será a distribuição dos recursos captados. 10. COMPARTILHE O SEU SLIDE DECK 12 11. PREENCHA SUA GOVERNANÇA Na parte de governança, disponibilize informações chave sobre o seu negócio como burn rate (custo médio mensal), receita mensal média, percentual do capital social retido pelos fundadores e outras informações. Esta informação será mantida privada para startups que não estão captando, podendo ser acessada apenas por usuários com acesso privilegiado.
  12. 12. PROCESSO DA OFERTA
  13. 13. PROCESSO DA OFERTA PÚBLICA Atualização Atualizar o perfil da Startup no Broota. Diligência Empresa deve contratar seu próprio advogado para a oferta. Broota disponibilizará modelos de contratos utilizados em Ofertas Públicas anteriores. Processo junto à CVM (instrução CVM 400): - Adaptar o deck para CVM: Disponibilizamos um template com adequações necessárias para as empresas cumprirem todos os requisitos da CVM. Confira o modelo indicado aqui: http://fr.slideshare.net/BrootaBrasil/templates-ofertas- pblicas -Se necessário, o Broota ajuda a protocolar a Oferta Pública na CVM Início da Captação Pública pelo Broota Se 100% do valor a captar for alcançado, os investidores transferirão os recursos diretamente para a startup em troca de Títulos de Dívida Conversíveis. 1 14 2 3 4
  14. 14. Alguma dúvida? Visite nosso FAQ ou mande sua pergunta: contato@broota.com.br camila.nasser@broota.com.br Ajude-nos a melhorar o Broota Responda a este questionário com sugestões para implementarmos na plataforma.

×