Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

BOF LATAM: CVC

1,725 views

Published on

Published in: Business
  • Be the first to comment

BOF LATAM: CVC

  1. 1. Inovando  a  Gestão  Estratégica  de  TI    
  2. 2. Um  passo  à  frente  da  concorrência  •  A  CVC  faz  tudo  por  uma  boa  viagem.  Por  isso  trabalha  para  transformar  essa  experiência   na  melhor  conquista  da  vida  dos  seus  clientes,  através  de  novas  tendências  e  ampla  rede   de  produtos  e  serviços  turís=cos.  É  essa  forma  de  pensar  que  estabelece  a  CVC  como  a   maior  operadora  de  turismo  da  América  La=na.  •  O  compromeBmento  social,  a  solidez  e  a  inovação  propiciaram  notoriedade  e   visibilidade  junto  ao  público.  Conheça  um  pouco  da  nossa  história:   1972  -­‐  Nascimento  da  Agência  de  Viagens  CVC   1978  -­‐  Dá-­‐se  início  à  organização  de  grupos  de  viagem   1983  -­‐  Inauguração  das  primeiras  lojas  fora  do  ABC  Paulista   1992  -­‐  A  CVC  começou  a  fretar  aviões  para  uso  exclusivo  de  seus  passageiros   1997  -­‐  Começou  a  vender  pacotes  para  a  Europa  e  Ásia.   2000  -­‐  Inaugurada  a  primeira  Loja  Virtual  de  Turismo  do  Brasil   2009  -­‐  Durante  o  World  Travel  Market  (WTM),  em  Londres,  a  CVC  recebeu  homenagem   2010  -­‐  Carlyle,  um  dos  maiores  fundos  de  private  equity  do  mundo,  anuncia  a  aquisição  de  63.6%  do  controle  da  CVC   2012  -­‐  O  ano  começa  já  com  um  obje=vo  certo:  iniciar  contagem  regressiva  para  os  40  anos  da  CVC  
  3. 3. vídeo  insBtucional...  
  4. 4. Desafio  de  Negócio  •  Cenário  idenBficado  em  fevereiro  de  2012   –  Novo  CIO  na  CVC   –  Mudanças  organizacionais  em  função  de  profissionalização  da  gestão   –  Falta  de  formalização  da  Estratégia  de  TI  com  integração  das  ações  e  necessidades  das   áreas  de  negócio   –  A  maturidade  em  termos  de  governança  e  processos  ainda  estava  em  evolução   –  Necessidade  de  visão  de  curto,  médio  e  longo  prazos  •  Desafio   –  Definir  a  estratégia  de  TI  e  modelos  de  suporte  (governança  e  processos)  para  a  área  de   TI,  assim  como  as  ações/projetos  que  devem  ser  realizadas  entre  2012-­‐2014  para  dar   suporte  a  esta  estratégia  de  negócio  da  CVC.  •  Como  aBngir  o  Desafio?   –  Elaborando  um  ciclo  de  desenvolvimento  estratégico  com  uma  abordagem  inovadora    que   envolvesse  e  engajasse  um  grupo  de  gestores  internos  (TI  e  Negócio)  e  resultasse  em   novos  direcionadores,  modelos  de  suporte  e  ações/projetos  de  curto,  médio  e  longo   prazos  para  a  área  de  TI  da  CVC.  
  5. 5. Experiência  de  Inovação  
  6. 6. -­‐  Experiência  de  Inovação          Entrevistamos,  entendemos  o  ambiente                e  o  histórico,  notas  de  auditorias    
  7. 7. Experiência  de  Inovação  (1)  Explorar  |  Mapeando  a  estratégia  de  negócio  e  diagnosBcando  a  área  de  TI   Construção  do  BMG     (Business  Model  GeneraBon)   CorporaBvo   Análise  estruturada  de  Importância   X  Performance     dos  processos  de  TI   Mapeamento  da  Matriz  SWOT  da   área  de  TI  
  8. 8. -­‐    Experiência  de  Inovação    -­‐  BMG  -­‐  Modelos  de  Governança    e  Processos  de  TI    -­‐    Workshop  Estratégia  de  TI    
  9. 9. Experiência  de  Inovação   (2)  Construir  |  Construindo  a  estratégia  de  TI   Mapa  de  EmpaBa   -­‐  conhecer  idenBdade  dos  clientes  Sessões  de          design  thinking  
  10. 10. Mapa  de  EmpaBa  -­‐  conhecer  idenBdade  dos  clientes  
  11. 11. Experiência  de  Inovação   (2)  Construir  |  Construindo  a  estratégia  de  TI  Sessões  de          design  thinking   Construção  do  BMG     (Business  Model  GeneraBon)   -­‐  definir  modelo  
  12. 12. Construção  do  BMG    (Business  Model  GeneraBon)  -­‐  definir  modelo  
  13. 13. Experiência de Inovação(2) Construir | Construindo a estratégia de TI
  14. 14. Experiência  de  Inovação  (2)  Construir  |  Definindo  o  modelo  de  governança  de  TI  e  mapa  de  processos   •  6  Componentes  harmonizados  da  Governança  de   TI   •  Modelo  de  Tomada  de  Decisão  de  TI   •  Estrutura  de  Comitês  de  TI   •  Atribuições  dos  Comitês  de  TI   Modelo de Processos de TI CVC Processos de TI - Visão Executiva Modelo de Negócios da Organização Clientes | Produtos | Processos | Parceiros Padronização e Integração Desejadas ·∙   Tranformações •  Relacionamento  entre  os  Comitês  de  TI   Modelo de Governança no Negócio com Planejar e Gerenciar o Gerir a Qualidade, Gerir as Finanças, uso de ·∙   Oportunidades Alinhamento e a Riscos Pessoas e Arquitetura de TI e Segurança Fornecedores Tecnologia ·∙   Necessidades ·∙   Corporação ·∙   Áreas de Negócios ·∙   Área de TI ·∙   Usuários Finais ·∙   Soluções para Demandas de Negócios •  Matriz  RECI  dos  Comitês  de  TI   •  Frameworks  de  Mercado   ·∙   Indústria do Negócio Desenvolver Prover Soluções e ·∙   Indústria de TI Projetos, Gerir o Ambiente Assistência aos Manutenções e Operacional Interfaces Usuários ·∙   Serviços de entre a Melhorias TI e o Negócio Qualidade Page 1 Entradas Estrutura Recursos Aplicações | Informação | Infra-estrutura | Pessoas Orçamento | Fornecedores Modelo de Processos Integrados de Tecnologia da Informação Saídas PROIBIDO UTILIZAR SEM PERMISSÂO! •  Visão  ExecuBva  dos  Processos  de  TI   •  Mapa  de    Processos  de  TI   Processos de Apoio Prover Inovação com o Comitês de Orçamento e uso da Tecnologia Princípios e Tecnologia da Qualidade em Finanças Planejamento e Estratégias da Informação Processos e Governança Organização Serviços •  Inventário  de  Processos  de  TI   (+) Orçamento de TI (+) Alocação e Gestão de Custos Organização e Alinhamento Estratégico (+) Planejamento Estratégico de TI (+) Procsssos, Políticas e Alinhamento, (+) Gestão do Portfólio de Projetos (PMO) Metodologias de TI Pessoas Priorizações e (+) Gestão dos Comitês de TI (+) Catálogo E Gestão de Serviços Direcionamento (+) Gestão da Comunicação da TI (+) Gestão de Indicadores e Demandas Estratégico (+) Gestão da Inovação Melhoria Contínua Estratégicas das Áreas (+) Gestão de Pessoas de Negócios e TI Aquisições e Retorno dos Arquitetura e Riscos e Contratos Investimentos Tecnologia Segurança •  Macroprocessos  de  TI   Tendências da Analistas de (+) Arquitetura Empresarial (+) Definir e Manter Políticas e Regras de Segurança (+) Acompanhamento de Indústria do Negócio e Contratos e Fornecedores Negócio e (+) Arquitetura Tecnológica (+) Gerenciar Riscos de TI Riscos Gerenciados e da TI Arquitetos de TI (+) Gerenciar Auditorias (+) Desenvolvimento de Mitigados Fornecedores Demandas, Soluções, Processos Fins Agilidade e Inovação com a Arquitetura Escopo aprovado Demandas Tecnológica Short list de fornecedores Operacionais das Recursos Otimizados Áreas de Negócios Demandas Produção •  Processos  de  TI   Demandas aprovadas Projetos Autorização para e priorizadas entrada em produção (+) Gestão de Demandas Pré-Projetos Novos itens de confguração Transparência e Controle (+) Gestão de Continuidade (+) Gestão de Projetos e ativos (+) Gestão da Operaçãp Dúvidas, Informações e Sugestões (+) Gestão de Pré-Projetos Service Desk Projeto homologado Mudanças Lista de causas-raiz priorizadas Serviços de Qualidade Sugestões de solução Mudança impantada com sucesso Configurações e Ativos (+) Gestão de Mudanças Solicitações de Ajuda e de Serviços de Incidentes Infra-estrutura Alertas de capacidade (+) Banco de Configurações Projetos Implementados Problema identificado Planos para (+) Inventário de HW e SW Relatório indicadores SD Problemas contingenciamento (+) Licenciamento de Software (+) Gestão de Incidentes Status dos componentes Performance e críticos Assistência e Suporte em Sistemas e (+) Gestão de Problemas Capacidade Ambiente Estável Serviços de Catálogo e Infraestrutura Requisições Acordos de Níveis de Serviços (+) Monitoração da Capacidade e Disponibilidade (+) Análise de Impacto de Novas Demandas (+) Gestão de Requisições PROIBIDO UTILIZAR SEM PERMISSÂO!
  15. 15. -­‐    Experiência  de  Inovação        Gerar  propostas  de  ações                (ou  projetos  ou  inicia=vas)                através  do  Webstorm    
  16. 16. Experiência  de  Inovação  (3)  Colaborar  |  Engajando  a  comunidade  para  gerar  potenciais  ações  e  projetos   Cartazes  moBvacionais     para  engajamento  dos  par=cipantes  
  17. 17. Experiência  de  Inovação  (3)  Colaborar  |  Engajando  a  comunidade  para  gerar  potenciais  ações  e  projetos   Ambiente  online  colaboraBvo  
  18. 18. Experiência  de  Inovação  (3)  Colaborar  |  Engajando  a  comunidade  para  gerar  potenciais  ações  e  projetos   Prêmios  e  reconhecimento  
  19. 19. -­‐    Experiência  de  Inovação    -­‐  Validar  Estratégia,  Governança  e  Processos  -­‐  Definir  as  ações  
  20. 20. Experiência  de  Inovação  (4)  Definir  |  Selecionando  as  ações  e  projetos  para  o    Porkólio  Estratégico  de  TI  2012-­‐2014     Indicadores:     As  105  ideias     foram  organizadas  em     27  iniciaBvas  e  relacionadas  ao  Road   Map  de  TI   Criação  do  Porkólio  de  Ações     e  Projetos  de  TI  2012-­‐2014  
  21. 21. -­‐    Experiência  de  Inovação    -­‐  Comunicação  e  Gestão  
  22. 22. Experiência  de  Inovação  (5)  Comunicar  |  Divulgando  os  resultados  da  iniciaBva   •   Feedback  aos  parBcipantes   •   Reunião  de  resultados  com  board  
  23. 23. Experiência  de  Inovação   Resultados  e   Indicadores  
  24. 24. Experiência  de  Inovação   Alguns     indicadores...  
  25. 25. Planos  Futuros  •  Equipe   –  Gerar  maior  engajamento  de  todos  os  profissionais  de  maneira  simples  e  transparentes   –  Encorajar  a  disseminação  de  ideias  e  novas  soluções  de  negócio   –  Maximizar  a  percepção  de  valor  agregado  dos  profissionais  no  dia  a  dia  da  TI  e  nos  projetos  •  Tecnologia   –  Preparar  as  equipes  para  um  processo  mais  estruturado  de  pesquisa  e  desenvolvimento  de  soluções  no   setor   –  Criar  laboratórios  de  novas  soluções  e  fóruns  específicos  relacionados  com  a  aplicação  das  tecnologias   dentro  do  negócio   –  Criar  o  conceito  de  piloto  de  novas  soluções,  permi=ndo  que  isso  seja  aplicado  na  pra=ca.  •  Governança   –  Solidificar  a  aplicação  dos  melhores  processos  e  métodos   –  Disseminar  esse  conhecimento  dentro  da  TI,  principalmente  no  que  se  refere  ao  valor  que  isso  agrega  tanto   para  a  empresa  quanto  para  o  profissional   –  Mostrar  o  resultado  que  tudo  isso  traz  para  a  empresa  e  para  os  profissionais  que  estão  envolvidos  nesse   processo   –  Reinventar  a  TI  sempre  que  possível  
  26. 26. Mensagem  Final  •  Tecnologia  é  construída  para  suportar  os  processos  que  são  usados  pelas  pessoas.    •  Os  processos  devem  ser  simples,  facilitando  a  vida  pessoas  que  usam  esses  processos;  •  A  tecnologia  pode  ser  sofis=cada  para  quem  faz,  mas  sempre  simples  para  que  usa.  •  O  que  tudo  isso  mostra  é  que  precisa  exis=r  uma  relação  real  “win  X  win”  entre  todos   eles.  •  A  inovação    tem  que  garan=r  isso     Miguel  Alcântara   CIO   miguelalcantara@cvc.com.br   www.cvc.com.br        

×