Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

607 views

Published on

Na 5ª edição do Prêmio ODM Brasil, nesta sexta-feira (23), em Brasília, a presidenta Dilma Rousseff exaltou as conquistas do País em relação aos Objetivos do Milênio firmados com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Ela fez um balanço sobre os resultados apresentados no relatório do PNUD, no qual destacou a redução da desigualdade social, graças a programas como o Bolsa Família e o Brasil sem Miséria.

O 5º Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio reúne informações atualizadas sobre a situação dos ODM nas diversas regiões brasileiras. A coordenação do documento ficou a cargo do Ipea e da Secretaria de Planejamento e Investimento Estratégico do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Saiba mais: http://goo.gl/bf0g4z

Published in: Government & Nonprofit
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
607
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

  1. 1. V(Relatório(Nacional(de(Acompanhamento(dos(ObjeFvos( de(Desenvolvimento(do(Milênio(( Marcelo(Neri(+(SAE( ( ( ( (
  2. 2. ObjeFvos(do(Milênio(
  3. 3. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! ODM(1(META(A( Global:(Até!2015,!reduzir!a!pobreza!extrema!à!metade!do!nível!de!1990! Brasil:(Até!2015,!reduzir!a!pobreza!extrema!a!um!quarto!do!nível!de!1990! ! ODM(1(META(B( Assegurar!trabalho!decente!e!produBvo!para!todos,!promovendo!a! inclusão!de!mulheres!e!jovens! ! ODM(1(META(C( Global:(Até!2015,!reduzir!a!fome!à!metade!do!nível!de!1990! Brasil:(Até!2015,!erradicar!a!fome! ! PolíFcas(Públicas( ( 1.!Bolsa!Família;!2.!Brasil!Sem!Miséria!(BSM);!3.!Brasil!Carinhoso;!! 4.!PRONATEC!BSM;!5.!Programa!de!Aquisição!de!Alimentos!(PAA)!
  4. 4. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Taxa(de(Pobreza(Extrema( (%)( R$!70/mês! US$!1,25/dia! 13,4! 25,5! 7,9! 11,3! 4,2! 4,2! 3,6( 3,5( 1990( 2002( 2011( 2012( 0 5 10 15 20 25 30 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Em!2012,!o!Brasil!foi!um!dos! países!que!mais!contribuiu! para!o!alcance!global,!ao! reduzir!a!pobreza!extrema!a! menos!de!um!séBmo!do!nível! de!1990.!
  5. 5. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Hiato(de(Pobreza(Extrema( (%)( R$!70/mês! US$!1,25/dia! 5,2! 11,0! 3,6! 4,9! 2,3! 2,3! 2,0( 1,9( 1990( 2002( 2011( 2012( 0 2 4 6 8 10 12 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  6. 6. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Desigualdade(de(Renda( (%)! 20%!mais!ricos! 20%!^!80%! 20%!mais!pobres! Gini! 65,2! 32,7! 2,2! 0,612! 63,0! 34,5! 2,5! 0,587! 57,2! 39,5! 3,3! 0,527! 57,1( 39,5( 3,4( 0,526( 1990( 2002( 2011( 2012( 0,48 0,53 0,58 0,63 0,68 0,73 0,78 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Gini Porcentagem(da(renda(total 1990 1992 1994 1996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 A!camada! intermediária! recebeu!a!maior! parte!da!parcela!de! 8%!da!renda! nacional!perdida! pelos!20%!mais! ricos!no!período.!
  7. 7. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Taxa(de(Pobreza(Extrema(R $70,00/mês!(em!%)! 0!a!6!anos! 7!a!14!anos! 15!a!19!anos! 20!a!29!anos! 30!a!44!anos! 45!a!64!anos! 65!ou!mais!anos! ! 21,31! 19,20! 12,00! 8,85! 10,89! 8,48! 7,98! 14,67! 12,80! 8,32! 6,28! 6,50! 4,37! 0,94! 7,38! 6,83! 5,29! 3,59! 3,72! 2,94! 0,78! 5,99( 5,85( 4,20( 3,16( 3,11( 2,69( 0,73( 1990( 2002( 2011( 2012( 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  8. 8. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Simulação(do(potencial(de(redução(da(taxa(de(pobreza(extrema(por( idade(do(novo(desenho(de(bene^cios(do(Programa(Bolsa(Família((em(%)! 0! 2! 4! 6! 8! 10! 12! 0! 2! 4! 6! 8! 10! 12! 14! 16! 18! 20! 22! 24! 26! 28! 30! 32! 34! 36! 38! 40! 42! 44! 46! 48! 50! 52! 54! 56! 58! 60! 62! 64! 66! 68! 70! 72! 74! 76! 78! 80! Sem!Bolsa!Família! Com!o!Bolsa!Família!de!2011! Com!o!Bolsa!Família!de!2013!
  9. 9. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Taxa(de(Pobreza(Extrema(R $70,00/mês!(em!%)! Homens! Mulheres! Brancos! Negros! Rural! Urbano! 13,3! 13,4! 8,0! 20,1! 30,0! 7,3! 8,1! 7,7! 4,5! 11,8! 19,7! 5,7! 4,0! 4,3! 2,6! 5,7! 11,0! 3,1! 3,5( 3,6( 2,1( 4,8( 9,3( 2,6( 1990( 2002( 2011( 2012( 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  10. 10. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Norte! Nordeste! Sudeste! Sul! Centro^Oeste! 7,5! 28,4! 6,2! 8,3! 8,3! 8,5! 17,0! 3,8! 3,2! 5,0! 5,0! 9,2! 2,0! 1,6! 1,9! 3,8( 7,3( 2,0( 1,5( 1,7( 1990( 2002( 2011( 2012(Taxa(de(Pobreza(Extrema(R $70,00/mês!(em!%)! 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  11. 11. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Taxa(de(Pobreza(Extrema(R $70,00/mês!(em!%)! 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Maranhão Piauí Ceará Rio!Grande!do!Norte Paraíba Pernambuco Alagoas Sergipe Bahia
  12. 12. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Brasil! Ext.!Pobres! 64,1! 61,6! 61,6! 50,0! 61,6! 31,2! 61,7( 29,6( 1992( 2002( 2011( 2012(Taxa(de(ocupação(da( população(em(idade(aFva(( (em!%)! 0 10 20 30 40 50 60 70 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  13. 13. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! R$!70/mês! US$!1,25/dia! R$!70/mês!^!Formais! 9,7! 15,2! 1,7! 4,7! 6,9! 0,4! 1,7! 1,7! 0,1! 1,4( 1,3( 0,1( 1992( 2002( 2011( 2012(Taxa(de(pobreza(extrema(dos( ocupados(e(dos(ocupados(formais( (em!%)! 0 2 4 6 8 10 12 14 16 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 A!taxa!cai!para!0,08%!ao!se! considerar!a!linha!nacional!de! extrema!pobreza!e!apenas! trabalhadores!com!ocupação! formal!
  14. 14. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Conta!própria!e!não!remunerados! Formalização!! Formalização!ext.!Pobres! 30,9! 46,0! 8,0! 29,5! 44,3! 3,4! 22,2! 56,8! 4,1! 21,1( 57,8( 3,4( 1992( 2002( 2011( 2012(Ocupações(potencialmente( precárias(e(formalização(( (em!%)! 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 0 10 20 30 40 50 60 70 O!nível!de! formalização!oscilou! em!torno!dos!46%!da! população!ocupada! de!1992!até!2005.!! A!parBr!de!então! começou!a!se!elevar,! alcançando!quase! 58%!em!2012.!
  15. 15. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! 2006! 1996! 1989! 1989( 1996( 2006( 7,1( 4,2( 1,8( Abaixo(de(2,3%(( pode2se(considerar(( estaFsFcamente(( erradicada.( Desnutrição(na(infância((em(%)( (Desnutrição!aguda!^!peso!abaixo!do!esperado!para!a!idade)!!
  16. 16. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! 2006! 1996! Desnutrição(aguda(( (peso!abaixo!do!esperado!para!a!idade)!! 5,4 6,3 3,6 1,4 1,7 3,2 2,2 1,4 1,9 1,5 Norte Nordeste Sudeste Sul Centro2Oeste
  17. 17. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! 1989( 1996( 2006( 19,6( 13,4( 6,7( Queda(de(6,1%(ao(ano( 2006! 1996! 1989! Desnutrição(crônica( (altura!abaixo!do!esperado!para!a!idade)!!
  18. 18. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! 2006! 1996! Norte Nordeste Sudeste Sul Centro2Oeste 20,7 22,1 7,2 7 10,7 14,8 5,8 5,7 8,4 5,5 Desnutrição(crônica( (altura!abaixo!do!esperado!para!a!idade)!!
  19. 19. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Fome(e(miséria( ^!A!taxa!de!extrema!pobreza!rompeu!a!barreira!dos!4%,!se! reduzindo!a!3,5%!da!população,!próximo!do!que!pode!ser! chamado!de!superação!de!pobreza!extrema.!! ! ^!O!Brasil!alcançou!a!meta!de!redução!da!extrema!pobreza! em!menos!de!5!anos.!O!ritmo!da!queda!ocorreu!a!uma! velocidade!cinco!vezes!mais!rápida!que!o!previsto!na!ODM1!e! está!diretamente!relacionada!ao!advento!do!Programa!Brasil! Sem!Miséria!e!às!mudanças!no!desenho!do!Bolsa!Família!a! parBr!de!2011.!! ! !
  20. 20. 1.(Acabar!com!a!fome!e!a!miséria! Fome(e(miséria( ^!A!ocupação!formal!é!uma!das!principais!vias!para!a!emancipação! sustentável!da!pobreza!extrema:!a!incidência!da!pobreza!extrema!é! de!apenas!1,3%!entre!os!ocupados,!e!menor!que!0,1%!entre!os! ocupados!com!vínculos!formais!(carteira!de!trabalho!para! empregados,!contribuição!previdenciária!para!as!demais! categorias).!! ! ^!As!reduções!na!taxa!de!pobreza!extrema!foram!expressivas!para! todos!os!grupos!sociais!definidos!por!sexo,!idade!e!raça,!e!em!todas! as!regiões!e!grupos!educacionais.! ! ^!O!país!adotou!voluntariamente!metas!mais!ambiciosas!do!que!as! acordadas!originalmente!nos!ODMs.!(i)!reduzir!a!pobreza!extrema! a!um!quarto!do!nível!de!1990;!e!(ii)!erradicar!a!fome.!
  21. 21. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! ODM(2(META(A( Até!2015,!garanBr!que!meninos!e!meninas!tenham!a! oportunidade!de!terminar!o!ensino!primário! ! PolíFcas(Públicas( ( Índice!de!Desenvolvimento!da!Educação!Básica!(Ideb)! ! Aumento!do!invesBmento!público!em!educação!
  22. 22. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! Brasil! Chefe!analfabeto! Chefe!com!curso!superior! 81,2! 65,0! 97,5! 95,1! 90,6! 98,6! 97,4! 95,4! 98,7! 97,7! 95,9! 99,4! 1990( 2002( 2011( 2012(Taxa(de(escolarização(da(população( 7!a!14!anos!de!idade!no!ensino!fundamental!(%)! 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  23. 23. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! Taxa(de(adequação(da( idade(para(a(série((em!%)! 1990! 1996! 2001! 2006! 2012! 76,6! 83,1! 90,8! 93,5! 94,5! 47,2! 58,3! 71,9! 81,1! 81,3! 36,7! 45,7! 57,8! 70,3! 73,5! 30,4! 35,6! 47,4! 56,7! 62,5! 9(anos( 12(anos( 15(anos( 17(anos( Curvas sobem e inclinação diminui =MELHOR FLUXO 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 9(anos 10( anos 11( anos 12( anos 13( anos 14( anos 15( anos 16( anos 17( anos
  24. 24. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 1990 1992 1994 1996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 Todos Homens Mulheres Brancos(e(amarelos Pretos,(pardos(e(indígenas Superior Extremamente(pobres Taxa(de(adequação(da(idade(para(a(série((em!%)! Diferença( entre( extremamente( pobres(e( chefes(com( curso(superior(
  25. 25. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! AlfabeBzação! Primária! Fundamental! Fundamental!negros! Fundamental!ext.!pobre! 90,3! 59,9! 33,6! 22,8! 6,9! 96,2! 68,6! 57,5! 45,5! 20,9! 98,5! 83,4! 75,8! 69,7! 53,6! 98,7( 84,0( 76,8( 70,7( 52,9( 1990( 2002( 2011( 2012( 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Educação(dos(jovens(de(15(a(24(anos( (em!%)!
  26. 26. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! 1990 1997 2004 2011Ensino médio 1990 1997 2004 2011 Ensino(superior 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 1995 1997 1999 2001 2003 2005 2007 2009 2011 Creche(ou(pré2escola Todos MulheresPretos,(pardos(e(indígenas Extremamente(pobres20%(mais(pobres 20%(mais(ricosRural Taxas(de(escolarização(( (em!%)!
  27. 27. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! Índice(de(Desenvolvimento(da(Educação(Básica(–(IDEB( (em(%)! 0,00! 1,00! 2,00! 3,00! 4,00! 5,00! 6,00! 0,0! 10,0! 20,0! 30,0! 40,0! 50,0! 60,0! 70,0! 80,0! 90,0! 100,0! 2005! 2007! 2009! 2011! Nota((Média((Padronizada( Aprovação((%)( Nota(Média(Padronizada(2(Anos( Iniciais( Nota(Média(Padronizada(2(Anos( Finais( Aprovação(1º(ao(5º(anos( Aprovação(6º(ao(9º(anos(
  28. 28. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! InvesFmento(público(direto(em(educação! 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 0,0( 2,0( 4,0( 6,0( 8,0( 10,0( 12,0( 0 1 2 3 4 5 6 Proporção((quantas(vezes(maior) % Todos!os!níveis!(%!do!PIB) Educação!Superior!sobre!a!Educação!Básica!(Estudante)
  29. 29. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! Prouni( Desde(a(criação(do(Prouni( até(o(processo(seleFvo(do( segundo(semestre(de(2013,( mais(de(1,2(milhão(de( estudantes(foram( atendidos,(sendo(69%(( com(bolsas(integrais.(
  30. 30. 2.(Educação!básica!de!qualidade!para!todos! Educação( A!percentagem!de!crianças!de!7!a!14!anos!frequentando!o!ensino! fundamental!passou!de!81,2%,!em!1990,!para!97,7%!em!2012;!e!a!de! jovens!alfabeBzados,!de!90,3%!para!98,7%.!! ! A!defasagem!entre!idade!e!série!diminuiu!bastante.!Os!estudantes!de!9! a!17!anos!cursando!a!série!adequada!para!a!idade!passaram!de!50,3%! para!79,6%!do!total.!! ! Aumento!dos!invesBmentos!públicos!diretos!em!educação,!que! passaram,!de!2000!a!2012,!de!3,9%!para!5,5%!do!PIB,!com!aumento! expressivo!da!parcela!dos!recursos!desBnados!à!educação!básica.!! ! A!qualidade!da!educação,!medida!pelo!IDEB,!também!evoluiu!bastante! em!parBcular!nos!anos!iniciais!do!ensino!fundamental.!
  31. 31. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! ODM(3(META(A( Até!2015,!eliminar!as!disparidades!entre!os!sexos!em!todos!os!níveis!de! ensino! ! PolíFcas(Públicas( ( 1.  Extensão!dos!direitos!trabalhistas!às!trabalhadoras!domésBcas! 2.  Pacto!Nacional!pelo!Enfrentamento!à!Violência!Contra!as!Mulheres! !
  32. 32. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! 0,97( 1,03( Fundamental! Médio! Superior! 1,03! 1,36! 1,26! 1,01! 1,26! 1,38! 1,00! 1,26! 1,39! 1,00( 1,25( 1,36( 1990( 2002( 2011( 2012( 1990 1992 1994 1996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 1 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1990 1992 1994 1996 1998 2000 2002 2004 2006 2008 2010 2012 Razão(entre(as(taxas(de( escolarização(líquida(de(mulheres( e(homens(por(nível(de(ensino(( !
  33. 33. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! 2012! 2009! 72,6 76,6 60,5 55,9 56,5 44,2 30,9 30,4 75,4 74,4 59 55,8 54,3 41,3 32,5 27,8 Educação Saúde(e(bem( estar2social Serviços Humanidades(e( artes Ciências(sociais,( negócios(e(direito Agricultura(e( veterinária Ciências,( matemáFca(e( computação Engenharia,( produção(e( construção 06 09 09 11 12 12 15 16 81 84 85 91 92 92 98 Automação( industrial Engenharia( mecânica Engenharia(de( computação Ciência(da( computação Psicologia Enfermagem Nutrição Curso(EstéFca(e( CosméFca Mulheres(matriculadas(no(ensino(superior(( por!grande!área!de!conhecimento!e!cursos!selecionados!(em!%)!
  34. 34. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Com!curso!Superior! Todos! 55,1! 42,7! 57,9! 46,1! 59,7! 47,1! 59,5( 47,3( 1992( 2002( 2011( 2012( 00 10 20 30 40 50 60 70 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Percentagem(de(mulheres(em( emprego(assalariado(não(agrícola(
  35. 35. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Brasil! Homens! Mulheres! 46,0! 49,5! 40,7! 44,3! 45,5! 42,6! 56,8! 57,7! 55,7! 57,8( 58,4( 56,9( 1992( 2002( 2011( 2012( 00 10 20 30 40 50 60 70 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Percentagem(de(trabalhadores( formais(na(população(ocupada(
  36. 36. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Todos! Homens! Mulheres! Com!1!ou!mais!crianças! Com!2!ou!mais!crianças! 64,2! 79,7! 49,7! 47,3! 43,7! 61,6! 75,2! 49,2! 44,0! 36,9! 61,6! 74,3! 50,0! 44,2! 31,8! 61,7( 74,1( 50,3( 43,1( 30,0( 1995( 2002( 2011( 2012( 00 10 20 30 40 50 60 70 80 90 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Taxa(de(ocupação(da(população( em(idade(aFva((em!%)((
  37. 37. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Mulheres! DomésBcas! DomésBcas!–!Brancas! DomésBcas!–!Negras!! DomésBcas!–!Norte! DomésBcas!–!Sul! 48,4! 19,3! 22,7! 16,7! 5,1! 23,3! 49,2! 27,6! 32,4! 23,8! 11,0! 35,3! 50,0! 35,6! 41,0! 32,2! 19,7! 44,4! 50,3( 36,8( 41,9( 33,9( 17,5( 45,9( 1992( 2002( 2011( 2012( 00 10 20 30 40 50 60 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Trabalho(DomésFco((em!%)(( Percentagem(das(mulheres( ocupadas(no(trabalho(domésFco(
  38. 38. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Mulheres(no(congresso( Percentagem!de!mulheres!entre!os!eleitos! para!a!Câmara!dos!Deputados!e!para!o! Senado!Federal!! Câmara!dos!Deputados! Senado!Federal! 6,2! 7,4! 8,2! 14,8! 9,0! 14,8! 8,8( 14,8( 1994( 2002( 2006( 2010( 1994 1998 2002 2006 2010 6,2 5,7 8,2 9,0 8,8 7,4 7,4 14,8 14,8 14,8
  39. 39. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Valorização(da(mulher(no(Governo( Federal( De(2011(para(cá(foram( nomeados(10(ministros(do( sexo(feminino.(É(um( crescimento(considerável,( se(comparado(a(apenas(18( nomeações(em(121(anos( de(República.(
  40. 40. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Central(de(Atendimento(à(Mulher(
  41. 41. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Ligações Válidas (em milhares) 46.423 204.514 271.212 401.729 734.930 667.116 732.468 00 00 02 02 12 25 59 00 00 02 02 12 28 57 Tráfico(de( pessoas Cárcere( privado Violência( patrimonial Violência( sexual Violência( moral Violência( psicológica Violência( ^sica Tipo(de(relato(de(violência(das(ligações(válidas(( (em(%)( 2010! 2012! Central(de(atendimento(à(mulher(
  42. 42. 3.(Igualdade!entre!sexos!e!valorização!da!mulher! Igualdade(entre(os(sexos(e(valorização(da(mulher( No!Brasil,!há!paridade!entre!os!sexos!no!ensino!fundamental,!mas!no! ensino!médio!e!no!superior,!as!mulheres!estão!à!frente.!! ! No!ensino!superior,!as!mulheres!estão!mais!presentes!nas!carreiras!de! menor!remuneração.!! ! A!representação!das!mulheres!nos!espaços!de!poder!houve!evolução.!A! própria!eleição!da!Presidenta!Dilma!foi!um!forte!sinal!de!mudança!e,!no! atual!governo,!foram!nomeadas!mais!ministras!do!que!em!toda!a!história! da!República.! ! No!Brasil!não!existe!desigualdade!nas!taxas!de!pobreza!extrema!entre! homens!e!mulheres.!
  43. 43. 4.(Reduzir!a!mortalidade!infanBl! ODM(4(META(A( Até!2015,!reduzir!a!mortalidade!na!infância!em!dois!terços! do!nível!de!1990! ! PolíFcas(Públicas( ( 1.  Programa!Nacional!de!Aleitamento!Materno! 2.  Programa!Saúde!da!Família!(PSF)! 3.  Secretaria!Especial!de!Saúde!Indígena! !
  44. 44. 4.(Reduzir!a!mortalidade!infanBl! Taxa(de(mortalidade(na(infância(segundo(componentes( (por!mil!nascidos!vivos)! 0! 10! 20! 30! 40! 50! 60! 1990! 1991! 1992! 1993! 1994! 1995! 1996! 1997! 1998! 1999! 2000! 2001! 2002! 2003! 2004! 2005! 2006! 2007! 2008! 2009! 2010! 2011! Neonatal!precoce! Neonatal!tardia! Pós^neonatal! 1!^!4!anos!
  45. 45. 4.(Reduzir!a!mortalidade!infanBl! Brasil! Norte! Nordeste! Sudeste! Sul! Centro^Oeste! Meta! 53! 87! 37! 35! 41! 54! 18! 35! 36! 21! 19! 24! 27! 18! 25! 22! 16! 13! 19! 19! 18! 24( 21( 15( 13( 18( 18( 18( 1990( 2002( 2010( 2011( ,0 10,0 20,0 30,0 40,0 50,0 60,0 70,0 80,0 90,0 100,0 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Taxa(de(mortalidade(na(infância( (por!mil!nascidos!vivos)!
  46. 46. 4.(Reduzir!a!mortalidade!infanBl! Brasil! Norte! Nordeste! Sudeste! Sul! Centro^Oeste! Meta! 46! 76! 33! 28! 34! 47! 16! 30! 31! 18! 16! 21! 23! 16! 21! 19! 13! 12! 16! 16! 16! 20( 18( 13( 11( 16( 15( 16( 1990( 2002( 2010( 2011( ,0 10,0 20,0 30,0 40,0 50,0 60,0 70,0 80,0 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 Taxa(de(mortalidade(infanFl( (por!mil!nascidos!vivos)!
  47. 47. 4.(Reduzir!a!mortalidade!infanBl! Mortalidade(infanFl( Cumprimento!da!meta!do!ODM!4!com!quatro!anos!de!antecedência.!A! mortalidade!na!infância!(crianças!com!menos!de!5!anos)!passou!de!53,7! óbitos!por!mil!nascidos!vivos!em!1990,!para!17,7!em!2011.! !! A!queda!foi!mais!intensa!na!faixa!de!um!a!quatro!anos!de!idade,!mas! também!houve!queda!expressiva!na!mortalidade!infanBl,!principalmente! no!período!pós^neonatal.!! ! Redução!da!desigualdade!entre!regiões:!no!Nordeste,!a!taxa!de! mortalidade!na!infância!caiu!de!87,3!para!20,7!óbitos!por!mil!nascidos! vivos,!menos!de!um!quarto!do!nível!de!1990.!
  48. 48. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! ODM(5(META(A( Até!2015,!reduzir!a!mortalidade!materna!em!três!quartos!do!nível!observado!em! 1990! ! ODM(5(META(B( Até!2015,!universalizar!o!acesso!à!saúde!sexual!e!reproduBva! ! ODM(5(META(C( Até!2015,!deter!e!inverter!a!tendência!de!crescimento!da!mortalidade!por!câncer! de!mama!e!de!colo!do!útero! ! PolíFcas(Públicas( ( 1.  Rede!Cegonha! 2.  Programa!Saúde!da!Família!(PSF)! 3.  Secretaria!Especial!de!Saúde!Indígena! 4.  PolíBca!Nacional!de!Atenção!Oncológica! !
  49. 49. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! RMM^corrigida! RMM^corregida/suavizada! WHO!^!2010! IHME^2010! 143,0! 140,7! 120,0! 112,0! 77,9! 74,9! 96,8! 67,5! 56,0! 63,9( 64,0( 1990( 2002( 2010( 2011( 0 20 40 60 80 100 120 140 160 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Razão(de(Mortalidade(Materna( (número!de!óbitos!por!100!mil!nascidos!vivos)!
  50. 50. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! 120( 100( 80( 60( 40( 20( 0( 2000( 2011(1990( 126,5( 63,5( 42,31( 13,5( 17,9( 19,24( RMM!indireta! RMM!direta! 13,5! 126,5! 17,9! 63,5! 19,24( 42,31( 1990( 2000( 2011( *"Porcentagem"dos"partos"realizados"em"ambiente"hospitalar"ou"outro"estabelecimento"de"saúde" Fonte:"SIM"<"CGIAE/SVS/MS" Mortalidade(materna(( segundo!causas!
  51. 51. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! 100( 80( 60( 40( 20( 0( 1996( 98,8( 98,9( 98,8( 98,7( 98,6( 98,3( 98,5( 98,4( 98,6( 98,6( 98,7( 98,7( 98,8( 98,9( 99,0( 99,0( 1997( 1998( 1999( 2000( 2001( 2002( 2003( 2004( 2005( 2006( 2007( 2008( 2009( 2010( 2011( 1990((((2002(((((2012( 98,8! 99,0! *"Porcentagem"dos"partos"realizados"em"ambiente"hospitalar"ou"outro"estabelecimento"de"saúde" Fonte:"SIM"<"CGIAE/SVS/MS" 98,5!Brasil! Partos(assisFdos(por(( profissionais(de(saúde(qualificados( (em!%*)!
  52. 52. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! 50( 40( 30( 20( 10( 0( 1996( 40,7( 40,2( 38,4( 37,2( 38,0( 38,3( 38,8( 40,1( 41,8( 43,3( 45,1( 46,6( 48,4( 50,1( 52,3( 53,9( 1997( 1998( 1999( 2000( 2001( 2002( 2003( 2004( 2005( 2006( 2007( 2008( 2009( 2010( 2011( 1990((((2002(((((2012( 40,7! 53,9! Fonte:"SIM"<"CGIAE/SVS/MS" 38,8!Brasil! Parto(cesário(( (em!%)!
  53. 53. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! 0( 0,02( 0,04( 0,06( 0,08( 0,1( 0,12( 0,14( 0,16( 2000( 2001( 2002( 2003( 2004( 2005( 2006( 2007( 2008( 2009( 2010( 2011( Brasil! Norte! Nordeste! Sudeste! Sul! Centro^Oeste! 0,088! 0,141! 0,100! 0,073! 0,076! 0,099! 0,081! 0,131! 0,095! 0,065! 0,067! 0,090! 0,067! 0,107! 0,077! 0,054! 0,055! 0,069! 0,065( 0,102( 0,073( 0,053( 0,054( 0,067( 2000( 2002( 2010( 2011( Fonte:"SIM"<"CGIAE/SVS/MS" Taxa(de(fecundidade(( mulheres!de!15!a!19!anos!(por!mil)!
  54. 54. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! pelo!menos!1consulta!! pelo!menos!4!consultas! 95,1! 83,5! 96,2! 85,4! 98,2! 91,0! 97,3( 89,8( 1990( 2002( 2011( 2012( Cobertura(de(atenção(pré2natal( (em!%)! 95 95 96 97 97 97 98 98 98 98 98 97 84 84 85 87 88 88 89 90 90 90 91 90 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011
  55. 55. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! 17,4 8,7 17,7 9,0 18,8 8,9 20,7 8,5 Câncer(de(Mama Câncer(de(Colo(de(Útero Câncer!de!mama! Câncer!de!colo!de!útero! 17,4! 8,7! 17,7! 9,0! 18,8! 8,9! 20,7( 8,5( 1990( 2000( 2005( 2011( 1990( 2000( 2005( 2011( 1990( 2000( 2005( 2011( Taxa(de(mortalidade(por(câncer(( de(mama(e(de(colo(de(útero(( mulheres!de!30!a!69!anos!(por!100!mil)!
  56. 56. 5.(Melhorar!a!saúde!das!gestantes! Melhor(a(saúde(das(mulheres( A!meta!não!será!cumprida!em!nível!mundial,!nem!no!Brasil.! !! Avanços!foram!registrados!no!país,!o!número!de!óbitos!maternos!a!cada!100!mil! nascimentos!passou!de!143,!em!1990,!para!63,9,!em!2011.!! ! Nota^se!redução!expressiva!nas!causas!diretas,!contrapostas!por!ligeiro!aumento! das!causas!indiretas,!não!necessariamente!ligadas!à!gestação,!mas!a!outros! fatores!de!risco,!como!doenças!pré^existentes!do!aparelho!circulatório!que! podem!ser!complicadas!pela!gravidez.! ! Em!2011,!97,3%!das!gestantes!fizeram!ao!menos!uma!consulta!de!pré^natal;! 89,3%!fizeram!ao!menos!quatro!consultas!durante!todo!o!período!de!gravidez.!
  57. 57. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! ODM(6(META(A( Até!2015,!interromper!a!propagação!e!diminuir!a!incidência!de!HIV/aids! ( ODM(6(META(B( Até!2010,!universalizar!o!acesso!ao!tratamento!de!HIV/aids! ( ODM(6(META(C( Até!2015,!reduzir!a!incidência!da!malária!e!de!outras!doenças! ( PolíFcas(Públicas( ( 1.  Teste!Rápido!Molecular!para!DiagnósBco! 2.  da!Tuberculose!(TRM^TB)! 3.  Plano!Integrado!de!Ações!Estratégicas!de!Eliminação!da!Hanseníase,! Filariose,!Equistossomose!e!Oncocercose!
  58. 58. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! Brasil! 16,8! 20,6! 21,1! 20,2( 2001( 2002( 2011( 2012( 16,84 20,58 19,76 19,25 18,91 18,44 20,10 21,04 20,56 20,31 21,07 20,20 00 05 10 15 20 25 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Brasil HIV/Aids(( Taxa!de!detecção!total!(por!100!mil!habitantes)!
  59. 59. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! Brasil! 5,0! 6,4! 3,5! 3,4( 2001( 2002( 2011( 2012( 4,99 6,42 5,34 4,33 4,18 3,46 3,43 3,62 3,55 3,94 3,48 3,38 00 01 02 03 04 05 06 07 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Brasil HIV/Aids(( Taxa!de!detecção!em!menores!de!5!anos!! (por!100!mil!habitantes)!
  60. 60. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! Mapa(de(risco(da(malária(por(município( Sem!transmissão! Baixo!risco! Médio!risco! Alto!risco! 1996( 2012( Fonte"de"dados:"SISMAL/MS"
  61. 61. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! Malária(( !Brasil!(casos!por!1.000!habitantes)! Incidência!Parasitária! 3,9! 2,0! 1,4! 1,3( 1990( 2002( 2011( 2012( 3,9 3,7 3,9 3,2 3,6 3,6 2,8 2,5 2,9 3,9 3,6 2,3 2 2,3 2,6 3,3 2,9 2,4 1,7 1,6 1,8 1,4 1,3 0 0,5 1 1,5 2 2,5 3 3,5 4 4,5 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Incidência(Parasitária(Anual((IPA)(
  62. 62. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! Tuberculose! Pulmonar!Bacilífera! 51,8! ^! 44,4! 23,7! 37,0! 21,1! 2( 20,3( 1990( 2002( 2011( 2012( 52 58 58 50 49 58 55 52 51 51 48 43 44 44 43 42 39 38 39 38 37 37 23 24 24 23 23 22 21 22 21 21 21 20 00 10 20 30 40 50 60 70 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Tuberculose( (por!100!mil!habitantes)! Incidência(total(e(de(tuberculose(bacilífera((
  63. 63. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! 3,6! 3,0! 2,4! 2( 1990( 2002( 2011( 2012( Tx.!mortalidade! 3,55 3,56 3,53 3,71 3,81 3,76 3,63 3,68 3,73 3,62 3,26 3,15 2,96 2,82 2,78 2,57 2,58 2,50 2,57 2,51 2,44 2,37 00 0,5 1,0 1,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Tuberculose( (por!100!mil!habitantes)! Taxa(de(mortalidade((
  64. 64. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! TDO! Cura! 36,8! 78,0! 51,1! 80,9! ^! 51,4! 2007( 2011( 2012( 36,76 39,15 41,78 48,23 51,09 51,36 77,96 78,22 78,74 80,68 80,86 00 10 20 30 40 50 60 70 80 90 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Tuberculose( Percentual!de!novos!casos!curados!! e!em!tratamento!observado!(TDO)!
  65. 65. 6.(Combater!a!AIDS,!Malária!e!outras!doenças! Combate(a(doenças( HIV/aids!^!as!taxas!de!detecção!se!estabilizaram,!e!a!mortalidade!se! encontra!no!patamar!mais!baixo!da!série!histórica,!5,5!óbitos!por! 100!mil!habitantes.!! ! O!tratamento!de!HIV/aids!no!Brasil!é!universal!todas!as!pessoas! diagnosBcadas!com!HIV/aids!são!tratadas!de!acordo!com!o!estágio! da!infecção.!! ! Redução!expressiva!tanto!da!incidência!quanto!da!letalidade!da! malária.!! Tuberculose!reduziram^se!a!incidência!e!a!mortalidade.!
  66. 66. 7.(Qualidade!de!vida!e!respeito!ao!meio!ambiente! ODM(7(META(A( Integrar!os!princípios!do!desenvolvimento!sustentável!nas!políBcas!e!programas!e! reverter!a!perda!de!recursos!ambientais! ! ODM(7(META(B( Reduzir!a!perda!da!biodiversidade,!aBngindo,!até!2010,!uma!redução!significaBva! ! ODM(7(META(C( Reduzir!pela!metade,!até!2015,!a!proporção!da!população!sem!acesso!permanente! e!sustentável!à!água!potável!e!ao!esgotamento!sanitário! ( ODM(7(META(D( Até!2020,!ter!alcançado!uma!melhora!significaBva!na!vida!de!pelo!menos!100! milhões!de!habitantes!de!assentamentos!precários! ( PolíFcas(Públicas( ( 1.!Bolsa!Verde!–!BSM;!2.!PolíBca!Nacional!de!Resíduos!Sólidos!(PNRS);!! 3.!Programa!Minha!Casa,!Minha!Vida!(MCMV)!
  67. 67. 7.(Qualidade!de!vida!e!respeito!ao!meio!ambiente! Cobertura(florestal(e(desmatamento(
  68. 68. 7.(Qualidade!de!vida!e!respeito!ao!meio!ambiente! 70,1! 85,5! 0! 10! 20! 30! 40! 50! 60! 70! 80! 90! 100! 1990!1991!1992!1993!1994!1995!1996!1997!1998!1999!2000!2001!2002!2003!2004!2005!2006!2007!2008!2009!2010!2011!2012! Todos( Extremamente(pobres( 20%(mais(pobres( 20%(mais(ricos( Rural( Urbano( Acesso(à(água(potável((em(%)(
  69. 69. 7.(Qualidade!de!vida!e!respeito!ao!meio!ambiente! Acesso(ao(esgotamento(sanitário((em(%)( 53,0! 77,0! 0! 10! 20! 30! 40! 50! 60! 70! 80! 90! 100! 1990!1991!1992!1993!1994!1995!1996!1997!1998!1999!2000!2001!2002!2003!2004!2005!2006!2007!2008!2009!2010!2011!2012! Todos( Extremamente(pobres( 20%(mais(pobres( 20%(mais(ricos( Rural( Urbano(
  70. 70. 7.(Qualidade!de!vida!e!respeito!ao!meio!ambiente! Ambiente(e(vida( Alcance!integral!da!meta!C!^!reduzir!à!metade!a!percentagem!tanto!da!população! sem!acesso!à!água!quanto!da!sem!acesso!a!saneamento.! ! O!acesso!à!água!aBngiu!85%.!E!77%!da!população!é!residente!em!domicílios!com! conexão!à!rede!de!esgoto!ou!fossa!sépBca.! ! Nas!áreas!rurais!o!acesso!à!água!mais!que!dobrou!e!o!acesso!a!esgoto!quase! triplicou.!! ! A!parcela!da!população!urbana!residindo!em!moradias!inadequadas!caiu!de!53,3%! para!36,5%!no!período!1992^2012.! ! A!redução!dos!desmatamentos!em!todos!os!biomas!o!que!contribui!tanto!para!a! preservação!da!biodiversidade!e!da!cobertura!florestal!do!país!quanto!para!a! redução!da!emissão!de!gases!de!efeito!estufa.!
  71. 71. 8.(Todo!mundo!trabalhando!pelo!desenvolvimento! ODM(8(META(A( Avançar!no!desenvolvimento!de!um!sistema!comercial!e!financeiro! aberto,!baseado!em!regras,!previsível!e!não!discriminatório! ! ODM(8(META(B( Atender!às!necessidades!especiais!dos!países!menos!desenvolvidos! ! ODM(8(META(C( Atender!às!necessidades!especiais!dos!países!sem!acesso!ao!mar!em! desenvolvimento!e!dos!pequenos!estados!insulares!em! desenvolvimento! ! ODM(8(META(D( Tratar!globalmente!o!problema!da!dívida!dos!países!em! desenvolvimento!mediante!medidas!nacionais!e!internacionais!de! modo!a!tornar!a!sua!dívida!sustentável!a!longo!prazo!
  72. 72. 8.(Todo!mundo!trabalhando!pelo!desenvolvimento! PolíFcas(Públicas( ( 1.  Cooperação!técnica!no!Mercosul! 2.  Projeto!C4!^!Cooperação!Técnica!em!Algodão!na!África!! 3.  Conselho!Sul^Americano!de!Infraestrutura!e! Planejamento!(Cosiplan)!–!Unasul! 4.  Cooperação!Internacional!Descentralizada!(CID)! 5.  Programas!de!Estudantes^Convênio!de!Graduação!(PEC^ G)!e!Pós^Graduação!(PEC^PG)!
  73. 73. Obrigado!( É(permiFda(a(reprodução(dos(dados(conFdos(nesta( apresentação,(desde(que(citada(a(fonte.( !! Reproduções(para(fins(comerciais(são(proibidas.( ! QuesBonamentos!podem!ser!encaminhados!para:! sae.ministro@presidencia.gov.br!! (

×