Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Planejamento Financeiro Pessoal - Finanças Pessoais

95 views

Published on

Aprenda como construir do zero o seu orçamento pessoal, com o passo a passo para montar o seu planejamento financeiro.
Faça o download gratuito da Planilha de Planejamento Financeiro Pessoal no site: www.cuidedasuabolsa.com

Published in: Economy & Finance
  • Be the first to comment

Planejamento Financeiro Pessoal - Finanças Pessoais

  1. 1. Como Organizar as Finanças Pessoais BÁRBARA ANDRADE
  2. 2. Você tem se planejado?
  3. 3. Índice:  Como funciona os pilares da gestão financeira  Razões para se ter um orçamento  Principais reflexões ao lidar com dinheiro  Como organizar o orçamento  Principais tipos de investimentos
  4. 4. Pilares da Gestão Financeira Conquistas Acumulação de Capital Geração de Renda Para cada perfil haverá um método diferente para acumulação de capital
  5. 5. Razões para se ter o controle financeiro  Saber qual o real alcance da sua renda;  Evitar dívidas que não conseguirá pagar;  Identificar e cortar desperdícios;  Primeiro passo para construir um patrimônio;  Conseguir criar um plano de investimento para a aposentadoria.
  6. 6. Principais reflexões ao lidar com dinheiro  Meus gastos refletem meus objetivos ou eles atrapalham a realização dos meus sonhos?  Não caia na Armadilha do “Eu Mereço”  Os meus gastos são feitos de maneira consciente? Eu realmente tenho que fazer essa dívida?  Não se iluda com a sensação de bem estar que um dia de compras pode causar
  7. 7. Como organizar o orçamento  Estabelecer objetivos e metas financeiras;  Preparar o orçamento;  Controlar esse orçamento.
  8. 8. Como organizar o orçamento Objetivos x Metas  Objetivo: ponto futuro a ser atingido. Curtos, médios ou de longo prazo.  Meta: são as etapas intermediárias até atingir o seu objetivo final. 1. Mensurável 2. Especifica 3. Temporal 4. Alcançável
  9. 9. Preparando o Orçamento  Renda: Coloque todas as suas rendas: salário, 13º, abono de férias, bonificações e ganhos adicionais(valor liquido!)  Despesas fixas: comece pelos itens mais fáceis, aqueles que estão presentes todos os meses (aluguel, faculdade, etc.)  Despesas variáveis: comece pelos gastos comuns, mas que têm seus valores variáveis. Exemplo: supermercado, gasolina. Na sequencia coloque os gastos que não são constantes: vestuário, restaurantes, cinema, presentes, etc.
  10. 10. Modelo de Planilha Para fazer o download gratuito da Planilha de Planejamento Financeiro é só acessar o link: www.cuidedasuabolsa.com
  11. 11. Análise do Orçamento Após organizar suas rendas e despesas é o momento de analisar se sobra ou se falta $$$.  Se sobra: planejar como investir  Se falta: analisar os gastos e como se organizar melhor. Aonde podem ter despesas cortadas ou reduzidas.
  12. 12. Investimentos  Renda Fixa x Renda Variável  Poupança  CDB  LCI e LCA  Títulos públicos
  13. 13. Renda Fixa x Renda Variável  Renda Fixa: investimento em que a remuneração ou sua forma de cálculo é conhecida no momento da aplicação. 1. Poupança 2. Títulos públicos 3. CDB 4. LCI e LCA  Renda variável: tipo de investimento em que remuneração ou sua forma de cálculo não é conhecida no momento da aplicação, pois pode variar de acordo com o mercado. Exemplo: Ações
  14. 14. Poupança O tipo de investimento financeiro mais popular e tradicional no Brasil, normalmente indicado aos investidores conservadores que não estão dispostos a correr riscos. No entanto, apesar de configurar-se como investimento seguro, a poupança pode possuir rendimentos baixos ou até nulos em períodos de alta inflação. A vantagem é que não há limite mínimo de aplicação e menores de idade podem investir em poupanças.
  15. 15. CDB – Certificado de Depósito Bancário Os CDBs são utilizados pelos bancos para captar recursos. Quem investe faz uma espécie de empréstimo ao banco e, ao final do período combinado, recebe os juros por isso. O dinheiro pode ser resgatado antes do período se o contrato garantir essa possibilidade. O mercado oferece diversas opções de CDBs e a rentabilidade varia de acordo com o volume de dinheiro aplicado e a modalidade contratada. Lembre-se: há a cobrança de IOF - Imposto sobre Operações Financeiras - para resgates antes de 30 dias.
  16. 16. LCI e LCA LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio) são dois investimentos de renda fixa isentos de Imposto de Renda que costumam ser bem mais rentáveis que a caderneta de poupança. São títulos de renda fixa emitido por um banco e lastreado por empréstimos imobiliários (LCI) e títulos emitidos por bancos garantidos por empréstimos concedidos ao setor de agronegócio (LCA). Os dois tipos de investimentos são bem similares, sendo melhor ao investidor simplesmente escolher o que tiver maior rentabilidade.
  17. 17. Títulos públicos São certificados de dívida, emitidos pelo governo federal com o objetivo de financiar as suas atividades e obter recursos para “financiamento” da dívida pública. Os títulos podem ser adquiridos por meio de bancos, corretoras de investimentos, ou diretamente à Secretaria do Tesouro Nacional, órgão responsável pela emissão e controle dos títulos, via Tesouro direto.
  18. 18. Fique atenta! Nem sempre tudo acontece como planejamos!
  19. 19. Contatos babi@cuidedasuabolsa.com www.cuidedasuabolsa.com @cuidedasuabolsa

×