Boas Práticas Internacionais no Turismo

253 views

Published on

As boas práticas identificadas foram realizadas em países como Espanha, Argentina, Índia, Portugal, entre outros, e serão descritas através de informações estratégicas que contemplam desde dados do destino turístico, suas forças e fraquezas a um detalhamento da ação que foi considerada uma boa prática, como segue.

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
253
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Boas Práticas Internacionais no Turismo

  1. 1. Realização:Assessoria Técnica:
  2. 2. Ficha Técnica Superintendente Adhvan Furtado Diretor de Atendimento Franklin Santana Santos Diretor Técnico Lauro Ramos Gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Célia Maria Fernandes Coordenador de Comércio, Serviços, Turismo e Economia Criativa Ítalo Guanais Coordenadora de Turismo Ana Paula Flávio Almeida Diretor Geral Richard Alves Diretor de Negócios Márcio Maia Coordenadora de Turismo Marcela Saad Consultor Associado Jaume Garau Projeto Gráfico NMKT BARCELONA MEDIA INOVAÇÃO BRASIL - BMiBRASILSEBRAE BAHIA
  3. 3. 1. Apresentação______________________________________________________________________________ 6 2. Objetivo __________________________________________________________________________________7 3. Benchmarking Internacional Boas Práticas no Turismo___________________________________________________7 Tema: Gestão de Destinos Turísticos através da Parceria Público-Privada___________________________8 Boa Prática: “Girona 10” ____________________________________________________________9 Boa Prática: “Turismo de Barcelona”___________________________________________________14 Tema: Turismo de Sol e Praia com a Valorização da Cultura______________________________________20 Boa Prática: “Noite da Arte”_________________________________________________________21 BoaPrática:“FIB-FestivalInternacionaldeBenicàssim”______________________________________26 Tema: Turismo de Sol e Praia associado à Sustentabilidade______________________________________31 Boa Prática: “Uso de bicicletas e carros elétricos”__________________________________________32 Boa Prática: “Borneo – Borneo Ecotourism Solutions and Technologies (BEST)”_____________________37 Tema: Turismo Cultural___________________________________________________________________41 Boa Prática: “Noite dos Livros”_______________________________________________________42 Tema: Turismo Cultural em Pequenas Cidades_________________________________________________46 Boa Prática: “Feira de Tàrrega”_______________________________________________________47 Tema: Turismo em Parques Naturais com Valorização das Comunidades____________________________52 Boa Prática: “Turismo Responsável em Kerala “___________________________________________53 Boa Prática: “Dark-Sky em Alqueva”___________________________________________________58 Gestão de Destinos com Iniciativas Tecnológicas Inovadoras____________________________________62 Boa Prática: “Bolívia Te Espera”______________________________________________________63 Boa Prática: “Sistema Interativo de Informação Turística (ISIT)”________________________________68 Sumário
  4. 4. 5 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Uma atuação estratégica no Turismo demanda iniciativas consistentes e efetivas para o aprimoramento constante da oferta turística, bem como para a melhor compreensão da demanda a fim de ampliar qualitativamente o fluxo de turistas para as localidades. Nesse contexto, foram pesquisadas experiências internacionais para inspirar novas atuações que contribuam para o aumento da competitividade dos destinos e empresas turísticas na Bahia. Este documento apresenta algumas das práticas mais originais e inovadoras em diversos destinos turísticos no mundo. Estas iniciativas têm em comum o uso da imaginação e da criatividade como elemento principal que tem permitido agregar mais valor a cada uma das localidades. Queremos inspirar os gestores do Sebrae Bahia e as lideranças da atividadeturísticadoestadoparaquepossamadaptaressasiniciativas à realidade local e implantá-las nos destinos turísticos do estado. Esta análise inclui boas práticas que podem ser aplicadas tanto pelo poder público quanto pela iniciativa privada. Há ainda casos que podem ser desenvolvidos conjuntamente. 1. Apresentação Odocumentoreúneumtotalde12BoasPráticasnaAtividadeTurística divididas em seis temas: Modelo de Turismo de Sol e Praia com a Valorização da Cultura; Modelo de Turismo de Sol e Praia com a Valorização da Sustentabilidade; Modelo de Turismo Cultural em Cidades; Modelo de Turismo em Parques Naturais com a Valorização das Comunidades; Modelo de Gestão de Destinos Turísticos através da Parceria Público-Privada; e, finalmente, Modelos de Gestão de Destinos com Iniciativas Tecnológicas Inovadoras. Este levantamento foi uma das atividades contempladas na metodologia da análise da situação atual da atividade turística e, também, foi utilizado como insumo para nortear a elaboração da nova estratégia para atuação do Sebrae no Turismo. Esperamos que estes cases internacionais possam servir como referência para aprimorar continuamente a oferta turística da Bahia. Boa leitura, excelentes resultados!
  5. 5. 6 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Apresentar práticas bem sucedidas no Turismo mundial que possam inspirar os atores institucionais e empresariais no processo de inovação contínua para o aumento da competitividade dos destinos turísticos e empresas da Bahia. Benchmarking no Turismo trata-se de um processo de levantamento e comparação de produtos, serviços ou processos de destinos turísticos, neste caso, que são referências bem-sucedidas. Estas práticas podem ser adaptadas à realidade local e absorvidas para o aprimoramento e aumento da competitividade dos municípios turísticos. As boas práticas identificadas são realizadas em países como Espanha, Argentina, Índia, Portugal, entre outros, e serão descritas através de informações estratégicas que contemplam desde dados do destino turístico, suas forças e fraquezas a um detalhamento da ação que foi considerada uma boa prática, como segue. 2. Objetivo 3. Benchmarking Internacional Boas Práticas no Turismo
  6. 6. 7 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 7 Tema: Gestão de Destinos Turísticos através da Parceria Público-Privada
  7. 7. BoaPrática:“Girona10”
  8. 8. 9 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 9 Gironaéumacidadede97.000habitantes,situadaaumahoradeBarcelona, a capital da região da Catalunha (Espanha). Esta característica lhe confere o principal desafio, pois Barcelona é um dos seus principais concorrentes geográficos e é reconhecida mundialmente. Diante disso, os empresários de Girona se uniram para implantar iniciativas que impulsionassem a visibilidade do destino. Desta forma, o sucesso da atividade turística desta pequena cidade, que conta com 4,7 milhões de turistas e 22 milhões de pernoites (2014), baseia- se em dois fatores. O primeiro, está ligado à atratividade natural e à preservação do patrimônio cultural. É uma cidade com um centro antigo medieval, arquitetura característica da época, espaços para compras e conta com uma gastronomia reconhecida internacionalmente. É possível caminhar a pé para visitar os principais pontos turísticos. O segundo fator de sucesso é a boa gestão do destino, que contempla: Destino: Girona(Catalunha, Espanha) • Celebração de eventos durante todo o ano. A cidade organiza vários eventos culturais para atrair visitantes. Os mais relevantes são: “Girona en Temps de Flors” (Girona no Tempo das Flores), quando toda a cidade é decorada com flores pelas ruas, jardins e monumentos durante dez dias, e há uma programação musical e cultural no “Auditori de Girona” (espaço multifuncional de celebração de congressos e de concertos e teatro). • Adequada promoção turística. Além de uma página na internet interativa e bem estruturada, a cidade também produz vídeos promocionais para o site e conta com uma importante rede de centros de informação turística, que atendem mais de 95.000 visitantes durante o ano. •CooperaçãoPúblico-Privada.Oelementoquemaissedestacaem Gironanoâmbitodagestãododestinoéacooperaçãoentreopoder público (Prefeitura da cidade e Governo da Catalunha) e a rede de empresas privadas do setor (hospedagem, estabelecimentos de alimentação, comércios, etc.). Como este item trata-se de uma boa prática, o detalhamento está abaixo.
  9. 9. 10 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 10 Diante da concorrência com Barcelona e da baixa visibilidade do destino, os empresários do setor se uniram para realizar um evento chamado Girona 10. O evento consiste em oferecer grande parte dos produtos e serviços turísticos por apenas EUR 10,00 durante um final de semana no mês de janeiro, período de baixa temporada. Ao total oferecem 1.000 leitos nos hotéis, 53.000 pratos nos restaurantes, além de viagens de táxi até o aeroporto, bebidas nos bares da cidade, entrada nos museus, entre outros serviços, tudo por EUR 10,00. Nesse final de semana, o turista também pode encontrar outras opções com descontos promocionais. Para usufruir destes benefícios, os visitantes interessados devem registrar-se em um site para o sorteio dos produtos oferecidos a este preço. Na maioria dos casos, este valor não cobre os custos dos empresários. Entretanto, a ação é considerada como um investimento, pois a finalidade é promover o destino de forma inovadora e gerar um incremento na demanda. Além disso, um dos principais resultados é a grande repercussão na mídia espontânea todos os anos, apresentando uma excelente relação custo- benefício da iniciativa. Boa Prática
  10. 10. 11 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia A iniciativa inicial é da Associação de Hoteleiros de Girona, em parceria com a Prefeitura de Girona (Patronato Municipal de Turismo). Estaaçãosomentefoipossívelgraçasaoenvolvimentodediversasempresas porque era necessário oferecer uma quantidade considerável de vagas e atividades por EUR 10,00. O funcionamento/acordo básico prevê que as empresas ofertantes disponibilizem o produto pelo preço estipulado, inferior aos custos de produção, enquanto o Patronato de Turismo da cidade se encarrega de realizar a promoção e divulgação. • Promove o destino que, até pouco tempo, ficava à sombra de grandes concorrentes como Barcelona e Figueres, a cidade natal de Salvador Dalí. • Gera atratividade durante a baixa temporada. • Incrementa o fluxo turístico, pois todos os anos se esgotam as vagas e entradas disponíveis. • Por conta disso, houve um incremento do número de visitantes (além do fim de semana de “descontos”). • Foi reconhecida como “Top 25 destinations in the world” (2012, Frommers.com) e como “Most romantic destination in Europe” (2015, European Best Destinations). Envolvidos Impactos
  11. 11. 12 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 1. A Boa Prática “Girona 10” é um exemplo de que a cooperação público- privadaémaisfácildeserconcretizadaquandosefixaumobjetivoconcreto. 2. A iniciava começou com um número reduzido de empresas e menor investimentodosetorpúblico,mas,comoêxito,ambasaspartesampliaram suas participações. 3. Cada parte tem suas responsabilidades, fortalecendo a iniciativa e o senso de parceria. 4. Esta iniciativa estimulou outras parcerias público-privadas, como a taxa turística, e eventos a exemplo de “Girona em Temps de Flors”. www.girona10.net Aprendizados Consulte
  12. 12. BoaPrática:“TurismodeBarcelona”
  13. 13. 14 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 14 Barcelonaéumacidadecompoucomaisde2milhõesdehabitantes(4milhões em toda sua área metropolitana) situada na região da Catalunha (Espanha), banhada pelo Mar Mediterrâneo. Na atualidade é: • A cidade europeia que mais tem incrementado o número de visitantes nos últimos 20 anos, passando de 1,7 milhão em 1990, para 9 milhões, em 2014. •OturismogeranacidadeEUR20milhõespordia.Eentre80.000e100.000 postos de trabalho. • Uma das cidades mais visitadas do mundo, da moda e “cool”. • O consórcio público-privado “Turismo de Barcelona”, é referência no mundo todo. • Tem uma oferta turística muito variada e complementar em relação ao restante do território (Catalunha). Seus principais atrativos são: 1) O patrimônio arquitetônico e urbano: Sagrada Família; Estádio FC Barcelona, Parque Güell, As Ramblas, Zona Comercial Passeig de Gràcia, a Pedrera, Museu Picasso, Bairro Gótico/El Born. 2) Os recursos naturais: praias, bom clima, paisagens da região de Catalunha. 3) A qualidade de vida: Barcelona é, sobretudo, uma cidade muito ativa, dinâmica, criativa e inovadora. E o que tem feito na atividade turística é o mesmo que faz sempre em outros segmentos: inovar, ser criativa, colocar o turismo à serviço da cidade e não o contrário. Destino: Barcelona (Catalunha, Espanha)
  14. 14. 15 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Há 20 anos, Barcelona era pouco reconhecida, afinal, não é a capital da Espanhaeestavasempreàsombradegrandescidadeseuropeiasqueestão próximas, como Madri, Paris e Roma. Nesta época recebia 1,7 milhão de visitantes, obrigando os empreendimentos a fazerem promoção nos finais de semana porque ficavam vazios, assim como muitas cidades de Turismo deNegócios.Entretanto,estasituaçãomudougraçasadoisacontecimentos fundamentais: A organização denominada “Turismo de Barcelona” é um consórcio criado entre a Câmara do Comércio de Barcelona (setor privado) e a Prefeitura de Barcelona (setor público). ContacomumorçamentototalaproximadodeEUR40milhões.Foiestabelecida uma corresponsabilidade nos aportes do orçamento sendo metade do poder público e metade do setor privado. Entretanto, somente 9% é o total de recurso aportado pelas partes, os outros 91% do orçamento vêm de produtos do Turismo de Barcelona como o ônibus turístico, venda de atrativos turísticos, entre outros. Osetorpúblicocedeualiderançado“TurismodeBarcelona”aosetor privado, mas as decisões estratégicas são tomadas em consenso entre o setor público e o privado. Boa Prática • A realização dos Jogos Olímpicos de 1992, que permitiu um importante investimento na infraestrutura pública e melhoria da cidade, e a projeção internacional de Barcelona. • A criação do Consórcio “Turismo de Barcelona”, para a promoção e estruturação do produto turístico da cidade.
  15. 15. 16 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Conheça mais detalhes destes programas: • Barcelona Convention Bureau trabalha com a participação de aproximadamente 333 empresas e visa captar congressos, feiras, convenções e viagens de incentivo. • Barcelona Shopping Line trabalha com uma rede de 175 estabelecimentos comerciais, para consolidar Barcelona como cidade de compras internacional. • Barcelona Gastronomia trabalha para o posicionamento gastronômico da cidade, com a parceria direta de 158 estabelecimentos. • Barcelona Cultura e Entretenimento agrupa a oferta cultural e entretenimento da cidade, muito apreciada pelo turismo internacional. • Barcelona Sports promove de 15 a 20 competições esportivas de padrão internacional do calendário anual da capital da Catalunha. • Barcelona Premium promove a oferta turística de Barcelona dirigida a um público com alto padrão de consumo. O Turismo de Barcelona tem dois objetivos principais: 1) É a entidade responsável pela promoção turística da cidade; 2) É responsável também pela estruturação do produto turístico da cidade. Paraestaestruturação,contacomseisprogramasdiferentes.Estesconsistem em programas próprios que integram representantes barceloneses do turismo: Negócios (Barcelona Convention Bureau), Compras (Barcelona Shopping Line), Gastronômico (Barcelona Gastronomia), Esporte (Barcelona Sports), Cultural (Barcelona Cultura e Entretenimento), Turismo para Classe Alta (Barcelona Premium).
  16. 16. 17 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 17 Além disso, o Turismo de Barcelona elabora, faz a gestão e comercializa uma gama de produtos turísticos. Consiste num conjunto de propostas que atendemasdiferentesnecessidadeseexpectativasdosturistasquevisitam Barcelona.O lucro destes produtos e serviços também financia o consórcio. O Barcelona Bus Turístic, operado pela instituição, é a melhor maneira de conhecer a cidade em poucas horas, e, por isso, um produto líder de vendas e resultado financeiro. O Barcelona Walking Tours são rotas guiadas a pé por diferentes locais de Barcelona. Como: Barcelona Walks Gourmet, Barcelona Walks Picasso, Barcelona Walks Gothic, entre outros. Catalunha Bus Turístic conta com cinco excursões que saem da capital e percorrem pontos turísticos da Catalunha. Barcelona Card é o cartão de ofertas e descontos em restaurantes, museus, transporte, etc., exclusivamente dirigido aos visitantes. O consórcio foi criado em 1993 com o envolvimento do poder público e da iniciativa privada, logo após os Jogos Olímpicos de Barcelona, com três objetivos iniciais: Este fato se deu depois dos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, com três objetivos iniciais: 1) Consolidar o turismo existente; 2) Atrair novos turistas; 3) Tornar mais rentáveis os negócios do setor. Envolvidos • O consórcio consolidou uma forma de promover Barcelona por meio de uma estreita relação entre o poder público e a iniciativa privada. • Barcelona é a cidade europeia que mais tem incrementado o número de visitantes nos últimos 20 anos e vem se consolidando como uma das principais referências internacionais do turismo. Impactos
  17. 17. 18 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 18 1. A entidade “Turismo de Barcelona” tem realizado uma promoção segmentada da cidade. A promoção tem sido focada em segmentos da atividadeturística,dispondodeestruturasespecíficasparatrabalharoturismo denegócios,turismodecompras,oturismogastronômico,oturismoesportivo, o turismo focado na demanda com alto poder aquisitivo voltado para o turismo cultural, cruzeiros e para o turismo LGTB, entre outros. 2. Esta instituição é um dos melhores exemplos de cooperação público- privada, onde ambos realizam aportes para o orçamento. As decisões são tomadas em consenso, a instituição está liderada pelo setor privado e, além disso, a maior parte do orçamento do Consórcio provém da venda de produtos para os próprios turistas. www.barcelonaturisme.com Aprendizados Consulte
  18. 18. 1919 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Tema: Turismo de Sol e Praia com a Valorização da Cultura
  19. 19. BoaPrática:“NoitedaArte”
  20. 20. 2121 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Palma é a capital da ilha de Mallorca, localizada no Mar Mediterrâneo, Espanha, e conta com uma população de quase 400.000 habitantes. A ilha fica a 30 minutos de avião de Barcelona, a 2 horas de Paris ou 3 horas de Berlim. É uma das referências turísticas da Europa e do Mediterrâneo e acolhe cada ano mais de 8 milhões de turistas e 40 milhões de pernoites na ilha de Mallorca (2014). Seus principais atrativos são o sol e praia, a arquitetura e os monumentos do centro antigo, entretanto existem diversas ações que explicam o sucesso do destino como: Destino: Palma de Mallorca (Ilhas Baleares, Espanha) • A promoção é feita através de sites na internet como visitpalma. com e palmavirtual.es, que divulgam a oferta hoteleira e as atividades disponíveis no destino, além de permitir que o turista reserve os passeios. Existe também uma grande presença nas redes sociais por parte das contas oficiais de promoção turística - @passionforpalma ou @visitpalma- • Conta com uma oferta hoteleira de qualidade que atrai um turismo de classemédiaquebuscamaisquesolepraia. •Contacomumdosportosesportivoseportoreceptivodepassageiros maisestruturadosdaEspanha,comumvolumedemaisdeummilhãoe meiodepassageiros. •Acidadeorganizamuitoseventosaolongodoanoparaqueoturismo nãosejaconcentradosomentenosmesesdoverão:eventosesportivos – triatlon, corridas internacionais como TUI Marathon-, gastronômicos –SemanadosFrutosdoMar,RotasdePetiscos,RotaMarítima,eventos teatraisecinematográficos. •Amaioriadasiniciativasrealizasnacidadeéfrutodacolaboraçãoentre entidades privadas e públicas. Um exemplo é a Noite da Arte, produto criadoparadiversificaraofertadesolepraiaevalorizaracultura.
  21. 21. 2222 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia A primeira edição da “Noite da Arte” em Palma de Mallorca foi realizada em 1997, e surgiu a partir da iniciativa das galerias de arte localizadas no centro antigo. A “Noite da Arte” é a versão mallorquina da tradicional “Nuit Blanche” que acontece em muitas cidades no mundo e é originária de Paris. Em Palma, as galerias e museus, juntos, celebram na terceira quinta-feira domêsdesetembro,oiníciodatemporadaartística,transformandoocentro antigo da cidade numa rota para os turistas, pois ficam abertos até meia noite. Este acontecimento beneficia muitos outros setores, e é apoiado pelo poder público. A edição de Mallorca é a pioneira na Espanha; depois surgiu em Barcelona, Madrid, Málaga e Sevilla. O propósito é aproximar a criação artística contemporânea dos cidadãos e turistas, gratuitamente, visando à cidadania, vanguarda e sustentabilidade. Alémdisso,fomenta ointercâmbiodeexperiênciasdevidoaodesenvolvimento de programas conjuntos, entre o poder público e inciativa privada, e promove a internacionalização de artistas locais. Na última edição de 2015 optou-se por prolongar o evento, realizado de quintaasábado.Parafomentaroincrementodavisitação,apartirdequinta- feira, os espaços já podem ser visitados enquanto as galerias e museus montavam as exposições. E no sábado à noite, é quando estão abertos a noite toda. Boa Prática
  22. 22. 23 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia As entidades organizadoras são a Art Palma Contemporani, que é a associação de galeristas da cidade, junto com a AIGAB, Associação Independente de Galerias de Arte de Baleares. Os organizadores são responsáveis por financiar a programação oficial e divulgá-la para os meios de comunicação, comunidade e visitantes. As entidades organizadoras contam com um grande respaldo do poder público – Governo das Ilhas Baleares, Consell de Mallorca e Prefeitura de Palma, além de entidades como a Fundação Caixa, Gás Natural Fenosa, Fundação Pilar e Juan Miró. Envolvidos •Naprimeiraedição,12espaçosparticiparamdainiciativa.Hoje, mais de 30 espaços de arte abrem as suas portas para moradores e turistas. • Atualmente, conta com um reconhecimento internacional e a ocupação hoteleira para essa noite aumenta em 30%. • Os empreendimentos de alimentação e o comércio são, também,grandesbeneficiadosdestanoite,poismuitasfamíliase grupos de amigos saem para desfrutar a cidade. Nas últimas três edições, o evento tem sido motivo para as lojas ficarem abertas, incentivando o público a aproveitar o movimento de uma das noites mais celebradas em Palma. • Na edição de 2014, foram contabilizadas 20.000 pessoas no evento. Impactos
  23. 23. 2424 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 1. Mesmo sendo um destino essencialmente conhecido pelo segmento Sol e Praia, com Turismo de massa, Palma de Mallorca apresenta uma oferta turística diversificada. A “Noite da Arte” é um bom exemplo de valorização da cultura no Turismo. 2. É um bom exemplo de parceria público-privada, pois a prefeitura realiza uma programação de música e arte nas praças durante o evento. 3. As galerias de arte de outros pontos da cidade também participam com espaços temporários no centro antigo no período do evento; 4. As galerias que não fazem parte das associações realizadoras acabam participando, criando o que se denomina “Off da Noite de Arte” Aprendizados www.nitdelartartpalma.com Consulte
  24. 24. BoaPrática:“FIB-Festival InternacionaldeBenicàssim”
  25. 25. 2626 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Benicàssim é um pequeno município na costa da região de Valência (Espanha). Sua população tem pouco mais de 18.000 habitantes e sua economia está voltada para a atividade turística. Os principais atrativos são o sol, as praias e as atividades na orla. A oferta turística contempla 17 hotéis, quatro pousadas, três pensões, cinco campings e centenas de apartamentos turísticos para alugar. Além de uma ampla e muito variada oferta de restaurantes, bares e pubs. No total, recebe 619.575 turistas e registra 2.413.058 pernoites (2014). Paraminimizarasazonalidade,sãorealizadasiniciativasemoutrosperíodos como o Festival Internacional de Benicassim (FIB), que é um festival de música realizado em meados do mês de julho. Graças à iniciativas como o FIB, além de diminuir a sazonalidade, foi possível projetar a imagem do destino e, atualmente, a iniciativa tem uma relevância internacional, apesar de ser um município pequeno. Destino: Benicàssim (Comunidade Valenciana, Espanha) Seu principal atrativo é a natureza, mais especificamente o sol e praia. No entanto, vem criando novos produtos como a Rota de Villas (casas antigas à beira mar, construídas no século XIX); festivais musicais para crianças como o Formigues Festival; e uma grande tradição gastronômica que contempla a realização de um concurso de “Paellas” (o prato mais típico da região Valenciana). Entretanto, o principal ponto fraco do destino é a alta sazonalidade, pois háumaconcentraçãodevisitantesemagosto.
  26. 26. 2727 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia O Festival Internacional de Benicassim é um evento de música de diferentes estilos:pop,rock,indieeletrônica. Envolve,ainda,atividadescomooteatro, a moda e o cinema. É realizado no verão, desde 1995. Durante dez anos, aconteceu em agosto, mas devido à aglomeração de turistas neste período, agora acontece em meados de julho. Oeventocontemplashowsdegruposeartistasderelevânciaereconhecidos na Europa, com a presença especial das bandas do Reino Unido. O objetivo era atrair o público jovem de outros países do norte da Europa, embora, desde a última edição (2015), tenha-se apostado em grupos nacionais e locais para conquistar a atenção do público espanhol. Durante os dias do Festival são estruturadas as zonas de camping com serviços como duchas e restaurantes para que os ‘fibers’ (denominação dada aos assistentes/colaboradores do FIB) possam descansar nas horas que não têm shows. Boa Prática
  27. 27. 28 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia ParticipamdaorganizaçãodoeventoasentidadespúblicascomoaPrefeitura deBenicàssim,TurismodeCastellón,oGovernodaComunidadeValenciana, a SGAE e sua Fundação (Sociedade General de Autores e Editores) e Generalitat Jove. Empresas como RENFE, CDMón, Bikes & Events, Teenvío ouSoldOut,entreoutras.Alémdisso,ainiciativasecomprometeacolaborar com “Save The Children” (ONG). Envolvidos • O primeiro FIB (1995) envolveu 8.000 colaboradores e os shows foram realizados no velódromo de Benicassim, localização diferente da atualidade. • O FIB continuou crescendo e batendo recordes ano após ano. Na edição de 2007 houve aproximadamente 150.000 pessoas participandoduranteosquatrodias.Entreosgruposqueatuaram nessesanosestavam Pixies,TheStrokes,FranzFerdinand,Arctic Monkeys, Depeche Mode, etc. O recorde de público foi em 2011, com 200.000 pessoas. • A fórmula do novo FIB, colocada em prática desde 2015, que está relacionada à conquista do público local, tem o objetivo de captar mais patrocinadores e variar a oferta da festa. Impactos
  28. 28. 2929 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 1. Uma das recomendações é que o evento seja economicamente sustentável, uma vez que não se pode depender somente de recursos públicos. 2. Para o poder público, o evento trata-se de uma ferramenta básica para a promoção de Benicàssim entre os público jovem. O FIB já é uma marca que acompanha a cidade há 20 anos e ainda tem potencial para promover muito mais o destino. 3. Na edição de 2015 a ocupação hoteleira foi de 100%. Aprendizados www.fiberfib.com Consulte
  29. 29. 3030 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Tema: Turismo de Sol e Praia associado à Sustentabilidade
  30. 30. BoaPrática:“Usodebicicletas ecarroselétricos”
  31. 31. 3232 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Formentera é uma pequena ilha de 17 quilômetros de comprimento e 5, de largura. Localizada a 10 quilômetros da famosa ilha de Ibiza, nas Ilhas Baleares (Espanha). Seu principal atrativo são as impressionantes praias de areia branca e águas transparentes. Além disso, a ilha conta com uma gastronomia reconhecida e um antigo mercado hippie. O Governo de Formentera realiza um trabalho, orientado por três eixos: Entretanto, Formentera começava a ser vítima de seu próprio sucesso. Nos meses de julho e agosto, considerados alta temporada, a ilha recebia um excesso de gente que provocava congestionamento das praias, estradas, estacionamentoslotados.Porisso,oGovernodeFormenterafezumaaposta simples para promover o uso de bicicletas e carros elétricos. Então, além das praias, boas políticas públicas para a gestão do destino são as principais matérias-primas para o desenvolvimento turístico desta ilha. Destino: Formentera (Ilhas Baleares, Espanha) • Desenvolver um turismo mais sustentável, que tenha um menor impacto no frágil ecossistema da ilha. • Diversificar o Turismo de Sol e Praia com atividades como: Formentera em Família; Formentera em Outubro, competições de Nordic Walking, Maratonas Fotográficas da ilha de Formentera. •Estudosparaconhecerademandaturísticaeospotenciais e prioritários mercados emissores, levantamento da satisfação do turista anualmente, etc.
  32. 32. 3333 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia O Governo de Formentera (Consell Insular de Formentera) trabalha desde 2013 com as empresas de aluguel de carros da ilha para incentivar a incorporação de carros eléctricos nas frotas, tanto ciclomotores (bicicletas motorizadas) quanto carros ou bicicletas tradicionais. Os carros elétricos são uma solução muito adequada para o século XXI, num período no qual a preocupação com a poluição gerada diariamente está gerando uma maior consciência e senso de preservação do meio ambiente entre os cidadãos. Com esta iniciativa pretende-se descongestionar a ilha, especialmente no verão, e incentivar o transporte sustentável. O objetivo é avançar para um modelo de mobilidade que contamine menos o meio ambiente e que seja acessível tanto para os cidadãos quanto para os visitantes. Além destes pontos há incentivo para quem usa esse tipo de transporte como oacessogratuitoaoParqueNaturaldeSesSalines(paraorestante doscarros o preço é de EUR 6,00). A cobrança do imposto de circulação tem um valor mais acessível, entre outros benefícios. Boa Prática O Governo de Formentera é o responsável por potencializar o uso deste tipo de veículo através de ações como a instalação de 14 pontos de carga de carros elétricos distribuídos por toda a ilha, somados a 12 pontos existentes, fazendo uma rede de carga pioneira na Espanha. As características geográficas da ilha e das curtas distâncias facilitaram seu uso. Cabe destacar que o gasto de um veículo elétrico por 100 quilômetros percorridos corresponde a EUR 1,00.
  33. 33. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 34 Este programa está aberto à participação de empresas que trabalhem para a sustentabilidade ambiental, cultural, social e econômica, que, de maneira voluntária, decidem aderir à iniciativa. O Governo tem investido através de algumas ações, como os pontos de recarga para os carros. Envolvidos • Promove o Turismo responsável e sustentável do ponto de vista ambiental, cultural, social e econômico. • Progressivamente, tem se convertido numa aposta também dos empresários. • Empresas locais e internacionais aderiram: “Cooltra motos” conta com 40 scooters elétricas; “Proauto” com quatro carros elétricos de dois lugares; “Autos Formentera” também tem apostado neste tipo de transporte; “Emobile”, que conta com 130 bicicletas e dois carros elétricos da marca “Hyundai” e tem previstaaincorporaçãoembrevedemaisdedezcarrosdamarca “Renault Leaf”. E, a “Europcar” no verão de 2015 passou a fazer parte desta ação com a frota de carros elétricos. Impactos
  34. 34. 3535 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 1. As estações de recarga são a última novidade tecnológica. Contam com dispositivos especialmente elaborados para armazenar todos os ciclos de uso das estações e controlar as frequências de carga dos usuários. Além disso, estão programadas para aceitar cartões pré-pagos. 2. Empresas e organizações comprometidas com a sustentabilidade da cidadeparticipamdeumacertificaçãovoluntária:meiosdehospedagemcom ações de sustentabilidade ambiental, espaços e serviços especializados na organização de eventos sustentáveis, visitas à cidade e meios de transporte sustentáveis, etc. Aprendizados www.visitformentera.com/vehiculos-electricos/coches-motos- electricos-formentera.php http://www.formentera.es/es/noticies/vehiculos-electricos-vehicles- electrics-69 Consulte
  35. 35. BoaPrática:“Borneo–BorneoEcotourism SolutionsandTechnologies(BEST)”
  36. 36. 3737 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Borneo é a terceira maior ilha do mundo com 743.330 km2 e está no sudeste asiático. A ilha é propriedade de três países - Indonésia, Malásia e Brunei - e tem uma característica relevante: possui uma das selvas mais antigas do mundo, com mais de 140 milhões de anos. É, portanto, uma ilha com grande parte da superfície coberta pela selva, com muitos rios, grutas, cavernas e praias. Cabe destacar que seu bosque e selva são considerados os mais virgens do planeta, e que abrigam mais de 15.000 espécies de plantas, 3.000 espécies de árvores, 221 espécies de mamíferos e 430 espécies de pássaros. Portanto, a natureza é seu principal atrativo. Estes recursos justificam o posicionamento da imagem do destino voltado para a gestão sustentável e para os cuidados intensivos com o entorno natural. Destino: Borneo (Indonésia, Malásia e Brunei) Exemplo disso são as empresas de turismo receptivo que realizam importantes doações para a preservação ambiental e social da ilha (empresas como SRL, BEST ou KINABATANGAN).
  37. 37. 3838 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Borneo Eco-Tours é uma agência de viagens criada na Malásia em 1991 que dedica uma parte das suas receitas à organização não governamental “BorneoEcotourismSolutionsandTechnologies(BEST)”,comafinalidadede investir no meio ambiente e em projetos sociais dedicados às pessoas que habitam a região. BEST nasceu da mesma Borneo Eco-Tours para canalizar adequadamente o grande volume de recursos financeiros que se destinam à melhoria ecológica da ilha. O funcionamento é o seguinte: por cada adulto e por cada noite em que se utilizam os serviços da Borneo Eco-Tours, EUR 6,00 são destinados a projetos sociais e ambientais da BEST. A agência de viagens oferece um conjunto de serviços para desfrutar e conhecer a ilha como safaris, rotas de barcos elétricos pelos rios, trekkings pela selva, por alguns dias, viagens para famílias e hospedagem em lodges ecológicos na selva. Estainstituiçãonãogovernamental,BEST,éresponsávelporgerireexecutar os projetos ambientais e sociais. Sua finalidade é melhorar a qualidade de vida da sociedade, e, entre seus objetivos mais importantes, destacam-se: A principal inovação e Boa Prática turística da BEST têm sido: 1) Uma mudança na filosofia. No lugar das doações por caridade, a BEST propõe fomentar o espírito empreendedor com filosofia social, ou seja, que as empresas trabalhem para melhorar a qualidade social e ambiental de Borneo, em vez de serem doações. 2) Trabalhar cooperadamente com todos os agentes. A BEST não trabalha sozinha, envolve a comunidade local, as microempresas da região e parceiros como a ONU, a ONG WWF, a petrolífera SHELL e a Universidade da Malásia. Boa Prática • Promover a sustentabilidade do turismo em Borneo; • Promover fontes de renda adicionais para as famílias, além da renda tradicional (pesca, caça, agropecuária); • Proporcionar formação em ecoturismo para a comunidade a fim de gerar renda e contribuir com a erradicação da pobreza na zona rural; • Aplicar novas tecnologias na gestão do meio ambiente.
  38. 38. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 39 • A lista de projetos implementados graças à doação da empresa Borneo Eco-Tours à ONG BEST é muito ampla e pode ser encontrada na sua página web (http://www.bestsociety.org/v2/). Entre outros, vale destacar que seus projetos têm beneficiado diretamente 6.500 pessoas e têm plantado mais de 5.000 árvores. • Receberam mais de 40 prêmios locais, nacionais e internacionais por esta iniciativa. Entre outros, tem recebido o reconhecimento da OMT e da National Geographic. Impactos Para alcançar os resultados propostos, a BEST implementa vários projetos, sempre com foco em fomentar o empreendedorismo local (formação, microcrédito, dentre ouras iniciativas). EntreoutrasaçõesimplementadaspelaBEST,encontram-se oreflorestamento, instalação de tanques acumuladores de água potável nos pequenos povoados rurais, centros de saúde, construção de lodges/hospedagens sustentáveis, projetos de agricultura orgânica e ecológica, criação de centros de produção e engarrafamento de óleo de coco, etc. Trata-se de uma iniciativa liderada pelo setor privado. Borneo Eco-Tours é uma agência de viagens que dedica voluntariamente uma parte das suas receitas à ONG “Borneo Ecotourism Solutions and Technologies (BEST)”: EUR 6,00 por cada visitante que recebem. Desenvolve o espírito empreendedor com objetivo social, apesar de ser um processo longo que requer tempo. No caso da BEST, foram necessários 18 anos para começar a observar os primeiros resultados concretos. Envolvidos Aprendizados Consulte http://www.bestsociety.org/v2/
  39. 39. 4040 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Tema: Turismo Cultural
  40. 40. BoaPrática:“NoitedosLivros”
  41. 41. 4242 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Buenos Aires é a cidade mais visitada de toda a América do Sul (2,6 milhões de turistas) e seu patrimônio cultural já é reconhecido internacionalmente como o bairro de San Telmo, o bairro da Recoleta, Avenida Corrientes, o bairro Boca, Plaza de Mayo, a Casa Rosada, o tango, etc. Além disso, o departamento de turismo da cidade de Buenos Aires se encarrega de estruturar a atividade turística através de ações como: visitas guiadas, passeios temáticos, o aplicativo de turismo de Buenos Aires ou a famosa “Noite dos Livros” da cidade. Destino: Buenos Aires (Argentina) Uma das iniciativas é a realização de um evento cultural chamado ” Noite dos Livros”. Este evento é realizado desde 2007comobjetivodevalorizaracultura,atravésdaliteratura local. A ideia surgiu quando o poder público percebeu a grande concentração de livrarias na cidade e possibilidade de valorizá-las e envolvê-las na atividade turística.
  42. 42. 4343 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia A “Noite dos Livros” é um evento anual, realizado durante uma noite do mês de novembro, a partir das 19h. As livrarias e os bares da Avenida Corrientes, uma via emblemática da cidade com tradição livresca, oferecem suas novidades editoriais e atividades relacionadas à literatura. O evento também acontece em outros bairros da cidade, que organizam atividades extras no mesmo dia. Entre as mais de 70 atividades organizadas encontram-se apresentações teatrais, lançamento de livros, apresentações musicais, contos, visitas guiadas, intervenções artísticas, entre outras atividades para toda as idades. As livrarias também realizam promoções especiais para esta data. Boa Prática Envolvidos Impactos Outra inovação é a inserção de QR codes em diferentes espaços da Avenida Corrientes, que permitem baixar gratuitamente títulos de domínio público, através do celular ou tablets. Esta iniciativa é organizada pelo Ministério de Desenvolvimento Econômico em cooperação com o Ministério da Cultura da Cidade, com o apoio de comerciantes, livrarias e outros empreendimentos. • Apoia a indústria editorial. Fomenta a Economia Criativa, Cultura e Turismo. • Fomenta a atividade comercial da região. • Atrai visitantes na baixa temporada. • A última edição, realizada no dia 29 de novembro de 2014, contou com a participação de mais de 60.000 pessoas. • As livrarias triplicaram suas vendas.
  43. 43. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 44 1. Trata-se de uma festa do livro, onde as livrarias abrem suas próprias lojas durante a noite e compatibilizam suas vendas com atividades, leituras e oficinas diversas. 2.Proporcionaavalorizaçãodeumpotencialimportantenacidade:aliteratura e as livrarias. www.buenosaires123.com.ar/noche-de-las-librerias.php http://www.turismo.buenosaires.gob.ar/es/article/la-noche-de-los- libros Aprendizados Consulte
  44. 44. 4545 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Tema: Turismo Cultural em Pequenas Cidades
  45. 45. BoaPrática:“FeiradeTàrrega”
  46. 46. 4747 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Tàrrega tem uma população de 16.000 habitantes e está situada na Catalunha (Espanha), a duas horas de carro de Barcelona e a duas horas da fronteira com a França. Localiza-se em uma região bastante árida e com pouca atratividade cultural e natural. Dedica-se principalmente à indústria e ao setor agrícola, ou seja, tem poucos recursos para atuação na atividade turística. Porém, a cidade tem sido reconhecida na Europa pela realização da “Feira de Teatro de Tàrrega”, que atrai mais de 140.000 visitantes durante quatro dias do ano. Este evento acontece desde 1981, e tornou-se um dos referenciais de Turismo Cultural na Europa. Por iniciativa da prefeitura da cidade, em 1981, nasceu a “Feira de Teatro de Tàrrega”. A ideia inicial era impulsionar a visitação e a participação da comunidade em um projeto cultural aproveitando a infraestrutura da cidade.Trêselementosfacilitaramacriaçãoeconsolidaçãodesteevento: Destino: Tàrrega (Catalunha, Espanha) Boa Prática • A retomada da democracia na Espanha (1978) impulsionou as festas populares e o uso da rua para manifestações da comunidade. • A cidade conta com um pequeno centro histórico medieval, com pequenas praças, ruas estreitas, pequenos pátios, um cenário apropriado para o evento. • O evento acontece no segundo final de semana de setembro, mês que conta com temperatura amena e pouca chuva, além de ser férias escolares.
  47. 47. 4848 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia A Feira também conta com conceitos que fazem com que o evento seja singular: o caráter festivo e popular; o conceito da mostra dos espetáculos, onde diferentes companhias mostram suas propostas cênicas; o conceito de feira, ou seja, um mercado onde os agentes da cultura podem comprar e vender espetáculos. Depois de 27 edições realizadas, atualmente a “Feira de Teatro de Tàrrega” é: • O mercado internacional das artes cênicas mais importante e com maior trajetória da Espanha, e um dos mais relevantes da Europa. • Uma grande vitrine teatral, com interesse especial nas artes de rua, nos espetáculos visuais e não convencionais. Incluem umas 300 representações de 77 espetáculos distintos. • Combina os espetáculos teatrais e cênicos com feiras de artesanato e gastronomia. • Oferece diferentes programações/roteiros de acordo com o perfil do visitante: pack mini (para crianças), multi player (para grupos), Tàrrega slow (para desfrutar do evento num ritmo mais pausado), pack Billy Elliot (especial de dança), rota vampírica (espetáculos de noite), etc. • O visitante deve pagar uma entrada para cada espetáculo e ganha descontos pela compra antecipada ou para grupos.
  48. 48. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 49 Inicialmente, a Feira foi fundada pela Prefeitura de Tàrrega e impulsionada por uma companhia teatral chamada “Comediants”. Atualmente, a organização do evento está amparada por um Conselho de Administração que faz parte da Prefeitura de Tàrrega, o Governo provincial de Lleida, a Generalitat de Catalunha e o Ministério da Cultura da Espanha. Envolvidos •Potencializaomercadodasartescênicas,aformaçãoeodebate em torno deste tema e a promoção de artistas emergentes. • Promove o destino em baixa temporada. • Impulsiona o incremento da visitação. •TemumimpactoeconômicoglobaldemaisdeEUR6milhões,dos quais EUR 2,3 milhões ficam na cidade e no seu entorno e cerca de EUR 2,5 milhões são gerados em contratações posteriores. • Conta com uma média de 140.000 visitantes por edição, sendo que em 2015 registraram 148.000 visitas. Impactos
  49. 49. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 50 1. Trata-se de um exemplo de criação de evento cultural como forma de dinamizar o Turismo e projetar uma cidade que não detinha muitos atrativos; 2. Gera importante impacto econômico através do Turismo Cultural; 3.Demonstraqueopoderpúblicopodeserpropulsordeiniciativasconsistentes que se consolidam no longo prazo; 4. Tem um impacto ampliado além do próprio evento, pois foi criado o curso de MestradoemArtesCênicasnalocalidade,frutodofortalecimentodatemática no local. https://www.firatarrega.cat/ Aprendizados Consulte
  50. 50. 5151 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Tema: Turismo em Parques Naturais com Valorização das Comunidades
  51. 51. BoaPrática:“TurismoResponsável emKerala“
  52. 52. 5353 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Kerala é um estado do sul da Índia habitado por 32 milhões de pessoas, de climatropicalecomrelevantesrecursosnaturaiscomopraiascomcoqueiros, zonas de montanha de cultivo de chá, a zona húmida de Backwater, etc. Osquatrodestinosabordadosnestaprática,Kovalam,Kumarakom,Wayanad e Thekkady, são cidades de pequeno porte que se localizam na zona dos Backwaters, que é uma área inundada pela água do mar e do rio e conta com uma infinidade de canais navegáveis. Estas regiões são agrícolas e pesqueiras. Perto dos Backwaters, tem também vistosas praias de areia e palmeiras, entretanto, não contava com um produto turístico estruturado. Além disso, as comunidades locais sofriam os efeitos de viver somente da agricultura, uma atividade econômica muito dependente dos produtos cultivados. O Turismo Responsável em Kerala é um claro exemplo da integração das Comunidadeslocaiscomodesenvolvimentoturístico,pormeiodaatuação em um atrativo localizado na zona do parque natural, os Backwaters. Em quatro municípios específicos desse estado da Índia, tem-se colocado em prática ações para um turismo responsável: em Kovalam, Kumarakom, Wayanad e Thekkady. Em cada um destes destinos, desde 2007,iniciou-seoprojetodeturismoresponsávelbaseadoemtrêspilares: 1) a cooperação público-privada; 2) fixação de uma estratégia clara; 3) a formação contínua de todos os agentes turísticos. Destino: Kerala (Índia) Boa Prática
  53. 53. 5454 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Finalmente, criou-se um Comitê Técnico com a finalidade de oferecer uma assistência permanente no âmbito da Formação: uma vez que a estratégia se fixoueosobjetivosiniciaisforamalcançados(melhoraraexperiênciaturística, torná-la mais sustentável e com envolvimento da comunidade local) foram oferecidos cursos de formação para as comunidades locais, tendo em vista prepará-las para receber o turista. Estes cursos foram formatados com oito horas de duração e o conteúdo tem foco no bem-receber e na gastronomia, mesclando teoria e prática. Também foram estruturados cursos de formação menos específicos, como, por exemplo, o curso de formação para ofertar uma experiência de hospedagem na casa dos nativos (Village Life Experience (VLE) Escorts Training). No âmbito da estratégia, foi estabelecido um cronograma com ações para aprimoramento da oferta turística visando a vivência de uma boa experiência pelo turista em cada um dos destinos. Podem ser citadas ações como: o inventário de atrações e atividades rurais com potencial para o turismo, elaboração do calendário de festivais, preparação de mapas turísticos da região, edição de guias sobre a culinária local (para fomentar sua demanda e curiosidade nos hotéis e restaurantes), plano para a gestão sustentável dos resíduos e da energia, etc. No âmbito da cooperação público-privada, foram criados diferentes comitês para conseguir o máximo de envolvimento de todos os atores, como: um comitê para formatação de preços dos produtos turísticos, um comitê para análise dos padrões de qualidade, entre outros. A iniciativa começou com poucos participantes, mas, lentamente, foram incorporando- se mais agentes turísticos.
  54. 54. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 55 Atualmente, mais de 1.000 pessoas das comunidades locais destes quatro destinos estão diretamente implicadas na criação e elaboração do produto turístico. Criou-se um produto turístico baseado na valorização da cultura e das comunidades locais e do meio ambiente. Oferecem uma experiência turística muito diferente e atrativa. Algumas das atividades que os visitantes podem fazer: • Passear nos pequenos barcos de pescadores da comunidade local; • Visitar as granjas onde são produzidos derivados do leite como queijo, iogurte, etc; •Aprenderasubirnocoqueiroparapegarofruto,comoéocostume local; • Pescar de forma artesanal; • Visitar as oficinas de artesanato que usam o coco como matéria- prima, e aprender a fazê-lo; • Cursos de dança tradicional de Kerala; • Dormir na casa dos nativos, jantar com eles, fazer trilhas com as famílias. Envolvidos AiniciativadestaaçãoédoDepartamentodeTurismodoGovernodoEstado de Kerala, que criou a entidade “RESPONSIBLE TOURISM KERALA”. Entretanto, desde o primeiro momento, trabalhou-se para envolver todos os setores: diferentes níveis de Governo e agentes privados locais do setor de hospedagem, alimentação, pescadores, agricultores, entre outros. Para isso, foi estruturado um grupo gestor do turismo responsável em cada destino que contou com representantes do poder público e da iniciativa privada. Impactos
  55. 55. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 56 1) A importância de trabalhar em três dimensões imprescindíveis: a) a cooperação público-privada; b) definição de uma estratégia clara; c) a formação contínua de todos os agentes da atividade. 2) Acontinuidadedotrabalhocombaseemumaestratégiaeapersistência, pois no início do projeto poucos atores da atividade turística e integrantes das comunidades locais estavam envolvidos. Porém, dando continuidade ao trabalho com foco na estratégia e comitês pequenos e específicos, fez com que mais pessoas se envolvessem no projeto. Aprendizados http://www.rtkerala.com/index.php Consulte
  56. 56. BoaPrática:“Dark-SkyemAlqueva”
  57. 57. 5858 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia A zona de Alqueva, na região de Alentejo (Portugal), é formada por seis municípios: Alandroal, Reguengos, Monsaraz, Mourão, Barrancos, Portel e Moura, que ocupam uma superfície de 3.000 km2 , todos situados ao redor de um grande lago, Alqueva. Fica a sudeste, próximo da fronteira com a Espanha. Esta região conta com restos megalíticos, os quais sugere-se que, antigamente, este local já era utilizado para observar o céu à noite. A liderança institucional e a cooperação público-privada são os pilares que têm impulsionado uma zona com baixo potencial turístico a desenvolver esta atividade econômica, pois instalaram-se em uma região desabitada e sem iluminação artificial, num atrativo turístico muito original e de sucesso. Através do programa “Dark Sky Alqueva”, os seis municípios colaboram de maneira muito ativa para desenvolver um produto turístico original: a contemplaçãodasestrelasedouniverso,seminterferênciadeiluminação artificial. Na Europa, a maior parte da população não tem a possibilidade de contemplar o céu durante a noite sem qualquer tipo de interferência de luz artificial. A região de Alqueva é uma zona ideal para contemplação de estrelas, planetas, constelações e galáxias, por três motivos: Destino: Alqueva (Portugal) Boa Prática • Baixo nível de luminosidade artificial; • Boas condições atmosféricas e geográficas para contemplar o céu: 286 noites por ano com céu azul. • Estrutura turística orientada para melhor usufruir deste produto.
  58. 58. 5959 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Com a criação da rota “Alqueva Dark Sky®”, os turistas podem realizar variadas atividades noturnas para contemplar as estrelas e observá-las com telescópios e binóculos. Também podem realizar a observação de pássaros, fazer rotas a pé ou a cavalo, jantar sob as estrelas, excursões de caiaque, degustação de vinho, navegação em veleiro pelo lago com orientação das estrelas. Além disso, oferecem aluguel de equipamentos (telescópios, binóculos) e cursos de formação sobre o universo, como identificar os planetas, galáxias, curso para aprender a fotografar de noite as estrelas, (FotoNature: Workshop Fotografia). As hospedagens (que colaboram entre si) estão preparadas para oferecer serviçosespecíficosparaestetipodevisitante:jantaresnoturnos,opicnicpara levar durante as excursões e atividades à noite. A rota “Alqueva Dark Sky®” já conta com nove estabelecimentos de hospedagem e cinco restaurantes associados que oferecem serviços similares. • A zona de Alqueva tem conseguido atrair visitantes onde não existia atratividade. Agora recebe cientistas, pesquisadores, famílias e curiosos por esta temática. • É o primeiro lugar do mundo certificado como “Starlight Tourism Destination” (Destino Turístico com luz de estrelas), reconhecido pela UNESCO e pela OMT. A associação “Alqueva Dark Sky Reserve” é a entidade responsável pela criação desta rota. Esta é quem certifica os agentes que querem, de maneira voluntária, entrar para fazer parte da rota “Alqueva Dark Sky®”. Para ter o certificado, a empresa deve ofertar alguns serviços para que o visitante possa contemplar as estrelas. Fazem parte desta associação estabelecimentos de hospedagem, restaurantes, guias turísticos, peritos em didática da astronomia. Além disso, para gerir e centralizar as reservas dos visitantes existe uma única central de contato. Impactos Envolvidos
  59. 59. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 60 1) Ser capaz de criar e estruturar de maneira simples um produto turístico a partir das condições naturais que, aparentemente, eram pouco atrativas para os turistas. Aprendizados Consulte http://www.darkskyalqueva.com/en/a-rota-en/
  60. 60. 6161 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Gestão de Destinos com Iniciativas Tecnológicas Inovadoras
  61. 61. BoaPrática:“BolíviaTeEspera”
  62. 62. 6363 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Bolívia é um país de aproximadamente 10 milhões de habitantes que compreende espaços geográficos e ecossistemas diferenciados e espetaculares como a Cordilheira dos Andes, o Altiplano, a Amazônia, as planícies de Moxos e o Chaco. Por isso, é um dos países com maior biodiversidade no mundo. A Bolívia conta também com mais de 40 grupos étnicos que, em muitos casos, conservam suas tradições, culturas e idiomas. Existem povos indígenas originários da Bolívia que se dividem em duas ramificações: as Etnias dos Andes e as Etnias das Planícies Orientais que se localizam nas regiões cálidas, ao nordeste da cordilheira central, e as regiões do sudeste. Estas belezas naturais são responsáveis pela atração de 1,3 milhão de visitantes por ano e o país tem o propósito de ampliar essa cifra devido ao importante potencial turístico. Entretanto, este destino conta com desafios como: Destino: Bolívia • Necessidade de se diferenciar de países com atrativos turísticos similares como o Peru, Caribe, Arica (Chile), Bogotá, Cartagena (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Foz do Iguaçu, São Paulo (Brasil). • Potencial pouco explorado para o Turismo de Base Comunitária (comunidades indígenas), necessidade de aprimoramento do marketing digital e a necessidade de conhecer a demanda turística potencial (perfil potencial do visitante, segmentos potenciais). Por isso, o governo começou a implementar uma estratégia para incrementar os fluxos turísticos interno e externo. Uma das iniciativas mais exitosas tem sido “#BolíviaTeEspera”.
  63. 63. 6464 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia “Bolívia Te Espera” é a Lei de Turismo que está em vigência desde 2012. Trata-se de uma lei ampla, porém a boa prática analisada aqui está relacionada apenas à estratégia online da marca. Oprojetopretendedarumaidentidadeturísticaaopaísatravésdacampanha “#BolíviaTeEspera” que difunde novos destinos nacionais nos meios de comunicação, sites e redes sociais. Pretende também melhorar os serviços de atenção aos turistas por meio de capital impulsionado pelo Executivo, e ampliar a infraestrutura hoteleira, principalmente privada. Comestacomunicação,opoderpúblicopretendedestacaraspotencialidades turísticas da Bolívia enfatizando suas características de biodiversidade, riqueza histórica e a diversidade cultural como elementos centrais. A interação com a demanda efetiva e potencial através das redes sociais é outro pilar desta estratégia. Isto se dá por meio de concursos em redes sociais,vídeosvirais,fotosdosprincipaisatrativosturísticos,da sua gente e dos seus costumes. Este conteúdo é cuidadosamente pensado e preparado para compartilhar com os seguidores. Um dos objetivos é desenvolver o turismo de base comunitária, ou seja, que as comunidades se preparem para ofertar hospedagem, alimentação, transporte e passeios para os visitantes, promovendo o desenvolvimento econômico por meio da entrada de divisas da atividade turística. Boa Prática Esta inciativa trata-se de uma campanha de comunicação online baseada na presença nas principais redes sociais: YouTube,Facebook,Twitter,InstagrameTripAdvisor,lançada pelo Vice Ministério de Turismo da Bolívia. A estratégia conta também com uma página na internet bem estruturada que permite conhecer a diversidade de atrativos que o país oferece.
  64. 64. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 65 No início de “Bolívia Te Espera”, em 2012, a riqueza cultural e natural do país foi mostrada para o mundo através de uma campanha turística que começava em Santa Cruz, La Paz e Cochabamba, com a projeção de nove vídeos promocionais de cada uma das cidades e um documentário, com imagens que buscam refletir os atrativos turísticos, a cultura viva e adiversidadedospovos.Estainiciativafoirealizadaatravésdo YouTube. Em pouco mais de três anos desde a criação da iniciativa “#BolíviaTeEspera” nas redes sociais, já conta com: • Mais de 154.000 fans na sua página oficial do Facebook; • Mais de 5.500 seguidores no Twitter; • 2.900 pessoas inscritas no seu canal do YouTube; • Quase 1.000 seguidores no Instagram (perfil criado recentemente) Bolívia obteve em 2014 o Segundo Prêmio na Categoria Destinos e o Primeiro Lugar na Categoria Melhor Vídeo de Publicidade Turística com o Spot da promoção turística “Bolívia Te Espera”, no Festival de Cine Arte e Turismo, desenvolvido na Sesimbra- Portugal. Com este projeto, projeta-se que as receitas geradas para o país por turistas nacionais e estrangeiros sejam triplicados entre 2014 e 2020. Envolvidos Impactos O Governo Nacional promulgou a Lei Geral do Turismo Nº292/12 ”Bolívia Te Espera”comoobjetivodeestabelecerpolíticasgeraiseoregimedoTurismo do Estado Plurinacional da Bolívia. A promoção turística é responsabilidade do Ministério da Cultura e Turismo.
  65. 65. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 66 1. Para a promoção turística na Bolívia, o Ministério da Cultura e Turismo trabalhacomumorçamentodeUS$5milhõesparaquatroanos(2012-2016). 2. A consolidação desta iniciativa também vinha sendo apoiada por uma forte estratégia de marketing ‘offline’ com presença fora do país. Um bom exemploéaparticipaçãoem2015noRoadShow;projetopilotodoMinistério daCulturaeTurismoeseuViceMinistériodeTurismocomoapoiodoCentro de Promoção para Países em Desenvolvimento, entidade descentralizada dosPaísesBaixos–comacoordenaçãodaAssociaçãoARGELateinamerika, única Associação na Alemanha, Áustria e Suíça especializada em destinos turísticos Latino Americanos e de apoio ao desenvolvimento turístico desta região. É responsável por promover o encontro entre a oferta e a demanda (Demanda europeia – Oferta destinos Latino Americanos) utilizando seus contatos e sua experiência em organização deste tipo de evento de promoção, posicionamento e comercialização. Aprendizados Consulte http://www.bolivia.travel/index.php
  66. 66. BoaPrática:“SistemaInterativode InformaçãoTurística(ISIT)”
  67. 67. 6868 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia Pomerania é uma região histórica situada entre a Polônia e Alemanha, na zona da costa norte de ambos os países, com maior parte do território polonês. Trata-se de uma região plana, com uma grande orla, numerosas ilhas, penínsulas, baías e praias, zonas inundadas, úmidas e lagos. Possui um clima frio, amenizado pela proximidade com o mar. Nos meses do verão na Europa tem um clima muito agradável e é um destino habitual de férias de verão por parte dos moradores da Polônia e Alemanha. Tem uma grande relevância histórica, muitos edifícios, igrejas, povos, uma culinária e cultura próprias e falam dialetos bastante diferenciados do polonês e do alemão. Destino: Pomerania (Polônia) Entretanto, a iniciativa-chave foi a cooperação entre mais de 100 governos municipais que permitiu inserir Pomerania no mapaturísticoefoicapazdecriarumaúnicaregiãoturística, com um produto estruturado. O sistema ISIT foi o catalizador desta cooperação e da estruturação de um produto turístico antes disperso.
  68. 68. 6969 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia O “Sistema Interativo de Informação Turística (ISIT)” compreende uma rede de 245 telas táteis distribuídas por toda a região da Pomerania. Cada tela contém informação de praticamente todos os atrativos turísticos da região, em seis idiomas. O ISIT se complementa com uma ferramenta disponível na web que possibilita o acesso à mesma informação e com a mesma qualidade visual. A finalidade do ISIT é: O sistema consiste numa sequência de mapas e imagens de todo o patrimônio cultural e natural da região. Contempla uma grande quantidade de informação, de qualidade, completa e atualizada, mas que se organiza de maneira minimalista e intuitiva e com um desenho atrativo. Nesta ferramenta pode-se encontrar: • Calendário de eventos; • Informação prática sobre: transporte público, hospedagem, restaurantes, guias, informação turística, etc; •Informação sobre temáticas específicas: esportes (Nordic Walking, passeioacavalo,caça).Aventurasdeáguas(canoa,pesca).Rotasturísticas sugeridas (rotas culturais, de bicicleta); • Visitasvirtuaisdepraticamentetodososlugaresdeinteresse:classificado por regiões, cidades, edifícios, tem um amplo arquivo de fotografias de 360º que permite ter uma ideia do que podemos encontrar em cada lugar. Além disso, toda esta informação pode ser adaptada à necessidade de cada turista, por exemplo, traçando uma rota de bicicleta por uma região específica. É importante destacar que as fotos que estão no sistema foram utilizadas para despertar emoções e sentimentos positivos mostrando a história, cultura e recursos naturais da Pomerania e, assim, torná-la mais atrativa. Boa Prática 1) Fornecer informação para todos aqueles que estão planejando uma viagem para Pomerania, antes de sair da sua residência. 2) Fornecer informação àqueles visitantes que estão na região e necessitam de uma informação pontual.
  69. 69. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 70 • Informação turística muito bem estruturada que pode ser acessada desde o país de origem ou no destino. • Reconhecimento internacional: grande número de prêmios recebidos, a nível nacional e a nível internacional (OMT). •Incrementononúmeroanualdevisitantese,principalmente,na divulgação e conhecimento do produto turístico da Pomerania. Envolvidos Impactos O “Sistema Interativo de Informação Turística (ISIT)” foi criado por iniciativa do Governo Regional da Pomerania e cofinanciado com Fundos da União Europeia. Entretanto,osucessoquetemconseguidosedeupelagrandeparticipação e colaboração de muitas entidades de toda a região: 100 governos municipais e 20 entidades turísticas privadas (agências receptivas, pequenos negócios turísticos, guias turísticos). Graças à colaboração de todos, foi possível estruturar uma grande quantidade de informação turística de uma região muito ampla.
  70. 70. Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia 71 Principais Aprendizados: 1. Um bom “inventário” e mapeamento dos atrativos turísticos é fundamental para estruturar o produto turístico. 2. Estas informações devem ser estruturadas adequadamente e organizadas de maneira simples para o turista: com rotas sugeridas, informação atrativa e visual. 3. O visitante não entende de fronteiras administrativas: por isso é fundamental poder unificar todas as informações e experiência turística, alémdoslimitesadministrativosdecadamunicípio.NocasodaPomerania, uniram-se mais de 100 municípios. Aprendizados Consulte http://pomorskie.travel/ISIT/en http://pomorskie.travel/en
  71. 71. 72 Assessoria Estratégica em Turismo - Boas Práticas Internacionais - Sebrae Bahia www.shutterstock.com www.nitdelartartpalma.com www.fiberfib.com http://www.formentera.es/ https://www.firatarrega.cat/ http://www.darkskyalqueva.com/en Fotografia

×