Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Antiguidade clássica grécia

17,859 views

Published on

  • Be the first to comment

Antiguidade clássica grécia

  1. 1. HISTÓRIA GERAL Antiguidade Clássica - Grécia Profª. Maria Auxiliadora
  2. 2. GRÉCIA Península Balcânica Relevo acidentado e recortado
  3. 3. Características Gerais – Grécia
  4. 4. Período Pré-Homérico - séc. XX a.C. XII a. C. <ul><li>Formação do povo grego </li></ul><ul><li>pelasgos = Civilização Cretense </li></ul><ul><li>+ </li></ul><ul><li>indo-europeus = aqueus, eólios, jônios e dórios </li></ul>
  5. 5. Formação do povo grego ou aqueus
  6. 6. Período Pré-Homérico - séc. XX a.C. XII a. C. <ul><li>  Povoamento da Grécia: entre 2000 a.C. e 1200 a. C. por povos provenientes da Índia e Europa que dominaram os primitivos habitantes da região chamados de pelágios; </li></ul><ul><li>Dos invasores destacavam-se: aqueus, fundadores de Micenas; </li></ul><ul><li>1700 a. C.: outros povos chegaram na Grécia – eólios e os jônios (fixaram-se principalmente na região balcânica da Ática; </li></ul><ul><li>1200 a. C.: chegaram os guerreiros dórios, os últimos invasores indo-europeus; </li></ul><ul><li>Dórios: manuseavam o ferro, eram violentos – destruíram diversos centros urbanos; </li></ul><ul><li>Até a chegada dos dórios, Micenas vinha, aos poucos, dominando a civilização cretense; </li></ul>
  7. 7. Período Pré-Homérico - séc. XX a.C. XII a. C. <ul><li>Lenda do Minotauro: monstro com cabeça de touro e corpo de homem, que vivia em um labirinto – Segundo a lenda, o Minotauro dominava a Grécia, até que um herói grego, Teseu, o derrotou; </li></ul><ul><li>A lenda coincide com as Lutas entre Gregos e Cretenses; </li></ul><ul><li>Os governantes de Creta chamavam-se Minos, e seu palácio governamental em Cnossos, tinha tantos cômodos e tamanhas dimensões que lembrava um labirinto; </li></ul><ul><li>Os micênicos, através do Mar Egeu, chocaram-se também com a cidade de Tróia, quando teve início a famosa Guerra de Tróia, narrada por Homero (Ilíada); </li></ul><ul><li>Nesta fase de apogeu de Micenas chegaram os dórios e puseram fim a inúmeros centros urbanos gregos e a esta fase de hegemonia dos micênicos; </li></ul>
  8. 8. PERÍODO HOMÉRICO (XII – VIII a . C.) <ul><li>1200 a.C.: Muito do que se conhece sobre este período são provenientes das obras literárias de Homero: * A Ilíada: que narra a Guerra de Tróia * A Odisséia: que descreve as aventuras do herói grego Ulisses (ou Odisseu); </li></ul>
  9. 9. Ásia Menor
  10. 10. PERÍODO HOMÉRICO (XII – VIII a . C.)
  11. 11. <ul><li>Desintegração do sistema gentílico: fator interno </li></ul><ul><li>Crescimento demográfico, limitações naturais, modo de produção (esgotamento); </li></ul><ul><li>Falta de terras para ocupar; </li></ul><ul><li>Descontentes, muitos saíram por livre e espontânea vontade; </li></ul><ul><li>Outros foram expulsos por causa da crise social – Segunda Diáspora Grega; </li></ul><ul><li>Conseqüentemente novas colônias foram fundadas – Mediterrâneo Ocidental, na região sul da Itália e na Sicília (Magna Grécia); </li></ul>
  12. 13. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C.
  13. 14. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C. <ul><li>ESPARTA   </li></ul><ul><li>Situada no Peloponeso, em uma das raríssimas planícies férteis da Grécia; </li></ul><ul><li>Esparta: origem dórica; </li></ul><ul><li>Os dóricos dominaram a região e se tornaram donos de inumeráveis servos: hilotas (aqueus da Messênia) </li></ul><ul><li>Esparta: propriedade estatal; </li></ul><ul><li>O espartano ficava proibido o comércio, o que contribuiu para o monopólio comercial dos periecos (aqueus que habitavam a periferia); </li></ul><ul><li>Espartanos eram xenófobos: aversão ao estranho, ao estrangeiro </li></ul><ul><li>Laconismo – Falavam pouco </li></ul>
  14. 15. Educação espartana: aprimoramento físico;  Característica militarista da cidade .
  15. 16. Espartanos ou Esparcíatas : descendentes dos dórios e únicos detentores do poder político e das terras; Periecos: aqueus livres, sem direitos – deveriam participar do exército quando necessário; não tinham poder político. Hilotas : aqueus escravizados nas guerras messênicas Ordem Social: ESPARCIATAS PERIECOS - estrangeiros HILOTAS - escravos
  16. 17. Estrutura política: Oligarquia <ul><li>Diarquia: dois Reis -funções executivas e militares;   </li></ul><ul><li>Gerúsia: senado, composta por 28 ou 30 senhores de mais de 60 anos – funções legislativas; </li></ul><ul><li>  Ápela: Assembléia Popular – homens com mais de 30 anos participavam; </li></ul><ul><li>  Éforos: cinco magistrados eleitos anualmente, com funções judiciárias e de fiscalização sobre os demais órgãos;   </li></ul>
  17. 18. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C. <ul><li>ATENAS </li></ul><ul><li>• Maior centro cultural, político e econômico da época; </li></ul>
  18. 19. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C. <ul><li>ATENAS </li></ul><ul><li>• Cidade de origem jônica – teve um outro padrão de desenvolvimento; </li></ul><ul><li>Situada na Península da Ática </li></ul>ATENAS <ul><ul><ul><li>ESPARTA   </li></ul></ul></ul>
  19. 20. • Grupos sociais após a desintegração dos genos *Eupátridas – melhores terras; descendentes dos jônios (eram os bem nascidos) *Georgóis – piores terras; *Demiurgos – comerciantes; eram metecos * Thetas – não receberam terras; eram escravos (prisioneiros de guerras ou por dívidas) Eupátridas Georgóis Demiurgos Metecos – denominação para estrangeiro Thetas
  20. 21. Organização Política - Atenas
  21. 22. Organização Política - Atenas
  22. 23. Organização Política - Atenas
  23. 24. Organização Política - Atenas
  24. 25. LEI DEMOCRÁTICA: <ul><li>LEI DEMOCRÁTICA: </li></ul><ul><li>–“ Todo cidadão é igual perante a lei”. </li></ul><ul><li>CIDADÃOS: </li></ul><ul><li>– Homem livre, nascido em Atenas. </li></ul><ul><li>• NÃO CIDADÃOS: </li></ul><ul><li>– Mulheres; </li></ul><ul><li>– Metecos; 70% da população. </li></ul><ul><li>– Escravos; </li></ul><ul><li>– Ex-escravos; </li></ul>
  25. 27. Guerras Médicas (490 – 449 a . C. ) Grécia x Pérsia Batalha das Termópilas Batalha de Salamina Batalha de Maratona Batalha de Platéia Dario
  26. 28. Guerras Médicas (490 – 449 a . C. )
  27. 29. Partenon - O edifício foi construído por iniciativa de Péricles, líder político ateniense do século V a.C., e a sua construção foi supervisionada por Fídias.
  28. 30. IMPERIALISMO ATENIENSE (450-430 a.C.) Péricles <ul><li>MISTOFORIA: </li></ul><ul><li>– Criação do “salário político”. </li></ul><ul><li>– Permite a participação de todos os cidadãos (ricos ou pobres). </li></ul><ul><li>– FONTE DOS RECURSOS: imperialismo (domínio sobre a Grécia). </li></ul><ul><li>– A democracia de Atenas dependia do domínio sobre as outras cidades . </li></ul>
  29. 31. Atenas Esparta
  30. 32. Guerra do Peloponeso ( 431 – 405 a . C.)
  31. 33. <ul><li>Aproveitando a fraqueza das pólis gregas, Felipe II rei da Macedônia aproveita e invade a Grécia, dominando-os na Batalha de Queronéia. </li></ul><ul><li>O grande sonho da Macedônia era conquistar a Pérsia, fato que ficou para Alexandre Magno filho de Filipe II que foi assassinado. </li></ul><ul><li>Alexandre (tinha mentalidade grega), foi discípulo de Aristóteles – Os povos que Alexandre dominava era incorporado ao Macedônico, gerando a Civilização Helênica (fusão da cultura grega com a Oriental) </li></ul>
  32. 34. Grécia - Valores e Normas <ul><li>O pano de fundo da liberdade grega foi o escravismo </li></ul><ul><li>Antropocentrismo e Humanismo - porém deixava a desejar devido a utilização do ser humano como escravo. </li></ul><ul><li>A liberdade foi gêmea da escravidão </li></ul>
  33. 35. RELIGIÃO politeísta – antropomórfica
  34. 36. Religião <ul><li>As divindades possuíam as paixões e os sentimentos dos humanos </li></ul><ul><li>O que diferenciava um Deus de um Homem era a imortalidade da alma </li></ul><ul><li>As principais divindades formavam uma trilogia. Zeus (céu) – Poseidon (água) – Hades (inferno) </li></ul>
  35. 37. Os gregos realizavam como forma de homenagearem seus deuses, competições e festas pan-helênicas, denominadas OLIMPÍADAS
  36. 38. Cultura Grega Teatro / História <ul><li>Teatro </li></ul><ul><li>Ésquilo (Prometeu Acorrentado) Tragédia </li></ul><ul><li>Sófocles (Édipo rei) Tragédia </li></ul><ul><li>Eurípides (Médeia) Sátira </li></ul><ul><li>Aristófanes (As nuvens) Sátira </li></ul><ul><li>História </li></ul><ul><li>Heródoto (desígnios de Zeus) </li></ul><ul><li>Tucídides – (fatores políticos) </li></ul>
  37. 39. Filosofia – Escola de Mileto <ul><li>Fundada por Tales de Mileto no século VI a.C. </li></ul>
  38. 40. Filosofia - Sofistas <ul><li>A partir do século V a.C., surgiu na Grécia a “Escola dos Sofistas” (mestres do saber), procuravam educar os jovens para a vida pública </li></ul>
  39. 41. Filosofia – Escola Socrática Sócrates (469 a.C. – 399 a.C.) Razão “ Conhece-te a ti mesmo” “ Só sei que nada sei”
  40. 42. <ul><li>Filosofia </li></ul><ul><li>Platão </li></ul><ul><li>Mundo das idéias </li></ul>
  41. 43. <ul><li>Filosofia </li></ul><ul><li>Aristóteles </li></ul><ul><li>Lógica / Ética </li></ul>
  42. 44. Ciências <ul><li>“ Pai da Medicina” Pitágoras - Matemática </li></ul>
  43. 45. Arquitetura Estilos <ul><li>Jônico Dórico Coríntio </li></ul>

×