Lança o Teu Pão Sobre as Águas

2,728 views

Published on

Quero louvar o nome do Senhor pela oportunidade de contribuir com esta tão grande obra.

Published in: Spiritual
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,728
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lança o Teu Pão Sobre as Águas

  1. 1. 22/12/2013
  2. 2. Texto Áureo “Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás” (Ec 11.1).
  3. 3. VERDADE PRÁTICA Lançar o pão sobre as águas é fazer o bem e ter esperança quanto a um futuro desconhecido.
  4. 4. INTRODUÇÃO  Na lição anterior, quando adentramos o estudo do livro de Eclesiastes, verificamos que o tema do pregador é :  a “vida debaixo do sol”, ocasião em que Salomão fez uma análise de tudo quanto existe “debaixo do sol”,  verificando que a dimensão terrena, por si só, não tem sentido algum, é “vazia de sentido”, ou, na expressão do texto sagrado, é “vaidade”. Ou seja é fútil.
  5. 5.  O livro de Eclesiastes mostra a realidade nua e crua da vida .  Salomão mostra que debaixo do sol a vida se apresenta de forma totalmente imprevisível, cheia de altos e baixos, e muitas vezes fora de uma explicação lógico-racional.  Quanta dúvida! O que fazer diante de tudo isso? Ficar inerte ? Ou enfrentar a arena da vida?  A lição desta semana abordará a postura que Salomão tomou, diante de Deus, em relação às questões da vida.
  6. 6.  Veremos que o capítulo 11 de Eclesiastes mostra o Senhor como o centro da nossa vida, pois sem Ele, esta vida torna-se vazia e sem sentido Uma vida sem amor, não importa quantas outras coisas tenhamos, é uma vida vazia e sem sentido. ( ) escritor italiano
  7. 7. I – VIVENDO COM PROPÓSITO 1. Tomando uma atitude.  Em nosso texto Áureo, Salomão exorta-nos a tomar uma firme e sábia atitude. Ele conclama-nos a lançar o nosso pão sobre as águas.  Este texto faz referência a maneira de como era plantado o trigo naquela época, que consistia em semear os grãos sobre a água na época da cheia dos rios e que quando as águas baixassem haveria uma grande plantação.
  8. 8.  A palavra hebraica traduzida como “lançar” é . Que significa enviar, mandar embora, deixar ir. Trocando em miúdos, o que o sábio está ensinando é: “Não fique aí parado! Glorifique a Deus com a sua atitude  John Maxwell destaca três razões por que devemos assumir uma atitude diante da vida: 1. Nossa atitude determina nossa ações. 2. Nossos seguidores são um espelho de nossa atitude. 3. Manter uma boa atitude é mais fácil do que readquiri-la.
  9. 9.  Por outro lado, um outro sentido dessa palavra usado no hebraico bíblico é do envio missionário. Podemos ver isso por meio dos vários exemplos que a palavra enviar ( ) possui. Em seguida, ouvi o Senhor dizer:  Por exemplo, a Escritura mostra que é enviouSENHOR vou os profeta como Mas o quem enviaum homens Deus SENHOR enviar? Quem Quem éoque eu me disse: Não aos filhos Não passo de umadisse: digas: nosso mensageiro?criança; seus embaixadores. (Jz será o de Israel, que lhes6.8; Is 6.8; Jr Então Assim diz Aqui a quem Envia-me porque a o SENHOR, Deus de 1.7) respondi: todosestou eu.eu te Israel: Do 6.8tudo vos fiz eu te enviar irás; e (NTLH) a mim!. Is Egito eu quantosubir e vos tirei falarás. Jr 1.7 (ARA) Jz 6.8 mandar da casa da servidão. (ARC) Jesus, o maior missionário que Deus enviou
  10. 10.  Isso demonstra uma confiança de que mesmo sem saber qual semente vai germinar, a certeza é que a colheita será abundante.  porque tudo o que pode ser aplicada A lei da semeadura o homem a todas isso também semear, as áreas da nossa vida. (Gl 6:7b,8). ceifará, Porque o que semeia na  sua carne numcarne ceifará a Vivemos da tempo em que se ficarmos é mas o fundamento corrupção;o firmeque semeia no Ora, a fé aguardando condições ideais para fazermos a esperam e Espírito ceifará alguma coisa, a Gl das coisas que se vida eterna.nunca faremos nada. que se não veem. 6:7b,8. (ARC) prova das coisas  Hb 11.1 (ARC).pão sobre as águas”, é Para “lançar o preciso ter fé. (Hb 11:1)
  11. 11. O que você tem plantado ?
  12. 12. I – VIVENDO COM PROPÓSITO 2. Evitando a passividade.  “Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra” (Ec 11.2).  O sábio se utiliza de uma figura de linguagem para nos fazer um convite à generosidade. Repartir “com sete e ainda com oito” é a generosidade colocada em prática.  Afinal, muitos que ajudamos hoje poderão nos ajudar amanhã.
  13. 13.  A sociedade está marcada pelo egoísmo, onde não damos mais espaço para a generosidade.  Todavia, nós crentes não podemos “E nos conformar com a maneira de não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela pensar deste mundo. Rm 12.2 renovação do vosso  Ao invés de olharmos somente para entendimento, para que as nossas carências e experimenteis qual seja a necessidades, venhamos a olhar para boa, agradável estão necessitados da e perfeita vontade aqueles que denossa ajuda.12.2 (ARC) Deus. Rm O BOM SAMARITANO ( Lc 10.29)
  14. 14. “E não nos cansemos de fazer o  O apóstolo Paulo escrevendo aos bem, porque a seu tempo Gálatas 6.9,10 nos diz: ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto  John tempo, façamos o bem a temos Wesley disse: •todos, todo o bem que você puder, Faça mas principalmente aos •domésticosos meios Gl 6.9,10puder, por todos da fé”. que você (ARC) • • • • de todos os modos que você puder, em todos os lugares que você puder, em todo o tempo que você puder, pra todas as pessoas que você puder”.
  15. 15. II – VIVENDO COM DINAMISMO 1. A imobilidade da árvore caída (vivendo do passado).  “Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e, caindo a árvore para o sul ou para o norte, no lugar em que a árvore cair, ali ficará” (Ec 11.3).  O pr. José Gonçalves, citando Derek Kidner, observa que na metáfora da árvore caída aprendemos que a mesma não consultou a conveniência de ninguém para que pudesse tombar.
  16. 16.  A árvore caiu e onde tombou ficou! Está totalmente imóvel e não há mais nada a fazer! A vida também é imprevisível e cheia de contingências.  Ela não é feita somente de momentos bons, pelo contrário, há aqueles que são extremamente desagradáveis.  E aí, o que fazer? Ficar preso a uma experiência passada sobre a qual nada mais se pode fazer ou enfrentar a vida desse ponto para frente? Ficar preso ao passado é assemelhar-se à árvore que tombou e sobre a qual nada mais pode ser feito.  Devemos, sim, enfrentar o futuro com fé e coragem.
  17. 17. II – VIVENDO COM DINAMISMO 2. O movimento do vento e das nuvens (vivendo o presente).  ”Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará” (Ec 11.4).  O homem é limitado e mesmo com toda tecnologia existente, e todo conhecimento adquirido, não pode prever com exatidão o que pode acontecer.  Se Deus determinar uma coisa, quem é o homem para impedir? “Agindo eu, quem o impedirá?” (Is 43.13b).
  18. 18.  O vento está sempre em movimento e as nuvens mostram-se imprevisíveis.  Eis a metáfora da vida! Ficar apenas olhando e se queixando dela sem tomar uma firme e sábia decisão diante dos seus obstáculos equivalem a esperar que o vento e as nuvens passem.  Não podemos ficar assistindo a existência passar sem nada realizar de concreto. Quem tem fé não age assim.
  19. 19. III – VIVENDO COM FÉ E ESPERANÇA 1. Plantando a semente.  ”Pela manhã, semeia a tua semente e, à tarde, não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas” (Ec 11.6).  Aqui, Salomão usa, novamente, uma metáfora: a do plantio - “semeia a tua semente”. Nós devemos semear em tempo oportuno, pela manhã e pela tarde, pois não sabemos qual semente dará bom fruto.
  20. 20.  Vale a pena lembrar que ao nosso redor existem muitas pessoas que precisam que lancemos a boa semente sobre suas vidas, a começar dentro da sua casa com seus filhos, marido ou esposa.  Pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará (Gl 6.7).  Diz o pr. José Gonçalves que lançar e semear requer Que oÉque semeia a .Mas, o sábio incentiva: “Não “E digo isto: ação. preciso plantar semente, pois também ceifará; e o pouco, a tua mão“. É um convite a pouco só colhe quem planta. retires 2 Co 9.6. que semeia em abundânciada não desanimar. No semear porque as mundo em  Muitos desistem de abundância também ceifará” 2Co semeadura, vale lembrar que a condições não são favoráveis; desistem 9.6. (ARC) das fator determinante logo diante perseverança é primeiras dificuldades que a vida lhes impõe.
  21. 21. III – VIVENDO COM FÉ E ESPERANÇA 2. Germinando a semente.  “… não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas”. Quem pode garantir qual semente germinará? É preciso ter coragem e ser ousado.  A vida é dura e os obstáculos são tremendos na trajetória da vida. Os desertos fazem parte de nossa trajetória, e muitos desistem no meio do caminho, porque perdem a esperança.
  22. 22.  Muitos fatores devem ser levados em conta na germinação da semente: a qualidade do solo, o clima, etc.  Sem esperança, não há como semear, e assim terminam vencidos pelas dificuldades instransponíveis que os desertos lhes impõem. Foi assim com o povo de Israel em sua trajetória rumo a Terra Prometida.  Josué e Calebe plantaram as sementes de fé e esperança em Deus, por isso alcançaram a Terra Prometida.
  23. 23. IV- VIVENDO COM RESPONSABILIDADES 1. Fazendo escolhas responsáveis.  Eclesiastes 11.9 é uma série admoestação aos jovens. Eles são convidados a viver a vida, mas devem se portar, em todas as ocasiões, como pessoas responsáveis e tementes a Deus. Assim reconhecerão o Pai celeste como a sua satisfação maior.
  24. 24.  Eclesiastes apresenta três ordens que mostram o desejo de Deus para vida mocidade, e alegre-se o teu Alegra-te, jovem,ana tua do ser humano, especialmente quando ainda é da tua mocidade, e anda pelos coração nos dias jovem: Ec 11.9 1. (a) alegrar-se nacoração e pela vista dos teus olhos; caminhos do teu juventude. 2. (b) porém, que por todas essas coisas te trará sabe, recrear-se nos dias da juventude. Deus andar pelos caminhos 3. (c) a juízo. Ec 11.9 (ARC) que satisfazem ao coração e agradam aos olhos.  Mas, na última parte deste versículo, Salomão nos diz: “sabe, porém…”. Toda vez que essa expressão é usada na Bíblia, precisamos ficar atentos, pois, em seguida, recebemos uma orientação clara de Deus para a nossa vida.
  25. 25. IV- VIVENDO COM RESPONSABILIDADES 2. Assumindo as consequências  Nesse texto Eclesiastes diz: “que por todas O SENHOR éte trará Deusdajuízo“. essas coisas a porção a minha herança e o que cálice; intensamente,  Deus desejameu vivamos tu sustentas a já nos orientou pela16.5 o porém, Ele minha sorte. Sl Palavra que (ARC) isso significa. Por exemplo, o Salmo 16.5 diz:  O Salmista entendia que que levae Tu me mostras o caminho alegria satisfação deveriam ser medidas à vida. A tua presença me enchepelo deSenhor e não por nós.felicidade para alegria e me traz O termo “porção” fala de quantidade exata. sempre. Sl 16.11 (NTLH).  Em Salmos 16.11, ele reitera essa ideia:
  26. 26.  Isso nos faz pensar que alegria verdadeira não depende de experiências marcantes, mas de nossa comunhão contínua com Deus.  “Aproveite ao máximo os dias da juventude, quando os prazeres da vida ainda podem ser desfrutados, e não espere pelos dias da velhice, quando a vitalidade já tiver acabado. Contudo, é o caminho divino e não a devassidão que deve ser o guia ao prazer”.
  27. 27. CONCLUSÃO  Concluo esta Aula expressando o mesmo ponto de vista do pr. José Gonçalves. Ele diz que o capítulo 11 de Eclesiastes é um convite à ação.  É uma resposta contra a imobilidade. É um convite a um mergulho na fé que assume riscos, já que o mundo à nossa frente é um terreno desconhecido.  É, portanto, um “lançar-se” e “semear”. É também um “alegrar-se” com as maravilhas com as quais a vida nos presenteou. Mas também é um “afastar-se”; afastar-se do pecado e da iniquidade, pois, no final, teremos de dar conta de todos os nossos atos perante Deus. A verdadeira sabedoria consiste em reconhecer que nada somos sem Deus.
  28. 28. Antonio Fernandes de Oliveira é casado com a irmã Guiomar Silva L. de Oliveira, é Díacono da IEADERN, Assembleia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte, Copastor na Congregação Rio Doce Setor XXXV. Email:antonioeguiomaroliveira@hotmail.com Tel: (84) 8862-2579 Facebook: Antonio Fernandes Oliveira Blog: www.israeledosenhor.blogspot.com.br

×