Estratégias outros tipos

17,747 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
17,747
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
323
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Estratégias outros tipos

  1. 1. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO EMPRESARIAL
  2. 2. ORIGEM DA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL <ul><li>Na Revolução Industrial surgiu as primeiras empresas. </li></ul><ul><li>Na Segunda Revolução Industrial surge a estratégia como meio de modelar o ambiente competitivo. </li></ul><ul><li>Surge a economia de escala, concessão de crédito as empresas. </li></ul><ul><li>O pensamento estratégico cresce com colaboração acadêmica. </li></ul><ul><li>Em 1960 surge a análise swot com ferramenta de ajuda para elaboração da estratégia. </li></ul>
  3. 3. CONCEITO DE ESTRATÉGIA   Estratégia é um processos sistemático,planejado,gerenciado, executado, observado pela liderança da alta administração da organização, exigindo o comprometimento de todos os gerentes responsáveis e colaboradores.
  4. 4. APLICAÇÕES DE ESTRATÉGIA <ul><li>Objetivos devem estar claros e coesos </li></ul><ul><li>O poder garante a implantação </li></ul><ul><li>O líder garante a colaboração </li></ul><ul><li>A Cultura organizacional é relevante </li></ul><ul><li>Lideres informais ajudam a divulgar </li></ul>
  5. 5. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO <ul><li>São oito tipos de estratégia de crescimento: </li></ul><ul><li>Crescimento interno </li></ul><ul><li>Integração horizontal </li></ul><ul><li>Diversificação horizontal relacionada </li></ul><ul><li>Diversificação horizontal não relacionada </li></ul><ul><li>Integração vertical de empresas relacionadas </li></ul><ul><li>Integração vertical de empresas não relacionadas </li></ul><ul><li>Fusões </li></ul><ul><li>Alianças estratégicas </li></ul>
  6. 6. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO <ul><li>CRESCIMENTO INTERNO </li></ul><ul><li>Aumento das vendas </li></ul><ul><li>Capacidade de produção </li></ul><ul><li>Força de trabalho </li></ul><ul><li>Preserva a cultura organizacional </li></ul><ul><li>O modelo de crescimento pode ser horizontal ou vertical </li></ul><ul><li>HORIZONTAL </li></ul><ul><li>- Criação de novas empresas </li></ul><ul><li>- Operações em negócios </li></ul><ul><li>VERTICAL </li></ul><ul><li>- Criação de negócios no canal </li></ul><ul><li>de distribuição </li></ul><ul><li>- Cria relacionamento Fornecedor/Cliente </li></ul>
  7. 7. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO <ul><li>INTEGRAÇÃO HORIZONTAL </li></ul><ul><li>Adquire outras empresas do mesmo segmento </li></ul><ul><li>Aumenta participação do mercado </li></ul><ul><li>Redução de custos / economia de escala </li></ul><ul><li>Maior poder de barganha junto aos fornecedores </li></ul><ul><li>INTEGRAÇÃO HORIZONTAL NÃO RELACIONADA </li></ul><ul><li>Adquire outras empresas do setor externo </li></ul><ul><li>Combinação de competências, como P&D, Tecnologia, Marketing e outros recursos. </li></ul><ul><li>Ex: A Coca-cola e sucos Minute Maid </li></ul>
  8. 8. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO <ul><li>DIVERSIFICAÇÃO HORIZONTAL NÃO RELACIONADA </li></ul><ul><li>Adquire outras empresas de segmentos diferentes </li></ul><ul><li>Não há preocupação com a sinergia </li></ul><ul><li>Foco no retorno financeiro </li></ul><ul><li>Administração descentralizada </li></ul><ul><li>INTEGRAÇÃO VERTICAL EMPRESAS RELACIONADAS </li></ul><ul><li>Adquire outras empresas com competências semelhantes ou complementares </li></ul><ul><li>Pode ser regressiva , tornando-se fornecedor </li></ul><ul><li>Pode ser progressiva, tornando-se cliente </li></ul>
  9. 9. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO <ul><li>INTEGRAÇÃO VERTICAL DE EMPRESAS NÃO RELACIONADAS </li></ul><ul><li>Adquire outra empresa gerando sinergia limitada </li></ul><ul><li>Compra do seu fornecedor </li></ul><ul><li>Ex. empresa de suco que compra seu fabricante de embalagem </li></ul><ul><li>FUSÕES </li></ul><ul><li>Duas ou mais empresas do mesmo porte </li></ul><ul><li>Gera maior eficiência e eficácia </li></ul><ul><li>Maiores custos burocráticos </li></ul>
  10. 10. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO <ul><li>ALIANÇAS ESTRATÉGIAS </li></ul><ul><li>Parceria entre duas ou mais empresas </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de projetos específicos </li></ul><ul><li>A Propriedade da empresa continua a mesma </li></ul><ul><li>Somente para projeto e a longo prazo. </li></ul>
  11. 11. ESTRATÉGIAS GENÉRICAS <ul><li>São estratégias competitivas como ações ofensivas e defensivas de uma empresa para criar uma posição sustentável dentro da industria , </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Líder de custo baixo na indústria </li></ul><ul><li>Produtos mais acessíveis, com os mesmo benefícios </li></ul><ul><li>Preços mais baixos que dos concorrentes </li></ul><ul><li>Compra de matéria prima bem com custo </li></ul><ul><li>menor que os concorrentes. </li></ul>ESTRATÉGIA COMPETITIVA DE CUSTOS
  13. 13. <ul><li>Produto único da empresa que visa com tal produto amplo do mercado, investimento mais forte em pontos como a imagem da empresa , isso envolve: </li></ul><ul><li>- qualidade no atendimento </li></ul><ul><li>- qualidade no produto </li></ul><ul><li>- serviços diferenciado </li></ul><ul><li>- inovações tecnológicas </li></ul>ESTRATÉGIA COMPETITIVA DE DIFERENCIAÇÃO
  14. 14. ESTRATÉGIA COMPETITIVA DE ENFOQUE <ul><li>Nicho de Mercado </li></ul><ul><li>Adaptar estratégia para atender </li></ul><ul><li>necessidade de mercado </li></ul><ul><li>Segmento estritamente definido </li></ul><ul><li>Pode ser de custo ou diferenciação </li></ul>
  15. 15. CLUSTERS O clusters é a união das empresas concorrentes para um bem comum. Um cluster pode ser definido como: “ agrupamento geograficamente concentrado de empresas interrelacionadas e instituições correlatas numa determinada área, vinculadas por elementos comuns e complementares.” ( Porter:1999)
  16. 16. PIRÂMIDE DE PRAHALAD <ul><li>A Base da Pirâmide é formada pela classe social menos favorecida. </li></ul><ul><li>Criar estratégias para atender essa classe social </li></ul><ul><li>Esta base da pirâmide criará milhões de empreendedores </li></ul><ul><li>Gerar inovações para atender a demanda desta base. </li></ul><ul><li>Dualidade entre valor da marca e valor do dinheiro </li></ul>
  17. 17. PRINCÍPIOS DA BASE DA PIRÂMIDE <ul><li>Concentre suas energias em preço-desempenho de produtos e serviços. </li></ul><ul><li>A inovação requer soluções híbridas (misturando velhas e novas tecnologias) </li></ul><ul><li>Como os mercados da Base da Pirâmide são imensos, as soluções por ele desenvolvidas devem ser escaláveis e transportáveis entre países, culturas e idiomas diferentes. </li></ul><ul><li>Redução da intensidade de recursos. Todas as inovações devem observar a conservação dos insumos (eliminar, reduzir, reciclar) </li></ul><ul><li>O desenvolvimento do produto deve começar por um profundo entendimento da funcionalidade, não apenas da forma. </li></ul><ul><li>Construção de infra-estrutura logística e de produção. </li></ul>
  18. 18. PRINCÍPIOS DA BASE DA PIRÂMIDE <ul><li>7. Adequar o trabalho necessário às aptidões existentes. O projeto deve levar em conta os níveis de qualificação, infra-estrutura deficiente e dificuldades de acessar serviços em áreas remotas. </li></ul><ul><li>Educar os consumidores ao uso dos produtos. </li></ul><ul><li>Os produtos devem funcionar em ambientes hostis (barulho, poeira, poluição, oscilações de voltagem, etc) 10 </li></ul><ul><li>Interface de uso adaptável devido à heterogeneidade dos consumidores da base </li></ul><ul><li>Método de distribuição deve ser desenvolvido para alcançar tanto mercados rurais e urbanos. </li></ul><ul><li>12. Foco na ampla arquitetura do sistema (a plataforma) a fim de possibilitar a fácil incorporação de novas particularidades. </li></ul>
  19. 19. CONCLUSÃO Estratégia é mais do que um documento estático, deve ser visto como um instrumento dinâmico de gestão, pois nele contém decisões antecipadas sobre a linha de atuação a ser seguida pela organização e no cumprimento de sua missão.

×