Camaquã 150 anos

459 views

Published on

Apresentação sobre o Código de Posturas de 1864 como fonte de pesquisa sobre usos e costumes da cidade nessa época.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
459
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
69
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Camaquã 150 anos

  1. 1. 1864 –20141864 –2014 150 anos de horizonte: o que comemoramos?150 anos de horizonte: o que comemoramos?
  2. 2. Comemorar 150 anos é pensar Nos percursos do desenvolvimento da região, passados e projetados Nos horizontes passados: como se materializaram na paisagem de hoje? No que vemos diante da Igreja Matriz ao olhar a paisagem que se descortina em 360 graus Quantas pontes se atravessam para chegar em nossa cidade? Água, na ausência dessas pontes representou isolamento e atraso. Hoje é promessa de fartura e considerações com a preservação Nas transformações do mundo: impacto crescente de questões como transportes, energia, comunicações nas redes produtivas Em como é o lugar em que queremos viver
  3. 3. 18641864 • 18641864 foi um ano bissexto, de 366 dias, início a uma sexta-feira efoi um ano bissexto, de 366 dias, início a uma sexta-feira e terminou a um sábado.terminou a um sábado. • Nascimentos:Nascimentos: 21 de Abril - Max Weber, sociólogo Alemão, 23 de Junho - Rasputin, místico21 de Abril - Max Weber, sociólogo Alemão, 23 de Junho - Rasputin, místico russo, 25 de Julho - Eduardo Prévost, médico e cientista brasileiro, 5 de Outubro - Louisrusso, 25 de Julho - Eduardo Prévost, médico e cientista brasileiro, 5 de Outubro - Louis Lumière, um dos irmãos Lumière.Lumière, um dos irmãos Lumière. • Publicação do livro de Júlio Verne,Publicação do livro de Júlio Verne, Viagem ao Centro de Terra.Viagem ao Centro de Terra.
  4. 4. Como era a vida aqui?
  5. 5. As pessoasAs pessoas
  6. 6. Os recursos naturaisOs recursos naturais
  7. 7. Visitando o passado: fontes de pesquisa • O Perfume, trailer do filme • O tempo e o vento, filmes e literatura • Código de Posturas, documento
  8. 8. Código de Posturas Municipais: documentos que reuniam o conjunto das normas municipais, em todas as áreas de atuação do poder público. Disciplinava questões referentes ao uso dos espaços públicos, ao funcionamento de estabelecimentos, à higiene e ao sossego público. Desta forma sua análise serve como um “Raio X” da época em que foi escrito.
  9. 9. Illustrissimo e Excelentissimo Senhor A Camara Municipal desta Villa, em saptisfação ao disposto no Ar= tigo 39 da Lei 1º de Outubro de 1828, organizou o Projecto de posturas que in= cluzo passa as mãos de Vossa Excelencia; pe- dindo para que se digne provizoria= mente approva-lo a fim de ser pos- to em execução. Deos Guarde a Vossa Excelencia Paço da Camara Municipal da Villa de São João de Camaquam 10 de Abril de 1865
  10. 10. 18641864 na cidadena cidade
  11. 11. Código de PosturasCódigo de Posturas • Artigo 20o - Usar nas boticas, tabernas, botequins, e cazas de pastoArtigo 20o - Usar nas boticas, tabernas, botequins, e cazas de pasto de vasilhas de cobre não sendo estanhadode vasilhas de cobre não sendo estanhado
  12. 12. • Artigo 21o - Ter esposto a venda, ou effectivamente vender frutas verdes, drogas, medicamentos, liquidos e quaesquer generos alimenticios, substancias de qualquer qualidade corrompidas, ou viciadas, ou reconhecidamente daminosas a saude publica. Código de Posturas
  13. 13. • Artigo 23º Exercer a profissão de medico, ou Cirugião, Parteiro, ouArtigo 23º Exercer a profissão de medico, ou Cirugião, Parteiro, ou Boticario, sem ligitimo tituloBoticario, sem ligitimo titulo Código de PosturasCódigo de Posturas (Primeira demonstração pública do uso de anestesia, 1846)
  14. 14. • Os Ourives terão balança com pesos de quatro marcos a um grão: OsOs Ourives terão balança com pesos de quatro marcos a um grão: Os Caldeiros, ferreiros e charquiadores deverão ter balança grande comCaldeiros, ferreiros e charquiadores deverão ter balança grande com pesos de quintal a meia quarta de libra, e sendo todos sugeitos apesos de quintal a meia quarta de libra, e sendo todos sugeitos a afericção annualafericção annual Código de PosturasCódigo de Posturas
  15. 15. • Artigo 38º As armas offencivas, cujo uso as autoridadesArtigo 38º As armas offencivas, cujo uso as autoridades policiâes podem permettir são: as espingardas, pistolas,policiâes podem permettir são: as espingardas, pistolas, espadas, facões, e facas. Todas as mais armas ficãoespadas, facões, e facas. Todas as mais armas ficão prohibidas.prohibidas. • Artigo 39º Será permettido o uso de faca aos carniceiros,Artigo 39º Será permettido o uso de faca aos carniceiros, conductores de tropas, carreteiros e e arrieiros, somente noconductores de tropas, carreteiros e e arrieiros, somente no exercicio de seu officio.exercicio de seu officio. Código de PosturasCódigo de Posturas
  16. 16. 18641864 na cidadena cidade
  17. 17. 18641864 nas Estânciasnas Estâncias
  18. 18. José e Ana Custódio de Oliveira
  19. 19. E o trabalho escravo? "Artigo 43º - O Capitão do matto, pela prisão dentro da Villa, de cada escravo fugido, terá a gratificação de seis mil reis,[...] (Foto: capitão do Mato da Fazenda da Cambuta de propriedade de Fernando Feliciano Halfeld, 1883. Acervo do Centro Histórico Chico Rei, MG)
  20. 20. [...] [pagos pelo senhor ou procurador d’este, e sendo em distancia de uma legoa perceberá a gratifica- ção de 12$000, e em maior distancia além daquella quantia mais um mil reis, por cada legoa; se o escravo for preso em quilombo terá o Capitão [fl. 8] do matto de gratificação 20$000, além do que fica marcado por legoa, as quaes serão contadas do quilombo a cadêa da Villa.“
  21. 21. _Olhando para frente: uma cidade é muitas... uma cidade é o que eu faço dela...
  22. 22. Camaquã: um lugar para viver Mudanças na paisagem
  23. 23. Mudanças na paisagem
  24. 24. Mudanças na paisagem
  25. 25. Mudanças na paisagem
  26. 26. Camaquã: um lugar para viverCamaquã: um lugar para viver
  27. 27. Camaquã: um lugar para viverCamaquã: um lugar para viver
  28. 28. Camaquã: um lugar para viver
  29. 29. _Where are We going?_Where are We going? _Where do We belong...._Where do We belong....

×