Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Participação em matéria da AE Conteúdo

154 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Participação em matéria da AE Conteúdo

  1. 1. [22/04/2013 - 09:45]Crédito com juro mais baixo pessiona margens doBradesco, avalia GBMSão Paulo, 22/04/2013 - Os números apresentados pelo Bradesco, que iniciou a temporadade divulgações do primeiro trimestre entre os grandes bancos do Brasil nesta manhã, foram"marginalmente" positivos", mas a renovação da carteira de crédito da instituição com jurosmais baixos continuou pressionando as margens para baixo. A análise é de Andre RivaGargiulo, do Grupo Bursátil Mexicano (GBM), em relatório enviado a clientes.A taxa anualizada da margem financeira de juros do Bradesco foi de 7,2% no primeirotrimestre de 2013, com leve queda de 0,1 ponto porcentual em relação ao trimestre anterior.A queda é justificada, conforme explica o Bradesco no relatório que acompanha as suasdemonstrações financeiras, pela redução da taxa média da margem de crédito, que foiimpactada pela queda das taxas de juros praticadas, conjugada com a mudança de mix dacarteira de crédito."Apesar da relativa estabilidade nas taxas em todo o sistema neste trimestre, a renovação dacarteira a preços mais baixos ainda pesa sobre a margem financeira da empresa, queapresentou o seu quarto declínio", atenta Gargiulo, do GBM.Apesar de positivos os números do Bradesco vieram um pouco abaixo das estimativas doGrupo Bursátil Mexicano. A carteira de crédito expandida do banco, que inclui avais e fianças,encerrou março em R$ 391,682 bilhões, aumento de 1,6% em relação ao quarto trimestredo ano passado. Na comparação com o mesmo período de 2012 foi vista alta de 11,6%.O lucro líquido contábil do Bradesco foi de R$ 2,919 bilhões, cifra 4,5% maior que de janeiroa março de 2012, de R$ 2,793 bilhões. Na comparação com o trimestre imediatamenteanterior, foi obtida leve expansão de 0,9%. "Os números foram marginalmente positivosuma vez que já apresentam ligeiras melhorias em algumas macro tendências importantes,mar reiteram que o ambiente competitivo permanece como um desafio", conclui o analistado GBM. (Aline Bronzati - aline.bronzati@estadao.com)Copyright © 2013 Agência Estado. Todos os direitos reservadosPágina 1 de 1AE Conteúdo26/04/2013http://www.aeconteudo.com.br/negocios/setoriais/financeiro/noticia.htm?d=2013-04-22&id=124

×