Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Relatório da uml

1,837 views

Published on

Realizado pelos alunos do 3º. modulo do técnico em informatica da Agricola

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Relatório da uml

  1. 1. Relatório da UMLA UML (Linguagem Unificada de Modelagem) possibilita visualização,especificação, construção e documentação de artefatos de um sistemacomplexo de software - o software orientado a objetos. No projeto “SistemaVD”, foi utilizada uma Modelagem de Casos de Usos e de Classes, feitasatravés do software Astah Community, desenvolvido pela Change Vision.Modelagem de Casos de UsoÉ um diagrama que mostra um conjunto de casos de uso, atores e seusrelacionamentos. O diagrama de casos de uso é geralmente o primeiro a querecorremos no início da análise de um projeto que utilize UML. Ele é criadoapós o levantamento dos requisitos da solução imaginada – cada caso de usoé um de seus requisitos funcionais.O diagrama permite visualizar os limites do sistema, sua relação com osdemais sistemas, com seus componentes internos e as funções que deverealizar.Figura 1Principais componentes: ator, caso de uso, relacionamentos.Ator: Ator é algo que interage com o sistema, mas sobre o qual não setem controle. Ele está fora da influência do sistema. Os atores têm um papel
  2. 2. externo e são quem iniciam (e quem respondem) aos casos de uso. Porexemplo: fazem o pedido num restaurante, comem, bebem ou pagam.Tipicamente, um ator representa um papel que um ser humano, um outroprocesso, um outro sistema, ou até um dispositivo de hardware, desempenhaao interagir com o sistema.Cada ator corresponde a um papel específico: uma mesma pessoa quedesempenha diferentes papéis nas interações com o sistema é representadapor diferentes atores; por outro lado, diversas pessoas que desempenham omesmo papel correspondem a um único ator.São eles quem: Utilizam o sistema. Inicializam o sistema. Fornecem os dados Usam as informações do sistemaCasos de uso: descrevem uma sequência de ações a serem executadaspelos componentes da solução. São ativados por um ator, servem de basepara definir os comportamentos dos elementos da solução de software e sãorealizados por uma colaboração. São representados por uma elipse com onome da operação que implementa no centro.Relacionamentos: Um relacionamento representa os itens relacionadosa um caso de uso e/ou um ator. Figura também que tipo de relação há entredois itens. Sempre que tivermos um relacionamento entre dois casos de uso,estes devem ser obrigatoriamente um include, um extend ou umageneralização.
  3. 3. Modelagem de ClassesUm diagrama de classes mostra um conjunto de classes, interfaces ecolaborações e seus relacionamentos. O diagrama de classes fornece umavisão estática do modelo a ser criado. Como as classes são um doscomponentes mais importantes da orientação a objetos, esse diagrama deveconstar de todo projeto orientado a objetos.Figura 2
  4. 4. Principais Componentes: classes (Nome, Atributos, Métodos eresponsabilidades) e relacionamentos.Figura 3Classes: Classe é uma descrição de um conjunto de objetos quecompartilham os mesmos atributos, operações, relacionamentos e semântica.A representação completa de uma classe tem quatro divisões: Nome da classe - Cada classe deve ter um nome que a diferencie dasoutras classes. Atributo - É uma propriedade nomeada de uma classe, que descreveum intervalo de valores que as instâncias da propriedade podem apresentar. Método - É a implementação de um serviço que pode ser solicitado porum objeto da classe para modificar o seu comportamento, algo que pode serfeito com um objeto e que é compartilhado por todos os objetos dessa classe.Existem alguns métodos especiais em praticamente todas as classes, os quais,geralmente, não representamos nos diagramas da UML por já terem se tornadosenso comum entre os desenvolvedores. Responsabilidades - São contratos ou obrigações de determinadaclasse. Ao criarmos uma classe, estamos criando uma declaração de que todosos seus objetos têm o mesmo tipo de estado e o mesmo tipo decomportamento. Dependendo do nível de detalhe (abstração) que estamosanalisando no diagrama, podemos também representar graficamente umaclasse apenas com seu nome ou com nome dos principais atributos e principaismétodos, conforme o que queremos analisar no momento em que estamoscriando o diagrama.
  5. 5. Relacionamentos: Existem basicamente três tipos de relacionamentoentre classes: dependência, associação e herança. Dependência: é um relacionamento de utilização, determinando que umobjeto de uma classe use informações e serviços de um objeto de outra classe,mas não necessariamente o inverso. A dependência é representadagraficamente por uma linha tracejada com uma seta indicando o sentido dadependência. Associação: é um relacionamento estrutural que especifica objetos deuma classe conectados a objetos de outra classe. A partir de uma associação,conectando duas classes, você é capaz de navegar do objeto de uma classeaté o objeto de outra classe e vice-versa. Representada por uma linhainterligando as duas classes, uma associação pode definir papéis das classesrelacionadas, assim como a multiplicidade de sua associação, além de ter umnome. Mas nenhum desses componentes é obrigatório em uma associação esó devem ser usados para deixar mais clara a sua definição. Herança: refere-se ao mecanismo pelo qual classes mais específicasincorporam a estrutura e o comportamento de classes mais gerais.
  6. 6. ConclusãoCom base no relatório da entrevista com o Diretor da Etec DonaSebastiana de Barros, Sr. Antônio Paschol Bonin, modelamos o sistema demaneira que sirva de referência e apoio ao seu desenvolvimento.Conforme ilustrado na figura 2 da Modelagem de Classes aquiapresentada, definimos as classes dos projetos, seus atributos, métodos erelações. Foram criadas quatro classes com o intuito de controlar a entrada,permanência e saída dos animais da fazenda da escola, assim como aprodução de leite, principal produto exportado.

×