Campanha Lixo Eletrônico

8,872 views

Published on

Projeto executivo da Campanha: "não rebole seu lixo eletrônico no mato" a ser realizada em Fortaleza, Ceará.

1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
8,872
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,006
Actions
Shares
0
Downloads
261
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Campanha Lixo Eletrônico

  1. 1. Não rebole seuCampanha lixo eletrônico no mato
  2. 2. lixo eletrônicoUm problema no mundo
  3. 3. O lixo eletrônico vem se tornando foco de preocupação no mundo, os níveis atuais são alarmantes. Segundo a ONU o mundo já produz 40 milhões de toneladas por ano, sendo o Brasil, o que mais gera esse tipo de lixo entre os países emergentes. A toxicidade dos componentes de computadores, monitores, baterias, celulares e outros é alta, em sua fabricação são usadas substâncias como chumbo, cádmio, berílio, que podem contaminar o solo, mesmo em aterros sanitários. Para evitar situações como essas é preciso implantarlixo eletrônico um sistema racional de reutilização e reciclagem, em que se observe princípios ambientais e oUm problema no mundo enquadramento na recente Política Nacional de Resíduos Sólidos em vigência desde 2010.
  4. 4. No entanto, o desenho de soluções envolve esforço coletivo e coordenado na sociedade, desde a educação ambiental, logística reversa, financiamento, definição de metas até o controle social. Para iniciar esse debate, envolvendo a população, setores empresariais, legisladores e poder executivo, apresentamos o plano abaixo que detalha uma campanha em que as atividades e metodologia se direcionam para um ponto além da conscientização: a articulação e a ação.lixo eletrônicoUm problema no mundo
  5. 5. A Campanha Adotando uma expressão bem humorada do cearês, a campanha “Não rebole seu lixo eletrônico no mato” pretende chamar a atenção de todos os setores envolvidos para a temática do lixo eletrônico. A campanha durará um mês e envolverá diversas atividades com intuito de congregar sociedade civil, setor produtivo, academia e poder público em busca de soluções imediatas e a longo prazo.
  6. 6. Metas da Campanha 1. Ambiental: Arrecadar o lixo eletrônico da cidade de Fortaleza,Metas da Campanha através do mutirão, dando-lhe a destinação final ambientalmente correta. 2. Educacional: Pautar a temática na sociedade fortalezense, através de debates, entrevistas, palestras, oficinas e material gráfico. 3. Diagnóstico: Fazer um levantamento técnico da situação do lixo eletrônico da cidade, através do mutirão, que permita avaliar a quantidade de e-lixo na cidade, as motivações das pessoas a participar e as regiões mais críticas. 4. Mobilização Política: Discussão da Lei Federal 12.305/2010 que estabelece as normas para a execução da Política Nacional de Resíduos Sólidos, através de Audiência pública na Câmara Municipal de Fortaleza, com a
  7. 7. Diagnóstico Fazer um levantamento técnico da situaçãoMetas da Campanha do lixo eletrônico da cidade, através do mutirão, que permita avaliar a quantidade de e-lixo na cidade, as motivações das Meio-ambiente pessoas a participar e as regiões mais Arrecadar o lixo eletrônico da cidade de críticas. Fortaleza, através do mutirão, dando-lhe a destinação final ambientalmente correta. Mobilização Política Discussão da Lei Federal 12.305/2010 que Educação estabelece as normas para a execução da Pautar a temática na sociedade Política Nacional de Resíduos Sólidos, fortalezense, através de debates, através de Audiência pública na Câmara entrevistas, palestras, oficinas e material Municipal de Fortaleza, com a finalidade de gráfico. embasar a criação de um sistema de tratamento de lixo eletrônico.
  8. 8. Busca de soluções para o sistemaMetas da Campanha produtivo e forma de comitê de implementação da Lei de Resíduos Sólidos Todo o processo de diagnóstico, Reciclagem mobilização da população, resultados da Equipar laboratórios de metaReciclagem, coleta e tratamento dado será registrado a através da arrecadação de lixo reutilizável, fim de se construir documentário com com fins de criar um espaço para reuso do subsídios para a discussão do Plano material, oportunizando o Municipal de Resíduos Sólidos, exigido na desenvolvimento de ciência e tecnologia e Política Nacional de Resíduos. A campanha modelos de negócios para geração de será finalizada com um Seminário técnico renda. E disposição final através de para busca de soluções para o sistema triagem e reciclagem adequadas. produtivo do lixo eletrônico e formalização do Comitê que acompanhará o que for definido no Seminário.
  9. 9. Detalhamento da Campanha
  10. 10. A campanha acontecerá durante um mês em que várias formas de envolvimento de pessoas e entidades serão possíveis, criando-se soluções pontuais para cada caso, o que permitirá envolvimento de um número maior da população. A coordenação da campanha deverá acompanhar os interessados e subsidiar as informações necessárias nesse período. O mutirão em si terá duração de 02 dias em local de intenso acesso público, quando se concentrará a coleta e outras atividades de conscientização e lazer. Todo o processo deverá servir para que se discuta de maneira mais ampla e permanente o estabelecimentoDetalhamento da Campanha de um sistema de lixo eletrônico adaptado ao caso de Fortaleza, com suas particularidades e potenciais.
  11. 11. Sociedade Civil Poder Público Setor Produtivo Comunidade Acadêmica SETORES ATIVIDADES Encontro Prêmio AudiênciaMutirão Seminário Pesquisa de Cultura Eureka! Pública e Tecnologia Documentário Diagnóstico
  12. 12. Etapas0. Mobilização e articulação da sociedadeExecução do plano de marketing, contatos com a imprensa, mobilização via redessociais para os eventos da campanha.1. Lançamento da campanhaApresentação da campanha e show musical e abertura do Encontro de Cultura eTecnologia: Três dias de evento público com mostras e debates sobre tecnologia ecultura digital com convidados de dentro e fora do estado. Premiação do Eureka!destinado a amadores locais que desenvolvam algum tipo de solução tecnológica apartir de lixo eletronico.
  13. 13. Etapas2. Mutirão do Lixo EletrônicoLocal onde a população poderá deixar seu lixo eletrônico, e participar de atividadescomo a Pesquisa-diagnóstico e a Tenda da Cultura Livre - espaço que funcionará comexposição informativa, atividades de arte e tecnologia, oficinas de metaReciclagem(reuso criativo de eletrônicos), vídeos, exposição de artefatos e música.3. Palestras em empresas e escolasAgenda em aberto durante o mês da campanha e contará da temática"Sustentabilidade e Lixo eletrônico" a ser disponibilizada como contrapartida para osparceiros.
  14. 14. Etapas 4. Audiência Pública na Câmara de Vereadores Apresentação dos resultados do Mutirão, da Pesquisa-Diagnóstico e do Documentário sobre a situação do lixo eletrônico em Fortaleza. 5. Seminário: Encontrando soluções para o e-lixo Dois dias para o aprofundamento dos temas e definição de metas e a forma de participação em um comitê de lixo eletrônico, envolvendo todos os setores institucionais como prefeituras, empresas e órgãos governamentais e ONGs.
  15. 15. Vista essa camisa!Casa de Cultura LivreResponsável pelo Projeto: Andréa Saraivacclivre@gmail.com85- 8163.5600

×